sexta-feira, 31 de maio de 2013

Follies Of Love 45º (Desculpas.)


P.O.V Larissa

 Estava vendo minhas mensagens...

"Lari, você não vai acreditar no que o Guilherme me deu de aniversário!" por: Mari.

Mandei:
"O que ele te deu? Fiquei curiosa agora!"

ela respondeu:
"Tipo assim amiga, ele resolveu me dar uma aliança de ouro, porque estamos fazendo 1 ano de namoro. Isso não é demais? *-*"

Mandei:
"Claro que é, Mari! Que bom que você está feliz, fico mais feliz ainda por ti. ><"

ela respondeu:
"Brigada, amiga! Como está indo sua Lua de Mel?"

Mandei:
"Perfeita! Justin comprou uma chácara e vamos morar aqui. *-*"

ela respondeu:
"Não acredito! Eu vou matar o Justin Bieber. ;@ Que isso, sério mesmo que vou ficar longe da minha melhor amiga? Não pode ser =/"

Mandei:
"Não se preocupa com essas coisas! Justin e eu sempre vamos te visitar, você e o Gui. *-* E depois da nossa Lua de Mel, se prepare para receber presentes."

ela respondeu:
"Que máximo! Adorei. Weeeeeeee õ/ presente! Gostei ainda mais... não precisava, mas se você insiste. ><"

Mandei:
"Aham! Sei."

ela não respondeu...

Justin: Parou de falar com a Mari? - ele disse olhando pra mim, estávamos sentados no sofá da sala assistindo Bob Esponja, quer dizer, ele estava assistindo, eu não.

Lari: YES! Conversa encerrada. - disse e dei um selinho nele.

Justin: O que você quer fazer?

Lari: Assistir Bob Esponja. - disse e olhei pra TV que estava desligada - Que foi? Desligou por quê?

Justin: Acabou! Mas se você quiser, a gente pode ir pro nosso quarto e... - o interrompi. Ele estava com aquele olhar pervertido dele.

Lari: CALADO! Até sei o que você quer. - disse encarando ele.

Justin: Sabe? E você não quer? - ele disse com uma cara triste.

Lari: A gente transou ontem! Eu não to nem ai que estamos em Lua de Mel, eu to grávida, se é que ainda não percebeu. Sexo todo dia não dá, flw?

Justin: FLW! Desculpa aê, então. - ele pegou o controle e ligou a TV, ficou mudando de canal em canal, vi que ele estava chateado.

Lari: Jus... - o chamei - Justin! - o chamei novamente - JUBS. - disse alto e ele olhou pra mim.

Justin: O que você quer?

Lari: Eu quero você sorrindo! - disse fazendo bico e com os meus olhos brilhantes.

Justin: Deixa pra próxima. - ele disse e continuou mudando de canal em canal. Só tenho uma coisa á fazer.

Lari: Desculpa! Eu não deveria ter falado com você daquele jeito.

Justin: - ele desligou a TV e olhou pra mim - É. - se levantou e saiu andando.

Lari: QUALÉ JUSTIN, SÓ VAI FALAR ISSO? NEM UM "EU TE DESCULPO"? - disse alto e nada de Justin - Droga! - me deitei no sofá e liguei a TV, não estava passando nada que preste, pelo menos pra eu em distrair. Sendo chato, eu assisti, nem sabia o que era, mas eu adormeci ali. Acho que eu acordei algumas horas depois, me sentei no sofá e nem sinal de Justin, onde será que ele ficou esse tempo todo? Aposto que já é a hora do almoço! Me levantei e fui até o quarto, a porta estava aberta e Justin estava sentado na cama vendo várias revistas.

Justin: PUTA QUE PARIU! - ele disse bravo e passando uma página da revista - DROGA!

Lari: - entrei no quarto e fechei a porta - O que você está vendo ai?

Justin: - ele me olhou assustado e fechou a revista - Nada de mal. - ele pegou outra e ficou vendo.

Lari: - me aproximei e vi que... - EU NÃO ACREDITO QUE VOCÊ ESTÁ VENDO REVISTA PLAYBOY! - disse completamente brava, ele não disse nada, apenas continuou vendo a revista - Você vai ficar ai vendo essa revista comigo aqui?

Justin: Sabe... eu nem deveria ter essas merdas de revistas, mas eu fico olhando pra ver o quanto você é melhor do que elas, o quanto você é mais gostosa do que elas. - ele disse e jogou a revista no chão.

Lari: Ai você fica com mais tesão querendo me foder, né? - disse encarando ele.

Justin: Eu to te elogiando e você vem brigar comigo? - ele disse incrédulo.

Lari: Eu não sei como reagir á elogios safados!

Justin: Sabe sim. - ele se levantou, colocou a mão no meu rosto e me beijou calmamente, sempre que o nosso beijo começa calmo, ele vai ficando hot e foi isso o que acontece, eu parei - Aprendeu? - ele disse sorrindo.

Lari: Aprendi! - sorri - Olha, eu cansei de um ficar chateado com o outro, quero mesmo é curtir a nossa lua de mel. - disse abraçando ele.

Justin: Então tá. - ele sorriu - Que horas são?

Lari: Não sei! Mas deve ser a hora do almoço.

Justin: O que você quer comer? Eu peço!

Lari: Não precisa, bebê. A gente faz qualquer coisa que ta bom... - sorri.

Justin: Okay, eu escolho. - ele se afastou e pegou seu celular - Comida mineira, que tal? - disse discando os números e olhou pra mim.

Lari: Tá bom! - eu disse e me joguei na cama, ele ficou lá conversando, fiquei fitando o teto até ele dizer...

Justin: PRONTO! Encomenda feita. - ele disse se sentando do meu lado.

Lari: Encomenda? Virou drogado ou o quê? - disse rindo.

Justin: Nada! Eu estava brincando, vem aqui. - ele colocou a mão no meu rosto e me beijou, foi um beijo calmo e lento, nossas línguas estavam em sintonia, brincavam e brigavam o tempo todo. Até que eu parei com selinhos.

Lari: Vamos descer, é melhor. - disse sorrindo.

Justin: Tá bom! - ele sorriu e nos levantamos, fomos pra sala e ficamos esperando nossa comida chegar, demorou uns 40 minutos mais ou menos, comemos conversando, Justin fazia suas palhaçadas e eu ria demais, até das piadas sem graça que ele contava, eu ria. Tipo, não dá pra não rir com a cara que ele faz. Terminamos de comer e fomos pro quarto - Neném, como é que ta nosso neném? - ele disse se deitando do meu lado, me abraçando por trás e acariciando minha barriga.

Lari: Ele ta bem, meu amor... não se preocupa. - disse e sorri.

Justin: Você não sente dor nenhuma?

Lari: Até agora, nenhuma! Mas eu ainda to com 5 meses, quando chegar mais perto de nascer, eu vou sofrer demais.

Justin: Não fica assim, eu vou cuidar de você. - ele deu um beijo em minha bochecha.

Lari: Eu sei disso. - me virei de frente pra ele e o beijei.

Justin: Eu te amo ><

Lari: Eu também te amo! *-*

  Ficamos ali na cama abraçados, trocando carícias e palavras românticas, algum tempo depois, fui tomar banho, Justin ficou vendo TV, eu já estou ficando exausta por carregar essa barriga pesada. Será que meu filho vai nascer gordinho? Sei lá! Pra que eu to pensando nisso? Ele vai nascer que nem o pai! Quer dizer, quase. Sem violências que nem o Brad fez comigo. PAROU, VAI! Terminei meu banho, coloquei uma calça moletom e fiquei assim, só de sutiã. Sai do banheiro e me deitei do lado de Justin.

Justin: - ele olhou pra mim e sorriu - Por que tá só de sutiã?

Lari: Sei lá! Eu quis ficar assim, pra eu acariciar meu bebê a hora que eu bem entender.

Justin: - adivinha pra onde ele olhou? - NOSSA! Seus seios estão bem maiores. - ele continuou olhando.

Lari: Para de ser safado! Isso tudo é leite, se você quiser, eu te dou um pouquinho. - disse ameaçando abrir meu sutiã, o negócio é o seguinte: ele acha que esse leite aqui é ruim e ele tem razão.

Justin: Não, não! Obrigado. Uma outra hora... quem sabe? - ele disse e piscou.

Lari: Você pensou mesmo que eu estava falando a verdade, né? Meu, eu não sou louca! - disse rindo.

Justin: Desde quando você não é louca? Sempre foi! - ele disse rindo e eu dei um tapa em seu braço.

Lari: Sem graça. - cruzei os braços emburrada.

Justin: Ai neném... ficou chateada, foi? Fica não! Eu não falo mais que você é louca, tá bom? - ele disse com voz de criança.

Lari: BESTA! - sorri.

Justin: Awwwwwn' não ta mais chateada, neném? - ele continuou com aquela voz.

Lari: Eu não to chateada, Justin! Para com essa vozinha que está me irritando. - disse rindo e ele fez um bico mega fofo - Para com seus biquinhos fofos também, eu não resisto. - disse já louca e o beijei bruscamente, começou com selinhos e foi se transformando em um beijo suave e longo, eu não queria parar, eu não ia parar, mas eu tinha que parar. Parei. - Eu te amo muito! - disse olhando pra ele e sorrindo.

