terça-feira, 26 de junho de 2012

Pick Me - 4ª Temp. - Part. 6 - Só coisa boa acontecendo! (BIG&HOT)

Antes(...) A bola é linda demais. Ocorreu tudo bem, a entrevista acabou, eu tirei uma foto com as meninas e o Gugu, dei autógrafo pra elas e talz. Fui fazer o meu incrível show, tudo siau perfeito, o show foi maravilhosamente maravilhoso! Sai de lá umas 23:30? É isso mesmo... voltamos pro Hotel e eu não me preocupei com merda nenhuma, fui direto dormir.

                                                                ...

Agora...


 Quinta-feira, 8 de agosto de 2012, E.U.A - Geórgia ás 06:35min.


P.O.V Jasmine

Estava indo tudo bem, até o Justin entrar no meu quarto me gritando que nem  um retardado mental, nada contra os retardados mentais, tá?

Jasmine: Não enche, eu já estou indo!

Justin: Jasmine, se apresse! Temos que chegar em Las Vegas antes das 10.

Jasmine: Pelo menos eu vou conseguir dormir mais um pouco. - disse e entrei no banheiro.

Justin: ANDA LOGO! - ele gritou.

  Tomei meu famoso banho de 5 minutos, coloquei uma roupa e sai do banheiro, claro que ele se surpreendeu com a minha rapidez.

Justin: 5 minutos! Está ficando mais rápida. - ele disse sorrindo.

Jasmine: Você vai ver o rápida quando eu apertar bem seu amiguinho até ele não ter mais vida. - eu disse irritada.

Justin: Desculpa se eu fiz algo de errado!

Jasmine: Tá desculpado.

Justin: O que foi que eu fiz?

Jasmine: Me acordou 6 horas da manhã.

Justin: Mas hoje é o nosso dia, nós vamos nos casar! - ele disse animado.

Jasmine: Sabe o que seria melhor?

Justin: Não!

Jasmine: Eu dormir o dia inteiro e só acordar quando não tiver mais sono.

Justin: Você tá dizendo que não quer se casar comigo, é isso?

Jasmine: Não, não é isso! É que eu fico irritada quando alguém ou algo me acorda de uma maneira nada boa.

Justin: Algo? - ele estranhou.

Jasmine: Despertador vagabundo!

Justin: Tá bom... você vai se casar comigo?

Jasmine: Sim! - eu sorri fraco.

Justin: Não está animada?

Jasmine: Mais ou menos. É que eu sempre sonhei me casando no dia do meu aniversário de 20 anos.

Justin: Eu também! - ele fez cara de menina sonhadora e contente.

Jasmine: Sério? - ele balançou a cabeça negativamente - Mas então, não dá pra desmarcar e marcar de novo? - ele fez de novo - Por quê?

Justin: Eu já marquei a data faz 2 meses, se eu quisesse pra outro dia, tinha que remarcar antes.

Jasmine: Okay! Já que é assim, vamos nos casar. - disse sem ânimo.

Justin: Se anima, meu amor!

Jasmine: Se eu conseguir, tudo bem..

  Saímos do apartamento e nossas coisas já estavam no carro, entramos e fomos pro aeroporto, depois entramos no avião e não vi o tempo passar, o Justin me  chamou e já estávamos em Las vegas. Saímos do avião, depois do aeroporto e fomos pro Hotel, chegamos lá e entramos em nossa suíte.

Jasmine: Que horas são? - eu disse me jogando no sofá.

Justin: 9 e 30! - ele se sentou do meu lado.

Jasmine: E a sua mãe, cadê?

Justin: Ela está na recepção e disse que seu vestido está no quarto.

Jasmine: Então você não pode entrar no quarto!

Justin: Por que não? Só por causa do vestido?

Jasmine: Claro! O noivo não pode ver o vestido antes do casamento.

Justin: E por quê?

Jasmine: Dá azar!

Justin: Você acredita nessas coisas?

Jasmine: Não, mas prefiro não arriscar.

Justin: Então tá!

 2 horas depois...


Katy: Anda Jasmine! São 11 e 30.

Jasmine: Sabia que eu estou com sonos? Pelo jeito não.

Pattie: Jasmine, depois você vai dormir demais, não vai ter festa mesmo. - ela disse arrumando o meu vestido . - Pronto!

Jasmine: Eu tenho que chegar atrasada e não adiantada.

Katy: Se o seu casamento for em Las vegas, tem que chegar cedo.

Jasmine: Tá bom, então!

 Saímos do Hotel e fomos até o bagulho onde eu ia me casar. Sinceramente? Parece que estou me casando forçada! Eu só tenho 19 anos. Mas e eu com isso? Foda-se! Pelo menos eu amo o meu noivo. ;* Chegamos lá e o Justin já estava, meus convidados também, então o Justin andou comigo até o altar. Tudo ocorreu maravilhosamente bem, o meu sim e o do Justin foi a única coisa que eu ouvi ali. Tá, exagerei! :) Quando acabou nós saímos de lá e fomos pra um lugar que não era o Hotel. Okay! Justin Bieber e Pattie Mellette mentiram pra mim... nós fomos para a festa. E olha que estava maravilhosa. Eu e Justin dançamos demais, foi muito divertido. A festa acabou umas 16:55min, tinha começado 13:00min. Voltamos pro Hotel, tirei meu vestido e Justin disse que tinha uma coisa pra me dizer.

Jasmine: O que você quer me dizer? - eu disse mega curiosa, ele não parava de olhar pro meu corpo, eu ainda não tinha colocado uma roupa ;x

Justin: Ahn... desse jeito eu não vou conseguir falar!

Jasmine: O.k! - eu sorri e coloquei uma roupa - E agora, me conta? - me sentei do lado dele na cama.

Justin: Claro! Então... lembra que eu disse que não ia ter Lua de mel?

Jasmine: Lembro, por quê? - estranhei.

Justin: Vai ter sim! - ele sorriu.

Jasmine: OMG' não acredito! Você está falando sério? - disse muito feliz.

Justin: NOSSA! Você reagindo desse jeito, parece até que nós vamos pro hopi hari, ou outro mundo.

Jasmine: Por quê? Você já foi?

Justin: Fui sim! E foi demais, lá parece mais uma cidade do que um parque. Mas voltando... é sério sim.

Jasmine: E onde vai ser? - curiosidade matando? Magina!

Justin: Argentina, Buenos Aires.

Jasmine: AI QUE LEGAL! - disse animada.

Justin: Então, já que estamos prontos, nós temos que ir pro aeroporto. - ele se levantou.

Jasmine: WOW! Vamos. Demorou.

                                       ...

  No mesmo dia... Argentina - Buenos Aires.

Jasmine: NOSSA! Que suíte maravilhosa. - eu disse rodando e olhando a suíte inteira.

Justin: É mesmo! Mas como já está de noite, é melhor irmos dormir. - ele disse indo pro quarto, fui atrás - Esse quarto é perfeito. - ele disse entrando e pulou em cima da cama.

Jasmine: Verdade! - me deitei do lado dele - E essa cama melhor ainda. - eu disse sorrindo maliciosamente.

Justin: Hum... safada! - ele colocou a mão no meu queixo e me beijou.

Jasmine: Você acha que está muito cedo pra começar? - eu disse com uma cara estranha.

Justin: Cedo? Está é na hora certa. - ele disse com cara de safado e me beijou de novo.

Jasmine: Você não está cansado?

Justin: Pra fazer sexo? Nunca! - ele disse e riu.

Jasmine: Okay! - sorri e beijei ele.

   Sinceramente? Pra que romantismo na primeira noite de núpcias? Não precisa! É bobagem ter romantismo. Romântico mesmo é na segunda noite. hihi' ;*

(Atenção pessoas: Você ai Belieber safadênha, gosta de parte hot? Hum.. eu sei que sim! Mas se não gostar, o problema é da minha criatividade. E você ai, que não gosta de parte hot, não leia, okay? E eu sei que mesmo se você ler, vai gostar! Tenho certeza. haha' Boa leitura.)


 Eu tinha beijado ele, né? Isso aí! Eu estava em cima dele e pá... então ele foi se sentando e ficou em cima de mim, o beijo ficou cada vez mais HOT, eu estava ficando com um tesão que não deu pra aguentar! Fui tirando minha blusa e continuei beijando ele, depois ele tirou a calça, eu aproveitei e tirei meu shorts, ai ele continuou me beijando. Ele estava com uma mão nas minhas costas e a outra no meu rosto, ele continuava em cima de mim, mas estávamos sentados, então a mão dele chegou no fecho do meu sutiã e ele abriu, parei de beijá-lo e fiz questão de tirar o sutiã, ele fitou meus seios e depois olhou pra mim, ai me jogou na cama e continuou me beijando. Aquilo estava bom demais! Ele sentia meus seios e eu sentia seu peitoral. Eu percebi que o Justin não aguentou a tentação, ele parou nosso beijo melante e começou a chupar meus seios, quando ele fez isso, ele colocou um de meus seios inteiro na boca, não sei como ele conseguiu!

  Tava mesmo um tesão que só, ele chupava meu seio com força e muita vontade, eu gemia alto! Agora Justin chupava meus dois seios de uma vez, eu estava ficando louca! Sentir a boca dele percorrendo e lambendo meus seios é a melhor coisa que tem no mundo. Ele ficou os chupando por muito tempo até deixar eles vermelhinhos, ai parou. Meu tesão estava passando dos limites! Justin tirou minha calcinha com a boca e colocou a mesma em minha vagina, ele colocou a língua em meu clitóris e ficou lambendo, depois chupou com muita força e vontade, eu gemi alto, era muito prazer! Ele ficou me chupando por bastante tempo, é muito bom isso... ai ele parou e eu gozei. Depois ele subiu em cima de mim e me penetrou, ele começou devagar, eu gemia bem baixo. Então ele resolveu começar com as entocadas fortíssimas, foram fortes mesmo, eu gemia muito alto de prazer. Justin foi subindo em cima de mim sem quebrar nenhum movimento, ele chegou perto do meu rosto, sorriu e me beijou. Ele continuou me penetrando e eu gemia entre o beijo, tanto prazer estava me deixando louca, queria comandar o bagulho todo.

  Fui puxando ele pra ser deitar na cama e fiquei por cima, ai parei de beijá-lo e fiquei rebolando, Justin gemia e eu também, então eu avancei nos movimentos, eu ia rápido, bem rápido! Ele gemia mais do que eu, porque será hein? Quem ta comandando o breguete sou eu! Isso é bom. ;* Eu mesma estava me arrebentando inteira fazendo isso, mas é prazeroso demais... fiquei com os movimentos "vai e vem" até o Justin dizer que ia gozar, sai de cima dele e ele gozou, então antes dele terminar com o seu "liquidinho", eu peguei em seu pênis e coloquei em minha boca. Ele sussurrou um "Você é doida!" e eu assenti sorrindo e com aquele grandão na minha boca, eu já estava agachada e ele sentado, eu fazia os mesmos movimentos de antes, vai pra frente e vai pra trás, MEU eu chupava o Jerry como se fosse um picolé, com o maior desejo e vontade, aquilo estava muito gostoso e o Justin não parava de gemer.

Justin: Ai Jas! Isso. Assim. Não para não. Assim tá bom demais. Isso, isso, assim mesmo! VAI SUA SAFADA, ANDA LOGO COM ISSO. - ele disse alto e gemendo, as últimas palavras foi porque eu estava indo devagar e quase parando.

  Como ele estava de olhos fechados, eu parei e ele os abriu, então eu comecei a chupar de novo, minha boca estava começando a doer de tanto deixá-la aberta, mas eu fui em frente e dei mais muitos minutos de prazer pra ele, coisa que foi bom pra nós dois. Depois eu parei, me levantei e ele também, subi em cima da cama naquela posição chamada "de quatro" e depois ele subiu também me penetrando fortemente, eu gemi, fritei, fiz tudo! Ele não parou em nenhum momento, estava bom demais aquilo... ele dava entocadas fortíssimas, bom é a segunda vez que ele me penetra atrás, então ele colocou a mão em minha bunda  e abrindo bastante pra que seu pênis enorme e grosso tivesse uma passagem livre e reta. (Vamos combinar? Eu sei que você ai riu! Deu pra não rir?) Tanta dor e prazer estava me deixando completamente louca! As horas estavam passando e a gente nem aí. Ele parou com as entocadas atrás e me penetrou de novo na frente, eu já não estava aguentando mais, cheguei em meu orgasmo e aquilo me aliviou, só não sei por quê. O Justin, como ele adora me beijar ainda dentro de mim, foi isso mesmo o que ele fez.

