terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Pick Me - 5ª Temp. - Part. 14 - Pura brutalidade .

Antes(...) Jasmine: E a manhã de núpcias, ainda mais. - disse com uma voz engraçada e nós rimos.
Justin: Dá próxima vez vai ser noite e não manhã. - ele disse rindo.
Jasmine: Okay! - peguei minha bolsa - Vamos?
Justin: Vamos. - ele entrelaçou nossos braços e saímos da suíte, entramos na Limousine e fomos pro restaurante. Chegamos, saímos da Limo e entramos, é, eu percebi que o Justin tinha reservado só pra nós dois, não tinha ninguém.
Jasmine: Eu não acredito que você fez isso. - disse encarando ele.
Justin: Qual o problema, love of my life?
Jasmine: Bobo! Não precisava fazer tudo isso.
Justin: Eu só queria privacidade, sabe o que é isso? É isso mesmo que você pensou! - ele disse e eu ri, da cara dele, é claro.
Jasmine: Tá bom, Jay-b. - disse rindo e olhei o cardápio.
                                                          ...

Agora...

 Já está de noite, minha tarde com o Justin foi maravilhosa, ele me levou na Torre Eiffel e ficamos passeando em um parque muito ti nindo ali perto >< Agora, nesse momento, estamos assistindo Bob Sponja, é. Justin trouxe uns DVD's dele pra cá, só ele mesmo pra fazer isso.

Justin: Amore! - exclamou.

Jasmine: Que foi, amor? - disse com cara de bebê.

Justin: Eu to cansadinho... - disse com voz de criança.

Jasmine: Tá mesmo, bebê?

Justin: To sim! Mas não quero dormir, vamos pro quarto? - ele disse com a mesma voz e sorriu maliciosamente.

Jasmine: Ai bebê, você quer mesmo o que eu estou pensando? - disse abraçando o pescoço dele.

Justin: Bebê, eu nem sei o que você está pensando! - ele disse e fez bico.

Jasmine: Sabe sim! Safadeza na caminha da nossa suítezinha. - disse e ele riu.

Justin: Kiki tem?

Jasmine: Bebê, nós já fizemos isso hoje! Não dá pra ficar fazendo toda hora.

Justin: Ah' mas era de manhã, agora está de noite. - ele fez bico de novo.

Jasmine: Okay! Mas você tem que fazer por merecer. - disse e dei um selinho em seu bico.

Justin: Como assim, amor da minha vida?

Jasmine: Me faz ter Biebergams, ai sim, eu vou pra cama com você. - disse e sorri maliciosamente.

Justin: Como eu vou fazer isso? - ele se levantou, ficou de frente pra mim e me encarou.

Jasmine: Sei lá! Faz um strip ai. - disse me deitando no sofá e sorri.

Justin: Strip? Só de ver minha barriguinha sexy, você não sente Biebergams? - ele disse todo se achando.

Jasmine: Você é muito convencido! Vai, faz isso, provoca o Jerry, ANDA LOGO. Quem quer transar não é eu!

Justin: Então tá. - ele disse e começou a tirar a camisa bem devagar.

Jasmine: UHUUUUUUUUL' VAI LÁ BIEBER! Tira tudo. Isso aí mesmo! NOSSA, como você é gostoso. OH MY GOD! - as últimas palavras foi porque ele tinha tirado a camisa.

Justin: Agora vem aqui. - ele disse me chamando com o dedo.

Jasmine: O que você vai fazer comigo? - me levantei e ele  me agarrou.

Justin: - ele me agarrou por trás e ficou esfregando o Jerry em meu bumbum - Tá sentindo? Hein? Tá sentindo?

Jasmine: OH' NO! Não faz isso comigo. - disse gemendo.

Justin: Ele está bem ereto, percebeu?

Jasmine: Mas é claro que percebi! Você está esfregando em mim.

Justin: E você está ficando excitada? - ele disse com aquela voz sexy dele.

Jasmine: Essa sua voz já me deixa excitada. - me virei de frente pra ele - Você é muito gostoso! - disse e lambi a barriga dele até chegar em sua boca, depois o beijei bruscamente, ele se sentou no sofá com tudo e eu fiquei em seu colo, aquilo estava muito bom, só que eu queria mais, muito mais, parei o beijo - Amore, vamos pro quarto logo?

Justin: Demorou, gostosa! - ele se levantou e saiu correndo pro quarto.

Jasmine: ME ESPERA! - gritei e sai correndo atrás dele. Cheguei no quarto e ele tinha deitado na cama, estava com aquele sorriso malicioso que só ele tem. - Cadê o romantismo? Estamos em uma Lua de Mel!

Justin: Gata, nós já nos casamos, tivemos nossa noite de núpcias antes, não precisa de nada disso agora.

Jasmine: Você gosta de um sexo selvagem, né? - fui em direção á cama, subi em cima dele, bem no Jerry e o beijei.

Justin: Hum... não! Primeiro sai dai. - ele disse depois de ter parado o beijo.

Jasmine: Não vou sair não, porque quem vai começar o bagulho sou eu! - disse e tirei a calça dele - Tá preparado? Eu vou atacar! - disse e ele assentiu com aquele sorriso excitante. Tirei sua cueca e mesmo com ele deitado já fui atacando. Peguei naquele pênis gostoso e resolvi torturá-lo primeiro, coloquei só a 'cabecinha' na minha boca, ele ficou me encarando incrédulo e gritou um "VAI LOGO, PORRA!", ai eu coloquei seu pênis inteiro em minha boca, ele ficava gemendo o meu nome, dizendo pra eu não parar e para eu ir mais rápido que ele estava gostando. Eu adorava ouvir aquilo! Eu fazia os movimentos vai e vem, Justin gemia, gemia demais. Isso é música para os meus ouvidos... quando ele disse que ia gozar, resolvi parar, mas não consegui e continuei, ai ele gozou na minha boca. Ele estava com um sorriso mega malicioso, fiquei mais um tempo na mesma posição e depois parei, subi em cima do Justin e o beijei bruscamente, é. Eu estava boa nisso... tombamos na cama e ele ficou por cima de mim, não quebramos nenhum movimento, mas o meu tesão aumentava ainda mais, seu pênis estava roçando em minha intimidade, eu estava de shorts, mas sentia sua ereção. O Bieber parou o beijo e arrancou minha roupa, fiquei só de roupas íntimas, ai ele tirou meu sutiã bruscamente, com a maior facilidade do mundo, porque o feixe é na frente, em seguida o jogou longe, ele encarou meus seios com aquela cara de safado e começou a chupar um deles, o outro ele acariciava com uma mão. Justin os chupava e sugava com muita vontade mesmo, eu gemia alto demais, algum tempo depois, ele parou e foi chupar meu outro seio, o direito. Ai o bagulho foi ficando diferente, antes de ele o colocar na boca, ele o lambeu inteiro, aquilo me fez gemer, gritar, alto, bem alto. Depois de lamber meu seio todo, ele começou a chupá-lo e sugá-lo, eu continuava gemendo e ele estava com um olhar mega inocente e alegre.
  O tesão que eu estava sentindo foi me deixando cada vez mais louca, querendo mais e mais, quando Justin parou de chupar meus seios, ele logo foi tratando de tirar minha calcinha, ele tirou ela com a boca e em seguida lambeu minha intimidade por completa, fiquei mais louca ainda, isso me fez gemer mais ainda, Justin começou a chupar e sugar minha vagina com muita rapidez e desejo, é eu estava ficando virada com aquilo e o Bieber queria me dar mais prazer do que eu já estava sentindo. Okay, eu não estou aguentando mais, quero sentir ele dentro de mim, logo, LOGO MESMO! =) Ele não parou, então eu parei de gemer, gritei um "PARA, PELO O AMOR DE DEUS!",  eu não deveria ter feito isso, vão pensar que ele está me estuprando, mas não. O gato parou e me olhou incrédulo, ai disse...

Justin: O que foi, mulher?

Jasmine: Eu não estava aguentando mais, por isso pedi pra parar.

Justin: Mas estava gostando? - ele subiu em cima de mim e ficou lambendo meu corpo.

Jasmine: Argh' mais do que você imagina! - gemi.

Justin: Você quer que eu te penetre, quer? - disse com aquela voz excitante.

Jasmine: QUERO! E é melhor você ir logo... eu não aguento mais - disse e ele riu fraco, me deu um beijo rápido e depois colocou a boca em minha vagina, lambeu ela inteirinha, na maior rapidez e parou, ai me olhou confuso - O que foi? Anda logo!

Justin: Você quer que eu coloque camisinha?

Jasmine: Quero! Vai que você me passa Aids...

Justin: Ah' só por causa disso, não vou colocar. - ele disse com um olhar de fúria.

Jasmine: Faz o que você quiser. - revirei os olhos, ele logo me penetrou fortemente, gemi mega alto, o gato não estava pra brincadeira, ele penetrava forte, bem forte. A única coisa que se ouvia naquele quarto eram meus gemidos e o Justin dizendo "geme pra mim!" "geme meu nome" e outras coisas. Justin me entocava com toda a força do Mundo, eu não aguentava, era prazer demais, ele queria me arrebentar pelo jeito, mas não vai conseguir, eu sempre vou ficar apertada pra ele. hehe' Ele não parava, era uma entocada atrás da outra, nem pra facilitar as coisas pra mim e penetrar mais devagar. É, ele vai ter o que merece... e muito bem merecido. O gato disse que ia gozar e parou, também gozei - Nossa bebê, que brutalidade hein! - disse fazendo bico.

Justin: - ele se deitou do meu lado com tudo e simplesmente disse - To nada! - e ainda por cima sorrindo, tenha dó de uma pessoa dessas.

Jasmine: Está sim! Sendo muito bruto comigo, e olha que não era eu que estava querendo sexo. - disse provocando.

Justin: Desculpa! Eu te dei prazer demais, que tal contribuir com o papai aqui? - disse se achando.

Jasmine: COMO?

Justin: - ele pegou em seu pênis e começou a se masturbar, depois olhou pra mim com um sorriso malicioso - Aí, eu sei que você está com vontade de chupá-lo inteirinho. - disse e gemeu baixo.

Jasmine: É, não tem pessoa mais convencida do que você. - disse me levantando e em seguida subi em cima dele, cheguei perto de seu rosto e disse - Você tem certeza que quer que eu faça isso? - disse e dei um riso fraco - Eu sei que da última vez eu peguei leve, mas agora é diferente. Quer mesmo? - disse com um olhar que fez o dele ter desejo e sedução. Sim, ele quer!

Justin: É melhor você ir logo! - disse me encarando, seu olhar transmitia outra expressão. Luxuria.

Jasmine: TÁ BOM, BEBÊ. - disse com a minha famosa voz sexy, ele sorriu. Dei uma lambida enorme em seus lábios, depois fui fazendo trilhas por todo o seu corpo, eu o beijava inteirinho, até chegar onde eu queria, a paisagem que qualquer pessoa gostaria de ver, mas eu sou a única que posso. Cheguei mais perto e fiz uma mini-masturbação com dois dedos, foi meio em vão, mas consegui. Em seguida 'cai de boca' naquela coisa gostosa, coloquei inteiro em minha boca, ele começou a gemer "Vai Jasmine! Isso gostosa, assim mesmo", eu meio que ria, ele gemia engraçado, FALA SÉRIO! ;S Os meus movimentos eram o mesmo de sempre, aquilo tinha gosto de Chocolate com Pimenta, HAHA' sério. O gostoso do Bieber gemia demais, alto mesmo, eu adoro isso, então parei com os movimentos, mas continuei com o Jerry em minha boca, rs'. Justin logo disse...

Justin: PUTA QUE PARIU! Por que parou? - ele me olhava furioso.

Jasmine: - tirei aquilo da minha boca - Cansei. - disse com cara de tédio.

Justin: Olha aqui, é melhor você continuar, eu te dei muito mais prazer do que você está me dando...