Justin: Eu te amo mais... - ele disse e me deu um selinho demorado.

Continua! com comentários...

quinta-feira, 30 de maio de 2013

Follies Of Love 44º (Eu to sentindo, eu to sentindo.)


Lari: Então deixa que eu comando o bagulho todo. - disse toda maloqueira e ele saiu de dentro de mim, me levantei e ele se deitou, subi em cima dele e penetrei seu pênis em minha vagina, ai comecei a rebolar - Ah' não, não! Não vou conseguir ficar aqui com você me olhando desse jeito, eu to horrorosa. - disse naquele drama.

Justin: Vai começar? - ele me encarou.

Lari: Então tchau. - disse saindo de cima dele.

Justin: Por que você é assim, hein?

Lari: Você queria uma rapidinha, isso o que aconteceu foi rápido, então demorou mais. - disse me cobrindo com o lençol.

Justin: Nossa você ama seu marido mesmo desse jeito... - ele disse revirando os olhos.

Lari: MANO, agora você ta duvidando do meu amor só porque a gente não transou nem por 5 minutos? É isso o que eu ouvi? - disse encarando ele.

Justin: Não, Láah! Eu tava brincando.. eu sei que você me ama demais, eu te amo. Desculpa ter falado isso? - ele disse olhando dentro dos meus olhos, percebi que estava sendo sincero.

Lari: Desculpo, vai! - disse virando o rosto.

Justin: Desse jeito? Láah, para com isso, me desculpa. - ele disse virando o meu rosto me fazendo olhar em seus olhos.

Lari: Eu já te desculpei. - disse encarando ele.

Justin: Então me dá um beijo! - ele disse acariciando o meu rosto.

Lari: - sorri revirando os olhos e o beijei bruscamente, algum tempo depois parei por falta de ar - Pronto, gostou? - disse emburrada.

Justin: Amei. - ele disse sorrindo maliciosamente.

Lari: Jus, eu to cansada, vamos dormir?

Justin: Só se você dizer se está brava comigo.

Lari: Eu não estou brava com você!

Justin: Tem certeza? - ele arqueou uma sobrancelha.

Lari: Eu.não.estou.brava.com.você. - disse pausadamente.

Justin: Mas por quê?

Lari: Se você continuar me perguntando a mesma coisa, seu pênis nunca mais vai ter ereção. - disse brava.

Justin: Nossa meu amor, não fala assim se não eu choro! - ele disse com uma cara triste.

Lari: Eu avisei! Para. E vamos dormir porque eu já disse que to cansada. - disse me virando pro outro lado da cama.

Justin: Láah! - ele me abraçou por trás - Vai ficar mesmo chateada comigo? Eu te amo! Nós somos Marido&Mulher agora. - ele disse no meu ouvido com aquela voz sexy.

Lari: E eu com isso? Nós não precisamos ficar de melação só porque estamos em Lua de Mel. - disse emburrada.

Justin: aaaaah' meu amor... mas eu quero, qual o problema? - ele continuou com aquela voz sexy dele, nada de se render só porque ele é seu marido, Larissa.

Lari: Justin, amanhã a gente conversa! Eu só quero descansar um pouco.

Justin: Então tá. - ele disse se afastando de mim, fiquei ali e logo dormi.

  No dia seguinte... 07/07/2014.

P.O.V Justin

 Acordei. Me sentei na cama e Lari continuava dormindo. Sabia que eu to pelado? É, eu to. Me levantei, coloquei a cueca e entrei no banheiro, tomei um banho rápido e depois troquei de roupa, resolvi fazer um café-da-manhã bem reforçado pra Lari. Sai do banheiro e ela ainda não tinha acordado, melhor pra mim. Fui pra cozinha fazer tudo o que tem de bom, menos o café. A Lari sempre quis experimentar meu café, mas hoje não vai ser o dia, vou pedir Starbucks, pedi e voltei pra cozinha, eu já sabia o que ia fazer, então foi fácil. Terminei e o Starbucks chegou, fui arrumar a mesa e de repente a Lari entrou na cozinha.

Justin: Bom dia, meu amor! - disse sorrindo e fui em direção á ela, coloquei a mão em seu rosto e lhe dei um selinho demorado.

Lari: Bom dia, bebê! - ela disse e sorriu - O que você fez ai? - ela disse curiosa.

Justin: Apenas fiz nosso café-da-manhã, mas nem comecei á arrumar a mesa. Quer me ajudar? - disse olhando pra ela de cima até em baixo, ela estava com uma calça moletom e uma blusa  enorme, deve que acabou de acordar.

Lari: Não, não! Obrigada. - ela disse e saiu da cozinha.

Justin: Qualé amor, não vai mesmo me ajudar? - disse alto e nem sinal de Larissa - OKAY! - disse e continuei arrumando a mesa, quer dizer, comecei á arrumar a mesa. Deixei tudo certinho e fui chamar a minha mulher - LARISSA! VEM CÁ, AGORA. - gritei e nada de Larissa - LARISSA! - sai da cozinha e fui até a sala ver se ela estava lá, ela estava eitada no sofá com a mão na barriga acariciando a mesma - Láah, por que não me respondeu? - cheguei mais perto e olhei pra ela.

Lari: - ela olhou pra mim toda sorridente - Jus, nosso neném se mexeu! - ela disse e olhou para o mesmo.

Justin: Awn' deixa eu sentir. - me sentei do lado dela e fiquei acariciando sua barriga - Será que é menino mesmo? - disse e olhei pra ela.

Lari: Não sei! Vamos ver nos próximos meses, o que o médico vai dizer. - ela disse sem parar de sorrir.

Justin: - senti algo se mexendo, rs - Caraca, meu filho se mexeu! Eu to sentindo, eu to sentindo. - disse mega animado.

Lari: Para de ser bobo, Justin. - ela disse rindo.

Justin: Christopher, sua mãe disse que eu sou bobo, briga com ela, vai.

Lari: Bebê, não liga pro seu pai! Eu te amo. - ela disse olhando pra mim.

Justin: A gente te ama, meu filho. - disse acariciando a barriga dela.

Lari: Amor, eu to com fome! - ela disse fazendo careta.

Justin: - me levantei - Então levanta essa bunda gostosa e gorda daí! Vamos comer.

Lari: - ela se levantou - Você que é gordo. - ela disse e apertou minha bunda - E gostoso!

Justin: Eu disse gostosa e gorda, cê sabe que eu amo bundas gostosas e gordas, né? - disse abraçando sua cintura.

Lari: Seu safado! Eu sei sim, mas você só tem a minha. - ela deu um tapa em meu braço.

Justin: Ai! Por isso mesmo, sua bunda é gostosa e gorda, gorda, muito gorda, bastante gorda. - disse sorrindo maliciosamente e apertei a mesma, ela deu um gemido baixo.

Lari: Safadênho. - ela sorriu - Vamos logo que eu to com fome! - ela disse e saiu andando pra cozinha, quer dizer, correndo.

Justin: Tá mesmo com fome, nem me esperou. - disse entrando na cozinha.

Lari: Eu tenho que comer por dois, o que você quer que eu faça? - ela me olhou incrédula, já estava sentada e  comendo.

Justin: Nada! - me sentei em uma cadeira.

Lari: Por que você comprou Starbucks ao invés de fazer café?

Justin: Mas você não ama Starbucks?

Lari: AMO! Só que eu queria experimentar o seu café. What's the problem? - ela disse me encarando.

Justin: O problema é que meu café é horrível e você não vai querer tomar ele. - disse e tomei um pouco de Starbucks.

Lari: Tá bom, se você insiste... - ela disse com uma carinha triste.

Justin: Já falou com a Mari?

Lari: Claro que não! Mas eu acho que ela me mandou um monte de mensagens, do jeito que ela é.

Justin: Ontem foi aniversário dela.

Lari: E você nem sabia, né?

Justin: Claro que eu sabia, até dei parabéns pra ela, falta o presente.

Lari: Eu comprei um presente enorme pra ela!

Justin: Sério? Que bom, ai nós dois damos o presente pra ela.

Lari: NEM VEM! Você que compre um presente pra ela, meu presente é meu, quer dizer, dela.

Justin: aaaaaaaah' mas eu vou comprar o que pra Mari? Uma garota? - disse revirando os olhos.

Lari: Sei lá, compra um Netbook roxo pra ela, ela ama roxo.

Justin: Se eu for comprar Netbook, vou nos Estados Unidos que é mais barato.

Lari: Você é tão besta! Olha, depois da nossa Lua de Mel, nós vamos no Shopping comprar o presente da Mari, depois damos nossos presente juntos, flw?

Justin: FLW! Melhor assim.

(...)

Continua! com comentários...

quarta-feira, 29 de maio de 2013

Follies Of Love 43º (Tudo dando certo.)


5 meses depois... 06/07/2014.

