sábado, 30 de março de 2013

Follies Of Love 32º (Só acontece inesperadamente)


 No dia seguinte... 12/03/2013.

 P.O.V Justin

 Acordei com um barulho de chuveiro, me sentei na cama e não vi a Lari ali, ela deve estar tomando banho. Me deitei de novo e ouvi o barulho da porta, olhei e Larissa saiu do banheiro de roupão, pena que não consigo ver seu corpo.

Lari: Bom dia, bebê! - ela disse sorrindo e veio em direção á cama.

Justin: Bom dia, bebê! - disse sorrindo e me sentei na cama, peguei minha cueca e a vesti - Que horas são? - disse olhando pra ela.

Lari: Hum... - ela pegou seu iPhone - Seis e quinze.

Justin: Ainda? - disse sem ânimo e abracei ela por trás.

Lari: É bebê da mamãe! Agora vai tomar um banho bem gostoso que eu vou ficar te esperando lá em baixo. - ela disse se afastando e me deu um selinho.

Justin: OKAY, tem roupa minha ai?

Lari: Aham! Vou deixar em cima da cama pra você se trocar, falow? Agora anda logo! - ela disse me entregando uma toalha.

Justin: FALOW! - disse e entrei no banheiro, liguei o chuveiro e tomei um banho rápido, quando terminei, sai e troquei de roupa, depois desci, fui pra cozinha e a lari estava fazendo café expresso em uma bela cafeteira - É melhor do que starbucks?

Lari: - ela olhou pra mim assustada - Oh Justin, você me deu um susto! - disse rindo.

Justin: É, eu percebi pela cara que você fez... - disse rindo, cheguei mais perto e a abracei por trás, fiquei beijando seu pescoço.

Lari: Bobo! Ai Jus, assim você não vai tomar café nunca, porque não vou conseguir fazer com você beijando o meu pescoço. - ela ficou de frente pra mim e me deu um selinho. Senta ai, gostoso! - ela disse, eu a encarei e ela riu.

Justin: - me sentei na cadeira - Só café?

Lari: Não! A gente foi no mercado ontem, esqueceu? Tem muita coisa ai que eu não peguei. - ela foi em direção ao armário e de lá tirou um rocambole - Toma. - ela colocou em cima da mesa á minha frente.

Justin: E isso é bom? - disse encarando o mesmo. ¬¬'

Lari: HELLO! É bolo normal. - ela se sentou em uma cadeira e me entregou uma xícara com o café - Experimenta.

Justin: - bebi um pouco - Bom demais! Não melhor do que o Starbucks, desculpa.

Lari: Não precisa, eu concordo. - ela sorriu.

Justin: TÁ BOM! Aí, posso te fazer umas perguntas?

Lari: Fique á vontade, my boyfriend.

Justin: Quais são seus cantores favoritos?

Lari: Christopher Maurice Brown e Jasmine Marie Villegas.

Justin: Qual sua banda favorita?

Lari: SEI LÁ! Acho que fico entre Evanescence, Paramore, Panic! At The Disco e My Chemical Romance.

Justin: Você gosta de rock? - disse espantado.

Lari: YEEEEEEEEEEEEEEEEEEEP!

Justin: DJ favorito?

Lari: David Guetta e Tay James.

Justin: Jogador favorito?

Lari: Ronaldo Fenômeno, dãrn! Ex, né.

Justin: Nossa, pensei que era eu. - fiz cara de ofendido.

Lari: Awwwwwwwwwwwwwwwwwn' bebê, eu sempre fui fã do Ronaldo...

Justin: TÁ BOM! Continuando. Perguntas diferentes. - disse e ela assentiu - Prefere Shopping ou ficar em casa?

Lari: Depende, mas eu prefiro ficar em casa.

Justin: Hum... encerrando as perguntas.

Lari: Voltando as perguntas pra você, baby! Agora responde.

Justin: Michael jackson, The Wanted, Tay James, EU e shopping.

Lari: EU? Você não pode ser seu jogador favorito.

Justin: Posso sim! Assunto encerrado. - disse e me levantei - Você está atrasada.

Lari: Por quê? Que horas são?

Justin: 6 e 40!

Lari: VISH' temos que ir logo. - ela se levantou apressada e saiu andando.

Justin: Eu ainda vou dormir muito! - acompanhei ela.

Lari: Dorminhoco. - ela riu. Saímos do AP, ela trancou a porta e disse - Tchau, neném...