  Por ele estar em cima de mim, me beijando e me penetrando, as entocadas estavam bem devagar, eu gemia entre o beijo, mas não como antes, era gemidos abafados e por causa do beijo. Então ele saiu de dentro de mim e se deitou do meu lado e ainda me beijando, aquilo estava maravilhoso. Parei o beijo e me cobri com o cobertor, ele entrou de baixo junto comigo e me beijou novamente, coloquei uma mão nas costas dele e a outra em sua cintura, ele estava com uma mão no meu rosto e a outra nas minhas costas. Ficamos namorando pelados ali por muito tempo, depois paramos, eu estava cansada demais e toda doída, na frente, atrás e em cima, meus seios ainda estavam vermelhos. Justin me deu o último beijo antes de dormir e me abraçou, eu fechei os olhos e adormeci.

Continua! com 5 comentários...


 oooooooooi xuxu's da Mari! Tudo bem com vocês? Eu to simplesmente muito feliz. Primeiro, to de férias, segundo, meu niver de 15 years ta chegando e terceira. VOU VIAJAAAAAAAAR! Okay, só a última coisa é meio triste, vou ficar acho que duas semanas sem postar, só que é a partir do mês que vem, se acalmem. ;) Ai, eu pintei meu cabelo de novo, mas como não sou fotogênica, acho que vai demorar pra vocês verem o meu novo visu, com certeza que eu vou tirar bastante fotos lá em Minas, onde eu vou viajar, mas se alguma ficar boa, eu mostro pra vocês, o.k? Então, QUEM GOSTOU DA PARTE HOT DÁ UM GRITOOOOOOOOOO! UHUUUUUL' falando sério agora, no capítulo anterior de Pick Me, quem mais gritou de verdade além da Andressa? ALGUÉM AI OU SÓ ELA? HEIN PESSOAS? KKKKKK' Mas eaí, vou contar uma coizitya pra ôces, eu trabalhei muito pra fazer essa parte HOT, no meu caderno, acho que deu umas 4 páginas, até eu me impressionei, eu nunca fiz isso, uma parte Hot não grande... --' Okay, parei. Só quero saber se vocês gostaram, então? Bom, como essa parte foi grande, vou querer 5 comentários pra continuar, flw? Alguém tem alguma crítica em relação á isso? PELO O AMOR DE DEUS! Eu não gosto nem um pouco de ficar no vácuo, me respondam, eu adoraria saber o que vocês estão achando. E por favor, quero comentários MEGA CRIATIVOS, eu não sou a única que tem criatividade aqui, certo? Então quero ver a criatividade de vocês para os comentários. CERTO? É só isso mesmo... Xoxo Mariiih' :*

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Follies Of Love 10º (Explicação)


 P.O.V Larissa

  Saímos do meu AP e fomos pra padaria, compramos sonhos, brigadeiros e barras de chocolate, pagamos e depois fomos embora, no caminho quem a gente encontrou?

Justin: Larissa! Você está bem? - ele disse se aproximando.

Lari: Você quer mesmo saber? - encarei ele.

Mari: LARISSA... - ela sussurrou.

Justin: Claro que eu quero! O que houve?

Lari: Mari, vai indo na frente? - disse entregando uma sacola pra ela.

Mari: Tá bom! - ela disse e saiu.

Justin: O que foi?

Lari: Nada! Eu só fiquei bastante magoada com o que você me disse ontem.

Justin: Eu não quis te dizer aquilo, juro.

Lari: Então porque disse?

Justin: Eu estava irritado com a minha ex-namorada.

Lari: aaah' você descontou seus problemas em mim!

Justin: Não Larissa, não.

Lari: Me diz, aquilo tudo que você falou é verdade?

Justin: Não é verdade e nunca foi verdade! Eu também tenho sentimentos e eu gosto de você.

Lari: Significou alguma coisa pra você?

Justin: Claro que significou! Eu nunca quis dizer aquilo.

Lari: Nunca diga nunca! - eu disse e ele bufou - Eu não quero suas explicações, não tenho nada com você. RUN' - disse e sai andando, mas ele pegou no meu braço.

Justin: Larissa, para com isso!

Lari: Justin, você me magoou...

Justin: Desculpa! Eu juro que não queria dizer aquilo.

Lari: Okay... tá desculpado! - eu sorri - Mas agora eu tenho que ir. Bye! - disse e acenei, depois sai andando.

   Dei uns 5 passos e quem eu vi? Ele mesmo! Meu ídolo. O Ronaldo. Claro que eu fui falar com ele.

Lari: oooooooi Ronaldo! - eu disse acenando e com aquela cara de que nunca tinha visto ele. É sempre assim!

Ronaldo: Oi... - ele disse e olhou pra mim - Larissa!

Lari: OMG' você lembrou o meu nome! - disse sorrindo feito boba.

Ronaldo: Não poderia ter esquecido. Acho que já te vi mais de 50 vezes.

Lari: E todas essas vezes eu tirei foto com você.

Ronaldo: É, você deve ter uma coleção só de fotos!

Lari: Tenho mesmo... estão todas na minha parede. - disse e sorri.

Ronaldo: Hum! Você conhece o Justin?

Lari: Conheço! Ele mora no mesmo  prédio que o meu.

Ronaldo: aaaah' tá! É mesmo, ele me disse. - ele disse e ficamos alguns segundos calados.

Lari: Ahn... uma foto? - disse sorrindo.

Ronaldo: Mais uma pra sua coleção! - disse e nós rimos. Peguei meu celular e tirei uma foto de nós dois.

Lari: Obrigada.

Ronaldo: De nada! Mas agora eu tenho que ir. - ele disse e andou.

Lari: Eu também! Tchau. - disse andando e acenei, ele acenou de volta e eu me fui.

  Sai dali andando toda feliz, voltei pro meu AP, cheguei e entrei, fui pra cozinha e lá estavam eles.

Mari: Que demora, mulher!

Gui: Estava fazendo o quê?

Lari: Conversando com um goleiro e com um ex-meio de campo. Eu vi o Ronaldo na rua! - disse tipo, surtando.

Mari: OMG' tirou uma foto, né?

Lari: Com certeza... - peguei meu celular e mostrei a foto pra ela.

Mari: NOSSA! Mais uma pra sua coleção.

Lari: É, foi o que ele disse.

Gui: Por que você gosta tanto do Ronaldo?

Lari: Porque ele foi um ótimo Jogador do Corinthians.

Mari: É isso aí!

Gui: E o Justin...? - ele disse sorrindo e levantou uma sobrancelha.

Lari: O Justin não tem nada a ver com isso! - encarei ele.

Gui: aaaah' tá! Sei. - ele disse ironicamente e saiu da cozinha.

Mari: Me conta!

Lari: Contar o quê? Não aconteceu nada!

Mari: Eu quero saber sobre a conversa de vocês.

Lari: Ele me disse que nunca queria me dizer aquilo que disse, até jurou! Disse também que estava irritado com a ex-namorada dele, por isso me disse tudo aquilo.

Mari: E você acreditou?

Lari: Por que não acreditaria?

Mari: HELLO! Homens. Todos iguais. Dizem isso pra você se sentir culpada e acreditar em tudo o que ele diz! Larissa, não cai na do Justin.

Lari: Você fala como se fosse experiente.

Mari: Eu não sou, mas é a pura verdade...

Lari: Tá bom! Estou te ouvindo. Mas escuta só, eu vou dar só mais uma chance pro seu Guilherme queridinho, ai depois ele verá o que o espera.

Mari: Okay, fala isso pra ele e não pra mim!

P.O.V Justin

  Depois daquela conversa, eu não sabia o que fazer! Meus pensamentos estão completamente confusos, as vezes eu só quero sexo e as vezes eu quero a Larissa o mais perto possível de mim. Isso não pode estar acontecendo comigo! Eu estou apaixonado? Não, só pode ser brincadeira. Eu nunca me apaixonei em toda a minha vida, por que agora seria o momento? Que confusão! Eu não to apaixonado, não mesmo.

Pattie: Me diz o que aconteceu, eu posso te ajudar.

Justin: Tem certeza? Eu estou confuso!

Pattie: Tem mulher no meio?

Justin: Aham!

Pattie: Então me diz logo, homem!

Justin: Okay... é que eu conheci uma garota, não sei se posso chamar ela de garota, é um mulherão.

Pattie: Vai direto ao ponto?

Justin: Eu acho que estou apaixonado.

Pattie: Acha?

Justin: Eu estou confuso... não sei direito se é isso mesmo.

Pattie: Já se apaixonou?

Justin: Não! Por isso estou confuso.

Pattie: Um dia isso ia acontecer...

Justin: Mas eu não pensei que tão cedo.

Pattie: Você só precisa saber se ela gosta de você.

Justin: Claro que ela gosta de mim! Eu disse umas coisas sem pensar pra ela, ontem. Ai ela se cortou.

Pattie: É, isso é loucura!

Justin: Também acho.

Pattie: Mas então, você já falou com ela?

Justin: Sim! Mas eu me expliquei pelo o que disse, não sobre isso. Vim falar com a senhora porque estava e ainda estou confuso.

Pattie: Justin, paixão não é a pior coisa do mundo!

Justin: Eu sei... eu só não sei o que fazer.

Pattie: A primeira coisa que você deve fazer, é falar com ela!

Justin: Então tá, vou falar com ela. Obrigado, mãe! - disse e abracei ela.

Pattie: De nada. - ela sorriu.

Justin: Eu tenho que ir, por que ainda tenho treino.

Pattie: Ok, meu filho!

  Sai de lá e fui pro prédio, cheguei no apartamento e fiquei pensando no que fazer. Eu ainda estava confuso, minha cabeça está explodindo de tanta confusão. Sério, eu não paro de pensar na Larissa, ela parece ser tão.. tão...

Continua! com 3 comentários...

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Pick Me - 4ª Temp. - Part. 5 - Uma entrevista diferente.

Antes(...) Ana: Podemos tirar uma foto juntas?
Jasmine: Com certeza!
Jazzy: Então deixa que eu tiro a foto.
Mia: NÃO! Você tem que estar na foto. - ela disse e depois tirou uma foto de nós 4 - Obrigada!
Jasmine: De nada, mas nós temos que ir. - eu disse andando.
Jazzy: É, tchau!
Jasmine: Tchau!
Mia&Ana: Tchau... - elas disseram e nós saímos daquela escola.

Agora...


  Entramos no carro e Larry nos levou pro Hotel, Jazzy e eu entramos na minha Suíte e nos jogamos no sofá, fiquei lembrando de tudo que eu passei nesses quase 20 anos, dia 07 de Dezembro completo 20, tá bom pra você? haha' Sem gracinha agora. Depois do que eu fiz á pouco tempo, passou como um vento tudo o que eu passei em toda a minha vida na minha cabeça, os momentos bons e os ruins, desde pequena até agora, me lembro quando Andressa, eu, Wallace, Mari, Justin, Chaz, Ryan, Caitlin, Kristen e Christian bagunçamos feito loucos a casa do Chaz, três dias depois daquela festa, brincamos na piscina, corremos pela casa molhados, fizemos guerra de comida, guerra de água, guerra de travesseiros e guerra de salgadinho e pipoca, nos batemos, discutimos, assistimos filmes de comédia, conversamos, contamos histórias mentirosas e nos divertimos muito!! Nunca vou me esquecer desse dia...

Jazzy: JASMINE! Seu celular está tocando e é o Justin.

Jasmine: Ãhn? - brizei. Acho que fiquei lembrando de tudo aquilo por uns 15 ou 20 minutos!  - O que tu disse?

Jazzy: Seu celular. - ela me entregou o mesmo. Atendi logo.

Jasmine: Alô?

Justin: Oi gostosa! - ele disse animado.

Jasmine: Eaí sortudo da mamãe...?

Justin: Vish' porque sortudo?

Jasmine: Eu quase cortei seu pênis, esqueceu?

Justin: Tem alguém ai do seu lado?

Jasmine: Só a Jazzy!

Justin: Tá louca? Falar isso na frente da Jazzy?

Jasmine: Não tem problema algum, eu já contei o que aconteceu pra ela.

Justin: Ficou doida?

Jasmine: Fiquei sim! Agora para de drama, okay?

Justin: TÁ! Então, como foi a visita na escola?

Jasmine: Espetacular!

Justin: Você bateu na Raven?

Jasmine: Bati e ainda tive ajuda, ela ficou toda quebradinha. - eu disse e ri.

Justin: Você gostou do que fez?

Jasmine: Amei! E não vem falar que eu fiz coisa errada, porque você bateu nos meus ex-namorados.

Justin: Eles mereceram!

Jasmine: E ela mereceu também... eu falei uma pá de coisas pra ela e no fim, não tive como, ela queria apanhar e não fez quase nada pra fugir.

Justin: Ai Jasmine... você é muito vingativa!