Jasmine: OKAY SENHOR BIEBER!

Justin: E anda logo, Jasmine Bieber Villegas. - ele disse e riu.

Jasmine: - bufei e de novo, coloquei seu pênis em minha boca, mas desta vez, sabe o que eu fiz? Espia só. Movimento de vai, coloquei a língua nele e em seguida o dente, comecei a mordê-lo, quem foi que gritou mesmo?

Justin: AAAAAAAAAAAAAAAAAH' SUA LOUCA! - ele gritou de dor - Por que fez isso?

Jasmine: Pra você ver como eu me sinto quando você age com brutalidade comigo. - disse e fiz bico.

Justin: Você tá parecendo uma vadia...

Jasmine: RUN' vadia? E você ta parecendo aqueles caras que come vadias.

Justin: Então estamos kits! - ele sorriu - Vamos continuar, hein? - ele disse com aquele olhar sedutor que ninguém resiste, muito menos eu.

Jasmine: TÁ. - sorri. Dessa vez ele ia me penetrar, atrás. As coisas estavam fugindo do controle, parece que somos viciados em sexo. Ele para, a gente briga e continua, eu paro, a gente briga e continua. Isso é coisa de gente viciada! Mas como eu posso saber? Não conheço ninguém que é viciado. Só que sexo é bom demais, pode ter certeza. Então, o miau me penetrava, me entocava com muita força, atrás eu sou muito mais apertada, ele tem que colocar a  mão no meu bumbum e abrir bem pra que seu pênis consiga passar. Eu gemia, gritava muito! DEMAIS. No meio daquilo tudo, Justin e eu chegamos em nossos orgasmos juntos, eu gozei, ele saiu de dentro de mim e gozou também. Era gozo pra tudo quanto é lado! RS' Caímos na cama e ele nos cobriu com um lençol, mal sabia que estávamos nus. Justin me agarrou por trás e ficou beijando o meu pescoço, o homem não parava 1 segundo e eu ali só rindo - Jus, para! To cansada, falando sério. - disse me virando de frente pra ele.

Justin: Desculpa, mulher dos peitos fartos. - ele disse sorrindo e me beijou.

Jasmine: HAHA' apelidinho novo? - disse rindo.

Justin: AHAM! Vem, vamos dormir. - disse me abraçando e colocando minha cabeça em seu peito - Boa noite, senhora Bieber.

Jasmine: Boa noite, senhor Bieber. - disse rindo fraco, em seguida fechei os olhos, apaguei um tempo depois.

                                                          ...
Continua! com 3 comentários...

sábado, 22 de dezembro de 2012

Follies Of Love 25º (Você me decepcionou muito!)


05/03/2013.

Mario: A gente não deveria estar aqui! - disse e saiu correndo. Dia seguinte, indo pra cachoeira.

Lari: Eu só quero me divertir.... como as meninas não queriam vir, restou você. - disse e sai correndo atrás dele.

Mario: OKAY. Se alguém pegar a gente aqui e juntos, vão pensar besteira. - disse parando, tínhamos chegado na cachoeira.

Lari: Não vamos fazer nada de errado! - disse me sentando em um tronco de árvore.

Mario: Tá. Está com calor? - ele disse pegando a corda.

Lari: MUITO CALOR! Por quê? - disse me abanando.

Mario: Vamos pular ? - ele disse com um sorriso sapeca.

Lari: É melhor não! - balancei a cabeça negativamente.

Mario: Não se preocupa, vem comigo. Só pra refrescar! - ele disse e depois tirou a camisa.

Lari: TÁ. - disse e peguei a corda, ele fez o mesmo, nos balançamos até cairmos juntos dentro do lago, aquilo foi hilário - OMG' isso é bom demais! - disse rindo.

Mario: Não falei? - ele disse e começou a jogar água em mim.

Lari: AAAAAAAAAAAAAAAH' para com isso, Mario! - disse rindo e tentando me proteger, mas foi em vão, joguei nele também - TOMA! Haha' para!

Mario: Você que começou, agora aguenta! - ele continuou jogando água em mim.

Lari: Eu não comecei nada, para! É sério. - disse e fiquei séria.

Mario: Okay, vamos sair daqui então? Já nos refrescamos o bastante. - ele disse saindo.

Lari: Me ajuda se não eu vou cair! - disse levantando os braços e ele me ajudou a sair do lago - E agora? - disse olhando pra mim mesma, toda molhada.

Mario: Hum... - ele foi andando e pegou uma toalha que estava na árvore - toma! Se seca com isso.

Lari: Obrigada. - disse e comecei a me secar, ele não parava de olhar pra mim, terminei, ia entregar a toalha pra ele e tropecei em uma pedra, quase cai, mas ele me segurou, eu fiquei com o corpo bem perto do dele, ele olhava dentro dos meus olhos e eu nos dele, eu já não sabia o que ia acontecer, até que ele me beijou. Correspondi. O QUE EU TO FAZENDO? Traindo meu namorado. Parei de beijá-lo quando...

Justin: LARISSA! - ele gritou bravo.

Lari: Justin ? - disse completamente confusa. COMO ELE CHEGOU AQUI ? Diabos.

Mari: Justin! - ela chegou correndo.

Justin: Larissa, você está me traindo com esse cara? - eu não sabia decifrar a expressão dele.

Lari: Eu não to te traindo!

Mario: Láah, esse é seu namorado?

Lari: Sim.

Justin: LÁAH? - me encarou.

Mari: Justin, fica calmo! Ele é só meu primo.

Justin: Larissa, se você não me explicar o que está acontecendo, eu arrebento a cara desse aí!

Lari: Justin, se acalma...

Justin: NÃO ME PEDE PRA FICAR CALMO!

Lari: Justin, foi ele que me beijou!

Mario: Eu beijei, mas você gostou e correspondeu.

Mari: MARIO! - disse encarando ele.

Justin: Cara, você merece morrer! - disse olhando pro Mario furioso.

Lari: Justin, eu posso te explicar tudo...

Justin: Então explica logo!

Lari: Você está muito nervoso, agora não.

Justin: Larissa, você me decepcionou muito! E você aí, eu só não te bato porque você é primo da Mari.

Mario: Primo da Mari? Está é com medo de apanhar!

Justin: Perdi a paciência. - ele disse e foi em direção do Mario, depois deu lhe um soco.

Lari: Justin, para com isso!

Mari: PARA!

Justin: Para, nada! Esse cara me deixou nervoso.

Mario: Nervoso? - ele disse e deu um soco no Justin.

Lari: ARGH! Não vale a pena brigar por minha causa, para vocês dois. - disse segurando o Justin.

Mari: É melhor parar... - disse segurando o Mario.

Justin: ME SOLTA, LARISSA! - disse se soltando de mim - Esse cara já teve o que merece. Eu vou embora daqui e você nem pense em me impedir! - ele disse e saiu andando, fui atrás.

Lari: JUSTIN, me escuta!

Justin: Eu não quero ouvir nada... me deixa em paz! Você já fez o favor de colocar um par de chifres na minha testa, você quer mais o quê?

Lari: Eu só quero que você me escute!

Justin: O que você vai falar? Que foi ele que te beijou e você não teve nada a ver com isso?

Lari: MAS FOI ELE QUE ME BEIJOU!

Justin: Eu vi muito bem, mas eu quero saber o que você estava fazendo ali. - ele disse e parou.

Lari: Apenas nadando!

Justin: Sozinhos? - me encarou.

Lari: É que as meninas não queriam ir, ai eu fui com ele mesmo.

Justin: Não sei se devo confiar em você!

Lari: Por quê? A gente não está namorando?

Justin: Como, namorando? Você mesma disse que queria ficar comigo e não namorar.

Lari: Justin, desculpa! Mas eu não te trai.

Justin: Olha, eu to confuso. Depois eu vejo se te desculpo... - ele disse e saiu andando.

Lari: ESPERA! - disse e ele parou - Como você chegou aqui ?

Justin: Eu perguntei pro seu amiguinho onde a avó da Mari mora.

Lari: Mas você veio pra cá, por quê? - disse e fomos andando.

Justin: Eu queria te ver, simples.

Lari: Queria me ver?

Justin: É, Larissa! Fiquei tanto tempo sem ouvir sua voz, que preferi te ver.

Lari: Hum... me desculpa? - disse olhando pra ele e fiz bico.

Justin: Sério, eu tenho que pensar. - ele olhou pra mim e eu continuei com o meu bico - Ai Meu Deus! Tá bom, te desculpo. - ele parou, colocou a mão no meu rosto e me beijou.

Lari: Obrigada! - sorri - Eu estava com tanta saudades.

Justin: Eu também.

Lari: - comecei a andar e ele me acompanhou - Então, o que você estava fazendo Domingo que estava tão ocupado?

Justin: aaaaaah' saquei qual é a sua! Você não acreditou em mim, né?

Lari: Eu acreditei sim, é que a Mari ficou colocando umas coisas na minha cabeça que eu fiquei em dúvida.

Justin: Tipo o quê?

Lari: Eu não vou falar! - balancei a cabeça negativamente.

Justin: É melhor você falar, se não... - interrompi ele.

Lari: Se não, o quê?

Justin: Se não eu faço você falar! A força, entendeu? - disse me encarando e riu.

Lari: TÁ, eu falo! Ela ficou falando que você poderia estar me traindo. Mas eu não acreditei!

Justin: EU NÃO ACREDITO QUE A MARI DISSE ISSO! - ele disse meio bravo.

Lari: Eu sabia que você ia ficar bravo, eu não deveria ter falado... - disse meio desesperada, ele começou a rir.

Justin: Eu não estou bravo, só surpreso.

Lari: Então me fala o que você estava fazendo no Domingo.

Justin: Eu? No Domingo? - ele disse rindo.

Lari: Okay, qual é a graça? - encarei ele.

Justin: - ele parou - Gata, eu estava arrumando o meu apartamento.

Lari: O dia inteiro?

Justin: Se você visse como ele estava, ia me dar razão.

Lari: Ah' é? - disse com uma cara inocente.

Justin: Claro! Eu fui terminar já de noite, por isso só respondi uma mensagem sua.

Lari: Ah' tá! Mas e os treinos? Você faltou pra vir me ver?

Justin: Não! Eu pedi uns dias de folga. - ele sorriu e continuamos andando.

Lari: Que bom! Mas não precisava ter vindo pra cá, eu já ia embora amanhã.

Justin: Esqueceu que eu estava com saudades ? Eu ia vir de qualquer jeito!

Lari: Ai como você é fofo! - disse e dei um selinho nele. Chegamos.

Karina: Láah, cadê a Mari? - ela disse olhando de um lado pro outro e depois olhou pra nós - OMG' Justin Bieber? - ela disse boquiaberta.

Continua! com 3 comentários...

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Pick Me - 5ª Temp. - Part. 13 - Segundo dia de ressaca .

Antes(...) Jasmine: Que isso, Ju-us? P-par-ra de fal-lar palavrão.
Justin: Vem comigo... - peguei na mão dela de novo e saímos andando, fomos até o topo da torre, era quase meia-noite, não tinha ninguém lá, só nós dois.
Jasmine: Aqui é lindo! - ela disse e olhou pra baixo - AAAAAAI' eu vou cair.
Justin: Calma, Jas. - ficamos um tempão lá em cima, depois descemos, quase caindo, mas descemos. Entrei na Limo e peguei uma garrafa de champanhe - GOSTOSA! Vem aqui. - disse indo em direção á ela e ela fez o mesmo.
Jasmine: Que foi? - ela me abraçou de lado e eu abracei ela.
Justin: Champanhe! Quer? - disse andando com ela.
Jasmine: Queroi sim. - ela pegou a garrafa da minha mão e bebeu um pouco - Esses é do bom.
Justin: Sabia que ias gostar!