 Nesses 5 meses eu ando fazendo pré-natal, alguns dias atrás o médico me disse que acha que é um menino, não tem certeza. Mas o importante é que eu vou casar hoje! Ah' e hoje é aniversário da Mari. Meu irmão? Tá no Brasil com a nova família dele! Ele veio pra cá por minha causa, tinha descobrido que eu estava grávida e veio, okay a família nova dele não veio. Mas sabe o que ele fez? Conversou com a minha mãe! A Dona Melaine vai vir pro meu casamento õ/ LOL eu fiquei muito feliz com essa notícia e o Justin ainda mais. Até que enfim ele vai conhecer sua sogra! Meu pai? Ele morreu á alguns meses atrás, não quero nem lembrar, não pude ir no velório e muito menos no enterro, uma garota grávida não pode viajar de avião, que magnífico. Mas então, minha barriga já está enorme, imagine o tamanho dos meus seios? Putz --' nem te conto. Eu vou me casar na igreja com o Jubs *-* A Mari e a Karina são as madrinhas e o Gui e o Guilherme são os padrinhos. Agora eu, eu to tentando entrar no meu vestido de noiva, a Pattie ta me ajudando e mesmo assim nada adianta.

Pattie: Você deu uma engordada, né?

Lari: Sogrinha de Deus! Você ta contra mim? Eu não engordei coisíssima nenhuma, coloca esse negócio direito. - disse emburrada.

Pattie: Okay! - ela disse fechando o vestido - Pronto, foi. Tá apertado?

Lari: Nem um pouco e assim é melhor que não aperta meu neném.

Mari: Eu pensei que seu neném fosse o Justin! - ela disse entrando no meu quarto.

Lari: TAMBÉM, mas... ah' parabéns amiga! - abri os braços indo até ela.

Mari: Obrigada, amiga. - ela disse sorrindo.

Pattie: Está fazendo aniversário hoje? - ela disse olhando pra Mari e a mesma assentiu - Parabéns! *beijinho*

Mari: Obrigada, Pattie. - ela disse e depois olhou pra mim - Você está linda! - sorriu.

Lari: Mari, eu sei que eu to grávida, nem por isso você não precisa falar o que não quer. - disse naquele drama.

Mari: Para de ser boba! Você está linda grávida, nunca pensei que fosse te ver assim, tão cedo.

Lari: Não fala isso porque o filho não é do pai certo. - encarei ela e ela me encarou olhando pra Pattie.

Pattie: Como assim? Esse filho que você está esperando não é do Justin?

Lari: Não, não é! Mas eu posso explicar... eu não trai o Justin e depois disse que o filho era dele, ele sabe que não é.

Pattie: Então é de quem?

Lari: Meu ex-namorado! Ele me estuprou na festa da minha formatura. - disse com a cabeça baixa.

Pattie: Sinto muito. Mas por que vocês não me disseram isso antes?

Lari: A gente pensou que não fosse necessário.

Pattie: Claro que é necessário! Eu precisava saber.

Lari: Desculpa, sogrinha. Nós pegamos mal em não ter contado, desculpa mesmo.

Ryan: Desculpa de quê? - ele entrou no meu quarto.

Mari: Nada não, Ryan! Bobagem da Larissa.

Ryan: Bobagem? Vish' agora que eu quero saber mesmo! Conta, Lari. O que se passa?

Pattie: Ryan, a Lari está atrasada, depois ela te conta todos os detalhes.

Ryan: NÃO! - disse alto - Eu quero saber agora.

Lari: Irmão, eu estava aqui falando pra Pattie que o filho que eu estou esperando não é do Justin, só isso.

Ryan: Como, não é do Justin? Vocês não estavam juntos desde o começo da sua gravidez? - ele disse me encarando.

Lari: ESTÁVAMOS! Mas é que tipo assim, eu fui estuprada... - disse com medo da reação dele.

Ryan: O QUÊ? QUEM FOI O DESGRAÇADO QUE EU VOU MATÁ-LO. - ele disse bravo.

Lari: Ryan, se acalma! Eu to bem, já passou.

Ryan: Quem é ele? ME DIZ.

Lari: Meu ex-namorado, o Brad. Você não conhece ele, deixa isso pra lá.

Mari: Vamos logo pra igreja?

Ryan: Vamos! Mas Larissa, me ouve só, isso não vai ficar assim, eu não vou deixar esse cara te estuprar e deixar você grávida ai não.

Lari: Ryan, você não vai fazer nada! Até o Justin tentou fazer, mas não adiantou porra nenhuma.

Pattie: Estamos atrasados, Lari! Vamos logo pra igreja.

Lari: Okay! Vamos, Ryan. Para de surtar... - disse saindo do meu quarto, saímos do prédio e fomos pra igreja. Com certeza eu sou a noiva mais obesa que tem nesse mundo inteirinho! Entrei na igreja com Ryan, quando vi o Justin todo lindo de terno sorrindo pra mim, eu não pude deixar de sorrir, os olhos dele brilhavam. *-* Quando chegamos lá na frente, Ryan se afastou de mim e eu entreguei o buquê pra Mari, eu e Justin nos ajoelhamos e o padre começou a falar. Confesso que eu fiquei com um certo tédio ali, mas ele logo disse a seguinte frase "Justin Drew Bieber, aceita Larissa Costa Oliveira como sua legítima esposa?", ele olhou pra mim e disse um "SIM" sorrindo feito bobo, na minha vez foi a mesma coisa. Ai colocamos as alianças um no outro, nos beijamos e saímos da igreja, entramos no carro todo pintado escrito Recém-casados, fomos até a nossa festa, ela foi simplesmente perfeita. Eu e Justin ficamos namorando demais, mas eu não dancei pelo fato de eu estar parecendo uma baleia assassina e sim, comi demais pra ficar mais gorda do que já estou. Afinal, agora eu to comendo por dois! Quando a festa acabou, Justin disse que ia me levar em um lugar especial, voltamos pro prédio, arrumamos nossas coisas e fomos não sei pra onde, quando chegamos eu vi que era uma chácara, linda por sinal - OH MY GOD! Não acredito. - disse saindo do carro.

Justin: Você gostou? - ele saiu também e olhou pra mim sorrindo.

Lari: Eu não gostei... eu amei! - disse e beijei ele - Ai meu, vamos entrar logo? - puxei ele.

Justin: Mas e as nossas malas?

Lari: A gente pega depois, meu amor. - disse e fomos andando pra dentro da chácara - NOSSA, Justin como você... como isso... - disse sem palavras.

Justin: Eu comprei essa chácara! Pra nós dois. - ele disse olhando pra mim.

Lari: Eu não entendi. - disse confusa.

Justin: Lari meu amor, nós vamos morar aqui com o nosso filho! - ele colocou a mão no meu rosto.

Lari: Meu, como você consegue? Como você conseguiu comprar essa chácara sozinho? - disse surpresa.

Justin: Eu já tinha comprado á alguns meses, não se preocupa, isso tudo é nosso. - ele disse e me beijou.

Lari: Eu te amo!

Justin: Eu também te amo. - sorri - Vem, vamos conhecer nosso quarto... - ele pegou na minha mão e saímos andando, chegamos no quarto e ele deixou eu entrar na frente, abri a porta e entrei, o quarto é perfeito.

Lari: Oh My Godness! Que quarto é esse? - disse completamente impressionada.

Justin: É o nosso quarto, meu amor. - ele me abraçou por trás e eu me arrepiei - Hum.. já está excitada? - ele disse surpreso.

Lari: - me afastei e olhei pra ele - Não começa! Acabamos de chegar. - encarei ele.

Justin: Você tá achando que eu quero sexo? - ele disse ironicamente.

Lari: E não quer? - coloquei as mãos na cintura e continuei encarando.

Justin: aaaah' Lari, o que é que tem uma rapidinha? - ele disse sorrindo maliciosamente.

Lari: Nós acabamos de chegar e eu to cansada. - disse andando e me joguei na cama.

Justin: - ele veio em minha direção, se sentou na cama e grudou seu corpo ao meu - Lari... eu sei que você está excitada, eu sei. - ele disse mordendo os lábios.

Lari: Seu viciado, eu não to excitada! Para de querer só sexo.

Justin: Sabia que agora que estamos aqui, estamos em Lua de Mel?

Lari: Eu não pensei nisso! Mas não me force, eu sei que você não faria isso.

Justin: Não mesmo, estamos na nossa 1ª noite de núpcias. Sem sexo? - ele me olhou incrédulo.

Lari: Vai mesmo me forçar?

Justin: Eu acabei de dizer que não faria isso, está duvidando?

Lari: Não! Mas... ok. - me entreguei e beijei ele bruscamente, ele foi subindo em cima da cama e eu fiz o mesmo, ai eu agarrei a cintura dele com as pernas, coisa que não deu nada certo, esqueci que to gorda =S, parei urgentemente de beijá-lo - É melhor parar por aqui, se não eu eu te esmago com tanto peso! - disse e ri, ele me encarou - O que foi?

Justin: Para de falar que você ta gorda, você está linda, meu amor. - ele colocou a mão no meu queixo e me deu um selinho demorado.

Lari: Awwwwn' você é tão fofo. Mas então vamos logo.. - disse me deitando na cama.

Justin: É pra já! - ele subiu em cima de mim, adivinha? Fiquei com tesão na hora, ele começou a tirar a roupa e me penetrou, eu só não gostei da lerdeza dele.

Lari: AAAAARGH' JUSTIN, VAI COM MAIS FORÇA! - gemi alto.

Justin: Lari, eu não quero machucar o bebê. - ele disse com uma cara de inocente, haha'

Lari: VOCÊ NÃO VAI MACHUCÁ-LO, ANDA LOGO DESGRAÇA! - gemi alto, estava irritada com tudo isso.