Jasmine: Sou mesmo! Você não viu nada, ainda.

Justin: Sinceramente? Eu ainda fico sem entender, vocês mulheres.

Jasmine: iiiiiih' eu acho que você só vai entender quando tiver bem velhinho.

Justin: Não fala assim! Depois de uns 2 anos de casados, eu posso até passar a entender as mulheres.

Jasmine: Quem sabe... né? - eu disse e ri - Eaí, está fazendo o quê?

Justin: Vou fazer uma entrevista com a Xuxa.

Jasmine: Ontem eu fiz uma com a Eliana.

Justin: E como foi?

Jasmine: Demais! Ganhei uma camiseta do Brasil escrito o meu nome atrás.

Justin: Da hora! - ele disse com uma voz engraçada e eu ri - Olha Jas... eu preciso ir porque estão me chamando para a entrevista, depois a gente se fala.

Jasmine: Tá bom amor...

Justin: Tchau gostosa! - ele disse devagar e eu ri.

Jasmine: Tchau gostoso! - imitei ele e nós rimos, depois desligamos.

Jazzy: Era ele mesmo, né?

Jasmine: Era sim... por quê?

Jazzy: Nada! Você tem um show ás 19 e 30.

Jasmine: Que horas são?

Jazzy: 14 e 15! - ela disse e sorriu.

Jasmine: Affff' nada pra fazer.

Jazzy: Tem sim! Vamos fazer vídeos. - ela disse animada.

Jasmine: Eu tenho que estar no Morumbi que horas?

Jazzy: 17 horas!

Jasmine: Então tá, É NÓIS! Vamos lá.

  Ficamos fazendo vídeos da gente conversando e falando palhaçadas, depois colocamos uma música da Kelly Clarkson e começamos a dançar que nem doidas, isso foi até as 16 horas, depois ela voltou pra suíte dela e eu fui tomar um banho de 30 minutos, terminei e troquei de roupa, sai do quarto e como previsto, a Jazzy Mejia estava lá na sala e ainda por cima mexendo no celular.

Jasmine: Eaí Mejia?

Jazzy: Para de me chamar assim Villegas! - ela disse olhando pro celular.

Jasmine: Tá bom, mas você vai ficar ai?

Jazzy: Não! - ela foi se levantar ainda olhando pro celular e caiu - AI!

Jasmine: Viu? Isso é pra você aprender que tem que olhar pra frente e não só pro celular.

Jazzy: Ah' está parecendo minha mãe... - ela se levantou do chão.

Jasmine: Vamos logo? - peguei no braços dela e saímos da suíte.

Jazzy: Antes do show você vai fazer uma entrevista com o Gugu.

Jasmine: MEU, todo dia entrevista? - fechei a porta.

Jazzy: Não me olha assim, o Richard e o Scooter que marcou essa entrevista e não eu.

Jasmine: Tudo bem! Fazer o que. - eu sorri e o Larry apareceu.

Larry: Vamos?

Jasmine: Com toda a certeza do mundo! - eu disse sorrindo.

  Entramos no elevador e saímos daquele Hotel, fomos pro Morumbi e eu me preparei para a entrevista, quando deu a hora, entrei na sala e vi o Gugu e duas meninas, cumprimentei eles e nos sentamos. A entrevista ocorreu normalmente, as meninas, Melissa e Mayara não paravam de sorrir e olhar pra mim, deve que estavam feliz, né? As duas também me fizeram algumas perguntas, umas que quase ninguém sabia, "Qual o seu hobbie?" "Qual o seu artista preferido?" "Quem é sua inspiração?" "Qual música do Justin Bieber você mais gosta?", cada uma fez duas perguntas, minha reposta foram...

Melissa: Qual o seu hobbie?

Jasmine: Meu hobbie é jogar basquete, eu adoro jogar basquete! Mas não jogo muito.

Mayara: Qual o seu artista preferido?

Jasmine: Ahn... pode ser estranho, mas o meu artista preferido é o Chris Brown. Ele é meu cunhado e é um ótimo cantor, um ótimo dançarino e um ótimo rapper, ele dança demais! - eu disse e elas riram, por causa das minhas caras&bocas.

Melissa: Quem é sua inspiração?

Jasmine: Minha inspiração? Bom... no começo da minha carreira, minha inspiração era e sempre vai ser o Justin! Mas quando minha carreira foi crescendo mais, eu tive muitas inspirações, como: Taylor Swift, o Chris Brown, Kelly Clarkson, Nick Minaj, Madonna e o Michael Jackson. Bom, o Michael só me dá inspirações nas danças.

Mayara: Qual música do Justin Bieber você mais gosta?

Jasmine: Então, ele tem muitas música boas, eu adoro todas, só que eu gosto mais de Pick Me.

  Até ai tudo bem! Foram perguntas e respostas, então o Gugu resolveu me dar uma bola de basquete preta e branca, estava escrito bem no meio de roxo e preto, uma parte preta e outra roxa "Jasmine is the best". Tipo, como assim eu sou a melhor? OMG' eu amei esse presente! A bola é linda demais. Ocorreu tudo bem, a entrevista acabou, eu tirei uma foto com as meninas e o Gugu, dei autógrafo pra elas e talz. Fui fazer o meu incrível show, tudo siau perfeito, o show foi maravilhosamente maravilhoso! Sai de lá umas 23:30? É isso mesmo... voltamos pro Hotel e eu não me preocupei com merda nenhuma, fui direto dormir.

                                                                ...

Continua! com 3 comentários...


  AÊÊÊÊÊÊÊÊH' QUEM GOSTOU DÁ UM GRITO! UHUUUUUUUL' ai, gostou? Então o que acharam do capítulo? O que acham que vai acontecer? Tipo, nem eu sei, mas tudo bem. :) Espero de verdade que vocês tenham gostado do capítulo, e quero comentários para eu postar FOLLIES OF LOVE. QUEM QUER A CONTINUAÇÃO DÁ UM GRITOOOOOOO, UHUUUUUUUL' É NÓIS. Õ/ Comentem, marquem, dê suas opiniões, diga o que tem que ser mudado, mesmo eu não mudando, digam o que quiser, faça perguntas, MAS PELO O AMOR DE JESUS CRISTO, não comente mais de uma vez, EU IMPLORO DE JOELHO NO CHÃO, flw? Eu sei que algumas de vocês amam a Fanfic e quer que eu continue, mas eu vou continuar... demorando ou não. OUÇAM MINHAS PRESES! E vou continuar com os comentários pedidos. AH' eu queria uma ajuda, sei que aqui não tem muita gente com a qual eu preciso. Preciso de Jasminators, JASMINATORS MESMO, lendo uma Fanfic que eu to fazendo com a Jasmine, sério, eu preciso muito da ajuda de vocês, quero que me ajudem a divulgar meu blog. ENTÃO? ALGUÉM DISPONÍVEL PRA ME AJUDAR? HEIN? Sério, eu fiz o blog faz pouco tempo e preciso demais, de seguidores e leitores. >>>>>>>>>http://jasminevhistorias.blogspot.com.br/<<<<<<<<<<<
Xoxo Mariih' :*

sábado, 16 de junho de 2012

Follies Of Love 9º (Raiva, ódio, tudo!)


  No dia seguinte...  21/03/2013.

 P.O.V Mari

 Acordei decidida de que ia na casa da Lari, aquela garota é mesmo uma louca! Ela vai se vingar do Guilherme se ele não pedir desculpas pra mim, coisa de gente retardada se vingar.

Mari: Oi Pai, oi mãe! - disse dando um beijo na bochecha de cada um e me sentando na cadeira.

Sra. Rodrigues: Oi Mari! Bom dia.

Sr. Rodrigues: Bom dia filha!

Mari: Bom dia!

Sra. Rodrigues: Porque está tão animada? - ela disse sorrindo.

Mari: Eu não estou animada... só vou ter uma conversa com a Lari sobre o Guilherme.

Sr. Rodrigues: - ele me encarou - Você ainda insiste nessa garoto? Ele não te merece, Mari!

Mari: Pai... não é isso! É que a Lari disse que ia se vingar dele de alguma forma que eu não sei, se ele não se desculpar comigo pelo o que ele fez noite retrasada. - eu disse mega rápido, nem sei se eles entenderam.

Sra. Rodrigues: Fala mais devagar.

Mari: É... que... a Lari... disse...

Sra. Rodrigues: Nem tão devagar!

Mari: A Lari disse que vai se vingar do Guilherme se ele não se desculpar comigo pelo o que ele fez noite retrasada..

Sr. Rodrigues: O que esse vagabundo fez? Eu mato ele!

Sra. Rodrigues: Calma Robson, calma...

Mari: Ahn... ele... me... HUMILHOU?! - eu disse devagar e a última palavra saiu como vento.

Sr. Rodrigues: O QUÊ? - ele disse completamente bravo.

Sra. Rodrigues: MARI! O que você fez?

Mari: NADA! - abaixei a cabeça.

Sr. Rodrigues: Como que foi isso?

Mari: Ele disse que não gostava de mim na frente dos amigos dele, ai eles ficaram rindo de mim.

Sra. Rodrigues: Mari, que isso!

Sr. Rodrigues: Tomara que a Larissa mate ele antes de mim.

Mari: Ela não tem coragem de fazer isso! E nem vai fazer.

Sr. Rodrigues: Então eu vou matar esse viado! - ele disse se levantando e minha mãe o impediu - Mariana, deixa eu matar ele!

Sra. Rodrigues: Robson, você não tem vergonha? A Mari gosta desse garoto, você não vai fazer nada! - ela disse com cara de brava.

Sr. Rodrigues: Não quero saber! Eu vou matar ele e pronto. - ele disse se levantando e saiu.

Sra. Rodrigues: VOLTA AQUI, ROBSON! Nossa conversa ainda não acabou. - ela se levantou e foi atrás dele.

Mari: Meu Deus, o que eu fiz? Eles nunca brigaram e só porque eu falei daquele filho da puta, eles discutem! - é, eu falei sozinha. ;s Terminei o meu café e fui pro AP da Lari, com certeza ela deve estar acordada, são 11 e 30. Cheguei lá, apertei a campainha e nada! Apertei de novo, e de novo, e de novo, até que ela atendeu com a maior cara de sono, bem ela. - Ufa! Até que enfim acordou. - disse entrando e ela fechou a porta.

Lari: O que veio fazer aqui? - ela disse com uma voz estranha.

Mari: Eu vim te contar uma ótima notícia! - eu disse olhando pros lados e vi Guilherme deitado no sofá só de shorts - Ahn... você dormiu aqui de novo? - andei em direção ao sofá e me sentei do lado dele.

Gui: É! Aqui no sofá mesmo, sozinho. - ele disse com uma voz estranha.

Lari: Então, o que você veio me contar? - ela disse animada e se aproximando, estava muito estranha! Ela e o Guilherme.

Mari: O Guilherme me pediu desculpas.

Lari: É mesmo? Quando? - ela me encarou.

Mari: Foi quando eu cheguei em casa ontem ele estava lá conversando com o meu pai de boa e me pediu desculpas. - menti.

Lari: Sério? NOSSA! Que bom pra ele. Mari, você não me engana... isso não aconteceu.

Mari: Claro que aconteceu!

Lari: Eu vejo nos seus olhos que você está mentindo.

Mari: Eu não estou mentindo...

Lari: Mentiu de novo!

Gui: Mari, fala logo a verdade.

Mari: Parem de me pressionarem, eu estou falando a verdade!

Lari: Se você não falar a verdade, ai que eu me vingo dele mesmo.

Mari: AI NÃO! Tá bom. É mentira. Lari, não faz nada com ele, por favor?

Lari: Por que você é assim? Ele nem gosta de você! Você só pode estar iludida.

Mari: Se eu estou iludida, foi porque ele me iludiu! A culpa é minha que eu me iludo fácil? Eu não mando no meu coração.

Lari: OKAY. Eu vou pensar no seu caso! - ela sorriu.

Mari: Hum... vocês estão estranhos!

Gui: Quem? Nós?

Lari: Ninguém aqui está estranho, você deve estar vendo coisas.

Mari: Fizeram algo que eu não sei? - sorri maliciosamente.

Lari: MARI! Claro que não...

Gui: Ficou doida?

Mari: Agora são vocês que estão mentindo, pelo amor que vocês tem em Cristo... me digam a verdade!

Lari&Gui: NÓS TRANSAMOS! - eles disseram alto e esconderam o rosto com uma almofada.

Mari: - me impressionei - Oh My God! Vocês não fizeram isso mesmo...

Lari: - ela tirou a almofada - oooi! Meu nome é Larissa Costa. - ela disse ironicamente e acenou.

Mari: Como vocês tiveram coragem? Vocês são amigos!