  Ficamos andando em volta da Torre e bebendo champanhe, aquilo nos embebedou ainda mais, cambaleamos demais, caímos, cantamos umas músicas brasileiras meio doidas e deitamos na grama. Algumas horas depois, soltamos pra Limo e pro Hotel, o Chofer nos ajudou até entramos em nossa suíte, depois foi embora. Nos sentamos no sofá e dormimos ali mesmo.

Agora...

No dia seguinte... 26/10/2020.

 P.O.V Jasmine

 Acordei com minhas costas doendo demais, depois que fui perceber que estava no sofá, me levantei com a mão na coluna e Justin acordou.

Justin: O que houve?

Jasmine: Nada! Eaí, o que aconteceu ontem? - me sentei do lado dele e o abracei.

Justin: Eu pensei que você soubesse...

Jasmine: Eu só lembro que você me levou pra jantar, só isso.

Justin: Depois nós fomos no topo da Torre Eiffel, estávamos bêbados, ficamos vendo a vista e depois descemos, eu peguei uma garrafa de champanhe e ficamos bebendo e andando em volta da  Torre, ficamos tão tontos, que caímos a maioria das vezes, cantamos também várias músicas brasileiras bem estranhas.

Jasmine: QUE LOUCOS QUE NÓS SOMOS!

Justin: Né? Segundo dia de ressaca.

Jasmine: Isso é ruim! Vamos tomar um banho?

Justin: Pra quê? - ele disse com cara de safado.

Jasmine: Seu idiota! Pra quê? Pra quê? - disse me levantando - Vem logo.

Justin: - ele se levantou e me agarrou por trás - Só se for agora... - ele sussurrou no meu ouviu e eu me arrepiei - se arrepiou, foi? - ele encostou sua parte da frente em minha parte de trás.

Jasmine: Ai Jus, não fala assim! - disse já ficando excitada com tudo aquilo.

Justin: To te deixando com Biebergams, é?  - ele disse meio que provocando minha fragilidade em relação ao que ele está fazendo.

Jasmine: Aham, está! - me virei e olhei pra ele.

Justin: É melhor resolvermos isso agora, não acha? - ele sorriu maliciosamente.

Jasmine: Acho, agora mesmo. - disse andando de costas e puxando ele pela gravata.

Justin: Nossa gostosa, vem aqui! - ele disse com a mão no meu rosto e me beijou.

Jasmine: - pulei em cima dele e abracei sua cintura com as pernas, é, eu estava de vestido e quase fiquei nua ali, ele parou o beijo e fez uma cara não muito boa - O que foi?

Justin: VILLEGAMS! - ele disse e eu ri.

Jasmine: O que é isso?

Justin: To excitado, mulher!

Jasmine: Inventou esse nome agora, né?

Justin: FOI! Criatividade 100%, né?

Jasmine: Com certeza... agora me beijar e me leva pro quarto, gostoso.

Justin: Como? Você quer que eu caia com você, é?

Jasmine: Então anda logo! - eu disse e ele saiu correndo - AAAAAAAAAAH' seu maloco! - gritei e chegamos no quarto.

Justin: Quer me curtir, agora?

Jasmine: Quero! E você, quer me curtir? Me cutucar? - disse e rimos. (Mariih On Isso foi uma idiotice, eu sei. ¬¬' Mariih Off)

Justin: Quero e quero fazer muita coisa com você! - ele disse e me jogou na cama.

Jasmine: Como está sua Villegams?

Justin: Está me deixando louco! E sua Biebergams?

Jasmine: Me deixando louca. Vem logo, gostoso! - disse chamando ele com o dedo.

Justin: É pra já, gostosa! - ele foi subindo em cima da cama em minha direção, depois colocou a mão no meu rosto e me beijou bruscamente.

Jasmine: Ai seu gostoso! Não faz isso. - disse com uma voz sexy.

Justin: Você não quer? - ele disse com uma cara estranha.

Jasmine: Claro que quero! To excitada. - disse e tirei meu vestido - E você? Tá esperando o quê?

Justin: NOSSA! Nem eu sei mais. - ele disse, me agarrou e ficou beijando o meu pescoço.

Jasmine: Haha' Derek Bieber tá que tá hoje! - disse rindo.

Justin: Meu, você é muito gostosa! - ele disse olhando pra mim com cara de safado.

Jasmine: *selinho* Sou? *selinho* Mesmo? *selinho* Tem certeza?

Justin: Gata, eu já provei e quero provar de novo! Você é gostosa sim. - ele disse com voz de malandro.

Jasmine: Então tá... *beijo* eu sou gostosa. - agarrei o pescoço dele.

Justin: E é convencida também. Vem pra mim! Eu quero você.

Jasmine: EU quero você, seu gostoso do caralho! - disse com voz de malandra.

Justin: Ai eu gostei. - ele disse e lambeu entre meus seios.

Jasmine: Para por aqui! - disse me afastando dele.

Justin: O que aconteceu agora? - ele me encarou.

Jasmine: Eu tive uma ideia maravilhosa. - me levantei em cima da cama.

Justin: É tão maravilhosa assim pra você precisar subir em cima da cama?

Jasmine: Não sei! Me diz você.

Justin: Fala logo qual é a sua ideia, eu já estava com tesão. - ele disse emburrado.

Jasmine: Um jogo.

Justin: Jasmine, você parou com aquilo tudo por causa de um jogo?

Jasmine: Você não entende. Posso explicar?

Justin: Pode! Vai logo que eu estou com pressa.

Jasmine: O jogo é assim, você faz perguntas sobre você pra mim e eu faço perguntas sobre mim pra você, ai se eu acertar uma pergunta, eu faço o que eu quiser com você e se você acertar alguma pergunta, você faz o que quiser comigo.

Justin: JOGO PERFEITO! Amei. Você que inventou isso, né?

Jasmine: Claro! E eu que vou começar. - disse me sentando na cama - Qual minha comida preferida?

Justin: Comida preferida? - ele disse pensativo.

Jasmine: Você não sabe? - encarei ele.

Justin: Claro que eu sei! Só preciso lembrar. - ele disse coçando a cabeça.

Jasmine: Lembra logo! Eu sei que você quer meu corpo só pra você. - sorri maliciosamente.

Justin: Hum... LASANHA! - ele disse meio alto.

Jasmine: UHUUUUUUUUL' acertou! - comemorei.

Justin: Posso fazer o que quiser com você, né?

Jasmine: YES! - eu sorri.

Justin: Então levanta. - eu levantei - O que eu faço com você?

Jasmine: O pior que você tem em mente.

Justin: O pior? - ele sorriu e chegou mais perto do meu corpo, senti sua respiração em meu pescoço, ele foi o beijando até chegar em minha orelha, depois a mordeu e olhou pra mim, estava com cara de safado e olhando pros meus lábios, ai me beijou bruscamente, esse beijo era safado, muito safado. Um tempo depois ele parou. - Nossa, que gostosa! - ele disse com uma voz sensual.

Jasmine: É sua vez, baby Bieber! - disse e dei um selinho nele.

Justin: Hum... qual é a pessoa mais importante na minha vida?

Jasmine: HEY, não faz pergunta besta!

Justin: Você sabe a resposta?

Jasmine: Sei.

Justin: Então diz. Qual o problema ser essa pergunta?

Jasmine: É porque é óbvia demais.

Justin: Responde logo então, melhor pra você!

Jasmine: Pra mim, não! Pra você. E a resposta é.... TCHANTCHANTCHANTCHAN. DEUS.

Justin: É, acertou! Deve ser a resposta de todo o mundo.

Jasmine: Eu disse que era óbvia, mas mesmo assim... chega mais. - disse agarrando ele e o beijei bruscamente, nem deu tempo de ele corresponder, parei.

Justin: Só isso? - ele disse com uma cara triste.

Jasmine: NOOOOOOOOOOOOOOPS! - disse e liguei o som, coloquei uma música sensual.

Justin: O que é isso?

Jasmine: STRIP! - disse dançando toda sexy, ele observava todos os meus movimentos.

Justin: Você está de roupas íntimas, vai ficar nua? - ele sorriu maliciosamente.

Jasmine: - continuei dançando - Deita ai na cama. - disse e ele deitou. Fiquei em frente da cama e meio que dançando, fui tirando o meu sutiã bem devagar e depois joguei pra ele, fiz a mesma coisa com a calcinha - BABY! Agora eu sou toda sua, estou prontinha.

Justin: Nossa, eu to maluco, só pode. - ele disse tirando a calça e a blusa, depois veio em minha direção e me agarrou.

Jasmine: Tá cedo demais pra isso, não acha?

Justin: Cedo? Tá é na hora certa! - ele disse e me beijou bruscamente, ele me levou até a cama e me jogou lá ainda me beijando, como eu estava nua e ele por cima de mim, o meu tesão subiu rapidinho, então ele parou o beijo e olhou pra mim - Posso ir logo?

Jasmine: Faz o que você quiser, ma depressa.

Justin: Não fala mais assim comigo! Agora você vai ver. - ele disse com cara de mau.

Jasmine: Ver o quê? Seu pênis entrando dentro de mim? - disse encarando ele.

Justin: Pode ser! - ele sorriu - Mas primeiro, suas amiguinhas querem ser chupadas pela minha boca gostosa.

Jasmine: Então vem logo, que elas estão esperando... - disse o chamando com o dedo.

Justin: - ele deu um riso fraco e com a facilidade que tudo estava ele começou a chupar meus seios, o Bieber estava em cima de mim e eu lá toda pelada, mesmo ele estando de box, eu senti o Jerry ereto, hehe' O volume ia aumentando cada vez mais, ele chupava meus cheios com muita força, lambia-os e me deixava com mais tesão do que já estava. Eu gemia alto, bem alto, queria explorar todo o prazer que estava sentindo e ele estava me ajudando. parou de sugar meus seios e foi em lambendo dali até minha amiguinha, chegou lá, olhou pra mim e sorriu, depois abriu minhas pernas e enfiou seus dois dedos dentro da minha preciosa. TINHA QUE SER NA PORRA DA PRECIOSA? Ri com isso. Ele fazia os movimentos "vai e vem" com dedo, eu gemia muito demais. - Geme meu nome, geme gostosa. - disse com aquela voz sexy.

Jasmine: Oooooooooooooooooooh'.... Justin... oooooohhhh... não me... tortura. - gemi meio alto.

Justin: Geme logo, sua safada! - disse rude.

Jasmine: Jus... seu gostoso... ooohhhh... só meu... - gemi.

Justin: É isso aí! Geme mais, sei que está gostando.

Jasmine: Justin, oooooooh' me arrebenta logo de uma vez, seu safado! - gritei.

Justin: - ele parou e tirou os dedos de dentro da minha vagina - Calma aê, to fazendo o máximo que eu posso. Agora vou fazer ainda mais! - ele sorriu e em seguida chupou minha vagina por completa, me fez ficar virada, eu gemia alto demais, se você fosse pro Brasil, você ouvia meus gemidos, rs'. Ele não parou, tinha prazer de me dar prazer, é incrível! Quando ele parou, eu gozei - Você é gostosa demais, mulher! Como consegue? - disse olhando pra mim.

Jasmine: Você me faz assim. - disse e ele me beijou bruscamente, sim, eu nua e ele em cima de mim, me beijando. ISSO FOI ÓTIMO! Quando nosso fôlego estava prestes a acabar, ele parou o maravilhoso beijo - E agora? O que você quer de mim?

Justin: Prazer! Bastante prazer. Agora anda logo... - ele me ajudou a levantar, se deitou na cama e tirou a cueca. A MINHA VISÃO FICOU PERFEITA, DO NADA!

Jasmine: To indo, seu safado. - me agachei em cima dele, peguei naquele pênis enorme e coloquei em minha boca, meus movimentos no começo era "vai, para e vem", eu estava naquela lentura que só! O Bieber não gostou nada, ficou me encarando completamente bravo.

Justin: ANDA LOGO COM ISSO! - disse rude.

