terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Pick Me - 5ª Temp. - Part. 17 - Coisas boas e ruins.

Antes(...) Jasmine: Okay, amanhã a gente conversa sobre isso. - ela disse me abraçando.
Justin: Tá cansadinha, bebê? - disse fazendo bico e ela riu.
Jasmine: MUITO! Quero dormir agarradinha com você. - ela disse e depois sorriu.
Justin: Peraê... - tirei meu tênis e tirei o sapato dela - pronto, - me deitei, cobri nós dois e abracei ela - podemos dormir.
Jasmine: Hum... - ela olhou pra mim e me deu um selinho - eu te amo ><
Justin: Eu também te amo *.* - disse e ela colocou a cabeça em meu peito, logo adormeceu. Demorei um pouco, mas dormi.

Agora...

 No dia seguinte... 07/11/2020.

 Acordei com o Justin saindo da cama...

Jasmine: HEY! - disse incrédula e ele olhou pra mim - onde pensa que vai? - disse com um sorriso malicioso.

Justin: Vou tomar banho, quer vir também? - ele disse com aquele olhar pervertido.

Jasmine: QUERO! - disse e ele me pegou no colo - AAAAAAAAAAAAH ME SOLTA! Justin, você não me aguenta, eu sou uma baleia.

Justin: Eu te aguento sim! E você não é uma baleia, flw? - ele entrou no banheiro e me colocou no chão.

Jasmine: FLW! Mas eu sou gorda.

Justin: Aonde que você é gorda? Eu só vejo essa sua barriguinha sexy, só.

Jasmine: Deixa eu ficar grávida pra você ver. Você vai me chamar de elefanta!

Justin: Não vou não! Nunca te chamaria de elefanta. - ele disse e riu.

Jasmine: Isso, ri! Eu sei que sou gorda mesmo. - disse fazendo bico.

Justin: - ele colocou a mão no meu rosto - VOCÊ.NÃO.É.GORDA! VÊ.SE.ME.ENTENDE? - ele disse pausadamente e dando ênfase nas palavras.

Jasmine: TÁ! - disse e ele me beijou.

Justin: Te amo.

Jasmine: Te amo...

Justin: Vamos tomar nosso sagrado banho para irmos no sagrado hospital?

Jasmine: Fazer o quê! ¬¬'

 Tiramos a roupa e tomamos banho, é. Eu senti algumas tonturas enquanto tomamos banho, mas nada que não passasse logo. Demoramos uns 30 minutos no banho, nada de banho meloso, foi normal. Só com beijos e carícias. Terminamos, saímos do banheiro, trocamos de roupa e depois fomos em um Starbucks. Claro, eu não ia pro hospital sem tomar meu sagrado Starbucks, em seguida fomos direto pro hospital, eu estava aflita. Entramos e um médico disse que ia me atender, fomos pra sala dele e eu disse o que estava acontecendo, dos enjoos e das tonturas, ai ele foi me fazendo mais algumas perguntas e eu respondendo. Então ele deduziu de eu estar grávida, mas eu queria ter certeza disso. Ele colocou um negócio na minha barriga e foi olhando na televisão a sua frente. Ele disse a seguinte frase "Sim, você está grávida! E de 1 semana.", eu e o Justin vibramos.

Justin: Mas de quantos? - disse animado, ele queria vários, é.

Médico: - ele ficou lá olhando direitinho e depois ficou impressionado - NÃO PODE SER!

Jasmine: Não pode ser, o quê Doutor? - disse aflita.

Médico: MEU DEUS! São seis.

Justin: COMO ASSIM? SEIS? - disse assustado.

Jasmine: Eu não acredito! SEIS?

Médico: Eu contei quantos espermatozóides tem aqui e são 6 mesmo.

Justin: Vai com calma... dá pra saber assim, já de cara?

Médico: Claro que dá! Vocês vão ter 6 filhos. - ele disse sorrindo.

Jasmine: Ai senhor, eu vou ter um treco. - disse com a mão no coração.

Justin: Calma, Jasmine!

  Saímos de lá, fomos pro Hotel e eu estava pasma. EU VOU TER SEIS FILHOS! Como vou dar conta? Nem fodendo. Alguém tem que me ajudar. Acho que não vou fazer shows por um bom tempo depois que eles nascerem. Eu não sei se fico feliz ou triste, acho que feliz, né? Nem quero ver em como isso vai acabar...

 6 meses depois... 05/2021.

 P.O.V Justin

 Esses 6 meses foram difíceis, pra mim e pra Jasmine. Como ela vai ter 6 de uma vez, ela ficou internada, estamos em U.S.A agora. Aconteceu muita coisa ruim que eu nem quero lembrar, eu passei meu aniversário de 28 anos aqui no hospital com ela. Minha mãe e a Katy também estão aqui comigo e eu aflito demais querendo saber o que vai acontecer com a Minha Deusa. A barriga da Jasmine começou a crescer no 1 mês, ela sempre dizia que parecia uma baleia, mas ainda estava no começo. Então, agora ela está na UTI e não sei se ela está bem, a tal da enfermeira disse que ia dizer como ela está, mas nada. Assim eu fico mais aflito do que já estou.

Pattie: Justin, para de andar de um lado pro outro!

Justin: Eu to preocupado com a Jasmine, mãe. Ela está carregando 6 filhos meus!

Katy: Daqui á pouco a enfermeira chega e diz se ela está bem, fica calmo...

Justin: Eu não sei se vou conseguir.. - continuei andando de um lado, até que a enfermeira chegou - Como a Jasmine está? - disse olhando pra ela mega preocupado.