Gui: Isso não nos impediu á nada...

Lari: Eu já te disse que ele é muito gostoso? A tentasão foi muita. Rolou! - ela disse meio desesperada e o Gui arregalou os olhos como se não acreditasse no que ela disse.

Gui: Eu sou muito o quê...?

Lari: Gostoso! Foi um elogio, não gostou?

Gui: aaah' claro que gostei! - ele disse se achando.

Mari: Vão ficar se paquerando na minha frente? - encarei os dois.

Lari: Ninguém aqui está se paquerando!

Mari: Uhum, sei! Por que vocês não começam a namorar logo?

Lari: Nós somos amigos!

Mari: Amigos não transam!

Gui: Mas isso não tem nada a ver...

Mari: Tem sim! Vocês são amigos.

Lari: Mari! Rolou e pronto. Não podemos voltar no tempo e desfazer tudo. Já passou! - ela disse e bufou.

Mari: Okay! Mudando de assunto... o Corinthians jogou ontem, você viu? - eu disse olhando pra ela.

Lari: Não, não vi! E ganhou?

Mari: Com certeza... 3 á 0, jogou com o Oeste.

Lari: NOSSA! Eu queria ter visto.

Mari: Mas o Justin estava lá.

Lari: Affff' nunca mais pronuncie esse nome! Eu tenho ódio do Justin.

Mari: Calma aê Lari... imagina só você andando pela rua e vê o Ronaldo Fenômeno na sua frente, o que você faria?

Lari: Claro que eu ia falar com ele, pedir mais um autógrafo pra ele e tirar uma foto!

Mari: Quantas fotos você já tirou com o Ronaldo?

Lari: Sei lá! Eu nunca contei. Você sabe né, todas as fotos que eu já tirei com ele, eu imprimi e colei na parede do meu quarto.

Gui: Eu nunca reparei essas fotos!

Mari: Deve ser cego, então... o quarto dela tem tantas fotos que nem dá pra ver a cor da parede direito.

Lari: É... vocês sabem como eu amo o Ronaldo e o Corinthians!

Gui: Sabemos sim! - ele disse revirando os olhos.

Mari: Então... por que você não conversa com aquela pessoa? - disse olhando pra Larissa.

Lari: Por que ele me magoou muito! >'.'< Quer dizer, aquela pessoa me magoou muito.

Mari: Mas você precisa de uma explicação, mulher! Vai falar logo com ele. Quer dizer, com aquela pessoa.

Lari: Eu não sei se vou conseguir olhar na cara daquela pessoa de novo.

Mari: HELLO, GIRL! Vocês moram no mesmo prédio, um dia vão se cruzar nos corredores.

Lari: Então eu vou mudar de prédio, vou mudar pro seu.

Gui: Do que vocês estão falando? - ele disse com cara de confuso.

Mari: Do J-U-S-T-I-N! - disse e ele assentiu - Eaí Lari, vai falar com essa pessoa?

Lari: Eu tenho que pensar bastante antes de falar com essa pessoa.

Mari: Tá! E o Guilherme?

Gui: O que tem eu?

Mari: Eu falei de você por acaso? - disse irritada.

Gui: Ué, não sei! - ele disse e voltou o olhar pro Iphone.

Lari: Eu vou ameaçar ele de novo se eu encontrar ele na rua!

Mari: Pra que tudo isso?

Lari: Não! Me diz. O que seus pais acham disso?

Mari: Um absurdo, porque eu gosto de um menino que nem gosta de mim.

Lari: VIIIIIIIIIIIIU? E o que seu pai disse que ia fazer?

Mari: Matar ele! Mas eu não quero isso.

Lari: Vamos esquecer esse papo? Eu to com fome! Vamos na padaria comigo?

Mari: Claro, Let's go! - disse me levantando.

Lari: Gui, você vem? - ela se levantou.

Gui: Não, não! Eu vou ficar aqui, podem ir.

Lari: Então tá!

Continua! com 5 comentários...

  OOOOOOOOI MESNINAS! Tudo bem? Gostaram desse capítulo? É, eu não gostei. Mas então, sabe a Larissa da história? Sim, ela existe. Eu sei que ninguém quer saber, mas, ela não sabe que eu coloquei o nome dela na minha história, eu só coloquei mesmo porque quando eu estudava com ela, ela dizia que o Justin era gostoso e talz, até ai tudo bem, eu comecei a escrever essa história, ela mudou de escola e eu ainda não falei pra ela que ela está na minha história. NA VERDADE, ninguém sabe que eu escrevo histórias. Só minha amiga, minha outra amiga, minha outra amiga e meu amigo, só. Eu vim aqui só pra mostrar uma foto dela pra vocês, eu sei que vocês podem achar que é Fake, ela podia ser uma Fake, porque a foto é perfeita. ►

 Ai, ela não é gata? Parece fake, né! Nem dá pra acreditar. Mas então, se vocês acharem que eu to mentindo ou não, é só vir aqui (@Laah_Oliiveira) Pois bem, eu não deveria ter postado uma foto dela sem sua permissão, mas eu quebro regras e to fazendo isso. HAHA' espero que tenham gostado do capítulo! E continuo com os comentários pedidos. Xoxo Mariih' :*

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Pick Me - 4ª Temp. - Part. 4 - Vingança perfeita! (Parte 2)

Antes(...)  Aconteceu uma pá de coisa na entrevista, ela é muito legal! E nós conversamos em português, mais uma coisa de bom... e ela me deu uma camiseta do Brasil escrito "Jasmine V." atrás. Amei muito! *-* O dia percorreu normal, só ia fazer show no dia seguinte, deu pra descansar bastante.

Agora...


No dia seguinte...


  É hoje! A vadia da Raven vai se ver comigo. Ela não perde por esperar!

Jasmine: JAAAAAAAZY! - gritei.

Jazzy: - ela entrou no meu quarto - O que foi, Jasmine? Ficou doida?

Jasmine: Não, mas estou ficando! - pulei de cima da cama toda feliz.

Jazzy: Está tão feliz, por quê?

Jasmine: Nós vamos na escola hoje, esqueceu?

Jazzy: Não esqueci... mas queria ter esquecido. - ela disse e cruzou os braços.

Jasmine: Hum, tá chatinha demais! - eu disse me olhando no espelho - Que horas são?

Jazzy: 12 e 59!

Jasmine: QUÊ? - disse assustada.

Jazzy: Você que acordou uma hora da tarde e não eu. - ela deu de ombros.

Jasmine: Eu vou tomar um banho rápido, me espera lá fora, okay?

Jazzy: OKAY! - ela disse e saiu.

Jasmine: OMG' - peguei meu roupão e entrei no banheiro. Tomei um banho mega rápido, troquei de roupa e sai do quarto - Vamos Jazzy! - disse toda apressada, saímos da suíte e Larry, como sempre, nos levou até a escola, no caminho eu fiquei contando algumas mentiras pra Jazzy, só pro Larry não ficar me dando lição de moral. Chegamos na escola, ele estacionou o carro e saímos, logo em seguida se formaram vários paparazzis ao meu redor, Jazzy e eu entramos na escola, fomos direto pra diretoria, uma mulher que eu reconhecia apareceu - Oi!

Mulher: Oi! Posso ajudar?

Jasmine: Pode sim... eu e minha amiga queríamos conhecer a escola novamente.

Mulher: Novamente? Vocês já estudaram aqui?

Jasmine: Eu sim, mas ela não!

Mulher: Qual o seu nome?

Jasmine: Jasmine Villegas! - eu sorri.

Mulher: Jasmine, é você mesma?

Jasmine: Sim, sou eu! Mas qual o seu nome?

Mulher: Ane! Não se lembra de mim?

Jasmine: OMG' é mesmo... Ane! - disse e abracei ela - Essa é minha amiga, Jazzy.

Jazzy: Prazer! - ela sorriu.

Ane: Prazer... então vamos conhecer a escola novamente. - ela disse andando, acompanhamos ela, a escola estava do mesmo jeito de sempre, não mudou nada, só a cor, conhecemos tudo! Então eu disse que queria ir no banheiro, ela voltou pra diretoria e Jazzy e eu entramos no banheiro, tinha várias meninas lá, vi a vadia da Raven. Quando ela me viu, ficou surpreendida! Entrei em um banheiro e fingi que ia fazer as necessidades, fiquei ouvindo o que elas estavam falando.

Menina: Você viu? A Jasmine Villegas e a Jazzy Mejia!

Menina2: Eu vi sim! Mas o que elas estão  fazendo aqui?

Raven: Cuidando da vida dos outros!

Menina: Ficou doida? A Jasmine é uma excelente cantora e não faria, nem aqui e nem na China.

Menina2: Eu concordo! Uma Diva como a Jasmine não ia se rebaixar ao seu nível, de invejosa.

Raven: VADIAS!

  Jazzy e eu saímos do banheiro...

Jasmine: Eaí meninas? - eu disse lavando as mãos.

Menina: Oi Villegas!

Menina2: ooooie!

Menina: OMG' ela falou comigo. - ela sussurrou.

Jasmine: Como vão as aulas?

Raven: Pra que você quer saber? Não estuda mais!

Jazzy: Licença... eu sou a Jazzy! - ela sorriu se aproximando das meninas.

Menina2: Oi Jazzy! *beijinho*

Menina: oooooi! *beijinho*

Jasmine: Qual o nome de vocês?

Menina2: Meu nome é Ana Camila!

Menina: E o meu é Mia.

Jasmine: Que fofas! - eu sorri e olhei pra Raven - E o seu nome, qual é?

Raven: Raven! Por quê? - ela disse rude.

Jasmine: Por quê? Você não me conhece não? Jasmine Marie Villegas aqui!

Raven: Só por que você é famosa eu tenho que saber o seu nome?

Jasmine: Não, minha filha! É porque você beijou o meu namorado.

Raven: Eu beijei quem? Desde quando você tem namorado?

Jasmine: Não se faça de sonsa, vadia!

Jazzy: Jasmine, é melhor parar...

Raven: Olha aqui, eu não sei do que você está falando.

Jasmine: Não sabe? Então eu vou te mostrar! - disse e joguei a foto na cara dela.

Raven: O que é isso? - ela disse e depois olhou pra foto - Ah' tá! ôh sua mulambenta... é montagem.

Jasmine: Ah' não me diga? Acha que eu sou o quê? - disse sarcasticamente - CLARO QUE É MONTAGEM, SUA RECALCADA!

Raven: Recalcada, eu? Olha só quem fala!

Jasmine: Deixa eu pensar... - coloquei o dedo no queixo - você tirou uma foto com o MEU NAMORADO e fez uma montagem da foto beijando o MEU NAMORADO. Quer dizer que a recalcada sou eu? - dei ênfase nas palavras.

Raven: É isso aí!

Jasmine: Aham, você é tão invejosa que resolveu me colocar contra ele. MAS NÃO CONSEGUIU! Entendeu? Não conseguiu. Dessa vez você não vai ficar com o meu namorado, você conseguiu fazer meus ex-namorados me traírem, mas como você mesmo sabe, eles tiveram o troco, mas o Justin não vai ficar como eles, por que o MEU NAMORADO é fiel á mim, e como você é uma invejosa e quer tudo o que eu tenho, você NUNCA vai conseguir um namorado como o meu. Claro né, você é uma vadia e pega qualquer cara que te dá mole, só não sei qual o problema deles pra ficarem com você. Mas eu te aviso uma coisa garota, dá próxima vez que você mexer comigo e com o meu namorado, eu arrebento essa sua cara feia! - eu disse com cara de brava e ela lá só com os braços cruzados.

Raven: Você pensa que é quem pra falar assim comigo?

Jasmine: Você é surda? Eu posso transformar da sua vida em um inferno!

Raven: Haha' sei!

Jasmine: Tá bom! Experimenta mexer comigo de novo, você apanha e leva muito mais.

Raven: Vai em frente recalcada... - ela disse e eu explodi, avancei no pescoço dela - AAAAAAAAH' SAI DE CIMA DE MIM!

Jazzy: Jasmine, para!

Mia: Jasmine, não faz isso com ela... deixa que eu ajudo.

Ana: Também quero!

Jazzy: Se é assim, TO DENTRO!

  A Raven estava caída no chão e a gente batendo nela, era arranhada pra lá, puxão de cabelo pra cá e batida, socos e muito mais. Claro que ela se defendia, mas 4 contra 1, não dá! E eu não chamei, elas vieram. Quando a garota estava toda sangradinha, nós saímos de lá, claro que é mentira! Ela não estava sangrando, apenas com alguns machucados. Jazzy, Ana, Mia e eu saímos do banheiro.

Mia: Villegas, você foi demais!

Jasmine: Obrigada... mas por que me chama de Villegas? - fingi não saber.