Jasmine: - apenas fiz o que tinha pedido, aumentei a velocidade, os "vai e vem" nem parecia um "vai pra frente" e "vai pra trás". Eu lambia, chupava, sugava, fazia tudo com o pênis gostoso dele. Quando ele disse que ia gozar, eu parei, ele gozou e eu me levantei, me deitei do lado dele, olhei pra ele e ele me beijou bruscamente, como sempre. Quando ele parou, se levantou e subiu em cima de mim, eu já imaginava o que ele ia fazer, me penetrar, certo? CERTO! Foi isso mesmo o que ele fez.

Justin: Hum... tanto tempo se passou e você continua apertadinha, só pra mim. - ele disse me penetrando, dei um gemido mega alto, sim, tinha doído, tanto tempo, você se desacostuma e com um pênis grande daquele, tinha que doer! os movimentos que ele fazia era o mesmo de sempre "vai e vem", eu gemia demais, demais! - Isso gostosa, geme meu nome!

Jasmine: Ai Justin, vai com força! JUS, JUS! awwwwwwn' vai Jus, me arrebenta.

Justin: Tem certeza? - ele disse sorrindo.

Jasmine: AAAAAAAAAAAARGH' ANDA LOGO! - gemi mega alto.

Justin: Tá bom. - ele disse e aumento ainda mais a velocidade das entocadas, eu gemia demais, que nem uma louca safada. Eu tava brizando naquilo tudo, o Justin gritava o meu nome pra eu gemer o nome dele, sinistro! ;S  Alguém pode ouvir, está de manhã. Ele ficou com aquelas entocadas fortíssimas por muito tempo, chegamos na épice juntos, ai ele parou e se deitou do meu lado. É, ele me beijou bruscamente de novo. CACHORRO! O Justin está mais cruel, parece que esses anos sem sexo, deixou ele viciado. OU NÃO! Tomara que não. Até no beijo ele tá cruel... eu mesma parei bruscamente - O que foi agora? - ele me encarou

Jasmine: Nada! Eu só quero tomar um banho. - disse me levantando e coloquei um roupão.

Justin: Deixa eu ir também? - ele disse e fez bico, eu não suportei aquela carinha fofa dele, assenti, ele colocou a cueca e saiu correndo pra dentro do banheiro, fui andando logo atrás - Ai, você tá bem? - ele disse ligando o chuveiro.

Jasmine: Estou sim! Por que não estaria? - disse tirando o roupão.

Justin: Sei lá! Você nunca para de me beijar se o problema não é o fôlego.

Jasmine: Ah' é que você me beijou tão bruscamente que eu resolvi parar.

Justin: Desculpa, então! Você não gosta de beijos selvagens? - disse sorrindo.

Jasmine: Nenhum pouco! Só sexo já está bom.

Justin: Okay... não faço mais isso, desculpa! - ele chegou mais perto e colocou a mão no meu rosto.

Jasmine: Tudo bem! Te desculpo sim. - disse sorrindo e ele me beijou, dessa vez o beijo foi calmo, ele nos levou pra de baixo do chuveiro e ficamos lá. Quando o fôlego estava chegando ao fim, ele parou de me beijar.

Justin: É melhor tomarmos banho logo! - disse rindo. Nosso banho foi mega normal, tirando que o Justin ria coma  esponja que era amarela, foi normal até demais! Terminamos, saímos do banheiro, ele trocou de roupa e eu também. - Que tal irmos em um restaurante almoçar?

Jasmine: Hum... - olhei no relógio - Nossa, ainda é 13h, pensei que era mais.

Justin: Eaí? Vamos ou não?

Jasmine: Oh' claro! vamos sim. Vou adorar.

Justin: Então vamos, temos que aproveitar nossa luda de mel.

Jasmine: E a manhã de núpcias, ainda mais. - disse com uma voz engraçada e nós rimos.

Justin: Dá próxima vez vai ser noite e não manhã. - ele disse rindo.

Jasmine: Okay! - peguei minha bolsa - Vamos?

Justin: Vamos. - ele entrelaçou nossos braços e saímos da suíte, entramos na Limousine e fomos pro restaurante. Chegamos, saímos da Limo e entramos, é, eu percebi que o Justin tinha reservado só pra nós dois, não tinha ninguém.

Jasmine: Eu não acredito que você fez isso. - disse encarando ele.

Justin: Qual o problema, love of my life?

Jasmine: Bobo! Não precisava fazer tudo isso.

Justin: Eu só queria privacidade, sabe o que é isso? É isso mesmo que você pensou! - ele disse e eu ri, da cara dele, é claro.

Jasmine: Tá bom, Jay-b. - disse rindo e olhei o cardápio.

                                                          ...

Continua! com 5 comentários...

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Follies Of Love 24º (Só por que ele é seu Boyfriend?)


 Tomamos café e depois a Mari foi comigo no galinheiro dar milho pras galinhas e pegar seus ovos. Eu odiei fazer aquilo, mas até que foi legal, eu e a Mari nos sujamos tanto de ovos quebrados, hilariante. Pegamos os ovos e levamos pra cozinha, a Karina disse que ia fazer OVOS COM BACON! Por isso a história de irmos pegar ovos. Como eu amo ovos com bacon, comi demais. Láah, Káah, Máah e Mario encheram a cara de tanto ovo. KKKKKK

Mario: Láah, você gosta de bacon? - disse espantado.

Lari: Pra que tanto espanto? Eu adoro! - disse e sorri.

Karina: Mas você é vegetariana...

Lari: E o que isso tem a ver?

Mari: Bacon vem do porco! Você não sabia?

Lari: AI MEU DEUS! Claro que não. Se não eu não estaria comendo. - disse desesperada. Passei a odiar bacon --'

Mario: Nossa, isso é tão óbvio! Como você não sabia?

Lari: Eu não pensei direito que bacon era ou é de porco.... AAAAAAAH' eu quero morrer! Eu comi a parte de um porco. EU SOU UMA IMPRESTÁVEL!

Karina: Não precisa de tanto desespero Larissa. Joga fora e encerra o assunto! - disse e assim fiz.

Mari: Como você não sabia que bacon vem do porco?

Lari: Eu não sou tão inteligente como pensam. Não sabia e pronto!

Karina: Mas todo mundo sabe!! - ela disse rindo.

Mario: É. Mari, e essa sua coleção do Bob Sponja? Dá pra te ver lá da China! - ele disse olhando pra roupa dela e rindo.

Mari: Você ta com inveja só porque eu amo o Bob Sponja!

Mario: Inveja? Eu também gosto.

Mari: Então ta com inveja da minha roupitya linda demais!

Mario: Não exagera.. mas você ta linda assim mesmo.

Karina: Tá mesmo! Amei sua roupa.

Lari: É linda mesmo, mas eu não gosto muito do Bob, prefiro o Patrick. - eu disse e eles riram - Qual é a graça? - disse encarando os mesmos.

Mari: Dá no mesmo! Mas eu pensei que você gostava de todos.

Lari: Eu gosto! Tenho um controle de video-game do Bob e outro do Patrick.

Mario: FALA SÉRIO? - disse impressionado.

Lari: Aham! Eu trouxe, querem ver? - disse me levantando.

Karina: Claro que queremos ver! - ela disse toda animada.

Lari: Venham comigo.. - disse e saímos dali, fomos pro meu quarto. Chegamos lá, peguei os controles e mostrei pra eles.

Mari: Eu nunca vi esses controles, onde comprou? - ela disse impressionada.

Lari: Eu comprei em USA, você não estava comigo.

Mari: E fez questão de eu não ver, né? - disse me encarando.

Lari: Eu fiquei com dó de mostrar, vamos poder usar só em Sampa mesmo.

Mario: É, néh!? Mas vamos almoçar?

Karina: Você só pensa em comer, né Mario Lúcio? - ela disse e riu.

Mari: A Káah tem razão...

Mario: Então, vocês querem fazer o quê? - disse olhando pra nós três.

Lari: JÁ SEI! Que tal uma brincadeira?

Karina: Uhul! Amei. Qual?

Mari: Pega-pega.

Mario: Como? Pega-pega mesmo ou pega-pega?

Karina: Garoto safado! - disse dando um braço dele.

Lari: Haha' eu tenho que conhecer esse seu lado! - disse olhando pro Mario.

Mari: É, mas depois! Eaí, vamos ou não?

Karina: Não... coisa de criança, não acha?

Lari: Káah, você tem razão!

Mario: Então vai ser o quê?

Mari: STOP!

Karina: aêêh' melhorou. Vamos! - ela disse e começamos - ÔÔÔÔH' STOP! - todos nós mostramos os dedos e ela começou a contar - A, B, C, D, E, F, G, H, I, J... J! Nome de pessoa.

Mario: Júlio.

Mari: Jonathan.

Karina: Janaina.

Lari: Justin! - disse e todos olharam pra mim - O que foi?

Mari: Por que Justin? Só por que ele é seu Boyfriend?

Lari: YEEEEEEEEEP! Agora continua.

Karina: Fruta!

Mario: Jabuticaba.

Mari: AFFFFFFFFFFFFFFFFFF'S só tem essa...

Mario: Quem disse isso? Tem mais!

Lari: Eu não lembro de uma fruta que comece com J e não seja jabuticaba.

Karina: Então pula. País ou Cidade!

Mari: Jamaica.

Lari: Japão.

Mario: Jordânia.

Karina: Jerusalém.

  Continuamos brincando de STOP, aquilo foi meio infantil, mas foi muito legal. Depois fomos almoçar, eu fiquei mega feliz porque não senti gosto de carne, isso me animou bastante, Mari disse que eu ia gorda comendo tanto. Foda-se! É bom que toda a minha gordura não vai pra barriga e sim pra minha bunda, é. Isso foi esquisito... algum tempo depois de termos terminado o almoço, fomos pra cachoeira.

Lari: Eu não vou conseguir subir nesse cavalo! - disse olhando pro Mario já em cima do mesmo.

Mario: Peraê... - ele disse e desceu - eu te ajudo, então. Olha, coloca o pé aqui, dá impulso e sobe.

Lari: Okay! - disse e fiz como dito - Consegui. - disse comemorando.

Mari: iiiih' o clima ta bom. - ela disse com um olhar malicioso.

Karina: Lari, finge que não ouviu! Vamos?

Mario: É, né!?

Lari: Vamos! - disse e o cavalo começou a andar - AAAAAAAAAAAAAAAAAAH' - gritei com medo.

Mario: O que foi, Lari? Está com medo?

Lari: Claro! Eu nunca andei em cavalo. Por favor, diz pra mim que eu não vou cair?

Mario: Se você se segurar em mim, não! - ele disse e assim fiz, demorou um pouco pra chegar na cachoeira, mas chegamos - CHEGAMOS! - ele disse e desceu do cavalo - Quer ajuda?

Lari: YEEEEEEEEEEEEEEEP! - disse e ri, ele me ajudou a descer do cavalo - Cadê a cachoeira?

Mari: ALIIIIIIIIIIIII! - ela gritou apontando, não vi nada, só umas árvores.

Karina: Essa mina é louca, sempre fica assim quando monta em um cavalo. - ela disse rindo.

Mario: Lari, a cachoeira é atrás daquelas árvores que a senhorita Mari Araújo apontou...

Lari: Então tá! Vamos logo que eu quero conhecer a cachoeira. - disse e nós saímos andando, chegamos na cachoeira e ela era tipo, enorme - OMG' que demais!

Mari: Olha só essa corda! - ela disse pegando uma corda que estava amarrada em uma árvore.

Karina: Mario, lembra quando você amarrou ela na árvore?

Mario: Acho que sim! Eu tinha uns 12 anos. - ele disse pegando a corda - A gente se pendurava aqui e ficava balançando. - ele disse e fez isso mesmo, depois caiu no lago.

Lari: HAHAHA' OMG'

Mari: HAHA' você é bom nisso!

Karina: HAHAHAHA' sempre foi... vai Mari, sua vez!

Mari: UHUUL! Demorou... - ela fez a mesma coisa e caiu no lago.