Justin: Eu não vou mais rápido do que isso. - ele balançou a cabeça negativamente.

Continua! com comentários...

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Follies Of Love 42º (Que fogo, hein!)


P.O.V Larissa

 Parei de andar junto com o Justin e me afastei de nosso beijo, ele me olhou incrédulo e eu sai correndo pro meu quarto, ele gritou um "Volta aqui!" e saiu correndo atrás de mim, eu só ria. Chegamos, eu entrei e me joguei na cama, ele entrou logo em seguida e subiu em cima de mim, já chegou chegando, tirou minha blusa rapidamente e meu shorts, ai ele ficou beijando o meu pescoço, eu adoro quando ele faz isso *-* tirou meu sutiã e começou a chupar meus enormes seios, bota enorme nisso. Eu gemia alto, Justin passava a língua, chupava e os sugava, tem coisa melhor? Sl. Sabe o tamanho do meu tesão agora? ENORME! Eu não estava mais aguentando até que o Justin parou e tirou minha calcinha, eu pensei que ele ia me penetrar, só que não. Ele apenas 'caiu de boca' em minha intimidade e isso me deixou com muito mais tesão, eu gemia demais e Justin me olhava com aquele olhar pervertido que ele tem. Algum tempo depois Justin começou a dizer.

Justin: Pede! Eu sei que você quer. - ele disse malicioso.

Lari: Oh Lord! Não me tortura. Me arrebenta logo de uma vez... - disse meio com raiva e ele riu.

Justin: É assim mesmo que eu gosto. - ele disse e colocou só uma parte de seu pênis dentro de mim, ele quer me matar, só pode.

Lari: Justin, amor, não me tortura! - disse e lembrei de um detalhe.

Justin: O que foi?

Lari: Colocou camisinha? - encarei ele.

Justin: Coloquei sim! Não se preocupa. - sorriu.

Lari: Então coloca tudo pra dentro que eu não to aguentando mais...

Justin: PEDE! - ele disse com seu olhar pervertido.

Lari: Awwwwn' Jus, vai, por favor, me arrebenta, MAS LOGO! - gemi alto.

Justin: É pra já. - ele disse e me penetrou por inteiro, sensação maravilhosa, gemi demais.

Lari: aaaaaaawn' assim mesmo! - gemi.

  Eu sei que já transei com todos os meus ex-namorados, mas com o Justin, é diferente. Ele tem uma pegada que me encanta completamente, ainda mais na hora do sexo, o Justin é incrível. Com ele o meu prazer é ao extremo, voltando. Justin me penetrava rapidamente, dava entocadas fortes, claro eu gemia muito e alto. Minha vontade era de beijá-lo, mas quem está no comando não sou eu, só que eu posso reverter essa situação, pedi com o olhar pra que ele parasse e ele parou, ai eu me levantei e joguei ele na cama, ele ficou surpreso, é. Subi em cima dele e me penetrei, ele gemeu, ai comecei a rebolar em seu pênis, se eu já fiz isso? Confesso que nunca! -.- Ambos gemiam ali, Justin gritava dizendo que eu sou gostosa, que ele me ama e essas coisas. Quando eu parei, ele pediu um boquete, nunca fiz um boquete com ele, mas tudo tem sua primeira vez, certo? E foi bom demais! Chupar um pênis daquele tamanho é a melhor sensação que tem no mundo, tirando a de senti-lo, mas é demais. Quando a parte de tanta melação acabou, nós ficamos deitados na cama agarradinhos. Acredita que ainda é 18h40min? É.

Justin: Eu te amo! - ele disse acariciando o meu rosto.

Lari: Eu também te amo... - disse e sorri.

Justin: Qual vai ser o nome do nosso filho? - ele arqueou uma sobrancelha.

Lari: OMG' Justin, como eu vou saber? Acabei de ficar grávida. - disse rindo.

Justin: Qual o problema? Vamos escolher agora! Nesse momento maravilhoso. - ele disse com os olhos brilhando.

Lari: Tá bom, mas eu não sei que nome escolher.

Justin: Se for menino?

Lari: Christopher!

Justin: E se for menina?

Lari: Não sei.. Christopher veio na minha cabeça do nada, fala você.

Justin: Sara? Yasmin? Giovana? Beatriz? Camila? Mayara? Melissa? Carolina?

Lari: PARA! Minha mente não raciocínia com tantos nomes. Como? - perguntei confusa.

Justin: Veio tudo na minha cabeça do nada... escolhe um.

Lari: YASMIN! Se for menina.

Justin: Eu quero que seja um menino. - ele disse sorrindo.

Lari: Ai Jus, você é tão fofo! Mas eu to pensando, o Brad deve saber que eu estou grávida?

Justin: Você quem sabe, mas eu sugiro um não. Ele te estuprou, você acha que ele vai querer saber do seu filho?

Lari: TÁ BOM! Não vou falar nada. - eu sorri e ele me deu um selinho.

Justin: Quando você começa á trabalhar?

Lari: Segunda! Temos até Domingo pra ficarmos juntinhos.

Justin: Sabe o que eu estava pensando? - ele disse acariciando o meu rosto.

Lari: O quê? - disse curiosa.

Justin: Da gente casar! - ele sorriu.

Lari: OMG' Justin, está muito cedo.

Justin: Eu te amo, você me ama?

Lari: Claro que eu te amo! - sorri.

Justin: Então vamos casar! Você está grávida mesmo. Eu quero ficar pra sempre do seu lado...

Lari: Awn' Justin, para de ser fofo. - disse acariciando seu rosto.

Justin: Neném, você aceita se casar comigo? - ele pegou minha mão e a beijou.

Lari: Aceito, aceito e aceito! Eu te amo, neném. - disse dando vários selinhos nele.

Justin: Eu te amo mais, neném. - ele disse todo fofo e me beijou ^.^

Continua! com comentários...

domingo, 26 de maio de 2013

Follies Of Love 41º (Uma conversa muito séria.)


 Alguns dias depois... 20/02/2014.

Lari: PELO AMOR DE DEUS! Diz que isso não é verdade. - disse completamente desesperada.

Mari: Amiga, eu já disse, é verdade. Sinto muito... - ela disse e me abraçou.

Lari: - comecei a chorar - NÃO! Isso não pode estar acontecendo comigo.

Mari: Você ainda não me disse o que aconteceu naquela noite. - ela me encarou.

Lari: ARGH' O BRAD! - disse com raiva.

Mari: O que tem o Brad? - ela perguntou assustada.

Lari: ELE... ELE ME ESTUPROU! EU TO GRÁVIDA DO FILHO DA PUTA DO BRAD. Por que na minha vida dá tudo errado?

Mari: Lari, não se preocupa! Você tem que conversar com o Justin sobre isso...

Lari: Eu vou conversar com ele, mas como? - disse me jogando no sofá.

Mari: Liga pra ele ou manda uma mensagem.

Lari: Vou mandar uma mensagem. - disse e peguei meu celular, mandei uma mensagem pro Justin escrita "Me liga, é urgente." - Mandei ele me ligar! Quando ele me ligar, eu falo pra ele vir aqui.

Mari: Okay! Você vai ficar bem sozinha? Porque eu to atrasada, meu pai deve estar preocupado, eu preciso ir embora. Pro escritório.

Lari: Eu vou ficar bem, sim! Estou acompanhada agora, pode ir.

Mari: Então tá. *beijinho* Tchau amiga!

Lari: Tchau amiga... - acenei e ela foi embora.

(...)

 P.O.V Justin

 Dei um pausa no treino e fui pro vestiário, peguei meu celular e vi uma mensagem da Lari escrita "Me liga, é urgente." , urgente? Vish' é melhor eu ligar logo! Vai que aconteceu alguma coisa? Sem pensar negativo, Justin. Pense positivo.

Lari: Justin?

Justin: Oi Lari! Sou eu. Eu vi sua mensagem, o que houve?

Lari: Eu preciso falar uma coisa muito séria com você.

Justin: Você já vai terminar comigo? - disse preocupado, ela riu.

Lari: NÃO! Eu te amo, tá? Mas eu preciso conversar com você pessoalmente, quando você sair do treino, vem no meu AP.

Justin: TÁ BOM, mas o que aconteceu?

Lari: Não dá pra falar por telefone, só pessoalmente, flw?

Justin: FLW! Vou desligar aqui, amor. BEIJOS, te amo gostosura ♥ até mais.

Lari: Te amo também! Até mais *.* - ela disse e ambos desligaram.

Justin: O que será que ela quer falar comigo de tão importante?

Romarinho: *aparece* Falando sozinho?

Justin: Ah' não, só pensando. - disse e guardei meu celular.

Romarinho: Pensando em quem? - ele disse de deboche.

Justin: Ninguém que você precise saber! *ri* Agora vamos voltar pro treino. - disse e voltamos pro treino, quando deu 16h40min eu fui embora, pedi pro Tite deixar eu sair mais cedo, fui direto pro AP da Lari, cheguei no prédio, estacionei meu carro e subi, cheguei no AP dela, apertei campainha e ela atendeu logo em seguida - Oi meu amor! - disse e dei um selinho demorado nela.