Enfermeira: Ela está fora de perigo, mas vai ter que continuar na UTI.

Justin: Eu posso vê-la?

Enfermeira: Por enquanto não... quando o médico liberar as visitas, eu o chamo. - disse e sorriu - Com licença. - disse e saiu.

Justin: Toda. - disse me sentando no banco do lado da minha mãe, coloquei a cabeça em seu ombro - Mãããe, eu quero ver minha mulher! - disse fazendo manha e ela riu.

Pattie: Eu percebi, mas você vai ter que esperar, infelizmente. - disse olhando pra mim.

Justin: É, infelizmente. Eu to com medo.

Katy: Medo? - perguntou surpresa.

Pattie: Medo de quê, Justin?

Justin: Sei lá! Eu só estou com medo. - disse olhando pro outro lado. Fiquei com a cabeça no colo da minha mãe e ela fazendo cafuné em mim, mesmo eu tendo 28 anos, quando eu estou triste ou preocupado com qualquer coisa, minha mãe me consola desse jeito.Algum tempo depois a enfermeira apareceu e disse que eu já podia visitar a  Jasmine, acompanhei ela até o quarto, assinei um papel e em seguida entrei, ela estava com os olhos fechados, quando percebeu minha presença, os abriu. - Jas... - disse pegando na mão dela, eu não consegui ver ela ali, naquela cama, de novo.

Jasmine: Ju-us, eu não vou sobreviver. - ela disse com dificuldade. Ao ouvir aquilo, eu senti uma pontada no peito. Ela não vai morrer. Não mesmo.

Justin: Jasmine, nunca mais diga isso! Você vai sobreviver sim.

Jasmine: Justin... eu posso suportar todo esse sofrimento até eles nasceram, mas depois, não sei se vou aguentar.

Justin: - comecei a chorar desesperadamente, ela não podia estar falando aquilo, NÃO MESMO! - Para Jasmine! Você não vai morrer, eu te amo, você não vai me deixar.

Jasmine: - ela colocou a mão no meu rosto com dificuldade e limpou uma lágrima - Tomara que você esteja certo. Eu te amo! - ela disse e sorriu fraco.

Enfermeira: - ela entrou no quarto - Desculpa atrapalhar, mas você vai ter que sair. A Jasmine precisa de bastante soro.

Justin: Okay! - limpei minhas lágrimas - Tchau, meu amor...

Jasmine: Tchau! - ela acenou.

Justin: - sai do quarto e fui pra sala de espera, onde minha mãe e a Katy estavam, eu não parava de chorar pensando no que a Jasmine disse.

Pattie: - ela se levantou preocupada - O que foi, meu filho?

Justin: A Jasmine, mãe...

Katy: O que aconteceu com a Jasmine? - disse preocupada.

Pattie: Por que você está chorando?

Justin: A Jasmine disse que não vai sobreviver. - disse e abracei ela.

Pattie: Calma, meu filho... se acalma. Ela vai sobreviver sim!

Justin: Ela disse um monte de coisas, eu não consegui ouvir aquilo.

Katy: Justin, se acalma! A Jasmine vai sobreviver. Eu não posso perder a única irmã que eu tenho viva.

Justin: Eu não sei mais o que fazer. - disse me sentando no banco.

                                                  ...

Continua! com 3 comentários...

  Oi meninas! Como estão? Eu to bem. O que acharam do capítulo? Viram que a Jasmine está grávida mesmo, né? E viram quantos são? :O Pois ér, eu sou exagerada! haha' Eles vão passar por altos e baixos, mas eu não posso contar muita coisa, pq será,, u.u KKK' Espero que tenham gostado desse capítulo! E claro, continuo com 3 comentários. É isso! Xoxo Mariih' ;*

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Follies Of Love 28º (Bob Esponja and Patrick)


 No dia seguinte... 06/03/2013.

 Acordei. Mentira, a Mari me acordou. Tive que acordar o Justin, já íamos voltar pra Sampa e nem é 5 horas da manhã, o ônibus chega 5h30min. Nós três nos arrumamos, claro que não no mesmo momento, eu e Mari nos trocamos no quarto da Karina. terminamos. MariKarina, e eu já estamos prontas, voltei pro quarto e Justin também já estava pronto e um gato...

Lari: WOW! Dá pra ser menos lindo, fazendo o favor? - disse rindo e chegando por trás.

Justin: - ele se virou e quando me viu, olhou de cima até em baixo - Eu não sou o único. - disse sorrindo, colocou a mão no meu queixo e me deu um selinho - Você está completamente linda!

Lari: Obrigada. Que horas são?

Justin: - ele olhou em seu relógio de pulso - Vai dar 5 e 30.

Mari: LARI! VAMOS LOGO! O ônibus está chegando. - ela disse alto.

Lari: Justin, me ajuda? - disse olhando para as minhas malas.

Justin: Okay. - ele colocou sua mochila nas costas e depois pegou uma mala minha - É melhor irmos logo! - disse andando.

Lari: TÁ BOM. - peguei minha bolsa e a outra mala. Fomos lá pra fora, nos despedimos do pessoal e o ônibus chegou, entramos, Mari e Karina se sentaram juntas, Justin foi na frente, se sentou e guardou o lugar na janela pra mim, me sentei ao seu lado e disse - Bebê, tá com sono?

Justin: Bebê não tá com sono e você?

Lari: Eu estou quase fechando os olhos aqui! Posso dormir no seu ombro? - disse fazendo bico.