Mia: É que eu sou sua fã! - ela disse animada e pulou.

Jasmine: NOSSA! Que legal. - eu sorri.

Ana: Podemos tirar uma foto juntas?

Jasmine: Com certeza!

Jazzy: Então deixa que eu tiro a foto.

Mia: NÃO! Você tem que estar na foto. - ela disse e depois tirou uma foto de nós 4 - Obrigada!

Jasmine: De nada, mas nós temos que ir. - eu disse andando.

Jazzy: É, tchau!

Jasmine: Tchau!

Mia&Ana: Tchau... - elas disseram e nós saímos daquela escola.

Continua! com 3 comentários...
Divulgando: http://jbieberhistories.blogspot.com.br/ e sigam a dona no TT também @CoxinhaDoBiebs 
   oooooooooi girls! tudo bem? Então, o que acharam? Mais uma vingança veio ai. ;) Okay anonys, eu sei que você adora comentar, mas pelo menos coloca nome, flw? PELO AMOR DE DEUS! É só isso que eu peço, anônimos que eu não sei o nome, coloca. E por favor, não comenta mais de uma vez só pra eu continuar! Um dia eu continuo, não precisa de tanta pressa, claro que eu só vou continuar com os comentários que eu pedi, mas se você quer ler, divulga o blog, vai que alguém comenta? Ai eu continuo. ;) Só isso mesmo. BIGBeijos! Mariih' :*

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Follies Of Love 8º (Apenas aconteceu!)

 
  A Mari pegou a caixa de primeiros socorros e fez um curativo no meu pescoço. Agora meus pulsos? Eu não abri eles, só cortei. Então eu dei uma lavadinha e a Mari passou um remédio lá. Depois de tudo o que aconteceu, eu fiquei pensando no Guilherme...

Mari: Lari, me diz como foi sua conversa com o Guilherme?

Lari: Foi normal! Mas ele foi grosso, disse que não gostava de você e pá...

Mari: O que você disse pra ele?

Lari: Eu disse pra ele se desculpar pelo o que fez com você, se não ele ia ser ver comigo.

Gui: NOSSA! Larissa é fera.

Mari: Lari, por que você fez isso? O Guilherme é orgulhoso demais pra se desculpar!

Lari: Mas eu ameacei ele... e se ele não pedir desculpas pra você, ele vai se ver comigo. PROMETO!

Mari: Lari, não faça nenhuma besteira! Por favor?

Lari: Isso só depende dele... - eu sorri.

Gui: Vish' vai arrebentar a cara dele? Deixa que eu ajudo!

Lari: Não, gato. Eu vou fazer coisa pior.

Mari: O que é pior do que apanhar? - ela disse curiosa e depois arregalou os olhos - LARI! NÃO. VOCÊ NÃO VAI FAZER ISSO!

Lari: Se liga, eu não vou matar ele... não quero ir pra cadeira por causa de um merda.

Gui: E você vai fazer o que, então?

Lari: Não sei ainda, mas se ele não pedir desculpas pra Mari, ele vai ter o que merece.

Mari: Eu não quero nem ver o que você vai fazer!

Lari: Eu já disse, só depende dele.

  Ficamos na sala conversando, quando escureceu nós fomos assistir um filme, quando o filme acabou a Mari foi embora e o Gui ficou lá comigo, ele disse que ia cuidar de mim... *-*

Lari: GUI! Sabe o que a gente pode fazer? - eu disse mega animada.

Gui: O quê? - ele sorriu.

Lari: Brigadeiro! - me levantei do sofá.

Gui: Demais, vamos lá! - ele se levantou também e fomos pra cozinha, ele me ajudou a pegar as coisas  eeu comecei a fazer o brigadeiro, ele se sentou em uma cadeira só me observando - Você não quer ajuda?

Lari: Não gui... eu to bem.

Gui: Seu braço ainda está doendo?

Lari: Claro! Mas eu to bem.

Gui: Mesmo assim eu vou te ajudar! - ele se levantou e chegou por trás de mim, colocou a mão na minha mão e foi mexendo a colher, ele começou devagar e depois foi aumentando a velocidade.

Lari: Ai Gui, meu braço! - parei.

Gui: Desculpa... foi mal. - ele disse e fechou a cara - Eu vou terminar, senta ai. - ele disse e eu me sentei, quando ele terminou, nós voltamos pra sala e eu me sentei no sofá, ele colocou a panela na mesa e disse - Deixa esfriar, depois  a gente come. - ele se sentou do meu lado.

Lari: Mas quando esfriar vai estar duro. - fiz bico.

Gui: Mas está quente, Lari.

Lari: É chocolate, vamos comer logo.

Gui: Então tá! - ele sorriu e pegou a panela - AI!

Lari: Que foi?

Gui: Eu me queimei... - ele disse assoprando o dedo e eu ri.

Lari: Bobo! - peguei uma colher e enfiei dentro do brigadeiro, coloquei na boca e queimei minha língua - AI!

Gui: O que foi?

Lari: Queimei minha língua... - fiquei esfregando minha língua no dente.

Gui: Eu falei que era melhor a gente comer quando esfriar, mas você não quis.

Lari: Então coloca  a panela ai no sofá. - eu disse e ele colocou - Agora vamos comer! - eu disse sorrindo e atacamos o brigadeiro, eu não fiz muito esforço, o Gui pegava a colher com o brigadeiro, assoprava e colocava na minha boca. Sinceramente? O Gui é muito fofo. *-* Terminamos de comer e ficamos vendo mais filmes, ai eu fui até a cozinha e ele veio atrás, no caminho eu esbarrei e como ele estava atrás de mim, ele tentou me segurar, mas ele caiu no chão comigo e ainda por cima, em cima de mim. Quando eu vi que o rosto dele estava bem perto do meu, eu senti alguma coisa dentro de mim dizendo que eu deveria beijar ele, fiquei olhando dentro de seus olhos e ele também, então ele me beijou e foi me levantando com o beijo, já disse que ele beija maravilhosamente bem? É, eu acho que não! Mas sim, ele beija bem. Quando eu já estava de pé, ele parou o beijo.

Gui: Desculpa, Lari! Foi impulso. - ele disse olhando pra mim.

Lari: Tudo bem! Eu correspondi. - disse com a cabeça baixa.

Gui: Olha... nós somos melhores amigos, não quero que nada estrague a nossa amizade.

Lari: Não importa o que aconteça, nada vai estragar ou acabar com a nossa amizade. - olhei pra ele.

Gui: Tem certeza? - ele disse sorrindo e colocou a mão no meu rosto.

Lari: Tenho toda a certeza do mundo! - eu sorri e olhei dentro dos seus olhos, ele fez o mesmo e foi chegando o rosto mais perto do meu, e mais, e mais, e mais, então me beijou. Não sei se estou fazendo a coisa certa... ele é meu melhor amigo! Okay, ele está aproveitando o momento pra colocar a mão no meu bumbum, fiz a  mesma coisa e olha que ele tem muita bunda, primeira bundinha gostosa que eu passo a mão, ôh delícia! ;* Fomos andando em direção ao sofá, me sentei e ele ficou por cima de mim, eu já estava ficando suada por causa daquele beijo, estava muito bom mesmo. Cara, o Guilherme é um puto de um gostoso! FALA SÉRIO ;s Então ele parou e tirou a camisa, depois tirou a minha blusa e continuou me beijando.. Foi ai que eu fiquei com mais calor ainda, estava sentindo o peitoral dele, MEU DEUS! Fiquei com tesão. Ele é o primeiro cara que me deixa com tesão sem estarmos nus. GUILHERME GOSTOSO! dlç ;*
   Depois ele tirou a calça e eu o meu shorts, aquilo estava passando dos limites, era só beijo e carícias, eu queria mais, muito mais. Ai ele parou de me beijar e perguntou com o olhar se eu queria o que estava prestes á acontecer, eu balancei a cabeça positivamente e ele sorriu, eu tirei minha calcinha e ele tirou a cueca, abri as pernas e ele penetrou em mim fortemente. Foi um prazer imenso! Gemi baixo e sorrindo. Agora eu estava deitada no sofá e ele em cima de mim, ele dava entocadas lentas e fortes ao  mesmo tempo, aquilo me fazia virar os olhos, estava ficando louca! É muito prazer, assim eu não aguento. As entocadas foram ficando cada vez mais forte, ele queria me arrebentar mesmo e era isso o que ele estava fazendo, meu prazer estava subindo á cabeça, era demais pra mim, mas eu não queria parar, não agora.
    Acho que ficamos muito tempo na mesma posição, e vou confessar uma coisa: O pênis dele é grande e bem grosso. OMG' me gusta. ;* Então um tempo depois ele parou com as belíssimas entocadas e se deitou do meu lado, colocou a cueca e eu minha calcinha e o shorts, deitei no sofá de novo e por causa da dor que me consumia, eu dormi rapidinho.

Continua! com 3 comentários...

terça-feira, 12 de junho de 2012

Pick Me - 4ª Temp. - Part. 3 - Conversa longa.

Antes(...) Jasmine: Ah' e não se esqueça do que eu te falei!
Justin: Nem pense em me trair, se não vai ficar sem pênis. - ele me imitou.
Jasmine: É isso mesmo! Mas agora eu preciso voltar pra São Paulo.
Justin: Você veio pra cá só pra tirar satisfação?
Jasmine: YES! Vim pra cá depois que vi aquela foto mal amada. - disse e fiz careta.
Justin: Então tá. - ele sorriu.
Jasmine: Tchau! - disse e dei um selinho meio demorado nele.
Justin: Tchau! - ele disse e eu sai.

Agora...


Foi só alguns minutos, sai da Suíte e encontrei Kenny e Larry conversando, eles estava com cara de preocupados, acho que foi por causa dos gritos. Quando eles me viram, foram logo fazendo aquelas perguntas que ninguém gosta de ouvir, perguntas chatas "O que aconteceu lá dentro?" "Você não fez nenhuma besteira não, né?" "O que foi aqueles gritos?" Okay! Kenny e Larry me deixaram com mais raiva do que já estava, expliquei algumas coisas e eles inquietaram. Eu e Larry fomos no Starbucks e depois voltamos pra São Paulo, eu estava imaginando tantas coisas que ia fazer com a vadia da Raven, que a viagem foi mega rápida. Saímos do avião e eu mandei uma mensagem ENORME para a Jazzy, depois Larry me levou pro Hotel. Claro que no caminho ele estava querendo saber o que tinha acontecido no quarto, eu só contei que eu tinha acordado o Justin e ele gritou de susto, eu menti sim... não ia falar que quase cortei o pênis do meu noivo, né? Tenha dó! Fui pra minha Suíte, quando entrei ouvi a Jazzy gritando o meu nome, depois vi ela correndo em minha direção, ela me abraçou fortemente.

Jasmine: AI JAZZY! Quer quebrar minhas costelas? - soltei ela e me sentei no sofá.

Jazzy: Desculpa Jas! - ela sentou do meu lado - O que você fez?

Jasmine: Eu quase cortei... mas não cortei.

Jazzy: O que ele disse em respeito da foto?

Jasmine: Ele disse que era montagem e blá, mas ele disse também que o nome dessa vadia dos infernos é RAVEN! Ah' mas ela me paga...

Jazzy: O que você vai fazer, Jasmine?

Jasmine: Nós vamos na minha antiga escola amanhã!

Jazzy: Como assim, nós?

Jasmine: Eu e você, dã

Jazzy: Você vai bater nela?

Jasmine: Não! Só vou tirar satisfação, mas se ela provocar, eu arrebento o fucinho de porco dela. - eu disse e ela riu.

Jazzy: Foi isso o que o Justin fez, né?

Jasmine: YES! Ele disse que até bateu no Guilherme, meu ex.

Jazzy: E como será que ele deve estar?

Jasmine: Não sei! Mas pênis de marmanjo não cresce de novo. - eu disse e nós rimos.

Jazzy: Esse seu ex-namorado fez o quê?

Jasmine: Eu encontrei ele na cama com uma vadia. Ele sabia que eu não ia transar com ele e encontrou uma vadia que transasse.

Jazzy: Ai você aproveitou que ele já estava pelado e cortou o pênis dele.

Jasmine: É isso aí! Só pra ver como é bom trair Jasmine Marie Villegas.

Jazzy: NOSSA! Eu queria saber como ele tinha ficado.

Jasmine: Ficou gritando de dor... teve que ir pro Hospital.

Jazzy: E como a garota ficou?

Jasmine: Ficou aterrorizada e saiu correndo do Motel. - eu ri.

Jazzy: Só você mesmo pra ter coragem de fazer uma coisa dessas.

Jasmine: Né?! Sabe... se o Justin não tivesse me impedido, eu ia cortar o pênis dele.