Mario: NOSSA! Aqui está bom demais, vem Karina.

Karina: TO INDO PRIMO! UHUL' - ela fez o mesmo e caiu.

Mari: LARIIIIIIII! SUA VEZ. - disse cantarolando.

Lari: Não, não! Obrigada. Deixa pra próxima. - disse me afastando do lago.

                                                (...)

Continua! com 3 comentários...

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Pick Me - 5ª Temp.- Part. 12 - Mas eu te amo, não faria isso.

Antes(...) Jasmine: Ahn: Cara, você é incrível. - me levantei e fui em direção á ele, abracei seu pescoço. 
Justin: Por que eu sou tão incrível assim? - ele disse sorrindo e abraçou minha cintura.
Jasmine: Você muda de posição rápido demais! - disse e dei um selinho nele.
Justin: É a primeira vez que eu faço isso com você.
Jasmine: TÁ. Vai ficar aqui comigo?
Justin: Deitados agarradinhos? - ele fez cara de safado.
Jasmine: Com certeza! Vem. - peguei na mão dele e nos deitamos na cama, eu deitei de lado e ele deitou atrás de mim e me abraçando, estávamos de conchinha. Ficamos conversando um pouco e eu não vi mais nada, apaguei.

Agora...

 P.O.V Justin

  Eu e a Jasmine ficamos conversando ali deitados mesmo, ela logo apagou. Esperei um bom tempo e depois me afastei dela, sai da cama sem fazer barulho e sai da suíte. Fui resolver todas aquelas coisas pra hoje á noite, até aluguei uma limo. Depois que tudo estava estava preparado, eu voltei pra suíte, cheguei lá e entrei no quarto. Jasmine ainda estava dormindo, entrei no banheiro, tomei um banho e troquei de roupa, coloquei um smoking, ai fui chamar a Bela Adormecida.

Justin: Jas, acorda! - cutuquei ela - Jas... acorda. - chamei ela e resolvi acordar ela de outro jeito - Não vai acordar, né? Então tá! - virei ela e comecei a dar beijos por todo seu rosto, ai ela acordou.

Jasmine: Ai Jus, para! Faz cócegas.

Justin: Só assim pra você acordar!

Jasmine: - ela olhou pra mim de cima até em baixo - Está lindo! Vai aonde?

Justin: Em um encontro, quer ir também?- eu disse e nós rimos.

Jasmine: Encontro? Com quem? - ela me encarou.

Justin: Assim vai estragar tudo! Olha Jas, toma um banho bem gostoso, se perfuma todinha e coloca a roupa que está dentro dessa caixa, eu vou ficar te esperando lá em baixo pra irmos pro meu encontro. - eu disse e sorri.

Jasmine: O que tem dentro da caixa?

Justin: O que eu acabei de dizer?

Jasmine: É mesmo! Roupa. Deixa eu ver?

Justin: Não. Quando você dor se trocar, você vê. Agora vai logo tomar banho!

Jasmine: TÁ BOM. - ela pegou o roupão e entrou no banheiro.

Justin: BOM BANHO, GOSTOSA! DAQUI 40 MINUTOS EU TE LIGO. - eu disse alto e sai do quarto, da suíte e fiquei esperando ela dentro da Limo, como não tinha nada para fazer, peguei meu iPhone e entrei no twitter, postei algumas coisas e retwetei algumas Brazilian Beliebers, depois vi alguns tweets dela, era só "AAAAAAAAAAH' O JUSTIN ME DEU RT! AAAAAAAAAAH' ". Todas foram assim, eu até ri por um momento, parei quando vi um ser saindo do Hotel e vindo em direção á Limo - Oh My God! É a Jasmine mesmo ou eu estou sonhando? - disse comigo mesmo, o Chofer abriu a porta e eu logo a vi, estendi a mão, ela pegou e entrou - Você está completamente linda! - disse olhando pra ela.

Jasmine: Obrigada... - ela sorriu - mas então, quem é seu encontro?

Justin: aaaaah' meu encontro? Quem você acha que é?

Jasmine: Hum... eu?

Justin: É, você mesma! Minha mulher maravilhosa. - disse a beijei, a Limo começou a andar.

Jasmine: De onde saiu essa Limousine?

Justin: De uma fábrica, de onde mais seria?

Jasmine: Continua falando bobagem, né? - ela disse rindo - É sério Justin, onde você conseguiu essa Limo?

Justin: É que eu conheço um cara, que conhece um cara, que conhece um cara que me emprestou essa Limo.

Jasmine: NOSSA! É linda.

Justin: É minha. - disse cheirando o pescoço dela.

Jasmine: Sua? Você comprou a Limousine?

Justin: Comprei! Foi baratinha. Vou usar só um ocasiões especiais, como esta.

Jasmine: Ai como você é fofo. - ele disse e me deu um selinho.

Justin: Fez como eu pedi, né? Se perfumou toda pra mim. - disse e cheirei o pescoço dela de novo.

Jasmine: É, né!?

Justin: Hum! Eu conheço esse cheiro. - mais uma vez, cheirei o pescoço dela.

Jasmine: Conhece mesmo... SOMEDAY!

Justin: Você passou o meu perfume?

Jasmine: Nada melhor do que sair com você, é passar o seu perfume.

Justin: Você sabe mesmo me deixar mais feliz do que já estou, né? - disse beijando o pescoço dela.

Jasmine: Para com isso! O Chofer está bem ai na frente.

Justin:- peguei um controle, apertei o botão e uma janela se fechou onde o Chofer estava - Pronto, gostosa! Ele não vai mais nos ver.

Jasmine: Mesmo assim. Estamos indo para um jantar, certo? Quando chegarmos no Hotel, se você estiver bem excitadão, a gente faz um sexo bem gostoso e selvagem. - ela disse com cara de safada.

Justin: É assim que eu gosto! - disse a Limo parou - Acho que chegamos.

Jasmine: Tomara que sim... - ela disse e o Chofer abriu a porta - Vamos lá!

Justin: - eu sai e ela saiu logo atrás, entrelacei nosso braços e entramos no restaurante, nos sentamos na mesa que eu tinha reservado.

Jasmine: Nossa Jus, aqui é muito lindo!

Justin: Eu sabia que você ia gostar.

Jasmine: Hum... - ela pegou o cardápio - está em francês, eu não consigo ler.

Justin: Então eu peço pra nós dois!

Jasmine: Tudo bem. - ela disse e um garçom se aproximou, fiz o pedido, acho que Jasmine não entendeu nada, estava falando em francês, depois o garçom saiu - O que você pediu?

Justin: Comida, né?

Jasmine: Para de besteira, pelo amor da nossa lua de mel... - ela disse e me encarou.

Justin: Viajou! - disse rindo.

Jasmine: Afffff' me diz logo?

Justin: Você vai saber quando chegar. Agora me dá um beijinho? - disse e fiz bico.

Jasmine: - ela me deu um selinho - Assim está bom?

Justin: OH NO. Não está! Quero mais. - disse e a beijei bruscamente, o beijo foi rápido, ela logo parou - Agora sim. - disse sorrindo.

Jasmine: Mano, sua boca está toda suja de batom! - ela disse rindo.

Justin: Pra que você coloca batom? - disse limpando minha boca com um guardanapo.

Jasmine: Você que me beijou! E você queria que eu colocasse brilho ou gloss? O brilho ia deixar seus lábios grudentos e o gloss ia deixar seus lábios cheios de glitter.

Justin: É, o batom foi uma boa.

Jasmine: Eu disse! Já pensou seus lábios cheios de glitter? Não ia sair.

Justin: Credo. Nem quero imaginar!

  A comida chegou. Comemos e a Jasmine amou o que eu tinha pedido! Depois pedi uma garrafa de champanhe, o garçom abriu e colocou em nossas taças, depois saiu.

Jasmine: Um brinde ao...

Justin: Nossa casamento maravilhoso! - brindamos e tomamos um gole - Jasmine, me promete uma coisa?

Jasmine: Depende do que ser essa coisa!

Justin: Promete que nunca mais vai terminar comigo?

Jasmine: Eu só terminei com você 1 vez! E a culpa foi sua.

Justin: Eu sei... não sei o que deu em mim pra ter feito aquilo contigo. - disse e peguei na mão dela - Eu te amo tanto.

Jasmine: Eu também te amo, meu bebê! - ela disse sorrindo e nos selamos.

Justin: Sério, me promete?

Jasmine: Eu não posso te prometer isso! Porque o próximo pode ser você. - ela disse e depois olhou pra mim.

Justin: Como assim? Próximo? Eu? Ahn?

Jasmine: VOCÊ pode terminar comigo.

Justin: Mas eu te amo, não faria isso.

Jasmine: Tá bom! Mas ninguém prevê o futuro, vai que alguma coisa de ruim acontece?

Justin: Pode até acontecer, mas eu não vou terminar contigo. O meu radar diz que você vai ficar grávida de gêmeos!

Jasmine: OMG' gêmeos? Ficou maluco? Tudo isso?

Justin: 2 filhos não é muito, já pensou for 4?

Jasmine: Não, não! 1 só está bom.

Justin: A única coisa que devemos fazer é esperar o tempo passar...

Jasmine: É. Tomara que eu fique grávida logo, quero que isso acabe depressa.

Justin: Espera, mulher! Não fique assim. Vem, toma mais um pouco de champanhe. - disse colocando na taça dela. Bebemos bastante champanhe até ficarmos bêbados, saímos do restaurante cambaleando e com a ajuda do Chofer, ele nos colocou dentro da Limo e nos levou pro Hotel, mas no caminho... - HEY! PARA AÍ. EU E MINHA MULHER QUEREMOS IR NA TORRE EIFFEL.

Chofer: - ele parou a Limo e disse - Eu sou pago pra fazer isso?

Justin: É sim.  E ANDA LOGO! - eu disse, ele saiu da Limo e abriu a porta - Vem Jas. - disse pegando na mão dela e saímos da Limo, então eu quase cai quando pisei o pé no chão - DESGRAÇA.

Jasmine: Que isso, Ju-us? P-par-ra de fal-lar palavrão.

Justin: Vem comigo... - peguei na mão dela de novo e saímos andando, fomos até o topo da torre, era quase meia-noite, não tinha ninguém lá, só nós dois.

Jasmine: Aqui é lindo! - ela disse e olhou pra baixo - AAAAAAI' eu vou cair.

Justin: Calma, Jas. - ficamos um tempão lá em cima, depois descemos, quase caindo, mas descemos. Entrei na Limo e peguei uma garrafa de champanhe - GOSTOSA! Vem aqui. - disse indo em direção á ela e ela fez o mesmo.

Jasmine: Que foi? - ela me abraçou de lado e eu abracei ela.

Justin: Champanhe! Quer? - disse andando com ela.

Jasmine: Quero sim. - ela pegou a garrafa da minha mão e bebeu um pouco - Esses é do bom.

Justin: Sabia que ias gostar!

  Ficamos andando em volta da Torre e bebendo champanhe, aquilo nos embebedou ainda mais, cambaleamos demais, caímos, cantamos umas músicas brasileiras meio doidas e deitamos na grama. Algumas horas depois, soltamos pra Limo e pro Hotel, o Chofer nos ajudou até entramos em nossa suíte, depois foi embora. Nos sentamos no sofá e dormimos ali mesmo.

Continua! com 5 comentários...

 HEY GIRLS! Como estão? Bem? Eu to bem : ) Eaí, gostaram desse capítulo ? Tem muita coisa por vir ainda nessa temporada, coisas boas e ruins, só que isso não vem ao caso. É melhor eu não falar mais nada, já disse demais. Espero que tenham gostado desse capítulo, comentem bastante, please. Eu já disse que to férias? Disse? Não sei, mas to dizendo agora. (tenho perca de memória recente, sorry) TO DE FÉRIAS! Posso postar todos os dias agora, mas se vocês colaborarem comentando, claro. Eu disse no meu outro blog que ia viajar, yes, eu vou E não vou poder postar nos meus blog's ;( só que claro, quando eu voltar, eu vou postar bastante, se ainda tiver o que postar. *-* Bom... é só isso mesmo. Xoxo Mariih' ;*

sábado, 8 de dezembro de 2012

...