Justin: Com muito prazer. - ele disse e sorriu.

Lari: Muito prazer, né? Safadênho! - disse com um olhar malicioso.

Justin: Entenda como quiser... - disse e riu.

Lari: Okay!  - coloquei minha cabeça no ombro dele e fechei os olhos. Adormeci. Acordei com o Justin me chamando - O que foi?

Justin: Já chegamos em Januaria! - ele disse pegando a mochila e se levantou - Vem comigo.

Lari: Tá bom! - peguei minha mala e ele pegou outra, saímos do ônibus e as meninas estavam ali perto - HEY MENINAS! - fomos até elas - Aí, vamos pro aeroporto agora?

Karina: É melhor não, né?

Mari: Vamos tomar café primeiro, Lari!

Justin: É Lari, eu quero experimentar o pão-de-queijo mineiro. - ele disse sorrindo. Esse sorriso me hipnotiza.

Lari: Mas e as malas?

Karina: Deixamos ali. - ela disse apontando, eu não sei o que era aquilo. Fizemos como ela disse, deixamos nossas malas lá e fomos onde? Em uma padaria.

 Tomamos nosso sagrado café, Justin quase se entupiu de tanto comer pão de queijo, nós conversamos e rimos demais. Depois voltamos pra Rodoviária e pegamos nossas malas, ai pegamos um táxi e fomos pro aeroporto, a minha ansiedade de chegar em Sampa estava aumentando ainda mais, Justin fez o check-in e depois fomos pro portão de embarque, entramos no avião, Mari e Karina sentaram juntas e Justin e eu sentamos juntos e logo atrás. Eu ainda estava com sono, então dormi a viagem inteira e só acordei porque o Justin me chamou, pegamos nossas coisas e saímos do avião, depois pegamos um táxi, fomos até a casa da Mari, ela e Karina saíram, Justin e eu nos despedimos delas e fomos pro Prédio, ao chegar lá, saímos do táxi, Justin pagou pro taxista e entramos no prédio, no elevador e fomos até o 19º andar, é ele ia comigo. Saímos do elevador e fomos até o meu AP, peguei a chave e o abri, entramos e eu joguei minhas malas no chão, depois me sentei com tudo no sofá, Justin tirou a mochila, colocou no chão e se sentou do meu lado.

Justin: Está cansada? - disse olhando pra mim.

Lari: Não! Eu dormi até demais. - disse e ri.

Justin: Hum... - ele sorriu e colocou a mão no meu rosto.

Lari: Você vai ficar de folga até quando?

Justin: Eu disse que ia recomeçar os treinos depois que eu chegasse.

Lari: Vai hoje, então? - disse fazendo bico.

Justin: Não! Só amanhã. Hoje quero ficar só com você. - ele disse sorrindo e eu desfiz o meu bico, ai ele me beijou, correspondi abraçando o seu pescoço, o beijo dele é o melhor que eu já provei, sinceramente. =) Parei o beijo com selinhos!

Lari: Jus, Jus! Eu vou tomar um banho...

Justin: Vai? Então eu vou pro meu AP fazer o mesmo. - disse e se levantou.

Lari: Se você for voltar, eu deixo você ir. - me levantei e fiquei de frente pra ele.

Justin: Claro que eu vou voltar! Te mando uma mensagem quando estiver saindo do AP, tá bom? - disse e me deu um selinho demorado.

Lari: Tá bom! Vai lá. - disse e sorri.

Justin: Okay. - ele pegou sua mochila, acenou e saiu.

Lari: - acenei de volta, peguei uma mala minha e levei pro meu quarto, cheguei lá, joguei em cima da cama e abri, escolhi uma roupa, peguei meu roupão e entrei no banheiro, foi um banho demorado, sai quando ouvi a campainha tocando. Enrolei a toalha na cabeça e coloquei o roupão, sai do banheiro, peguei meu celular e desci, Justin estava apressado, apertava a campainha toda hora. Abri a porta e ele me olhou de cima até em baixo - ooooooooi, né?

Justin: Não viu minha mensagem? - disse entrando.

Lari: Se você não percebeu, eu estou de roupão! Acabei de sair do banheiro. Vi sua mensagem agora. - disse mostrando meu celular pra ele.

Justin: Desculpa, então. - ele se sentou no sofá - Vai ficar assim? - novamente, me olhou de cima até em baixo.

Lari: Não! Vou me trocar, espera aí. - sai andando - Se quiser, pode ligar a TV, o controle está do lado do sofá... - disse alto e subi pro meu quarto, fechei a porta, coloquei a roupa que tinha escolhido, essa blusa mostra o meu piercing, to nem aí. Arrumei meu cabelo, deixei ele solto e desci, Justin estava vendo TV - Pronto, Jubs. - fui em direção ao sofá.

Justin: - ele olhou pra mim, de cima até em baixo e arregalou os olhos.

Lari: O que foi? - disse rindo e me sentei do lado dele.

Justin: Você usa piercing? - disse assustado.

Lari: Claro! Não sabia? - disse mostrando meu piercing no umbigo pra ele.

Justin: Não, não sabia! - ele sorriu sem graça.

Lari: O que foi? Não gosta?

Justin: Não é isso.. é que eu nunca te vi desse jeito. - ele disse com um sorriso malicioso.

Lari: Viu sim! Lembra da nossa primeira noite?

Justin: Dentro do meu carro? Lembro sim! Como eu poderia esquecer?