Jazzy: VOCÊ É LOUCA! - ela disse rindo.

Jasmine: Ah' Jazzy, eu também cortei o pênis do meu primeiro namorado.

Jazzy: E como foi? - ela disse curiosa.

Jasmine: Vou contar todos os detalhes.

  FlashBack On


 Eu estava indo pra casa dele, nome: David. Cheguei lá, apertei a campainha e a empregada atendeu, disse que ele estava no quarto dele, assenti e subi, quando cheguei perto da porta do quarto dele, vi que estava aberta e ele estava beijando uma vadia.

Jasmine: DAVID! SEU SAFADO. - gritei completamente desesperada, os dois olharam pra mim assustados.

David: Jasmine, não é o que você está pensando. - ele se levantou da cama e veio em minha direção.

Jasmine: Não chega perto de mim... cafajeste! - fui andando pra trás e corri lá pra baixo.

David: Jasmine, espera! Eu posso explicar. - ele correu atrás de mim.

Jasmine: Então explica.

David: Foi ela que me beijou...

Jasmine: E você acha que me engana? Eu posso ter carinha de anjo, mas não sou santa! - fui andando até a cozinha.

David: Jasmine, por favor, acredita em mim? - ele andava atrás de mim.

Jasmine: - peguei uma faca e escondi atrás de mim - Você me traiu e eu não admito traição.

David: O que você está pensando em fazer? - ele disse andando pra trás com cara de medo.

Jasmine: O que você acha? - mostrei a faca e passei a mão dela.

David: - ele arregalou os olhos - Jasmine, o que você vai fazer com essa faca? - ele estava assustado.

Jasmine: - fui andando em direção á ele, ele recuava até não ter mais saída, por causa da parede - Lembra do que eu te disse?

David: Disse o quê?

Jasmine: Sobre traição!

David: Meu bem mais precioso... - ele fez cara de choro e colocou a mão no bagulho dele.

Jasmine: Você pensou que eu não teria coragem, né?

David: Pensei! Você não vai fazer isso, vai?

Jasmine: Ai David... você não me conhece mesmo. - disse apertando seu pênis, ele gemeu.

David: Sai Jasmine! Você não vai fazer isso. - ele saiu da minha direção.

Jasmine: Então tá... - fui atrás dele e ele parou - Agora você não me escapa. - cheguei mais perto e fiz uma marca em seu braço com a faca.

David: AAAAAAH' SUA LOUCA! - ele gritou e eu fiz outro corte.

Jasmine: Eu avisei! - coloquei a mão dentro da calça dele e por fim, encontrei o que queria, puxei ele pra fora e fiz um cortezinho.

David: AAAAAAAAAAAH' JASMINE! NÃO FAZ ISSO.

Jasmine: Imagine a dó que eu estou de você... - eu disse rindo e cortei o pênis dele.

David: AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH' - ele gritou de dor.

Jasmine: - joguei aquele bagulho nele - ARGH! Que nojo. Toma, quem sabe você não consegue colar? E isso o que eu fiz, é só pra você aprender, é bom me trair, né? Mas gostou de troco que levou? Eu acho que não! - joguei a faca no chão e sai dali.

   FlashBack Off


Jazzy: Oh My Gosh! - ela disse surpreendida e rindo.

Jasmine: Você tinha que ver como ele ficou depois que eu cortei "O pequenino". - eu disse rindo.

Jazzy: Com certeza, com dor e raiva de você.

Jasmine: Eu não admito traição! Ele bem que mereceu ficar sem pênis, eu avisei, mas ele não acreditou em mim, eu sou mais corajosa do que pensam.

Jazzy: Eu percebi!

Jasmine: Eu acredito no Justin, mas estava com uma vontade de cortar o pênis dele. - eu disse olhando pro nada e sorrindo.

Jazzy: O Justin é seu noivo, ficou doida?

Jasmine: Ele tinha me traído, mas não traiu. Sortudo porque eu acredito e confio nele!

Jazzy: Tá, mas me conta como foi.

Jasmine: Eu entrei na suíte dele, peguei uma faca enorme e fui pro quarto dele, entrei em silêncio e vi ele dormindo só de box, me sentei na cama e o descobri, ele se mexeu, ai eu abri a box dele e peguei em seu pênis, ele nem se mexeu dessa vez, ai eu preparei minha faca e levei um susto, ele tinha me impedido com um grito.

Jazzy: Vish '-' - ela colocou a cabeça no meu colo - Eaí, tá com fome?

Jasmine: Não! Antes de sair do Rio, eu tomei um Starbucks.

Jazzy: Que horas são?

Jasmine: - olhei no relógio - Quatro horas da... o quê? - me assustei.

Jazzy: JASMINE VILLEGAS! Você tem uma entrevista ás 17 horas.

Jasmine: - me levantei do sofá - MEU, para de gritar! Vou ligar pro Richard e dizer que vou me atrasar 30 minutos.

Jazzy: GAROTA, PARA COM ISSO! VAI SE ARRUMAR LOGO QUE EU LIGO PRA ELE. - ela gritou desesperada.

Jasmine: Tá bom, extressadinha! - disse e fui pro quarto.

  Entrei no quarto e claro, tomei um banho mega rápido, coloquei uma roupa, passei lápis, rimeu e gloss, depois sai do quarto, Larry e Jazzy estavam me esperando. Saímos do Hotel e fomos não sei pra onde, chegamos lá e percebi que ia ser entrevistada pela Eliana. Aconteceu uma pá de coisa na entrevista, ela é muito legal! E nós conversamos em português, mais uma coisa de bom... e ela me deu uma camiseta do Brasil escrito "Jasmine V." atrás. Amei muito! *-* O dia percorreu normal, só ia fazer show no dia seguinte, deu pra descansar bastante.

Continua! com 3 comentários...

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Follies Of Love 7º (Vontade de morrer!)

 
  Peguei um táxi e fui pra um Starbucks, cheguei lá e vi quem? Ele mesmo! Me sentei na mesa onde ele estava e disse.

Lari: oooi!

Justin: - ele olhou pra mim - Ah' oi! - ele sorriu fraco.

Lari: Tá tudo bem com você?

Justin: Sim! Só estou cansado e ainda tenho treino.

Lari: Hum... quer falar sobre ontem?

Justin: Ontem foi ontem! Já passou. Não significou nada pra mim.

Lari: Eu tenho sentimentos, sabia disso?

Justin: Não me importo com a porra dos seus sentimentos, caralho! - ele disse rude e saiu dali.

  Sabe qual a minha vontade naquele momento? Arranhar ele até sair sangue! Sem maldade. Ele me magoou muito agora. Eu não deveria acreditar que poderia rolar algo entre nós. EU SOU UMA OTÁRIA! Completa idiota. Sai do Starbucks correndo, depois parei e olhei para a rua. Fiquei com vontade de me jogar na frente daqueles carros, fui em frente, mas quando um carro chegou quase perto, eu cai no chão, o carro parou e alguém veio me ajudar, não vi quem era porque estava chorando demais.

Lari: Obrigada! - disse limpando minhas lágrimas e olhei pra pessoa, era o Guilherme, meu ex.

Guilherme¹: De nada! - ele sorriu e eu sai andando.

  DEUS! Por que você colocou tantos Guilherme's na minha vida? Só um deles me entende, que é meu amigo. EU QUERO MORRER! Agora com a raiva que eu estou do Justin e de  mim mesma, é capaz de eu matar o Guilherme se ele não pedir desculpas pra Mari. Andei, andei até o prédio de cabeça baixa, as vezes eu olhava pra frente, mas ó quando ia limpar uma lágrima ou atravessar a rua. Todo mundo ficou olhando pra mim, deu vontade de mandar tomar naquele lugar. Enfim... cheguei no prédio e fui pro meu AP, entrei e o Gui estava sentado no sofá junto com a Mari, eles me viram e se assustaram.

Gui: LARI! O que aconteceu?

Lari: - fechei a porta e sai correndo com os braços abertos - GUIIIII!

Gui: - ele fez a mesma coisa e quando chegamos um perto do outro ele me abraçou forte - Não chora, Lari. - ele disse aquilo e eu comecei a chorar mais ainda, depois nos afastamos e sentamos no sofá.

Mari: Porque você está chorando?

Lari: Eu quero morrer! - disse chorando.

Gui: Para de falar isso, Lari.

Mari: O que aconteceu na casa do Guilherme?

Lari: Não aconteceu nada de mais! Foi depois.

Gui: Quem te deixou assim?

Lari: O Justin.

Mari: O que foi que ele fez?

Lari: Lembra aquilo que eu te disse hoje? - ela assentiu - Ele me disse que não significou nada pra ele e que ele não se importava com os meus sentimentos.

Gui: Larissa, você se importou com isso?

Lari: HOMENS! - limpei minhas lágrimas - Vocês não entendem nós mulheres.

Gui: Nisso você tem razão.

Lari: Eu não aguento mais, eu tenho que falar logo. - me levantei.

Mari: LARI! NÃO FAZ ISSO. Ele não vai entender.

Gui: O que você fez com o Justin que eu ainda não sei?

Lari: ARGH! EU TRANSEI COM ELE.

Gui: Mas como?

Lari: Dentro do carro. - me sentei com tudo no sofá e coloquei a mão no rosto.

Gui: Como você teve coragem de transar com esse cara?

Lari: Eu já te disse que ele é muito gostoso? Então, Gui! Eu não aguentei a tentasão do goleiro gostoso. Apenas rolou!

Mari: E ela está totalmente arrependida.

Lari: Estou sim... só acontece desgraça na minha vida. SÓ COMIGO! - disse me levantando e fui em direção as  escadas.

Mari: LARI! - ela disse alto e eu olhei pra ela.

Lari: Eu quero ficar sozinha, tá? - eu disse, ela assentiu e eu subi pro meu quarto.


   Sabe qual a minha vontade agora? Expandir toda a minha raiva! Era isso mesmo o que eu ia fazer e isso mesmo o que eu fiz. Revirei o meu quarto inteiro até eu achar um estilete, quando achei fiquei imaginando o que eu ia fazer. Entrei no banheiro e tranquei a porta, me sentei no chão e comecei a cortar meus pulsos. Aquilo parecia um alívio, porque eu não sentia absolutamente nada, a cada quantidade de sangue eu sentia mais vontade de chorar. Não estava preocupada com as consequências, apenas queria me aliviar da dor que estou sentindo. Eu não mereço isso... porque eu me entreguei por inteira pra ele? Eu sou uma idiota, otária e irresponsável! O sangue percorria por todo o meu braço, eu estava querendo me matar, não vou sofrer, não mais. Sai do banheiro e desci correndo, Mari e Gui estranharam, entrei na cozinha e peguei uma faca.

Lari: Eu... *soluço* não vou... *soluço* mais sofrer! *choro* Não mais. - me joguei no chão e coloquei a faca perto do meu pescoço, fui chegando a faca mais ainda e fiz um pequeno corte, depois ouvi um grito.

Mari: LARISSA COSTA! - ela gritou - O que você pensa que está fazendo? - ela veio em minha direção e se sentou do meu lado.

Gui: O que foi? Que gritaria é essa? - ele disse entrando na cozinha.

Mari: Larissa, você é louca?

Lari: SIM! Eu não quero sofrer mais. - joguei a faca longe.

Gui: Larissa, você não pode fazer isso! Olha só, cortou os pulsos todos.

Lari: Me deixem em paz! Eu sofri demais a minha vida inteira, não quero que isso continue, EU QUERO MORRER! - gritei as últimas palavras e sai correndo dali.

Mari: LARISSA! VOLTA AQUI. - ela correu atrás de mim.

Lari: - não vi pra onde estava indo, mas acho que lá pro corredor, quando não consegui mais andar, me joguei no chão, alguns segundos depois eu vi a Mari correndo em minha direção.

Mari: LARISSA! Nem pense em fazer alguma besteira. - ela me levantou do chão.

Lari: Você não me entende... eu to sofrendo e não quero isso, quero morrer! - disse limpando algumas lágrimas.

Mari: Lari, o Justin não merece que você chore por ele, el efoi muito cruel dizendo aquilo pra você, para com isso mulher!

Lari: Eu sei, mas mesmo assim eu quero morrer! - sai andando e olhando pra baixo, esbarrei em alguém, eu cai no chão e a pessoa me ajudou, olhei e era quem? - Justin? - disse confusa.

Justin: Larissa? O que aconteceu com você?

Lari: Não pergunte pra mim. - disse e sai andando, ele pegou no meu braço e logo em seguida soltou.

Justin: Você cortou os pulsos? - ele disse assustado.

Lari: Não, não! Magina. Tá vendo? - disse ironicamente e mostrando meu braço pra ele.

Justin: Você ficou louca?