Lari: Oi Jubs! - ela sorriu e eu entrei, tirei minha mochila e me sentei no sofá.

Justin: O que aconteceu? - disse preocupado e ela se sentou do meu lado.

Lari: Eu vou direto ao ponto... *pausa* eu to grávida.

Justin: Grávida? - disse surpreso - Isso é bom ou ruim?

Lari: PÉSSIMO! EU TO GRÁVIDA DO BRAD. - ela disse e começou a chorar.

Justin: Como você sabe?

Lari: Justin, eu não posso estar grávida de você, a gente sempre usou camisinha, mas o Brad, ele me estuprou.

Justin: Tá bom Lari, fica calma! - abracei ela.

Lari: E agora? O que eu faço? - ela disse olhando pra mim.

Justin: Eu vou assumir esse filho! - disse determinado.

Lari: AHN? O QUÊ? NÃO! - ela me encarou.

Justin: MEU, você está grávida e quer um filho sem pai?

Lari: Se você não sabe, eu não pedi pra ficar grávida.

Justin: TÁ, mas eu vou assumir esse filho e papo encerrado!

Lari: Okay, Justin Bieber, goleiro gostoso... - ela disse com um sorriso malicioso.

Justin: -sorri e coloquei a mão em seu rosto, em seguida a beijei - Quer fazer outro filho? - disse e ela riu.

Lari: Bobo! Filho, não. Mas até posso querer uma rapidinha, o que acha? - ela disse se levantando e saiu andando.

Justin: - me levantei e fui atrás dela, olhando pro seu bumbum - Ótima ideia! - disse e agarrei ela por trás.

Lari: Safado. - ela se virou e apertou meu pênis.

Justin: Safada! Agora você vai ver. - apertei o bumbum dela e ela deu um gemido baixo, em seguida a beije bruscamente, fui andando até o quarto dela sem quebrar nenhum movimento. Eu sei o caminho de olhos fechado, só que não deu muito certo...

Continua! com comentários...
  Oi, tudo bem com vocês? Eu sei que demorei e continua pequeno, mas como eu disse antes, eu já tinha feito os capítulos e não dá pra aumentar! E pra pessoa ai que quer parte hot, eu não sei quando vai ter, porque eu já terminei a ib toda e não lembro do que escrevi, mas claro que a parte hot vai chegar, acho. (capitulo42) Espero que tenham gostado desse capítulo! E pra mostrar que eu vou ser legal dessa vez, não pedi comentários, só que eu não posto com menos de dois, okay? É isso o que eu tenho pra dizer, espero que estejam gostando :) xx 

domingo, 19 de maio de 2013

Follies Of Love 40º (Superei isso tudo)


 Eu não acredito que isso aconteceu comigo! O Brad me estuprou. Por que ninguém ouviu meus gritos? Será que é por que a música estava alta demais? Ele já foi embora e me deixou aqui jogada no chão, eu... eu não consigo parar de chorar. Preciso de alguém que faça eu pensar que tudo isso não passou de um sonho. Mas quem? Coloquei meu vestido, peguei meu sapato e sai de lá, quando eu estava na porta, ouvi a Mari me gritar.

Mari: LARI! LARI! Onde você estava?

Lari: Mari, eu preciso ir embora... amanhã a gente conversa. - disse com a cabeça baixa.

Mari: Mas o que aconteceu?

Lari: Nada! Amanhã a gente conversa, Mari. - continuei andando.

Mari: Mas e a sua festa?

Lari: Manda todo mundo ir embora! Faz o que você quiser.

Mari: Tá bom. - ela disse e saiu dali.

Lari: Eu.quero.morrer. - disse ainda chorando. Pra onde eu iria? Tenho uma ideia. É 23h00min, será que eu vou? Alguns minutos depois cheguei no prédio, entrei no elevador e fui até o 20º andar, eu não sabia mais o que fazer, cheguei, a porta se abriu e eu sai, fui até o apartamento, eu ainda estava chorando. Apertei a campainha e ele mesmo atendeu, quando me viu, ficou assustado.

Justin: LARISSA? O que aconteceu com você? - ele disse preocupado.

Lari: Só me abraça, por favor? - disse e abracei ele, ele correspondeu.

Justin: Entra e me diz o que aconteceu, pelo amor de Deus. - ele disse e eu entrei, me sentei no sofá e percebi que ele estava jogando video game - Por que está chorando?

Lari: Estava jogando XBOX ? - disse e sorri.

Justin: Não muda de assunto. - ele sentou do meu lado - Por favor, me diz o que aconteceu?

Lari: Eu não sei se eu digo!

Justin: Está com medo de quê?

Lari: Eu não sei. Ah' tá bom... então, eu estava na minha festa, aí do nada eu vi meu ex-namorado.

Justin: O Guilherme? - ele disse assustado.

Lari: Não! O Brad.

Justin: Brad? Ele é americano?

Lari: SIM! Então, ele ficou com um papo muito estranho de que eu seria só dele, ai ele me levou pra um lugar bem escuro e lá... lá ele me estuprou. - disse com a cabeça baixa.

Justin: Por isso você está desse jeito? Lari, não fica assim! Vai passar. - ele disse e me abraçou.

Lari: Justin, eu preciso de colo, posso ficar com você hoje? - disse olhando pra ele.

Justin: Claro que pode! Ah' parabéns. - ele sorriu e me abraçou de novo.

Lari: Obrigada, Justin. - disse e comecei a chorar, ele se afastou e colocou a mão no meu rosto.

Justin: Por que está chorando?

Lari: Lembrei de quando a gente estava namorando. - disse e ambos sorriram.

Justin: Não precisa chorar! Olha, isso nunca mais vai acontecer, porque eu vou dar uma surra nesse desgraçado.

Lari: - coloquei minha cabeça em seu colo - Não, não faz isso.

Justin: Eu não acredito que você está defendo o cara que te estuprou.

Lari: Justin, eu só preciso pensar que isso nunca aconteceu, pelo menos agora. Me ajuda? - disse e olhei pra ele.

Justin: Vem comigo! Você vai esquecer isso rapidinho. - ele se levantou e eu fiz o mesmo.

Lari: Vai me levar aonde? - disse curiosa.

Justin: No meu quarto... quero te mostrar uma coisa. - ele disse e sorriu.

Lari: Uma coisa? - encarei ele.

Justin: Que safadinha! Não é o que você está pensando, não.

Lari: aaaaaah' tá. - disse e fui andando com ele, quando chegamos, ele entrou no quarto e eu entrei logo em seguida - O que você quer me mostrar? - disse olhando pra ele.

Justin: ISSO! - ele apontou pra parede e eu olhei, lá tinha um quadro e várias fotos nossas juntos, ai bem no final, estava escrito "by: Lari and Justin" .

Lari: Awwwwwn' que fofo, você! - disse e olhei pro Justin.

Justin: Lari, por que você acha que eu fiz isso?

Lari: Por que você gosta de mim? - disse fazendo bico.

Justin: Não, eu não gosto de você... - ele disse e me entregou seu iPhone, vi o papel de parede, era nós dois nos beijando e bem no meio estava escrito "eu amo você ♥".

Lari: - eu fiquei olhando e bateu uma emoção que comecei a chorar - Justin, eu não sei o que dizer. - disse limpando minhas lágrimas.

Justin: Apenas diga o que eu quero ouvir! - ele pegou o celular e colocou a mão no meu rosto, ficou olhando dentro dos meus olhos.

Lari: Ai Justin, não me olha assim porque eu to horrorosa. - disse olhando pro lado.

Justin: Não Lari, você é perfeita, não importa como esteja. - ele colocou a mão no meu queixo fazendo eu olhar pra ele.

Lari: Eu também te amo! - disse e ele sorriu.

Justin: Me perdoa?

Lari: Perdoo, mas isso não importa... eu te amo e quero ficar com você. - coloquei a mão em seu rosto e olhei dentro de seus olhos.

Justin: Tem certeza?

Lari: Se eu não tivesse, não estaria aqui falando isso! - eu disse sorrindo, ele sorriu e me beijou, nada poderia tirar esse momento de mim. Demorei quase 1 ano pra saber que eu o amo, eu amo ele *-*

Continua! com 3 comentários...

  Meninas, desculpa se continua pequeno, mas eu já tinha escrito esses capítulos e não dá pra aumentá-los, espero que me entendam :) Continuo com 3 comentários! XX :*

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Follies Of Love 39º (Que vida mais injusta)


 11 meses depois... 15/02/2014.

 É hoje que eu vou me formar! Terminei a faculdade e pá, a Mari até disse que ia fazer uma festona na casa dela pra comemorar, vai ser demais. É, eu não to com o Justin e nem vou ficar, acho. Nesses 11 meses que passou, eu nunca vi ele, tirando os jogos do Corinthians que eu fui com a Mari, tirando isso, nem. Eu falei pra Mari não convidar ele pra festa, não quero ver ele nem pintado de ouro, porque é claro que ele já deve estar com outra, vai fazer 1 ano que eu terminei com ele.

Mari: LARI, LARI! Já está pronta? - ela disse entrando no meu quarto.

Lari: To quase, falta a make. - me virei ficando de frente pra ela - Como estou?

Mari: My God! Está linda. Onde comprou esse vestido? - ela disse boquiaberta.