Lari: É, néh!? Agora vem aqui. - peguei na argola da camisa dele e o puxei para mais perto de mim, em seguida o beijei, abracei seu pescoço, ele colocou uma mão em minha cintura e a outra em meu rosto. O beijo dele é maravilhoso! Quando meu fôlego estava quase acabado, parei o beijo com selinhos - Jus, eu vou pedir Starbucks, quer?

Justin: Claro! - ele sorriu e eu pedi, depois me sentei ao seu lado.

Lari: JUS, eu preciso te dar uma coisa. - me levantei e peguei no braço dele.

Justin: LÁAH, que coisa é essa? - ele me encarou.

Lari: É um presente de aniversário! - disse sorrindo.

Justin: Você vai me dar presente de aniversário estando 6 dias atrasado?

Lari: Claro! - puxei ele.

Justin: Mas não precisa, Láah... - disse e se soltou, estava com aquela manha.

Lari: Não precisa? Se eu não der pra você eu vou dar pra quem? Você quer que eu dê pro primeiro cara que aparecer ai na frente? - maliciando em 3...2...1!

Justin: Dar? Do que você está falando? - ele disse com um sorriso malicioso, eu já imaginava essa reação dele!

Lari: Do presente! Você pensou besteira, né?

Justin: Com certeza, você falando daquele jeito, quem não ia pensar?

Lari: Vai querer o presente? - fiz bico.

Justin: Tá bom! - ele sorriu e eu peguei em sua mão, subimos pro meu quarto, entramos e eu sentei ele em minha cama - Que presente é esse que você tanto quer me dar? - ele disse curioso.

Lari: ESPERA! - procurei na minha mala e depois de tanto esforço achei, ai peguei minha bolsa e de lá tirei uma foto - Toma... - disse entregando o presente pra ele.

Justin: - ele pegou e quando olhou, arregalou os olhos - NOSSA! Um controle de game do Bob e outro do Patrick? - disse com um sorriso enorme.

Lari: É, meu bebê! Eu comprei em USA. - disse e sorri.

Justin: Obrigado, neném. - ele disse e me abraçou forte, depois se afastou.

Lari: Tenho outra coisa pra você! Mas é diferente. - disse escondendo a foto nas minhas costas - Toma! - entreguei.

Justin: - ele pegou - NOSSA MEU, que gata! - disse olhando a foto, era eu tomando Starbucks. (tipo assim)

Lari: Obrigada. - disse envergonhada - Olha atrás!

Justin: - ele olhou - Láah. For: MY JUS. HappyBday! - ele sorriu e virou a foto, depois olhou pra mim - Por que em inglês?

Lari: É que quando eu tirei essa foto, eu estava em USA.

Justin: Hum... entendeu! Obrigado. - ele disse e me deu um selinho demorado.

Lari: De nada, neném. Gostou?

Justin: Eu amei! Vou colocar essa foto no quadro do meu quarto, ai sempre que eu acordar, vou olhar pra você. - ele disse com um sorriso muito fofo.

Lari: Ai como meu bebê é fofo! - disse apertando as bochechas dele, ele riu e eu o beijei, abracei seu pescoço e fui andando pra trás, ele colocou uma mão em minha cintura e a outra em meu rosto, me afastei de seus braços mas continuei o beijando, abracei ele e pronto, chegamos perto da minha cama, parei de beijá-lo e joguei ele lá, subi em cima dele e o beijei novamente. É, ele estava assustado com a minha reação, mas foda-se! Ele logo foi correspondendo as coisas que eu estava fazendo e estava se aproveitando da situação, acariciava o meu bumbum, safadênho. (66' Parei de beijá-lo e fiquei lambendo seus lábios, isso é muito bom. Ai ouvi a campainha tocar, parei como se tivesse fazendo algo de errado e ninguém podia nos ver. Se não fosse pela campainha, ia acontecer uma coisa incrível ali '-' - A campainha está tocando! - sai de cima dele - vamos. - peguei em seu braço.

Continua! com comentários...

 Hiii :) Como estão? Gostaram? O que acharam? O que será que vai acontecer? Quem chegou ai do nada? Espero que tenham gostado desse capítulo! E eu queria pedir novamente á vocês, pra que lessem minha história, que eu estou postando em outro blog, já postei o primeiro capítulo e tem poucos comentários (um). Se alguma de vocês estiverem interessada em ler, por favor leiam e comentem! Eu gostaria muito de postar todo dia, mas como o blog é parado demais, não dá :(( Me ajudem, please! Sinopse Primeiro capítulo. E claro, comentem aqui pra eu continuar mais um capítulo de Pick Me! o/ Então... eu estou estudando de manhã e estou tendo bastante tempo pra postar, escrever histórias e talz, mas se vocês não comentarem, eu não vou poder ficar postando sempre, todo dia. Bom, só comentem! Pelo menos um simples 'continua', assim vou saber que vocês leram, diga também o que achou da história, please. É isso! Espero que gostem e comentem. Xoxo Mariih' ;*

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Pick Me - 5ª Temp. - Part. 16 - Primeira vez que eu digo isso.

Antes(...) Jazzy: Amiga, chega de ensaios..
Jasmine: Mas e os meus fãs? Eu não vivo sem eles! Eu vou continuar, sim.
Justin: Não acredito no tanto que você é teimosa, Jasmine. Dá pra ter mais um pouco de Juízo?
Jasmine: Eu TENHO que fazer esse show. - disse dando ênfase nas palavras e me levantei.
Justin: TÁ BOM! - disse e saiu andando todo bravo.
Jazzy: Jasmine, é melhor você escutar o Justin. Ele está certo! Não precisar fazer esse show, cancela?
Jasmine: Nem vem! - disse e fiz um sinal pro DJ continuar com a música, Jazzy foi embora.