Lari: Fiquei sim! Só não me pergunte por que. - disse e sai andando.

Mari: ooooi' *acena*

Justin: O que deu nela?

Mari: Ela está chateada e muito magoada com você! E é melhor eu ir atrás dela antes que ela se mate. - ouvi a conversa deles bem baixo, Mari correu atrás de mim, eu estava voltando pra casa, cheguei e subi correndo pro meu quarto, Guilherme me viu e subiu atrás de mim, entrei no meu quarto e me deitei na cama, logo em seguida Mari e Gui entraram lá e se sentaram do meu lado - Lari... não fica assim.

Gui: MEU, eu vou arrebentar a cara desse Justin!

Lari: PARA! Eu não quero mais pensar em Justin e não quero mais pensar no que ele me fez, to arrependida demais.

Mari: Como você não sentiu nada, mulher? FICOU DOIDA?

Lari: Eu estava querendo aliviar a minha dor...

Gui: Poderia aliviar de outro jeito.

Continua! com 3 comentários...

   OOOOOOOI flores do meu jardim! Tudo bem? Ai óh, mais um capítulo de FOLLIES OF LOVE, quem gostou? Alguém gostou? Tipo, eu sei que ta completamente horrendo, mas mesmo assim, quero saber o que vocês acharam. :) Eu continuo com comentários e quero que vocês marquem bastante ouviu, (Gostei) pelo menos se não comentou, marque, assim eu fico sabendo que alguém ta lendo. IIIIIIIII a enquete maravilhosa ai do lado, eu fiz pra ver se vocês são mesmo umas leitoras que sabem, sakô? Mas então, a enquete vai encerrar dia 06/07, vou dizer a resposta certa da enquete no meu sagrado twitter @BitchDoJerry , no dia quem quiser saber se acertou, é só ir lá. É só isso mesmo, pessoas! Xoxo Mariih' :*

sexta-feira, 8 de junho de 2012

Pick Me - 4ª Temp. - Part. 2 - Sortudo.

Antes(...) Justin: AAAAH' não! - saímos do banheiro.
Raven: Faz algo melhor? Tira uma foto comigo?
Justin: Claro! - eu sorri e ela tirou uma foto de nós dois.
Raven: Obrigada... - ela disse e saiu correndo.

Agora...


  2 dia depois... 24/07/2013.

P.O.V Jasmine

Jazzy: JASMINE! OLHA ISSO. - ela disse alto entregando seu macbook.

Jasmine: O que foi, mulher? - olhei pra ela com uma cara estranha.

Jazzy: Olha só essa foto! - ela disse apontando para a tela, me assustei com a foto.

Jasmine: O QUÊ? O JUSTIN PIROU DE VEZ! ELE VAI SE VER COMIGO.

Jazzy: O que você vai fazer? - ela disse preocupada.

Jasmine: Eu prometi uma coisa pra ele e eu vou cumprir! - disse com raiva.

Jazzy: Você vai cortar o... ? - interrompi ela.

Jasmine: Isso mesmo! Só pra saber se essa história é verdade.

Jazzy: Jasmine, essa foto pode ser montagem.

Jasmine: MANO, essa foto é da minha antiga escola. Ele foi lá e com certeza beijou essa vadia dos infernos! - disse já com os nervos a flor da pele.

Jazzy: Jasmine, onde você vai?

Jasmine: Eu vou pro Rio de Janeiro... COPACABANA! Com certeza ele está lá.

Jazzy: Você nem sabe se essa história é verdadeira.

Jasmine: E é por isso mesmo que eu estou indo pra lá.

Jazzy: Mas nós estamos em SÃO PAULO! - ela deu ênfase nas últimas palavras.

Jasmine: Melhor ainda! Está bem perto. - peguei minha bolsa e sai do quarto, ela veio atrás de mim.

Jazzy: Jasmine! O Larry tem que ir com você.

Jasmine: Tá, eu chamo ele. - continuei andando.

Jazzy: Você vai voltar  logo, né?

Jasmine: Quando eu chegar lá, te mando uma mensagem e quando sair também.

Jazzy: Okay! - ela sorriu.

Jasmine: To indo... *beijinho* tchau amiga!

Jazzy: Tchau Jas! - ela disse e eu sai.

  Sai da minha Suíte e fui até a do Larry, chamei ele pro Rio e ele ficou me dando lição de moral, mas no final, quando percebeu que eu ia de qualquer jeito, resolveu ir comigo. Fomos pro aeroporto, entramos no avião e ficamos lá até pousar, sei lá quantas horas foi, acho que 1 e meia, saímos do aeroporto e fomos pro Copacabana Palace, o Justin só pode estar lá. Chegamos lá e eu quase fiquei cega com tantos paparazzis, era 11:57min, fui até o balcão onde tinha uma mulher.

Jasmine: Com licença... eu queria saber se o Justin Bieber está hospedado nesse Hotel.

Mulher: Sim, está!

Jasmine: Poderia me dizer em qual suíte ele está?

Mulher: Não!

Jasmine: Como assim, não? Você sabe quem eu sou, por acaso?

Mulher: Você é uma fã?

Larry: Desculpa moça... ela é a Jasmine Villegas, namorada do Justin Bieber, se não se incomoda, diz logo em qual suíte ele está. - ele já estava ficando irritado.

Mulher: Desculpa! - ela disse o nome e número de tudo - Eu preciso avisar que vocês estão subindo. - ela pegou um telefone.

Jasmine: Não precisa. Ele deve estar ocupado dormindo, quero fazer uma surpresa. - eu disse sorrindo.

Mulher: Tudo bem! - ela sorriu sínica.

   Subimos pro 15º andar, mandei uma mensagem pra Jazzy, depois o elevador se abriu e eu encontrei o Kenny! Salvou a minha vida.

Kenny: Oi Jasmine! O que faz aqui?

Jasmine: OI Kenny! Eu vim ver o Justin.

Kenny: O Justin ainda está dormindo...

Jasmine: Eu queria fazer uma surpresa pra ele, pode abrir a porta da Suíte?

Kenny: Então tá! - ele disse e abriu a porta.

Larry: Não faça nenhuma besteira, tá?

Jasmine: Não se preocupa...

Larry: Eu vou estar aqui no corredor te esperando!

Jasmine: TÁ LARRY! - disse e tranquei a porta bem devagar. Fui andando e coloquei minha bolsa em cima do sofá, andei bem devagar até a cozinha, procurei em algumas gavetas e achei uma faça enorme, maior do que eu pretendia pegar, sai da cozinha andando sem fazer barulho, fui no quarto dele, abri a porta devagar e ele estava mesmo dormindo e só de box, melhor pra mim! Entrei e tranquei a porta, depois fui até a cama dele, me sentei lá e o descobri, ele se mexeu um pouco, mas logo ficou quieto, como ele estava deitado do jeito que eu queria, fui logo atacando. Abri sua box e peguei no pênis bem devagar, ele nem se mexeu... preparei a faca e levei um susto em seguida.

Justin: JASMINE, NÃO! - ele gritou e tentou tirar minha mão de lá, mas não conseguiu - Não faz isso comigo... - ele fez cara de choro e eu apertei seu pênis - AI! Não. - ele gemeu.

Jasmine: Lembra do que eu te disse? Nem pense em me trair, se não vai ficar sem pênis. -apertei mais.

Justin: AAAAI! Não faz isso. Jasmine, eu não fiz nada!

Jasmine: Não fez porque ainda não sabe... admite Justin, você beijou essa vadia! - joguei a foto na cara dele.

Justin: - ele olhou pra foto e depois pra mim - Jasmine, eu não fiz isso! Juro.

Jasmine: Tem certeza? - apertei de novo e ele gemeu alto.

Justin: AAAAAH' É CLARO QUE EU TENHO!

Jasmine: Então de onde saiu essa foto?

Justin: Eu não sei! Deve ser montagem.

Jasmine: Montagem? ISSO FOI NA MINHA ANTIGA ESCOLA! EU SEI QUE VOCÊ FOI LÁ.

Justin: Eu fui, mas não beijei essa garota! - ele disse e apertei seu pênis mais uma vez - AAAI JASMINE! Não faz isso.

Jasmine: Então me diz, COMO SAIU ESSA FOTO?

Justin: Jasmine, por favor, confia em mim! Eu não beijei ela.

Jasmine: Você sabe o nome dela?

Justin: Eu acho que é Raven! Ela foi a única garota que eu tirei uma foto naquela escola.

Jasmine: Tá bom! - eu sorri.

Justin: Por favor, abaixa essa faca?

Jasmine: Você teve sorte dessa vez! Mas essa Raven vai se ver comigo. - soltei aquela coisa e joguei a faca no chão.

Justin: - ele colocou a box e olhou pra mim - O que você vai fazer?

Jasmine: Arrebentar a cara dela, igual você fez com aqueles caras.

Justin: Jasmine, PARA! São só montagens.

Jasmine: Essa garota me conhece e morre de inveja de mim, por isso que ela fez o que fez...

Justin: Jasmine, você não vai fazer isso!

Jasmine: Eu te impedi de bater naqueles caras? Não, né? Então pronto! Ela vai se ver comigo e vai ser amanhã mesmo.

Justin: Faz o que você quiser! - ele se levantou da cama.

Jasmine: Ah' e não se esqueça do que eu te falei!

Justin: Nem pense em me trair, se não vai ficar sem pênis. - ele me imitou.

Jasmine: É isso mesmo! Mas agora eu preciso voltar pra São Paulo.

Justin: Você veio pra cá só pra tirar satisfação?

Jasmine: YES! Vim pra cá depois que vi aquela foto mal amada. - disse e fiz careta.

Justin: Então tá. - ele sorriu.

Jasmine: Tchau! - disse e dei um selinho meio demorado nele.

Justin: Tchau! - ele disse e eu sai.

Continua! com 3 comentários...
  oooooooi gente! Saudades de mim? É claro que não, eu sabia. >< Então, o que estão achando da quarta temporada? Estão gostando? Comecei bem ou mal? Me digam, pelo o amor de Deus! E o que acharam dessa parte? A Jasmine foi meio louca tentando fazer o que ela ia fazer? Tipo, quero saber sobre tudo o que vocês acharam, okay? ME DIGAM! E continuo com os comentários que pedi. Xoxo Mariih' :*

quinta-feira, 7 de junho de 2012

Follies Of Love 6º (Uma conversa nada boa)


P.O.V Larissa

  Entrei no AP e quem eu vejo? ELES MESMO! Quando me viram, ficaram me encarando.

Lari: O que foi, hein?

Mari: Onde a Senhorita Larissa Costa Oliveira estava?

Lari: Pra que tu quer saber? - me sentei no sofá do lado deles.

Gui: Você não dormiu em casa, onde dormiu?

Lari: Claro que eu dormi em casa, só fui dar uma volta!

Mari: Hey! Mentir é feio, sabia?

Lari: Meu nome é mentir, por que mentir é muito feio! - mudei de assunto.

Gui: NÃO! Seu nome é brigadeiro, porque brigadeiro é muito gostoso!

Mari: Porque eu não tapei meus ouvidos, hein Jesus Amado? - ela disse olhando pro teto.

Lari: Eu quero saber o que vocês estavam fazendo aqui!

Gui: Nós viemos aqui de manhã e...

Mari: E o porteiro disse que você não tinha dormido em casa!

Lari: OKAY! Vocês venceram. Eu não dormi mesmo.

Gui: Dormiu onde, Larissa?

Lari: Ontem eu fui no cinema com o Justin...

Gui: Começou!

Lari: Ai quando ele ia voltar pra casa, ele se perdeu no caminho e paramos em um lugar cheio de matos e árvores, e terra. Então resolvemos dormir no carro, porque estava muito escuro.

Mari: aaaah' tá! E como foi o filme?

Lari: Foi bom! - eu sorri.

Gui: Eu posso sair pra vocês começarem a ter a conversa que vocês sempre tem?

Mari: Não! Faz assim... nós vamos pro quarto da Lari e você fica aqui vendo TV, okay? - ela disse e ele assentiu - Então vamos, Lari. - ela disse e fomos pro meu quarto, chegamos e entramos, tranquei a porta e nos sentamos - Me conta tudo, mulher! - ela disse animada.

Lari: Não sei se vou conseguir contar, mas eu... *pausa* transei com o Justin! - botei pra fora, ela abriu a boca e arregalou os olhos.

Mari: OH MY GOD! No puedo creer.

Lari: Amiga, por favor, não conta pra ninguém?

Mari: Larissa, assim as pessoas vão pensar que você é uma vadia, que transa com qualquer um.