Heeeey! Cadê os comentários? Vocês sumiram ou quem ta lendo são fantasmas? Sinceramente, eu to triste. Eu sei que muitas pessoas visualizam a postagem, mas não comentam, por que isso? Vai cair o dedo se comentar pelo menos um "continua", dizer o que achou da postagem? Vai cair? Cara, eu acho que não. Eu to adiantando as postagens de Follies Of Love porque eu vou viajar, mas vocês não ajudam de jeito nenhum, ficam mais de 3 dias pra me dar mais de 1 comentário. Meu, desse jeito eu vou ter que parar de vez de postar, sério =/ Comentem bastante, por favor! Eu já estou de férias e posso postar todos os dias, mas se vocês comentarem, claro. Eu vou ficar bastante tempo sem postar e quero recompensar vocês agora, porque depois, não dá. Bom... comentem, please.
Xoxo Mariih' ;*

domingo, 2 de dezembro de 2012

Follies Of Love 23º (Puro estresse)


 No dia seguinte... 03/03/2013.

P.O.V Justin

 Acordei com o barulho da TV, AHN? Sim, eu dormi no sofá da sala. Peguei meu celular e era exatamente uma hora e cinquenta e cinco minutos. VALEU! Ainda bem que hoje é domingo. Graças ao bom Deus! :) Acho que hoje vou ficar o dia inteiro vendo TV, mas esse AP parece o lixão, vou ter que arrumar aqui primeiro. Me levantei do sofá e fui pro meu quarto, fiz minha higiene e meio que arrumei meu cabelo, sai do quarto, fui pra cozinha e fiz café, olha que maravilha, saiu amargo. Foda-se! Hoje eu não to com paciência pra  brigar com o açúcar. HAHA' era pra rir. Sabe quando você acorda com aquela preguiça? Eu to assim! Dá vontade de deixar a casa do jeito que está completamente bagunçada MAS EU NÃO POSSO! =/ Do jeito que minha querida mãe é, ela vem aqui só pra ver se eu já arrumei a casa. Então, tenho duas opções, arrumar ou... arrumar! AFFF' Terminei o café e comecei arrumando o meu quarto, eu ia ficar o dia inteiro ali, mas tudo bem. Arrumei tudo, depois fui pra sala, era poeira pra tudo quanto é lado, limpei tudo, agora ia ser a cozinha. VISH' imagine a bagunça que estava aquela cozinha. Confesso que não queria arrumar nada, ver bagunça dá cansaço, mas fazer o quê? ARRUMEI TUDO! O apartamento inteiro ficou brilhando, terminei e já tinha escurecido. Fui comer porque estava cansado e morto de fome, comi que nem um leão, depois fui tomar um banho, é eu estava mais sujo do que um rato de esgoto. HAHA' Terminei o banho, coloquei uma calça de moletom e uma blusa de manga longa. Eu já disse que está frio? É, eu sei lá! Mas está frio e eu não gosto de frio, prefiro calor, assim eu posso ficar sem camisa. HAHA' Voltei pra sala, peguei meu celular e tinha quantas mensagens da Larissa? Umas cinquenta! Ela não vive sem mim. Respondi só a primeira que li, me sentei no sofá e liguei a TV, estava passando o filme do Bob Esponja. Adoro! rs' Esperei a Larissa me responder a mensagem e nada. Deve que está jantando, né? Deu 21hrs e ela ainda não tinha me respondido. Okay! Fiquei o dia inteiro sem ouvir a voz dela, não vou sobreviver. Ela chega só quarta-feira e hoje ainda é domingo! Amanhã eu tenho treino e não vou poder falar com ela direito =/ Coisa chata!

P.O.V Larissa

 Terminei o banho, fui jantar e voltei pro quarto, ai eu vi que o Justin tinha respondido minhas mensagens, só que horas atrás e eu nem vi. Agora ele deve estar dormindo, é melhor eu mandar uma mensagem pra ele amanhã.

Mari: LARI! - ela disse entrando no quarto.

Lari: Sabe o que seria melhor?

Mari: Não! Mas você poderia me dizer.

Lari: Meu apelido soa melhor quando você diz LÁAH... veja o som que faz. LÁAH!

Mari: Okay, Láah. Mas eaí, já falou com o Justin?

Lari: Não, Máah! Essa hora ele deve estar dormindo, tem treino amanhã, mas eu acho uma pena ele não ter me ligado, respondido minhas mensagens e tal.

Mari: Ele não respondeu? - ela disse assustada.

Lari: Eu enviei umas 50 mensagens pra ele! Ele só respondeu uma.

Mari: E o que ele disse? - ela disse mega curiosa.

Lari: Pediu desculpas por não ter respondido minhas mensagens e que ficou o dia inteiro ocupado. - disse e bufei.

Mari: Tem certeza que ele estava ocupado? - ela disse desconfiada.

Lari: Sua mente é muito poluída! O Justin não está me traindo...

Mari: Como você pode saber? Estão longe um do outro.

Lari: Não coloca nada na minha cabeça! Eu posso pensar que ele está me traindo, mas no final ele não está.

Mari: Okay! Ele não está te traindo, o Justin é um anjo que caiu do céu. - disse ironicamente.

Lari: Você nem conhece ele pra falar desse jeito. - disse em deitando e me cobrindo.

Mari: Tá bom, desculpa, vai dormir! Bye. - ela fez o mesmo.

Lari: BYE. - disse e fechei os olhos. Apague um tempo depois.

 No dia seguinte... 04/03/2013.

 Acordei com a dona Marina me chamando, a coisa que eu mais odeio no mundo é que as pessoas me acordem, muito menos gritando. Argh' ;@

Mari: LÁAH!

Lari: A Láah já acordou e a Láah odeia que acordem ela, falow? - disse saindo da cama e fui direto pegar minha escova e pasta, coloquei um pouco de pasta na escova e sai do quarto, a MÁAH veio atrás.

Mari: Láah, desculpa ter te acordado daquele jeito!

Lari: - chegamos no lugar de escovar os dentes - A Láah não gosta que conversem com ela enquanto ela está escovando os dentes. - disse e comecei a escovar.

Mari: TÁ BOM... eu só queria avisar que hoje o Mario vai nos levar pra conhecer a cachoeira, você quer ir? - ela disse e eu fiquei calada, com razão - Então tá, depois você me responde. - ela disse e saiu andando.

Lari: - terminei de escovar e sai correndo até lá dentro, na cozinha. Mari e o pessoal todo estava lá. - Bom dia gente! - disse sorrindo e acenei.

Mario: Bom dia, Lari!

Karina: Buenos dias! - ela disse com uma voz engraçada e todos riram.

Sophia: Bom dia, Lari!

Mari: Bom dia, Láah! - ela disse me encarando.

Lari: Gente, por favor, me chamem de Láah, né Máah?

Mari: É, Láah!

Karina: O que houve entre vocês duas?

Mari: É porque a LÁAH ficou bravinha só porque eu acordei ela.

Lari: Você sabe que eu não gosto que me acordem gritando!

Mari: Você acordava de um jeito, o que restou foi gritar mesmo.

Mario: Vamos parar vocês duas!

Karina: Aí Láah, vamos conhecer a cachoeira? O Mario vai nos levar. - ela disse toda animada.

Sophia: Eu também quero ir...

Lari: Eu vou sim! - disse e sorri fraco.

Karina: Sophia, é melhor não. Esqueceu que vamos a cavalo?

Lari: CAVALO? Eu não sei andar de cavalo.

Mario: Não se preocupa, você vai comigo. - ele disse sorrindo e piscou. O QUE TA ACONTECENDO AQUI?

Lari: Então tá! - revirei os olhos.

Sophia: Tá bom, eu vou ir brincar com as minhas bonecas. - disse e começou a chorar, depois saiu correndo.

Karina: SOPHIA!

Mari: Não esquenta a cabeça... são lágrimas de crocodilo. - ela disse rindo.

Lari: MARI! - disse encarando ela.

Mario: Láah, é melhor você não defender a Sophia porque a Mari tem razão.

Lari: Então tá! Quando vamos conhecer a cachoeira?

Karina: Provavelmente depois do almoço! Que minha mãe vai fazer.

Mari: UHUUUUUUUUUL' eaí, conversou bastante com o Gui?

Mario: Quem é esse ? - ele disse confuso.

Lari: É o nosso amigo! Hum... eu acho que o Gui te paquerou demais, né?

Karina: AI MEU DEUS! Tchau. - ela disse e saiu andando.

Mario: Que história é essa? - ele disse encarando Mari e eu.

Mari: FOFUXO! É brincadeira.

Mario: Você vai ver o fofuxo quando eu matar aquele Guilherme. - ele disse mega furioso.

Lari: De qual Guilherme você está falando? - disse assustada.

Mario: O que a Mari gosta... - disse olhando pra mim.

Mari: Como você sabe dele?

Mario: Eu tenho os meus contatos! Já sei de tudo, todos os detalhes. Se esse cara te fazer sofrer de novo, eu arrebento a cara dele!

Lari: É isso aí, Mario! Eu ajudo.

Mari: - ela me olhou incrédula - Eu não acredito que estou ouvindo isso mesmo. - ela disse encarando nós dois.

Mario: Você sabe muito bem que eu não gosto de te ver sofrendo, muito menos por uma pessoa que não merece o seu amor. - ele disse abraçando ela.

Lari: Awwwwn' que fofo!

Mari: Tá bom primo, obrigada... ><

Mario: Agora vamos tomar café-da-manhã. - disse e saímos andando.

Continua! com comentários...

 Bom meninas, mas uma vez, desculpa pela demora. Como isso só acontece comigo, eu fui postar, ai depois quando fui ver, a postagem tinha sumido, mas eu acho estranho que é só com as postagens de Follies Of Love, esquisito isso, né? ¬¬' Mas enfim... espero que tenham gostado desse capítulo e claro, continuo com comentários, quer dizer, vou continuar Pick Me, como sempre ;) Até mais, beijos! ;*

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Pick Me - 5ª Temp. - Part. 11 - É a primeira vez que eu faço isso com você.

Antes(...) Jasmine: Está querendo transar dentro da banheira?
Justin: O que é que tem? Eu estou com tesão! E a culpa é sua.
Jasmine: Coloca a cueca e vamos pro chuveiro. - disse amarrando o meu cabelo.
Justin: Oral no chuveiro? - ele disse pegando a cueca e colocou, depois saiu da banheira.
Jasmine: Não! Seu tesão vai ter que esperar. Vamos tomar um banho como pessoas civilizadas. - disse saindo da banheira, ele observou todos os meus movimentos. - Via ficar ai me olhando? Anda! Liga o chuveiro.

                                                         ...

Agora...

 O avião pousou. Chegamos! Mas onde? Sinceramente, eu estava com vontade de quebrar a cara do Justin. Saímos do avião, pegamos nossas malas e fomos para um Hotel. Entramos na suíte e eu me joguei no sofá, estou mais ansiosa do que nunca pra saber onde eu e ele estamos.

Jasmine: Justin! Pelo o amor de Deus, me diz onde estamos?

Justin: - ele se sentou do meu lado - Você não prefere ver onde estamos?

Jasmine: Tanto faz! Contanto que eu saiba onde estamos. - disse me levantando e ele fez o mesmo.

Justin: Vem comigo! - ele pegou na minha mão e me levou pro quarto.

Jasmine: O que vai me mostrar?

Justin: Vem! - ele disse indo até a varanda, acompanhei ele.

Jasmine: Não acredito! A Torre Eiffel. Estamos em Paris... - disse sorrindo.

Justin: Isso mesmo, Paris.

Jasmine: Ai Jus, isso é um sonho! - olhei pra ele e ele me abraçou de lado.