                                                                  ...

Agora...

 HORA DO SHOW! Regras: sem me sacudir na hora de dançar, sem fazer movimentos com a cabeça e com as pernas, se não eu posso ter uma tontura. Entrei e comecei cantando uma música lenta, todas tinham que ser, a platéia estava animada, todos balançavam as mãos no ritmo da música, aquilo me emocionou muito. Cantei várias músicas, todas românticas e lentas, no final, na última música, o DJ vem e me coloca uma música agitada, TUDO BEM! Falta só essa música e já está acabando, comecei a cantar e os dançarinos entraram, dancei junto com eles, de repente senti um enjoo e uma tontura vindo juntos, não aguentei e sai correndo do palco, fui em direção do Justin.

 Justin: JAS, o que foi? - disse preocupado.

Jasmine: Eu não estou me sentindo muito bem... - fiz careta por causa do enjoo.

Justin: Acha que consegue terminar o show?

Jasmine: Não não! Por favor, fala com os Jasminators pra mim? Explica o que aconteceu. - disse entregando o microfone pra ele e sai correndo pro camarim.

 P.O.V Justin

 A Jasmine saiu do palco e disse que não estava se sentindo bem, ela disse  que não ia conseguir terminar o show e que era pra eu explicar o que aconteceu pros Jasminators, ai me deu seu microfone. Entrei no palco e todo mundo começou á gritar, pedi pra que parasse e comecei dizendo..

Justin: Bom pessoal, vocês viram que a Jasmine saiu do palco. Querem saber o por quê?

Jasminators: SIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIM!

Justin: Ela não está se sentindo muito bem, tonturas e enjoos. Mas ela vai ficar melhor... SÓ QUE TEM UMA COISA. - dei ênfase nas últimas palavras.

Jasminators: O QUÊ???? - disseram em coral e assustados.

Justin: Não tem ninguém pra terminar o show.

Jasminator: HEY, termina o show você... - disse um cara.

Justin: VOCÊS QUEREM QUE EU TERMINE O SHOW? - disse animado e olhando para todos, eles gritaram animados e dizendo "SIM", depois pararam - Eu estava pensando em chamar a Jazzy, mas já que vocês querem que eu termine o show, eu termino. - disse com aquela voz engraçada e eles riram, fiz um sinal pro DJ colocar uma música agitada e sai do palco, fui correndo pro camarim da Jasmine e encontrei ela lá.

Jasmine: Jus, o que aconteceu?

Justin: Eu vou terminar o seu show, só preciso trocar de roupa. - disse todo apressado e olhando de um lado pro outro.

Scooter: Aqui uma roupa... - ele me entregou dois cabides com uma roupa.

Justin: Valeu! - disse e entrei no banheiro, coloquei a roupa rapidamente e depois sai - To indo, amor... - disse dando um selinho na Jasmine - está melhor?

Jasmine: Mais ou menos. Obrigada por me ajudar! - ela disse toda sorridente.

Justin: De nada, meu amor. Mas agora eu to indo, JASMINATORS ESPERANDO! - disse andando e pulando todo animado, peguei um microfone e entrei no palco, já começando uma das minhas músicas agitadas, o pessoal gritou e pulou demais. Aquilo foi mega divertido! Quando o show acabou, foram jogados vários confetes no palco e na platéia, logo em seguida Jasmine entrou, todo mundo começou a gritar, ela me abraçou de lado e agradecemos juntos, o pessoal parou de gritar, ela pegou o microfone e disse.

Jasmine: Gente, muito obrigada mesmo por essa noite! Vocês são incríveis, eu amei. E desculpa ter saído do nada...

Justin: Obrigado pelo carinho! - disse.

Jasmine: Obrigada! Eu amo vocês demais ♥ - ela disse acenando e nós saímos do palco, fomos pro camarim dela - Você arrasou! - disse se sentando no sofá e olhando pra mim.

Justin: Valeu! Mas lembre-se... eu fiz tudo isso por você. - me sentei ao seu lado.

Jasmine: Awwwwwwwwwwwwwwwwwn' é por isso que eu te amo! >< - ela disse com a mão no meu rosto e me deu um selinho demorado.

Justin: Eu também te amo... - disse sorrindo.

Jazzy: Ai como vocês são fofos. - ela disse com voz de criança, nós rimos e ela saiu.

Jasmine: Jus, vamos embora?

Justin: JÁ? O show terminou agora, vamos descansar... vem, deita a cabeça aqui no meu colo.

Jasmine: Tá bom! - ela sorriu e assim fez, liguei a TV de telão e ficamos assistindo TV. Algum tempo depois, ouvi a porta sendo aberta, era Scooter.

Scooter: Desculpa atrapalhar! É que nós temos que ir embora.

Justin: Tudo bem! Vamos, Jasmine. - disse me levantando e ajudei ela. Saímos e fomos pro Hotel onde ela estava, entramos na suíte, fomos para seu quarto e ela em seguida se deitou - Jas, você está bem? - disse me deitando do lado dela.

Jasmine: Mais ou menos! Mas passa. - ela disse e sorriu.

Justin: Que bom! Olha, eu vou ficar com você por enquanto. Amanhã vamos no hospital, tá?

Jasmine: TÁ BOM! Mas tomara que seja outra coisa, pelamor.

Justin: Por quê? Nós só transamos sem camisinha, você deve estar grávida.