Lari: Esse vestido é velho...

Mari: Velho? Aonde? Está é novo.

Lari: É que eu nunca usei! Fui achar ele na minha bagunça ontem, ai eu resolvi ir me formar com esse vestido. - disse e dei uma voltinha.

Mari: Esse vestido é lindo, meu.

Lari: TÁ BOM, agora me ajuda a passar a make, se não eu me atraso! - disse e ela me ajudou, a make ficou linda até demais, saímos do meu quarto e encontramos o Guilherme na sala andando de um lado pro outro - O que foi, Gui?

Gui: NOSSA! ATÉ QUE ENFIM. Estou á um tempão esperando você se arrumar, vamos logo.

Mari: Cadê a Karina?

Lari: Tem que ir pegar ela, pessoal! - disse olhando pros dois.

Gui: Ela é outra atrasada, pegamos ela no caminho, mas vamos logo. - ele disse saindo do AP>

Lari: Nossa Gui, nem eu estou com tanta pressa que nem você!

Gui: Eu tenho que pegar minha mulher, esse é o problema... estou apressado por causa disso. AGORA VAMOS!

Mari&Lari: Okay, vossa senhoria. - dissemos juntas e saímos do AP, tranquei a porta e saímos do prédio. Sim, o Gui e a Karina estão namorando, a Mari e o Guilherme também estão namorando. Do grupo, só eu estou solteira! Olha que lindo. Eu podia paquerar mais o Ronaldo. Brincadeira... eu sei que ele é casado e não faria isso. Fomos pro AP da Karina, pegamos ela e saímos direto para a minha formatura, eu estava animada, ansiosa, tudo. Chegamos e eu logo fui lá pra frente pegar meu certificado, cheguei lá, a mulher me entregou, eu olhei pra platéia e vi o Justin. COMO? Sai dali correndo, nem agradeci, fui pra fora da faculdade, ai parei e logo senti um braço me segurando, olhei e era o Justin.

Lari: JUSTIN? - disse impressionada com a rapidez dele.

Justin: Por que saiu correndo de lá? Foi por que me viu? - ele disse preocupado.

Lari: Por que você veio? - olhei incrédula pra ele.

Justin: Lari, eu que incentivei você você terminar a faculdade, se não fosse por mim, você não estaria aqui, agora. - ele disse e eu abaixei a cabeça.

Lari: É, você tem razão.

Justin: Parabéns pelo esforço! De não ter desistido e ter chegado até onde você está hoje. Você merece...

Lari: - olhei pra ele e sorri - Obrigada! Eu não estaria aqui sem você.

Justin: Estaria sim! Porque eu não estava com você e mesmo assim você continuou na faculdade.

Lari: É...

Justin: Sério mesmo que não vai me dar um abraço? - sorriu.

Lari: aaaaah' Justin! - disse e abracei ele, antes ele deu um beijo em minha testa.

Justin: Você ainda está com raiva de mim? - ele disse olhando pra mim.

Lari: Estava, não estou mais. - sorri - Mas então, cadê sua namorada?

Justin: Namorada? - perguntou surpreso.

Lari: Suponho que você está namorando, certo? - arqueei uma sobrancelha.

Justin: ERRADO! Eu não estou namorando e sei que você também não.

Lari: Sabe? Como você sabe? Quem te disse?

Justin: O Guilherme que me disse! E foi eu que perguntei, antes de vir pra cá.

Lari: Ele sabia que você ia vir pra cá?

Justin: Não, não sabia!

Lari: aaaaah' tá. - disse e vi a Mari e o Gui.

Mari: Hum... o clima ta bom.

Justin: - ele se virou e olhou pra ela, depois riu - Não é nada disso do que você está pensando!

Gui: É bom não ser mesmo.

Justin: Você ainda gosta dela? - ele disse se referindo á mim, óh céus

Mari: Não, não gosta! Ele está namorando com a minha prima.

Justin: Okay, eu só estava conversando com ela.

Lari: Aham! E vamos embora. - disse andando - Tchau Justin... - acenei.

Justin: Tchau Larissa. - acenou de volta.

Lari: - fomos pra casa da Mari, a festa ia começar só mais tarde, então ficamos conversando e rindo, bem que a Mari disse que o Guilherme ia mudar, ele mudou e não é mais o galinha de antes, isso é maravilhoso. A festa começou, quase todo mundo que se formou também e que era da minha sala, estava ali, a casa estava lotada. Eu dancei demais! E claro, não fiquei com ninguém. No meio da festa, umas 22h30min eu vi o Brad, O QUE ESSE FILHO DA PUTA ESTÁ FAZENDO NA MINHA FESTA? Argh'

Brad: Parabéns, Lari. - ele disse chegando mais perto e com um sorriso malicioso.

Lari: Parabéns do quê? O que você está fazendo aqui?

Brad: Hoje é seu aniversário, esqueceu? 19 aninhos! - ele disse sorrindo, eu não sei o que ele queria com aquilo.

Lari: Não! Mas o que você veio fazer aqui? Tá louco? - encarei ele.

Brad: Eu vim ver minha gatinha. - ele colocou a mão no meu braço e ficou beijando o meu pescoço.

Lari: Brad, eu não sou mais sua namorada! Me solta, seu maluco. - disse tentando me soltar, mas foi em vão, ele é meu ex-ex-ex-namorado, esse cara é muito forte e grande, ele olhou bravo pra mim.

Brad: Maluco, não! Você vai ser só minha e agora mesmo. - ele pegou nos meus braços e saiu me arrastando, me levou pro jardim, pra um lugar mega escuro, ele me jogou no chão, subiu em cima de mim e tirou meu vestido bruscamente.

Lari: NÃO, ME SOLTA! Você não vai fazer isso. - tentei me levantar, mas não consegui.

Brad: Não pense em sair daqui porque você não vai conseguir e não pense em gritar porque ninguém vai te ouvir.

(...)

Continua! com comentários...

    Oi, o que acharam do capítulo? O que pensam que vai acontecer? Sei que ficou pequeno, mas queria deixar um pouco de suspense no ar, u_u KK Bom, espero que vocês tenham gostado! De verdade e continuo com comentários :) Please, comentem. Adios baby!  XX Mariih :*

quinta-feira, 9 de maio de 2013

Pick Me - 5ª Temp. - Part. 21 - O melhor presente que ganhei na vida. (THE END!)

Antes(...) Jasmine: Hello! Eu acabei de ter 6 filhos, você quer que eu engorde mais do que já estou gorda? - encarei ele.
Justin: Senhora Bieber, mãe dos meus filhos, você não é, não foi, não está e não ficará gorda. ENTENDEU? Quando você vai parar com essa besteira?
Jasmine: Quando eu estiver certa de que não sou gorda, como você diz.
Justin: Afffff' vamos comer logo! - ele se levantou e me puxou, descemos pra cozinha e a cozinheira estava fazendo macarrão, tiver que comer.
                                                                  ...

Agora...

  07 de Dezembro de 2021, ás 15h50min - E.U.A, Geórgia

 Hoje estou fazendo 29 anos! Imagine o tanto de presentes que ganhei? Vários. O Justin saiu, disse que ia resolver algumas coisas, meus babys estão dormindo e eu estou aqui sozinha no quarto, em cima da cama mexendo no Twitter, daí lembrei daquele vídeo que o Justin fez pra mim, eu fiz um pra ele também, são quase iguais. Justin Bieber's video sexy for Jasmine V. Pelo o nome já deu pra perceber que tem sacanagem, né? Eu que inventei esse negócio, ai ele gostou, eu fiz o vídeo e ele também, mas só nós dois sabemos desses vídeos, o meu está no computador dele e o dele está aqui, no meu. Podia ver, né? BOA JASMINE! Faz tempo que você não vê uma sacanagem daquelas. Sai das minhas redes sociais e coloquei o vídeo, sempre que eu vejo ele, eu fico com tesão. Affff' Começou. =) Ele começa dizendo que esse vídeo foi feito pra mim e que ele me ama, ai ele coloca uma música sensual e começa a dançar, quer dizer, música sensual não, ele coloca Sexy and I know it, como no clipe o cara fica balançando as parte de baixo, o Justin faz a mesma coisa, ele tira a calça, fica só de cueca e balançando aquele pênis gostoso que eu não consigo ver. Queria que ele ficasse pelado. ;s Ele faz umas provocações sim, coloca a mão dentro da cueca e continua balançando seu pênis. DA PRA SER MENOS GOSTOSO OU TÁ DIFÍCIL? Fiquei com tesão agora. Meu, os movimentos que ele faz me deixa completamente louquinha de tesão, Argh' vídeo. É só um vídeo! Quando a música acaba, ele coloca outra, BILLIE JEAN, mas aí ele já estava de calça, ele faz os mesmos movimentos do Michael, de colocar a mão na balança e essas coisas. Eu não to aguentando mais tanta provocação desse vídeo... eu quero ele aqui e AGORA! Que merda, pena que ele vai demorar pra chegar, vou me satisfazer um  pouquinho, que tal? Vou pegar meu vibrador! É, o Justin pensa que eu joguei ele fora, mas não, apenas guardei bem escondido. Pausei o vídeo e peguei o vibrador. Tipo, onde eu vou fazer isso? Dentro do banheiro, dãr! Isso aí. Entrei no banheiro e onde eu ia ficar? É, dentro da banheira. Me deitei lá, tirei o shorts e abaixei a calcinha, abri as pernas e coloquei o vibrador lá, nossa como isso é bom... parece que é melhor do que sexo, mas nem é. Mesmo não sendo sexo, eu tinha que gemer, mas eu gemia baixinho, ninguém podia ouvir. Eu fiquei assim por muito tempo, ai teve um momento que eu ouvi a voz do Justin, ele estava me chamando, coloquei a calcinha rapidamente e ele entrou no banheiro.