Justin: E por quê? É só Paris, você já veio aqui.

Jasmine: Eu sei! Mas agora é especial, nossa lua de mel é em Paris.

Justin: Eu sabia que você ia gostar...

Jasmine: Claro! Paris é o lugar mais romântico de todos.

Justin: Um lugar ótimo pra passar a lua de mel. - ele disse e colocou a mão no meu queixo.

Jasmine: - olhei pra ele e me virei, ele colocou a mão no meu rosto e a outra na minha cintura, colocou meu corpo bem grudado com o dele e em seguida me beijou. O beijo foi lento e molhado, ele pediu passagem para a língua e eu cedi, aquilo estava bom demais, então o fôlego estava quase acabando, fomos parando o beijo aos poucos, ele ficou me dando selinhos e depois parou - Eu te amo! - coloquei a mão no rosto dele e olhei dentro de seus olhos.

Justin: Eu te amo mais. - ele sorriu e me deu um selinho.

Jasmine: Você é tão fofo!

Justin: Fofo, não! Eu sou um homem adulto e não sou fofo.

Jasmine: Romântico, então. - arqueei uma sobrancelha.

Justin: Ai sim! - ele disse e me beijou.

Jasmine: Vai me levar pra onde?

Justin: Mais tarde, agora não.

Jasmine: Vou pergunta de novo, vai me levar pra onde?

Justin: Olha, de noite vamos em um restaurante e depois vou te levar pra passear. Só não me pergunte onde!

Jasmine: Tá bom, não vou perguntar... mas se eu perguntar, foi no automático. - disse e nós rimos.

Justin: Você continua boba! - ele disse rindo.

Jasmine: Não mais do que você. - disse me sentando na cama.

Justin: Você está dizendo que eu sou bobo?

Jasmine: Mas você é! Eu não sou a única que diz isso.

Justin: Então tá, você quer um champanhe?

Jasmine: PRA QUÊ?

Justin: Ué, nós somos recém-casados! Comemorar nosso casamento.

Jasmine: Se for assim, eu quero.

Justin: Vem comigo! Eu vou pegar pra nós. - ele disse e estendeu a mão, peguei  e ele me levantou, somos até a sala, me sentei no sofá e ele pegou uma taça de champanhe pra nós - Aqui está. - ele sentou do meu lado - Um brinde...

Jasmine: Ao nosso casamento!

Justin: E ao nosso amor que será eterno. - disse levantando a taça, batemos de leve uma na outra e bebemos um gole.

Jasmine: Eu-te-amo! - disse pausadamente.

Justin: E-u  t-e  a-m-o  i-n-c-o-n-d-i-cionalmente! - ele disse soletrando e nós rimos.

Jasmine: GÊNIO! Parece o Júnior. Soletra oportunidade.O-P-OR-TUNIDADE. - rimos mais.

Justin&Jasmine: GÊNIO!

Jasmine: Não vou me esquecer disso nunca.

Justin: Então tá... eu te amo muito, do tamanho do universo.

Jasmine: O universo é bem grande! Pra dizer a verdade, infinito.

Justin: É por isso mesmo! Eu te amo infinitamente.

Jasmine: Eu também te amo! - disse fazendo bico e ele riu - Qual é a graça?

Justin: Seu bico fofíssimo!

Jasmine: Você pode me chamar de fofa e eu não posso te chamar de fofo?

Justin: Eu não te chamei de fofa, só o seu biquinho. - ele disse e me deu um selinho mega rápido.

Jasmine: Okay! Quero mais champanhe. - disse depois de ter bebido o resto que tinha e levantei a taça.

Justin: Nooooooooooops! Você vai ficar bêbada dese jeito e eu não quero você bêbada agora, só mais tarde.

Jasmine: Vai me embebedar pra gente transar? - disse com cara de brava.

Justin: Claro que não! Ficou maluca? Eu nunca faria isso.

Jasmine: Tá bom! Mas se nós bebermos até ficarmos bêbados, quem vai nos levar embora?

Justin: Não se preocupa! Vou cuidar de tudo. - ele disse sorrindo e arqueou uma sobrancelha.

Jasmine: Tá bom! Quero só ver. - eu sorri e deu um selinho nele.

Justin: E você vai ver... mais tarde. - ele disse com um olhar malicioso.

Jasmine: Tá! Eu quero mais champanhe. Me dá, por favor? - insisti fazendo o meu famoso bicão, rs'.

Justin: Champanhe, não! Mas se você quiser outra coisa, eu te dou sem problemas.

Jasmine: Para com isso, Jus! Me dá champanhe, vai? Por favor? Hein?! - disse ainda o meu bico e acariciando o rosto dele.

Justin: Mas você não gosta de champanhe... - ele fez bico.

Jasmine: Quem disse isso? Ficou maluco?

Justin: Okay! Só mais um pouco. - ele pegou a garrafa e colocou um pouco de champanhe em minha taça, depois colocou um pouco na dele também.

Jasmine: - tomei tudo de uma vez - Mais, mais!

Justin: Acabou. - ele disse virando a garrafa de cabeça pra baixo, não caiu nada.

Jasmine: aaaah' =/ então vamos comemorar de outro jeito? - sorri maliciosamente.

Justin: - ele colocou a mão em minha nuca - Qual jeito? - ele sorriu.

Jasmine: A escola é apenas sua! - subi no colo dele e o beijei. O beijo foi rápido.

Justin: Já que é assim, vamos pro quarto. - ele se levantou comigo e me levou pro quarto, ele andou quase correndo e quando chegamos, me jogou na cama.

Jasmine: Justin, tem outra ideia?

Justin: Como assim? Eu to com tesão.

Jasmine: Já? Mas eu nem fiz nada!

Justin: aaaah' Jas, você disse que a escola era minha. Eu quero transar.

Jasmine: Tá bom! Eu não te culpo, mas nós acabamos de chegar.

Justin: Qual o problema? Na nossa primeira lua de mel, nós transamos na hora que chegamos.

Jasmine: Porque eu queria...

Justin: Então tá, agora vou ter que fazer tudo o que você quiser?

Jasmine: Tudo, não! Só quando o assunto for sexo. Tipo, eu não estou com uma sensação boa. Eu posso ficar grávida o mais rápido possível!

Justin: Disso eu sei, faz o que você quiser. - ele disse indo em direção á porta.

Jasmine: Não vai, Jus! Fica aqui comigo? - eu disse e ele olhou pra mim.

Justin: Eu estou com uma sensação ruim, é melhor não! - ele disse e riu.

Jasmine: Ahn? Cara, você é incrível. - me levantei e fui em direção á ele, abracei seu pescoço.

Justin: Por que eu sou tão incrível assim? - ele disse sorrindo e abraçou minha cintura.

Jasmine: Você muda de posição rápido demais! - disse e dei um selinho nele.

Justin: É a primeira vez que eu faço isso com você.

Jasmine: TÁ. Vai ficar aqui comigo?

Justin: Deitados agarradinhos? - ele fez cara de safado.

Jasmine: Com certeza! Vem. - peguei na mão dele e nos deitamos na cama, eu deitei de lado e ele deitou atrás de mim e me abraçando, estávamos de conchinha. Ficamos conversando um pouco e eu não vi mais nada, apaguei.

Continua! com 3 comentários...

sábado, 10 de novembro de 2012

Follies Of Love 22º (Conversando pelo twitter!)


P.O.V Larissa

 Desliguei meu precioso iPhone e do nada, bateu aquela saudade do meu fofuxo. É, eu to conversando com ele sempre... to quase conhecendo quem é o meu bebê, Justin Drew Bieber *-* Voltei pro quarto e a Mari estava mexendo no celular.

Lari: Mandando mensagem pra sua amebinha, é? - disse me sentando do lado dela.

Mari: - ela se assustou - VOCÊ, LARISSA COSTA, ME DEU UM SUSTO! SUA VADIA. - ela disse tentando estar brava, mas não conseguia, ela riu e eu ri junto.

Lari: Você é uma idiota! Mas me conta, estava conversando com quem?

Mari: Com o Guilherme.. ele está implorando pra eu desculpar ele.

Lari: VISH' tá conseguindo dominar a fera. - disse com uma voz estranha e ela riu.

Mari: TO MESMO! Ele disse que se eu não voltar logo, ele vem aqui me buscar.

Lari: É conversa, Mari. Não se ilude com quem não vai dar valor!

Mari: Eu não estou me iludindo, estou iludindo ele.

Lari: Como? - disse espantada.

Mari: To chamando ele de "bebê, meu amor, amor, mozin e fofuxo".

Lari: Isso é iludir?

Mari: Eu to fazendo o máximo que eu posso...

Lari: Ele deve estar pensando que está te iludindo de novo e que você nunca deixou de gostar dele.

Mari: Nunca deixei mesmo.

Lari: Não se ilude mais, pelo amor de Deus! - disse deitando naquela "minha" cama. - Então, o que você e o Justin tanto conversavam?

Mari: Como assim? Você que mandou eu ligar pra ele!

Lari: Quero saber como foi a conversa de vocês dois... só isso.

Mari: Foi normal! Ele falava de você, eu também, ai eu dei parabéns atrasado pra ele.

Lari: E depois?

Mari: Depois eu disse que você estava chegando, ai você falou com ele!

Lari: Então tá! Cadê sua prima?

Mari: Não sei, deve estar lá fora conversando com o Mario.

Lari: Eu vou lá falar com ela. - me levantei e fui até lá fora, ela estava mesmo conversando com o Mario - Karina! - disse e ela olhou pra mim - Preciso falar com você.

Karina: Sobre o quê?

Lari: Sobre uma certa pessoa.... vem! - disse e puxei ela.

Karina: O que você quer?

Lari: Eu quero mandar uma foto sua pro Guilherme, você tem ai?

Karina: - ela tirou um celular rosa do bolso - Tenho! - ela disse e me passou a foto pelo Bluetoth - Como vai mandar pra ele?

Lari: Por mensagem! Ele pode gostar de você. - disse mexendo no meu celular, mandei a foto e... - me passa seu número?

Karina: Tá bom!

Lari: É que ele está pedindo. - disse e ela me passou seu número, mandei pro Guilherme e ela logo recebeu mensagens - É ele?

Karina: Não sei! Me diz você. - ela me mostrou o número.

Lari: Aham! É ele sim, o que ele disse?

Karina: Perguntou se eu tenho namorado. Ele sempre é direto assim?

Lari: Só com garotas que ele está interessado.

Karina: Eu não vou responder, vou fazer outra pergunta.

Lari: aaaaah' responde e faz a pergunta! Ele vai dizer que você não respondeu a pergunta dele e o deixou no vácuo, o Guilherme é sempre assim.

Karina: Okay! - ela disse e ficou mexendo no celular.

Lari: Eu vou pro meu quarto, bye. - disse andando e voltei pro quarto, Mari continua teclando - Ainda conversando com o G2 ?

Mari: Quem é G2? - ela olhou pra mim.

Lari: A ameba do Guilherme!

Mari: E por que G2?

Lari: G de Guilherme, 2 é porque o meu ex é o G1, então como eu conheci seu Guilherme depois, ele é o G2.

Mari: E o Guilherme, nosso amigo?

Lari: Ele é exclusivo! Apenas Gui. - disse me deitando na cama.

Mari: aaaaaah' tá! A karina está conversando com ele?

Lari: Sim, por sms.

Mari: E você, vai fazer o quê?

Lari: Vou entrar no Twitter.. desabafar um pouquinho. - disse mexendo no meu celular, entrei no twitter e a primeira coisa que escrevi foi.

@Laah_Olliveira: Como eu posso gostar tanto de você? @justinbieber

@Laah_Oliiveira: Eu quero voltar pra sampa... alguém me tira daqui?