Jasmine: Aham! Mas sei lá, eu não estou preparada ainda.

Justin: Então vamos ver qual o motivo desses seus enjoos e dessas tonturas.

Jasmine: Okay, amanhã a gente conversa sobre isso. - ela disse me abraçando.

Justin: Tá cansadinha, bebê? - disse fazendo bico e ela riu.

Jasmine: MUITO! Quero dormir agarradinha com você. - ela disse e depois sorriu.

Justin: Peraê... - tirei meu tênis e tirei o sapato dela - pronto, - me deitei, cobri nós dois e abracei ela - podemos dormir.

Jasmine: Hum... - ela olhou pra mim e me deu um selinho - eu te amo ><

Justin: Eu também te amo *.* - disse e ela colocou a cabeça em meu peito, logo adormeceu. Demorei um pouco, mas dormi.

Continua! com 3 comentários...

 Oi meninas! Como estão ? Desculpa pela demora, mas não tinha os comentários que eu pedi, só que eu quis postar mesmo assim. E tenho novidades, eu estou fazendo uma fanfic, quer dizer, começando. Eu já postei a sinopse e dia 18 eu vou postar o primeiro capítulo. Se algumas de vocês estiverem interessadas em ler, esse é o blog http://thebelieberfans.blogspot.com.br/ pra quem ler, espero que gostem. :) E claro, continuo com os comentários que pedi, espero que tenham gostado desse capítulo, de verdade. É isso! Xoxo Mariih' ;*

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Follies Of Love 27º (Tome Starbucks, ai você se acalma.)


 Saímos da cachoeira porque estava quase escurecendo, quando chegamos perto de casa, ouvi Mari nos gritar.

Mari: LAAAARI! JUSTIIIIIIN!

Lari: Estamos aqui, Mari. - disse alto.

Mari: OMG' onde estavam?

Justin: É, eu também não sei... - ele disse e riu.

Mari: Haha' me poupe das suas gracinhas!

Lari: Hey Mari! Não é só porque aqui é a casa da sua avó que você tem que tratar o Justin desse jeito.

Justin: É, garota! O que eu fiz pra você?

Mari: Bateu no meu primo? - ela disse encarando ele.

Justin: Ele mereceu!

Lari: TÁ BOM, pra que você estava me chamando?

Mari: Ah' foi minha avó que mandou eu chamar vocês! Pra jantar.

Justin: Pode ir indo, a gente já vai. - ele disse e ela entrou - Onde é seu quarto?

Lari: Lá dentro, com certeza! - disse e ri.

Justin: Então vamos! - ele pegou em minha mão e entramos. Chegamos no quarto, entramos e ele se sentou na minha cama - Será que cabe nós dois aqui?

Lari: Você ta me chamando de gorda? - disse encarando ele.

Justin: Não, não! Ficou maluca? Eu só fiz uma pergunta. - ele me olhou assustado.

Lari: Você quis dizer que a cama é pequena ou que eu sou grande?

Justin: Eu não quis dizer nada. Só fiz uma pergunta. E... você não é gorda. - ele disse e abraçou minha cintura.

Lari: Eu sou o quê, então? - disse com  um olhar malicioso.

Justin: Você... é... gostosa! - ele disse sorrindo.

Lari: Gostosa? É melhor do que gorda. - disse e nós rimos.

Justin: Muito melhor...

Lari: Ai, vamos jantar ou não? - me afastei.

Justin: Vamos! Mas e depois?

Lari: Tomar um banho.

Justin: Juntos? - ele me olhou com uma cara esquisita.

Lari: Você que sabe. Aliás, a água é gelada! Prefere tomar banho sozinho ou comigo?

Justin: Não sei, qual é sua opinião?

Lari: HELLO, quem tem que escolher não é eu e sim você.

Justin: Que tal e gente ir jantar e depois resolvemos esse assunto? - ele se levantou.

Lari: Okay, se você quer assim. - disse e saímos do quarto. Jantamos. Mais uma vez, sem carne! É por isso que eu amo essa família ^.^ Terminamos, eu e Justin fomos pro quarto, pegamos nossas coisas a mais uma vez veio aquele assunto.

Justin: Vai querer tomar banho sozinha?

Lari: É melhor, não acha?

Justin: Não, não acho! Se tomarmos banho juntos, economiza água. - ele disse e riu.

Lari: Disso você tem razão, mas nós nem temos tanta intimidade um com o outro pra tomarmos banho juntos.

Justin: TÁ, eu não quero te forçar a tomar banho comigo. Você toma se quiser. - ele disse se deitando na cama.

Lari: Você não vai ficar chateado se eu ir tomar banho sozinha?

Justin: Bobagem. Claro que não! - sorriu.

Lari: Então eu to indo! Não demoro. - disse e sai do quarto, fui até o banheiro, tomei um banho rápido e coloquei meu Baby doll, sai do banheiro e fui pro quarto - Pronto, Justin! Já pode ir. - disse me sentando na cama.

Justin: Nossa, sério que eu vou dormir com você assim? - disse com um sorriso malicioso e se sentou na cama.

Lari: Que Justin safado é esse? Eu não o conheço! - disse rindo.

Justin: Já já eu te apresento ele. - ele se levantou, pegou suas coisas e saiu do quarto, Mari logo entrou.

Lari: Onde a senhorita estava?

Mari: Não interessa! - ela disse se deitando na cama. Eu odeio quando ela me trata assim.