Justin: JASMINE? - ele foi se aproximando, estava assustado - O que você está fazendo dentro da banheira?

Jasmine: - me apoiei na banheira - O que se faz dentro de uma banheira? - perguntei como se fosse óbvio.

Justin: Ai não tem água e você está só de... - ele chegou ainda mais perto - calcinha? - ele chegou ainda mais perto - O que é isso na sua mão? - ele me encarou.

Jasmine: - me sentei e olhei pra ele - Jubs, eu posso te explicar!

Justin: JUBS? - ele pegou o vibrador da minha mão - EU NÃO ACREDITO QUE VOCÊ ESTAVA SE MASTURBANDO! - ele disse bravo - O que levou você a fazer isso? Estava assistindo filme pornô? - continuou me encarando.

Jasmine: NÃO! CLARO QUE NÃO.

Justin: Então o que é que está ligado ali no seu computador?

Jasmine: Justin, eu posso explicar...

Justin: EXPLICA LOGO!

Jasmine: Eu estava mexendo no computador. Ai eu resolvi ver aquele vídeo que você fez pra mim, eu fiquei louca de tanto tesão, não aguentei e resolvi me... - ele me interrompeu.

Justin: Eu não acredito que foi isso! - ele disse sorrindo.

Jasmine: Mas foi, acredite em mim.

Justin: TÁ BOM, você comprou outro vibrador? - ele me encarou.

Jasmine: Não, é aquele mesmo. - disse com a cabeça baixa.

Justin: JASMINE, EU PENSEI QUE VOCÊ TINHA JOGADO ISSO FORA! - disse bravo.

Jasmine: Me desculpa? Eu não queria jogar fora. - disse fazendo bico e olhei pra ele.

Justin: Por quê? Eu to aqui, esqueceu? Você não precisa se satisfazer sem mim.

Jasmine: Eu não aguentei, flw? - peguei na argola da camisa dele e lhe dei um selinho rápido - Você é muito gostoso! - disse fazendo manha, ele sorriu convencido.

Justin: Não aguentou? Eu sou muito gostoso? - ele disse e eu assenti - Ainda está com tesão? - assenti - Quer uma rapidinha ou uma demoradinha?

Jasmine: Nossos babys estão dormindo! E se eles acordarem? - disse com medo.

Justin: As babás estão em casa, elas vão ver eles. - disse e sorriu.

Jasmine: Mas elas vão ouvir nossos gemidos.

Justin: É só abafá-los. - ele disse me tirando da banheira - Você prefere no quarto ou aqui mesmo?

Jasmine: No quarto! É mais confortável. - disse e fui andando na frente, ele fechou a porta do banheiro, me deitei na cama e ele veio em minha direção, colocou uma mão em minha cintura, a outra em meu rosto e me beijou, eu estava só de calcinha e blusa, não tinha colocado o shorts, ele ainda está dentro da banheira. Justin parou de me beijar e tirou minha blusa, e em seguinte arrancou meu sutiã de mim, ai ele começou a chupar meus seios, como sempre faz, dessa vez está melhor, esperamos 4 meses pra essa minha cicatriz enorme parar de doer para transarmos. Affffffffffff ----' Eu não aguentei ficar sem gemer, mas as vezes o Bieber me beijava para eu parar, eu estava gemendo baixo, mas dava pra ouvir lá do corredor, tenho certeza. Quer saber? Foda-se! É meu aniversário mesmo. O Justin só não sugava meus seios, pra não sair leite, rs' mas isso está bom demais! Ele parou e olhou pra mim, estava com uma cara feia - Que foi? - disse rindo.

Justin: Eca! Que leite ruim...

Jasmine: O que eu posso fazer? Você que inventou de fazer isso. - continuei rindo.

Justin: Mas quem estava com tesão não era eu!

Jasmine: Só que vai ficar. - peguei na argola da camisa dele e o beijei bruscamente, fazendo o corpo dele ficar coladinho ao meu, parei de beijá-lo e tirei sua camisa, depois continuei. Ai abracei sua cintura com as pernas, percebi ele tirando a calça, o negócio tá ficando melhor... senti seu pênis ereto, isso me lembra o vídeo, ÔH DLÇ ;* esse beijo está melhor do que nunca, eu esfregava meus seios em seu peito, ai ele parou de me beijar e eu fiquei por cima dele, coloquei a mão em seu rosto e o beijei rapidamente, depois fiquei fazendo trilha de beijos por todo o seu corpo, até chegar onde eu queria, seu membro completamente ereto, sorri olhando para o mesmo e tirei sua cueca, aquele pênis simplesmente pulou da cueca, de tão duro, PQP. Peguei nele e dei uma lambida em cima, vi o olhar do Justin pedindo pra eu ir logo, coloquei seu pênis dentro da boca e comecei com os movimentos 'vai e vem', sinceramente eu estava com saudades de chupar esse pênis gostoso, OMG' melhor presente de aniversário que eu estou tendo. (66' Algum tempo depois eu parei e o Justin trocou de posição comigo, ai ele me penetrou fortemente, eu quase gritei, mas ele abafou com um beijo longo e ainda me penetrando, eu tinha que gemer baixo pra ninguém ouvir, mas eu disfarcei e comecei a rir alto, no meio do riso, eu gemia, gemia demais. O Justin sempre me parava, dando-me um beijo longo e molhado, ele ficou bastante tempo na penetração e me beijando, depois parou e quando parou, já estava escurecendo, era umas 18:50min, fomos tomar um banho, to morta.

Justin: Tenho uma coisa pra te dar! - ele disse sorrindo.

Jasmine: Uma coisa? Que coisa? - disse completamente curiosa.

Justin: Surpresa! De aniversário. - disse e piscou.

Jasmine: OMG' surpresa. - disse entrando no banheiro, tomamos nosso banho relaxante e melante, terminamos, trocamos de roupa (Justin e Jasmine) e descemos, estava tudo escuro, que estranho. Do nada acenderam as luzes...

Todos: SURPRESAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA! - disseram todos alto, fui em direção á mesa onde se encontrava um bolo ENORME, Justin me acompanhou.

Andressa: Parabéns, amiga! - ela disse e me abraçou.

Jasmine: Obrigada! Ah' Meu Deus, quem fez tudo isso? - disse impressionada.

Justin: - ele chegou por trás de mim - Seu marido aqui! Eu mesmo.

Jasmine: Ai Jus, obrigada. - me virei e abracei ele.

Justin: De nada, meu amor!

Todos: UHUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUL! - gritaram.

Wallace: Aí Jasmine, vamos cortar logo esse bolo? - ele disse e riu.

Jasmine: Vamos! Demorou. - disse rindo. Todos cantaram 'Parabéns pra você' pra mim, eu apaguei as velas, cortei o primeiro pedaço de bolo e dei pra quem? Meu marido *-* Depois ficamos curtindo minha festa, as babás estavam na brinquedoteca com os nossos babys, estavam todos na sala, na cozinha, na casa toda, o Justin até resolveu animar cantando e funcionou! Ele cantou algumas músicas de seu velho e antigo álbum Believe, Maria; Out Of Town Girl; Boyfriend; All Around The World; As Long As You Love Me; ele animou a festa até demais, todo mundo ficou gritando e pulando, parecia mais um show. LOL Depois nós e nossos Friends que agora moram em Geórgia fomos pro jardim, lá ficamos conversando, como se ainda fossemos adolescentes, eu ria demais - MANO, para vocês dois! - disse olhando pro Justin e Chaz, e rindo muito.

Mari: É melhor vocês pararem, a Jasmine não vai aguentar nem mais 1 minuto. - disse rindo.

Andressa: É, vocês parecem adolescentes assim! Temos quase 30 anos, esqueceram? - disse olhando pra eles.

Chaz: OKAY, paramos.

Caitlin: Aí, o que vamos fazer, então?

Justin: Que tal o famoso grito de guerra do Bieber? - ele disse se achando.

Ryan: E por que não outra coisa?

Christian: É, que tal falar em português?

Mari: Falar em português? Mas nós não estamos falando? - ela disse e todos riram.

Chaz: Amor, não fala mais nada... tá bom? - ele disse olhando pra ela.

Jasmine: O grito ou não?

Wallace: Que tal uma coisa nova?

Caitlin: Como assim, coisa nova?

Andressa: Seria uma boa ideia, meu amor... - ela disse sorrindo pro Wallace.

Justin: Aie' depois os melosos somos nós. - ele disse com voz de gay e me abraçou de lado.

Andressa: Justin, não começa! Você e a Jasmine sempre foram melosos.

Jasmine: Agora vai colocar meu nome no meio? - disse encarando ela e rindo.