@Laah_ Oliiveira: Não consigo expressar meus sentimentos por você. =/ @justinbieber

@Laah_Oliiveira: Ele é tão fofo... não queria estar longe dele. >'.'<

Eu tweetei bastante. O Bieber entrou e logo respondeu minhas mentions, foi tipo assim:

@justinbieber: @Laah_Oliiveira você gosta tanto de mim porque eu sou gostoso, não é? haha'

@justinbieber: @Laah_Oliiveira Aposto que quando você voltar, vai estar pronta pra fazer isso. =)

@justinbieber: @Laah_Oliiveira Indireta? haha' eu também não queria que você estivesse tão longe de mim. Fofa é você! ><

Okay! Dá pra ser menos fofo e convencido? Eu fiquei pensando em umas respostas, até eu ter outra, respondi uma por uma.

@Laah_Oliiveira: @justinbieber |Hum... xô pensar! Eu acho que não. Quer dizer, sim! Mas é claro. Só que não é só por causa disso...

@Laah_Oliiveira: @justinbieber Acredito em você, tomara que isso aconteça mesmo. 2bjs ;*

@Laah_Oliiveira: @justinbieber É néh!? To contando os dias, as horas, os minutos, os segundos, pra voltar. Nós somos fofos *.* so cute

 Ficamos conversando demais, cheguei á conclusão de que estava mesmo apaixonada por ele. É, eu não admiti quando ele me pediu em namoro, mas as coisas não são bem assim.... são? CLARO QUE NÃO! Quando eu voltar pra Sampa, eu digo direito o que estou sentindo por ele, se eu conseguir, é claro. Fiquei conversando com o Justin até o escurecer, ai a Mari me chamou pra jantar, ela disse que hoje não ia ter 1 pingo de carne, só verduras. Vamos ver! Fomos pra cozinha, é, só verduras. Amei sentir o cheiro maravilhoso do brócolis. ADORO! *-* Jantamos e depois fui escovar os dentes, voltei pro quarto e continuei no twitter, eu estava deitada, enrolada na coberta e tweetando. Aquilo foi demais! Nem vi que horas era quando fui dormir, ou quando dormi.

Continua! com 3 comentários...

 oooooooi meninas! Desculpa pela demora, mas é o seguinte, eu tinha postado, mas no dia seguinte, eu vim aqui e não tinha mais postagem nenhuma, então eu tive que refazer e eu to aqui postando novamente, yes. Bom... espero que tenham gostado desse capítulo e eu continuo com 3 comentários, só que Pick Me ;) Comentem muito, please. Xoxo Mariih' ;*

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Pick Me - 5ª Temp. - Part. 10 - Um banho daqueles..

Antes(...) Jasmine: KENNY! Casa comigo? To alone.
Kenny: Tchau... to indo. - ele saiu.
Justin: Jas, quero transar com você. - disse abraçando ela por trás.
Jasmine: - ela se virou - Gostoso! Eu também.
Justin: SKOL SENSATION! - dei um grito e levantei o braço. Me deitei direito na cama e minha visão foi ficando embasada, apaguei.


Agora...

No dia seguinte... 25/10/2020.

P.O.V Jasmine

  Acordei do nada. Minha cabeça está explodindo! Doendo demais. Nem sei o que aconteceu ontem depois da festa. Me sentei na cama e percebi que estava com vestido de noiva. Como eu consegui dormir com isso, hein? OMG' olhei pro lado e o Justin ainda estava dormindo e só de Smoking. Acho que a gente chegou e foi logo dormir. Me levantei, tirei o vestido e fiquei só de baby doll, entrei no banheiro, fiz minha higiene, arrumei meu cabelo e sai, Justin ainda estava dormindo, me deitei do lado dele e o abracei, fiquei acariciando seu corpo sexy. Alguns minutos depois ele acordou, quando me viu, deu um sorriso mega fofo e disse.

Justin: Bom dia, amor da minha vida! - ele me deu um selinho.

Jasmine: Bom dia, Jus! - eu sorri.

Justin: Vai começar a me chamar assim?

Jasmine: Sim! Você é o meu Jus. Jubs, Justin, Bieber, Derek, Shawty Mane, Jason McCan, Jason Deeps e Doctor Bieber.

Justin: Hum... decorou todos os nomes que eu já tive.

Jasmine: É isso aí! - disse me sentando na cama - Jus, eu to nervosa.

Justin: Nervosa porque, meu amor? - disse preocupado.

Jasmine: Tipo, faz uma semana! Eu vou ficar grávida.

Justin: Você está nervosa só por que vai ficar grávida?

Jasmine: O pior é que sim! Eu to com medo.

Justin: Não fique! Olha pelo lado bom... vamos poder transar sem camisinha.

Jasmine: AAAAAAH' você só pensa nisso!

Justin: Mas e a lua de mel? Vai ser sem sexo?

Jasmine: Não! Mas sem camisinha? Nem pensar.

Justin: Não vai adiantar merda nenhuma usar camisinha. Você vai ficar grávida do mesmo jeito!

Jasmine: OKAY, na hora eu penso no seu caso... - olhei pra ele.

Justin: Então tá! - ele me abraçou pro trás e ficou beijando o meu pescoço.

Jasmine: Ai Jus, faz cócegas. - disse rindo.

Justin: Sério? Tem certeza? - ele disse e ficou me dando selinhos, mesmo eu estando de costas pra ele.

Jasmine: Ai tá bom, para! - disse e parei.

Justin: O que foi? - ele fez cara de triste.

Jasmine: Nada. Minha cabeça está doendo!

Justin: A minha também...

Jasmine: Como nós viemos parar aqui? - me levantei.

Justin: O Kenny que nos trouxe.

Jasmine: E o que aconteceu ontem? Você se lembra? Por que eu, não!

Justin: Lembro! Você vai rir quando eu te disser.

Jasmine: Fiquei curiosa agora, diz logo.

Justin: O Kenny nos trouxe até aqui, ai dentro do carro nós ficamos cantando músicas infantis.

Jasmine: Hahaha' sério? Eu não acredito!

Justin: Acredite se quiser. Nunca vou me esquecer de ontem, foi muito engraçado!

Jasmine: O que a gente cantou?

Justin: Sapo, elefante, pato, borboletinha, Patati e Patatá e Xuxa. Tudo dentro do carro!

Jasmine: OMG' e depois?

Justin: Nós saímos e no caminho da porta você começou a cantar Boyfriend. Tudo errado! Eu entrei na onda e cantei também. Ai o Kenny nos ajudou a vir pra cá, eu estava nas escadas e comecei a cantar Bruno e Marrone, você também. - ele disse e nós rimos.

Jasmine: Qual música? - tipo, ainda rindo.

Justin: Mariane.

Jasmine: Deve que o Kenny não nos suportou.

Justin: Não mesmo! Ele ficou bem nervoso e depois que nos deixou aqui, foi embora.

Jasmine: O.M.G' nós somos M.L!

Justin: Para com isso... assim você me deixa confuso.

Jasmine: Ai Jus, sorry!

Justin: - ele olhou pra mim de cima até em baixo - Nossa meu, sabia que você é muito gostosa?

Jasmine: - coloquei uma mão na cintura - Nossa meu, você me pergunta isso todo o santo dia!

Justin: Eu sei, mas você é muito gostosa. - ele se levantou e agarrou minha cintura.

Jasmine: Jus, quem sou eu pra discordar?

Justin: Minha mulher! E nada de discordar, a gostosa aqui é e sempre será só minha.

Jasmine: Awwwwwn' seu safado fofo! - disse dando selinhos nele.

Justin: Ual, primeira vez que você me diz isso!

Jasmine: É porque o que você disse, te fez um safado fofo.

Justin: - ele tirou a parte de cima do smoking e a gravata - Nada de gostoso?

Jasmine: - agarrei ele por trás - Ah' amor, você é sim! O meu gostoso. - disse e ele se virou.

Justin: E você é só minha. - ele colocou um dedo no meu queixo e me deu um selinho - Já tomou banho?

Jasmine: Ainda não! estava esperando você acordar.

Justin: OKAY. Vamos tomar um banho para irmos pra nossa Lua De Mel!

Jasmine: Vai ficar me escondendo?

Justin: Jas. Gostosa. Safada. Amor da minha vida. É surpresa!

Jasmine: Jus. Gostoso. Safado. Amor da minha vida. Eu to curiosa...

Justin: Vamos tomar banho logo? Não quer perder o vôo, quer?

Jasmine: Claro que não! - peguei um roupão - Estou te esperando dentro da banheira. - disse entrando no banheiro.

Justin: Me espere mesmo, gostosa!

Jasmine: - entrei, fechei a  porta, tirei o roupão e liguei a banheira, tirei o baby doll e entrei na banheira, estava cheia de espuma. Justin entrou no banheiro, estava só de box, gostoso demais! - Entra aqui, a água está maravilhosa!

Justin: Não só a água. - ele disse entrando na banheira.

Jasmine: Tem pessoa mais pervertida do que você? Eu acho que não! - disse ironicamente e ele riu.

Justin: Nós vamos ficar assim?

Jasmine: Não! - peguei um pouco de espuma e joguei na cara dele.

Justin: Ai, sua safada! Meu olho. - ele disse rindo e jogou espuma em mim também.

Jasmine: Ai, seu safado! Meu cabelo.

Justin: ih' choveu! O cabelo encolheu todinho. - ele disse cantando e rindo.

Jasmine: Para de rir, desgraçado! Olha o que você fez com o meu cabelo? Entrei na banheira só pra não molhar o cabelo e você vai e molha.

Justin: Desculpa! Vamos pro chuveiro, ai você se molha inteira que é melhor né?

Jasmine: NÃO! - disse e afundei a cabeça dele na banheira, alguns segundos depois eu levantei.

Justin: SUA LOUCA! - ele disse bravo.

Jasmine: Eaí, gostou? - disse rindo.

Justin: Adorei. Minha visão estava boa demais! *-*

Jasmine: SAFADO! - dei um tapa no braço dele.

Justin: Eu só falei a verdade, o Jerry aqui até deu uma levantadinha...

Jasmine: Você está de cueca?

Justin: - ele levantou e cueca - Não mais!

Jasmine: OMB' como você tirou? - disse surpreendida.

Justin: Tenho uma técnica. - ele sorriu - Agora me dá um beijinho?

Jasmine: Como?

Justin: Como que se beija uma pessoa?

Jasmine: Não sei! Me mostra. - disse sorrindo.

Justin: TÁ BOM. - ele se sentou do meu lado na banheira, colocou a mão no meu rosto e me beijou, foi um beijo lento e molhado, ficou mais molhado ainda quando ele mergulhou na banheira e eu tive que mergulhar também, um tempo depois parei de beijá-lo e nos levantamos - Aprendeu como se beija? - ele disse sorrindo.

Jasmine: Depois de um beijo como esse, quem não aprenderia, né? - disse sorrindo e dei um selinho nele.

Justin: É! - ele foi tirando a espuma de onde eu estava.

Jasmine: Vem aqui! Gostoso. - subi em cima dele e fiquei beijando o seu pescoço, ele ficou paralisado.

Justin: Jas, Jas! Não faz isso, não. Você está nua.

Jasmine: O que foi? Tá ficando excitado? Com tesão? - disse olhando pra ele.

Justin: Com tesão, pra ser mais sincero. - ele sorriu de canto.

Jasmine: Então eu paro! - sai de cima dele.

Justin: Não Jas, não! Vem aqui.

Jasmine: Está querendo transar dentro da banheira?

Justin: O que é que tem? Eu estou com tesão! E a culpa é sua.

Jasmine: Coloca a cueca e vamos pro chuveiro. - disse amarrando o meu cabelo.

Justin: Oral no chuveiro? - ele disse pegando a cueca e colocou, depois saiu da banheira.

Jasmine: Não! Seu tesão vai ter que esperar. Vamos tomar um banho como pessoas civilizadas. - disse saindo da banheira, ele observou todos os meus movimentos. - Via ficar ai me olhando? Anda! Liga o chuveiro.

                                                         ...

Continua! com 3 comentários...