Lari: Você vai falar comigo direito ou prefere que eu ajude o seu pai à matar o Guilherme? - disse com um tom de ameaça.

Mari: - ela olhou pra mim incrédula - Eu estava lá fora olhando pro céu! - disse toda emburrada.

Lari: Por que você está assim ?

Mari: Seu namorado bateu no meu primo!

Lari: Mari, o meu namorado é o nosso ídolo, esqueceu?

Mari: Não! O nosso ídolo é o Ronaldo Fenômeno, esse sim é o nosso ídolo.

Lari: Olha, o Mario me beijou, o que você queria que acontecesse?

Mari: TUDO! Menos briga.

Lari: Você vai ficar culpando o Justin até quando? A culpa foi do Mario que provocou feio o Justin.

Mari: Tá, parei! Vamos ficar em paz, aliás, amanhã vamos embora juntos.

Lari: É, e  a Karina vai pra Sampa?

Mari: Vai sim! Amanhã mesmo com a gente.

Lari: Uhul! Mari, eu lembro que você me disse que a Karina ia pra São Paulo quando terminasse os estudos.

Mari: É, isso foi um erro meu, ela terminou os estudos ano passado.

Lari: E você também! Mas por que não faz uma faculdade?

Mari: Meu pai quer que eu trabalhe com ele, disse que eu vou ser sua secretária.

Lari: AH' então é melhor pra você!

Mari: Não é não, meu pai vai ficar mandando eu fazer uma coisa atrás da outra e depois vai ficar bravo, ele é assim.

Lari: Tome Starbucks, ai você se acalma. - eu disse e ela riu.

Mari: Ai Lari, só você mesma! - ela disse deitando na cama e se cobriu - Boa noite.

Lari: Boa noite! - disse e o Justin entrou no quarto, ele estava com uma calça moletom cinza e uma camisa branca - Hum... já? - disse olhando pro Justin e sorri.

Justin: É, já! - ele guardou suas roupas e veio em direção á cama, se sentou na minha frente e me deu um selinho demorado - Está com sono? - ele disse acariciando o meu rosto.

Lari: Não... você está? - sussurrei.

Justin: Mais ou menos. - sussurrou - Vem! - ele se deitou na cama me fazendo deitar também, nos cobriu e eu coloquei a cabeça em seu peito - Lembra da última vez que eu te fiz dormir?

Lari: - olhei pra ele e sorri - Lembro! Faz de novo? - fiz bico.

Justin: Com muito prazer. - ele sorriu e ficou fazendo cafuné na minha cabeça, eu dormi rapidinho.

Continua! com 3 comentários...

domingo, 3 de fevereiro de 2013

Pick Me - 5ª Temp. - Part. 15 - Dá pra ter mais um pouco de Juízo?

Antes(...) Justin: Desculpa, mulher dos peitos fartos. - ele disse sorrindo e me beijou.
Jasmine: HAHA' apelidinho novo? - disse rindo.
Justin: AHAM! Vem, vamos dormir. - disse me abraçando e colocando minha cabeça em seu peito - Boa noite, senhora Bieber.
Jasmine: Boa noite, senhor Bieber. - disse rindo fraco, em seguida fechei os olhos, apaguei um tempo depois.

                                                          ...

Agora...

 2 semanas depois... 06/11/2020.

 2 semanas se passaram depois de Paris. Eu já estou em turnê, esses dias ando tendo alguns enjoos, só que nada mais além disso, estou em New York, vou fazer um show no Garden, MAS o enjoo não está ajudando nenhum pouco... Jazzy, Jinsu e Scooter estão aqui comigo, em minha suíte.

Scooter: Jasmine, você está bem?

Jasmine: Estou. *cof cof* - senti uma ânsia de vomito lamentável.

Jinsu: Não mente, Jas... sabemos que não está bem.

Jasmine: Estou sim. - tentei segurar.

Jazzy: O que você tem? Pode ir falando.

Jasmine: - eu não ia aguentar muito tempo, então sai correndo pro meu quarto, entrei no banheiro e joguei tudo fora. Argh' nojento! Lavei minha boca, minha mão e voltei pra sala.

Scooter: O que aconteceu? - disse mega preocupado.

Jasmine: Ânsia de vomito? Vomitei. - disse como se fosse a coisa mais normal do mundo.

Jinsu: JASMINE, você não está bem!

Jasmine: Estou sim...

Scooter: Sabe com quem eu estava falando agora á pouco? - ele disse com o celular na mão.

Jasmine: Não, não! Por quê? Com quem? - disse confusa e curiosa.

Scooter: Com o seu marido, o Bieber.

Jasmine: O que ele queria? O que ele disse?

Scooter: Ele queria saber se você está bem, eu disse que não e ele disse que está vindo pra cá agora.

Jasmine: COMO ASSIM, SCOOT? Eu to bem. - disse completamente desesperada, me sentei com tudo no sofá e desmaiei.

                                                        ...

 Acordei e estava em meu quarto, olhei em volta e quem eu vi? Ahn, se você disse Jubs da mamãe aqui, acertou. Quando ele viu que eu estava acordada, veio até a cama e se sentou em minha frente.

Justin: Meu amor! Você está melhor? - disse preocupado.

Jasmine: Eu acho que sim. - me sentei na cama.

Justin: Quer que eu te leve em um hospital?

Jasmine: Claro que não! Não precisa se preocupar tanto assim comigo.

Justin: - ele colocou a mão em meu rosto e olhou dentro dos meus olhos - Você é minha esposa e eu te amo! Eu tenho que me preocupar, sim. - disse e me deu um selinho demorado.