Wallace: Ela tem razão! - disse abraçando a mesma de lado.

Justin: Eaí, o grito de guerra do Bieber ou não? - ele disse olhando pra todos.

Todos: SIM!

Jasmine: Então vamos. - estendi a mão e todos foram colocando em cima.

Todos: DUCKS DUCKS DUCKS DUCKS QUACKS QUACKS QUACKS QUACKS SLEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEW! - gritamos, jogamos as mãos pro alto e começamos a rir.

Jasmine: Gente, vem aqui! - chamei todos que me abraçaram e lado, cada um foi se abraçando ao meu redor.

Andressa: O que foi, Jas?

Jasmine: Eu amo muito vocês ><

Mari: awwwwwn Jas, a gente também te ama! - ela disse e todos me abraçaram juntos, depois se afastaram.

Justin: Você me ama também, né? - ele me abraçou de frente e olhou dentro dos meus olhos.

Jasmine: - dei um selinho rápido nele - Claro que eu te amo ♥ Amo você e nossos babys.

Justin: Eu não te perguntei isso...

Jasmine: *o* Eu te amo sim, neném da mamãe. - disse sorrindo.

Justin: Ainda bem, porque eu te amo mais e mais e mais e mais e mais! - ele disse e me beijou, logo em seguida me inclinou pra baixo, eu pensei que ia cair, mas ele continuou me beijando, todo mundo começou a gritar, aquilo foi maravilhoso. 29 anos! Melhor festa de todas. *-*

                                                    FIM! 


Recadinho: EEEEEEEEEEEI LEITORAS DE PICK ME! O/ Como vão? Saudades? Viram por que eu não queria postar? Eu era tão apegada com essa fanfic e agora ela acabou :/ MAS TEM UM PORÉM!  Só que é surpresa. huhu/ Bom... espero que tenha gostado desse finalzinho, porque eu não gostei, sinceramente. Mesmo assim, comentem! Digam o que acharam, por favor :) É isso ai, XX Mariih :*

quinta-feira, 2 de maio de 2013

Follies Of Love 38º (Nada vai mudar depois disso...)


Barman: Eu estava brincando, gostosa.

Lari: Gostosa? Hum, vai continuar ai ou vai me levar pra um lugar mais reservado?

Barman: Tá bom, vem comigo! - ele disse e saiu dali, me levou para um lugar que tinha poucas pessoas, ele me colocou contra a parede e já começou á me beijar, ele me abraçou forte, parecia que estava querendo sentir meus seios em seu peitoral.
  Todo cara quer isso, ele beija bem, bem até demais, omg' o beijo dele me lembra o do Justin, só que o dele é muito melhor. O que eu to falando? To com um cara e pensando em outro? PQP. Incrível, ele estava com a mão no meu bumbum, eu até me canso quando um cara faz isso, mas eu to acostumada. Só que quando ele colocou a mão de baixo do meu vestido e estava tentando colocar a mão dentro da minha calcinha, passou dos limites. Tirei a mão dele dali bruscamente e parei de beijá-lo.

Lari: SEU SAFADO! - olhei incrédula pra ele.

Barman: Eu pensei que você gostava de homens safados. - ele disse com um olhar malicioso.

Lari: MAS EU NÃO GOSTO! - gritei e sai andando, ele pegou no meu braço.

Barman: Vai sair sem se despedir?- ele disse com uma cara triste.

Lari: Awwn' não fica assim! Moreno gostoso. - disse e dei um selinho rápido nele, depois fui andando e rebolando, cheguei perto do bar e levei um susto, Justin estava lá - Oh My God! Ele não pode me ver aqui. Ah' foda-se, ele não é nada meu. - disse comigo mesma e logo vi que a Mari estava conversando com ele, fui até lá - Mari... - disse me sentando em um banco.

Justin: Oi Lari! - ele disse sorrindo.

Lari: Pra você é Larissa. - disse encarando ele.

Justin: Mas eu sempre te chamei de Lari..

Lari: FODA-SE! Apelidos são para amigos.

Mari: Lari, não exagera! O Justin não fez nada.

Lari: Fez sim, me traiu. - disse e olhei pra ele.

Justin: Você não pode falar nada porque também me traiu e com o seu amigo.

Lari: Eu não vou discutir com você por uma coisa que já passou, você não é mais nada meu! - me levantei e sai andando, fui pra pista que era ali perto, fiquei dançando com o primeiro cara gostoso que vi, incrível, deve ser gêmeo do Justin, todos os caras dessa porra de balada me lembra o Justin?

P.O.V Justin

  Ver a Lari dançando com outro cara me deu uma raiva e das grandes, ela deve querer chamar minha atenção, de minuto em minuto ela olhava pra mim e a Mari não estava nem aí. Ela ficava se esfregando naquele cara e ele estava aproveitando. Okay! Minha raiva subiu á cabeça e eu ia fazer o mesmo, vi uma garota me dando mole, até que dá pro gasto. Fui até ela e já cheguei beijando, ela tinha cara de vadia, claro que não ia recusar uma ficada com o gostoso do Justin Bieber. O problema é que ela não tem onde pegar, ela não tem corpo igual a Larissa. Caraca, eu to acostumado com a gostosa da Larissa Costa! Quer saber? De um jeito ou de outro, hoje eu vou ficar com ela. Nem fiquei tanto tempo com essa magricela, fui logo procurando garotas gostosas pra eu ficar, mas eu não achei nenhuma. '-' Se eu ficar com a Larissa, já está bom demais pra mim. Voltei pro bar e ela estava dançando com outro cara, do jeito que ela é gostosa, todos querem pegar. Quando ela me viu, parou de dançar e veio até o bar.

Lari: Me vê duas bebidas! - ela disse pro barman e ele assentiu.

Justin: DUAS? Vai tomar sozinha? - disse e ela olhou pra mim.

Lari: Não! E isso não te interessa nenhum pouco. - ela disse me encarando.

Justin: AH' Larissa, vai dar uma de difícil agora? Já pegou quantos caras desde que chegou aqui?

Lari: Contando com o Barman? Ele foi o primeiro! Mas eu acho que 5 ou 6, não faz muito tempo que cheguei.

Justin: Eu poderia ser um desses caras, né? - sorri maliciosamente.

Lari: Você já teve sua chance! Aproveitou de mim até demais, agora se diverte, tu ta solteiro mesmo. - ela disse e pegou as bebidas.

Justin: - peguei no braço dela - Vai me trocar por esse cara? - disse  olhei pro cara que estava dançando com ela.

Lari: Eu não estou te trocando! Já estava ficando com ele, agora bye. - ela mandou um beijo no ar e saiu andando.

Justin: De um jeito ou de outro. - disse e me levantei, fui atrás dela, ela estava entregando a bebida pro cara, eu apenas cheguei por atrás, agarrei ela e a beijei bruscamente, ela não tentou se soltar e nem nada, sabia que ela estava com saudade dos meus beijos e eu do dela, parei de beijá-la por causa do fôlego que estava quase acabando, todo mundo olhava pra nós.

Cara: Você acha que pega a garota dos outros e vai saindo?

Lari: E quem disse que eu sou sua? - putz, essa foi boa. tomou no cu, cuzão! - Eu sou só dele! - ela disse, colocou a mão no meu rosto e me beijou. eu.amei.ouvir.isso. ela parou de me beijar, pegou em minha mão e saímos andando.

Justin: Larissa, você bebeu o quê? - estranhei.

Lari: Nada! É que seu beijo me deixou com vontade de muito mais. - ela disse com um sorriso malicioso.

Justin: Muito mais, o quê? Do que está falando? - disse olhando torto pra ela.

Lari: Para de fingir que você é inocente! Sabe muito bem do que eu estou falando, vamos pra outro lugar?

Justin: TÁ BOM, mas e a Mari? Vai embora sem falar nada?

Lari: É, tem razão... - ela disse e tirou o celular da bolsa, ficou mexendo e depois olhou pra mim - podemos ir. - ela sorriu e entrelaçou nossos braços.

Justin: Aham, mas pra onde?

Lari: Pro seu AP!

Justin: Mas o seu é mais perto.

Lari: SÓ QUE NÃO DÁ, a Mari tem a chave do meu AP, vamos pro seu mesmo.

Justin: OKAY! Como quiser.

       Hoje a noite promete...

P.O.V Larissa

  Justin me levou pro AP dele, lá rolou tudo e mais um pouco. Só não quero que ele pense que só porque transamos, vamos voltar a namorar. Traição eu não perdoo... No dia seguinte, acordei antes dele e fui embora, já que é sábado a  Mari vai vir em casa perguntar todos os detalhes do que aconteceu ontem. Mas hoje mesmo eu me mudo pro prédio do Guilherme! Umas 12h00min a Mari veio aqui, conversamos demais, Justin até me mandou a seguinte mensagem "Então é assim? Transa comigo e depois vai embora sem se despedir? Virou vadia?", fiquei com tanta raiva que nem respondi. No fim da tarde minhas coisas já estavam prontas, fui pro AP onde eu ia ficar, Guilherme até me ajudou, arrumei todas as minhas coisas e ficamos conversando. De noite ele foi embora e disse que se eu precisasse de alguma coisa, era só eu dar um toque. Olha o amigo fofo que eu tenho! *-*

Continua! com comentários...