Lari: Mas ele é muito gostoso, eu não aguentei! Na hora, meu tesão subiu á cabeça. Eu estava querendo, mas dei um pausa, até ele dizer o que ia fazer, então deixei rolar. E rolou! - disse andando de um lado pro outro e via  Mari com a cabeça baixa - Ai Mari, desculpa... estou aqui contando a minha vida e nem me lembrei de você! - me sentei do lado dela e levantei sua cabeça - O que aconteceu?

Mari: O Guilherme! - ela disse e abaixou a cabeça de novo.

Lari: O que aquele malandro do Guilherme fez? - eu disse com raiva.

Mari: Ele me esculachou na frente dos amigos dele, todos ficaram rindo de mim.

Lari: Ah' mas esse vagabundo vai se ver comigo!

Mari: Lari, não! Deixa pra lá, já passou. Eu to bem.

Lari: MEU, eu não vou deixar que ele te humilhe e fique rindo depois. Minha amiga não merece e  nunca mereceu isso!

Mari: Lari, você não vai fazer nada... promete?

Lari: Não prometo nada! Eu não vou deixar isso passar, ele vai ouvir umas verdade. - me levantei.

Mari: LARI! Você é minha amiga, não faz isso. Por favor?

Lari: MARI, EU DISSE E JÁ ESTÁ DITO. ELE VAI SER HUMILHADO POR MIM, PELO MESMO JEITO QUE ELE FEZ COM VOCÊ. Mano, se eu tivesse com você na hora, ele não ia fazer isso!

Mari: Eu não sei porque contei isso pra você.

Lari: Olha... eu vou na casa dele e você fica ai com o Guilherme, tá?

Mari: TÁ BOM! - ela disse e eu desci.

Gui: O que foi, Lari? Pra que tanta pressa? - ele disse preocupado.

Lari: Vou dizer umas verdades pro filho da puta do Guilherme... ele vai se ver comigo! - disse e sai.

   Peguei um táxi e fui direto pra casa dele, não era tão longe, mas não era tão perto. Quando cheguei, sai do carro, paguei pro taxista e fui em direção a casa dele, apertei a campainha e ele mesmo atendeu.

Guilherme²: Larissa? - ele estranhou.

Lari: - passei na frente dele e entrei - Ela mesma!

Guilherme²: - ele fechou a porta - O que você está fazendo aqui?

Lari: Eu quero ter uma conversa muito séria com você.

Guilherme²: - ele foi em direção ao sofá e se sentou - Sobre o quê?

Lari: Sobre a minha querida amiga... Mari! - me sentei no sofá também.

Guilherme²: Ela mandou você vir aqui?

Lari: NÃO! Eu vim aqui por conta própria e não gostei nem um pouco do que você fez com ela ontem.

Guilherme²: O que eu fiz com ela?

Lari: Não se faça de sonso, Guilherme! Por acaso você tem sentimentos? Ela ficou magoada e sabe por quê? Por que ela gosta de você! E você brinca assim com os sentimentos dela? Você acha isso justo pra uma garota que estava com esperanças de uma paixão? Você iludiu ela!

Guilherme²: Eu não quero saber se sentimentos nenhum. Não gosto dela e pronto!

Lari: aaah' tá! E você iludiu ela do nada? Porque você queria ficar com ela, ai começou a paquerá-la e agora fala que não gosta da garota?

Guilherme²: MEU, eu faço isso com todo mundo.

Lari: OLHA AQUI... COM TODO MUNDO, SIM. MAS COM MINHA AMIGA, NÃO! VOCÊ NÃO ME CONHECE NEM UM POUCO E ACHO QUE NÃO VAI QUERER CONHECER. Você não vai pensando que humilhar minha amiga vai te deixar na seca, vai ter volta!

Guilherme²: Vai ter volta? Você acha que está falando com quem?

Lari: COM UM VADIO, VAGABUNDO, FILHO DA PUTA, VIADO E COVARDE! Você nunca vai ter uma pessoa que te ame de verdade agindo dessa maneira, eu aposto que nenhuma garota suporta ficar na sua presença. Você é um idiota e inútil!

Guilherme²: Olha aqui garota... se você acha que pode vir na minha casa e ficar me xingando desse jeito, você está muito enganada. - ele pegou no meu braço.

Lari: ME SOLTA SEU VIADO! - me soltei.

Guilherme²: Viado? - ele riu ironicamente.

Lari: Eu quero que você peça desculpas pra ela... você humilhou a garota na frente dos seus amigos e ainda deixou eles rirem dela!

Guilherme²: Eu não vou me desculpar com ninguém!

Lari: AH' não vai? Experimenta só você não se desculpar com ela... vai se ver comigo.

Guilherme²: E você acha que pode fazer o que contra mim?

Lari: - me levantei - Você pode não saber, mas experimenta só mexer com os sentimentos da minha amiga! - eu disse e sai daquela casa.

Continua! com 3 comentários...

domingo, 3 de junho de 2012

Pick Me - 4ª Temp. - Part. 1 - Vingança perfeita! (Parte 1)



Segunda-feira, 22 de julho de 2013, São Paulo - Brasil, ás 13:52min.


P.O.V Justin

   É isso mesmo... estou no Brasil! E indo pra onde? Pro ex-colégio da Jasmine. Claro que eu não vou fazer nada! Só queria saber quem chamou minha noiva de gostosa. E não, ela não está comigo! Está muito ocupada com tantos shows e entrevistas, acho que nesse momento, ela deve estar em Porto Alegre. To dentro do carro, sozinho. Aqui eu posso. 19 anos! õ/ É, eu cheguei. Detalhe importante, descobri o nome de alguns caras que mandaram aquelas mensagens para a Jasmine. Estacionei o carro, sai e vi vários paparazzis me rodiando, deve que estavam me seguindo. Entrei no colégio e fui até a diretoria, ali parecia não ter ninguém, então apareceu uma mulher.

Mulher: Posso ajudar?

Justin: Com certeza! Eu queria perguntar se nessa escola já estudou uma menina chamada Jasmine Marie Villegas.

Mulher: Espere um momento... - ela entrou em uma sala e saiu com um caderno na mão, estava procurando algo - Hum, deixa  eu ver! - ela foi passando as folhas do caderno, lá tinha vários nomes, tudo em ordem alfabética, chegou no J e ela parou - Jasmine... Jasmine... UH' achei! Jasmine Marie Villegas. Sim! Uma antiga estudante nossa.

Justin: É, eu sei! Só queria confirmar.

Mulher: Ahn... você é parente dela?

Justin: Sim! Namorado.

Mulher: A Jasmine gostava muito da escola, mas teve que ir pros Estados Unidos. É isso, né?

Justin: Isso mesmo! Foi lá mesmo que conheci ela. - eu disse olhando atentamente pra ela, impressionante ela não sabe que está falando comigo! SINISTRO '-'

Mulher: Sei! Ahn' eu te reconheço de algum lugar. - ela disse olhando pra mim, coisa que não estava fazendo, rs'.

Justin: Acho que não! Nunca te vi em lugar algum.

Mulher: NOSSA, JÁ SEI! Justin Bieber. - ela disse apontando pra mim.

Justin: Eu mesmo! - eu sorri.

Mulher: Como eu não pude te reconhecer? Vem! Vamos conhecer a escola. - ela disse me puxando para a escola, realmente as escolas do Brasil não são igual as do Canadá. Diferente pra porra! Ela me mostrou a escola inteira, parecia que eu estava conhecendo uma cidade, então eu disse que ia no banheiro, entrei lá e vi um monte de meninos, ele estavam conversando sobre garotas, quando me viram ficaram me encarando, deu raiva.

Justin: Que foi? Nunca viu?

Cara: Você é o Justin Bieber, né?

Justin: É, mais ou menos!

Cara2: O que o Justin Bieber veio fazer na nossa escola?

Justin: Vim conhecer a antiga escola da minha namorada, vocês conhecem? Jasmine Villegas! - eu disse provocando.

Cara3: MEU, você é namorado da Jasmine?

Justin: Tem outra Jasmine na escola?

Cara: Tinha ela, mas não tem mais.

Justin: E vocês eram amigos dela?

Cara4&Cara: Não, não! Claro que não. - estavam disfarçando, bando de molengas.

Justin: Tem certeza? É que a Jasmine nunca teve amigos no Brasil e ela recebia mensagens daqui... muito estranho. - disse sarcasticamente. Lavei as mãos e olhei pra eles, estavam se encarando e trocando olhares. - O que foi? Algum problema?

Cara2: Não! Sabe... você conhece essas pessoas que mandavam OU mandam mensagens pra ela?

Justin: Conhecer, não! Mas eu sei que são de uns caras.

Cara3: E você sabe o nome deles?

Justin: Hum... David! Richard! Matheus! Leonardo! E Guilherme! Vish' tem muitos. Foi mais de 100 mensagens de números diferentes...

Cara5: Mais de 100? E ela não lê mensagens?

Justin: Então, depois que eu li aquelas mensagens, ela começou a ler as mensagens que recebe.

Cara: Ahn... - ele revirou os olhos.

Justin: Vocês estão aqui desde que ano?

Cara2: Desde 2011!

Justin: Vishe' - fiz uma cara estranha - Vocês conhecem esses caras que eu disse o nome? - eu disse e ouvi um barulho, era alguém entrando, e pior, era uma menina.

XxXx: Conhecem sim! Porque são eles.

Cara4: Raven, quem te chamou? E o que está fazendo no banheiro dos meninos? Ficou louca?

Raven: Eu não falei com você! - ela veio em minha direção - Então Bieber, eles são os caras que mandavam mensagens íntimas para a Jasmine, chamando ela de gostosa, chamando ela de gostosa e chamando ela de gostosa. Ah' tem mais... - ela foi interrompida.

Cara: CHEGA RAVEN!

Justin: Isso é verdade? - eu disse olhando para os caras.

Raven: Claro que é verdade, Justin! Arrebenta logo a cara deles. - ela disse sorrindo, garota doida!

Cara2: Ela disse pra você sair...

Justin: Eu entendo português! Não percebeu que eu to falando em português? E... bem que a Jasmine disse, vocês são loucos!

Cara5: Loucos por achar sua namorada gostosa?

Cara3: Todo mundo da escola acha ela gostosa!

Justin: Olha aqui, nunca mais chame minha Jasmine de gostosa! - eu disse bravo e colocando o dedo na cara dele.

Cara3: E o que você vai fazer? Me bater?

Justin: Se for preciso, sim!

Raven: êêêh' adoro isso!

Cara4: Ei! Ninguém vai brigar.

Justin: Quer apanhar também? Tá pensando o quê? Só por que eu sou um cantor não consigo arrebentar a cara de vocês 5 ? Eu luto karate, quer levar uma voadora? (Obs: eu não sei se em karate as pessoas levam voadora, mas para o Justin, sim. )

Raven: Vai lá, Justin! Arrebenta.

Cara2: Nós não temos medo de você.

Justin: Mas deveriam ter! - eu disse e dei um soco no meio dos olhos dele, ele caiu.

Cara5: MEU, agora você vai ver...

Justin: aaaah' você é o cara que chamou minha garota de gostosa? Toma! - dei um soco nele também.

Cara5: Eu não chamei ela de gostosa, ela é! E eu sou ex-namorado dela. - ele disse  com a mão no rosto e eu comecei a rir lembrando do que a Jasmine tinha me dito.

Cara: Tá rindo do quê?

Justin: Nossa cara... eu sinto pena de você! - eu disse ainda rindo.

Cara5: Como assim?

Justin: A Jasmine não cortou seu bem mais precioso?

Cara5: Ela disse isso?

Justin: Disse!

Cara5: Eu tive uns problemas com isso, mas já to melhor. - ele se levantou.

Justin: Está nada... - dei outro soco nele - isso é por trair sua ex-namorada e minha namorada, você mereceu o troco! - disse olhando pra ele e depois olhei pros outros - Eaí, querem também? - eu disse  e todos saíram do banheiro, até quem estava entrando, saiu.

Raven: NOSSA! Você mandou muito bem. - ela disse toda sorridente.

Justin: Valeu! Mas por que fez isso?

Raven: Eu não suporto esses meninos e sabia o que eles estavam fazendo, eles não param de falar em como a Jasmine é gostosa.

Justin: Eu não aguento ver que alguém já chamou ela de gostosa, dá vontade de arrebentar mais.

Raven: Se você fazer isso, vai ficar 1 mês aqui. Todos o meninos da escola já chamaram ela de gostosa.

Justin: AAAAH' não! - saímos do banheiro.

Raven: Faz algo melhor? Tira uma foto comigo?

Justin: Claro! - eu sorri e ela tirou uma foto de nós dois.

Raven: Obrigada... - ela disse e saiu correndo.

Justin: Menina doida! - sussurrei e sai daquela escola, voltei pro Hotel pra descansar um pouco.

Continua! com 3 comentários...