Jasmine: TÁ, mas e se isso tudo for... - disse indecisa nas palavras.

Justin: Temos que ir no hospital pra descobrir realmente o que é! - sorriu.

Jasmine: Eu to com medo, é melhor amanhã.

Justin: O.k, você acha que consegue fazer o show de hoje?

Jasmine: Não sei, mas acho que sim.

Justin: Tudo bem! Olha, se você sentir alguma coisa no meio do show, não continua, pede pra parar pelo o amor de Deus...

Jasmine: Tá bom amore! - disse rindo e dei um selinho demorado nele - Que horas são?

Justin: 16h30min! Eu tenho que te levar pro Garden, você tem que ensaiar. - disse me puxando da cama.

Jasmine: Eu já entendi, Justin. Mas não me puxa, se não eu fico tonta!

Justin: Desculpa, Jas! Vamos? - disse pegando em minha mão.

Jasmine: Vamos. - eu sorri. Saímos da suíte e do Hotel, fomos pro Garden. A viagem me deixou enjoada, ia ser melhor ter ido a pé, mas se eu fosse a pé, ia ficar tonta. AFFFFFFFFFFFFF' chegamos lá, saímos do carro e Justin me ajudou a entrar, porque eu estava tonta. Entramos e fomos pro meu camarim, lá estava Claire, Jazzy, Jinsu e Scooter - oooi pessoal! - disse sorrindo e acenando.

Jinsu: Jasmine, você está bem? - disse vindo em minha direção com uma expressão de preocupado.

Jasmine: - eu ia responder, mas o Justin me interrompeu.

Justin: É, ela está bem!

Scooter: Pela cara dela, não parece.

Jasmine: Scooter, eu estou bem, tá bom? - disse me sentando no sofá.

Scooter: Ok, mas se você não conseguir fazer o show, eu cancelo e você faz outro dia.

Jazzy: Jas, ouve o Scooter...

Jasmine: Eu estou bem, Jazzy, não se preocupa.

Justin: A Jasmine teimosa de sempre!

Claire: É melhor você ir pro hospital, Jas.

Jasmine: HOJE NÃO! Tem meu show e eu vou realizá-lo. - me levantei e fui em direção do banheiro, entrei, me olhei no espelho e vi minha expressão, de repente senti um enjoo enorme, ânsia de vomito e mais o quê? Botei tudo pra fora. O QUE EU COMI PRA VOMITAR TANTO? Lavei meu rosto e sai do banheiro, só estava Justin, Claire e Jazzy. - Vocês tem razão! Eu não to bem. - disse fazendo careta, era o enjoo.

Justin: JAS, o que você tem? - disse preocupado.

Jasmine: Eu to enjoada. - disse e me sentei com dificuldade no sofá ao seu lado.

Jazzy: É melhor você não fazer show nenhum... primeiro vai no hospital e vê o motivo desses seus enjoos, ai se você melhorar faz o show amanhã.

Jasmine: NÃO! Eu vou fazer esse show. Não quero decepcionar meus Jasminators.

Justin: Jasmine, pensa bem. Se você fazer o show e do nada se sentir mal, eles vão ficar mal por você, vão ficar triste.

Jasmine: Eu não vou passar mal, pode confiar em mim. - disse e sorri fraco.

Justin: Jas, eu vou ficar vendo o seu show, se sentir enjoo, manda parar e venha até mim, okay?

Jasmine: Okay! Não se preocupa. - disse e fui me levantar, mas senti uma sensação não muito boa e me sentei de novo.

Claire: O que foi, Jasmine? - disse preocupada. QUALÉ, DAQUI Á POUCO VEM A BEYONCÉ NO MEU CAMARIM PERGUNTANDO SE EU ESTOU BEM!

Jasmine: Nada! Só senti uma sensação não muito boa. - disse olhando pra ela.

Justin: Amor, é melhor você não fazer esse show.

Jasmine: Justin, não! Eu VOU sim fazer esse show. E ninguém vai me impedir. - disse me levantando e sai do camarim, fui até o palco e ensaiei algumas músicas, Justin chegou e ficou me observando, nem liguei, continuei ensaiando e no meio da música senti uma tontura e parei, Justin saiu correndo até o palco e me segurou, eu estava prestes á cair.

Justin: Jasmine, o que aconteceu? - disse me olhando assustado.

Jasmine: Só uma tontura... - disse e fechei os olhos. Quando vi que a tal da tontura tinha passado, os abri. Estava nos braços de Justin e ele me olhava preocupado.

Jazzy: Jasmine! - ela chegou com um copo na mão - Toma, água. - disse me entregando o mesmo.

Jasmine: Obrigada. - peguei o copo e tomei a água.

Justin: Você está melhor, meu amor?

Jasmine: Estou! - sorri fraco.

Jazzy: Amiga, chega de ensaios..

Jasmine: Mas e os meus fãs? Eu não vivo sem eles! Eu vou continuar, sim.

Justin: Não acredito no tanto que você é teimosa, Jasmine. Dá pra ter mais um pouco de Juízo?

Jasmine: Eu TENHO que fazer esse show. - disse dando ênfase nas palavras e me levantei.

Justin: TÁ BOM! - disse e saiu andando todo bravo.

Jazzy: Jasmine, é melhor você escutar o Justin. Ele está certo! Não precisar fazer esse show, cancela?

Jasmine: Nem vem! - disse e fiz um sinal pro DJ continuar com a música, Jazzy foi embora.

                                                                  ...

Continua! com 3 comentários...