Justin: Tchau, neném. - disse e dei um selinho demorado nela - Vai você primeiro! - disse me referindo ao elevador, ela apertou o botão e a porta se abriu, ela entrou, mandou um beijo no ar e acenou, fiz o mesmo, ela apertou o botão e a porta se fechou, fui em direção ao outro elevador, apertei o botão e alguns minutos depois a porta se abriu, entrei e fui pro meu Ap, eu tenho que estar no estádio ás 11h, vou dormir bastante.

  Entrei no meu Ap e fui direito pro meu quarto, cheguei lá, liguei a TV e me deitei na cama, como eu durmo demais, coloquei um alarme n meu celular, haha' Alguns minutos depois, apaguei. (...) Acordei com o alarme, 10h30min, me levantei, troquei de roupa, arrumei minha mochila e desci, peguei alguma coisa pra comer e depois escovei os dentes, sai do prédio, peguei meu carro e fui pro estádio, cheguei lá, entrei no vestiário, me troquei e todos foram pro gramado treinar, amanhã temos um jogo com o Atlético Mineiro em Minas, putz! Esqueci de falar isso pra Lari, vamos sair hoje á noite. VISHE' vou ter que desmarcar o encontro da Karina com o Neymar, malz aê! Treinamos demais, quando deu 13h30min, dei um pausa e liguei pra Lari.

Justin: Oi Lari! É o Justin.

Lari: oooooooooooooie, está no treino?

Justin: Aham! Eu dei uma pausa, preciso te dizer uma coisa e é importante.

Lari: Pode falar, neném.

Justin: Hoje á noite o Corinthians vai pra Minas porque amanhã tem um jogo contra o Atlético Mineiro.

Lari: É mesmo! aaaaah' não acredito que você vai pra lá.

Justin: Vou sim.... olha, eu volto quinta-feira e o encontro da Karina com o Neymar vai ter que deixar pra outro dia porque eu nem falei com ele ainda.

Lari: Tudo bem, amore! Mas você vai sair do treino que horas ?

Justin: Acho que umas 17 horas, ou mais.

Lari: Okay! Quando chegar no prédio, me liga ou manda uma Message, tá?

Justin: Tá bom! Olha, eu tenho que desligar porque estão me chamando. Beijos, tchau!

Lari: Tchau tchau! Beijos. - ela disse e ambos desligaram.

  Voltei pro treino e só parei pra tomar água e essas coisas, o treino terminou ás 18h, peguei minhas coisas e fui pro prédio, mandei uma mensagem pra Lari e subi, tomei um banho e peguei minhas coisas, fui pro Ap da Lari e me despedi dela, ela ficou tão triste que eu fiquei com dó de ir e deixar ela, mas é pelo Corinthians! Eu sou o goleiro e tenho obrigação de ir, desci e fui pro aeroporto, cheguei e o time todo estava lá, o Tite me deu uma bronca por causa da demora, mas eu expliquei rapidinho o porque. Entramos no avião, sentei no meu lugar e mandei uma mensagem pra Lari, escrita:  "oooi gostosa do papai! Já estou dentro do avião, amanhã eu te ligo antes de ir pro treino, tá? Beijos ;*", ela só respondeu "Tá bom, bebê! ><", desliguei o celular e o avião decolou, fechei os olhos e apaguei.

 2 horas depois... 21h30 - Minas Gerais

Acordei com o barulho do avião pousando, alguns minutos depois todos puderam sair, saímos do avião, do aeroporto e entramos no ônibus que ia nos levar pro Hotel, até chegarmos lá, todos conversavam bastante, mas eu fiquei calado, não dei uma palavra. Chegamos no Hotel, saímos do ônibus e entramos, fomos direto subindo, Tite ia cuidar das chaves, nós só íamos ficar no andar correspondente ao nosso quarto, quer dizer, suíte. Quando tudo estava resolvido, eu fui pra minha suíte, que por sinal era maravilhosa. Entrei no meu quarto, deixei minhas coisas lá e fui pra sala, fiquei vendo Tv, algum tempo depois ouvi a campainha tocar. Quem será? Eu mal cheguei e já estou recebendo visitas? Estranho! --' Me levantei e fui em direção á porta, abri e levei um susto tremendo quando vi quem era.

Justin: O QUE.VOCÊ.ESTÁ.FAZENDO.AQUI? - disse pausadamente.

Maýra: Eu vim te ver! - ela disse e entrou, estava só de roupão.

Continua! com 3 comentários...
 Oi meninas! Como estão? Gostaram desse capítulo? O que acham que vai acontecer? Por que será que a Maýra apareceu do nada na suíte do Justin? Deixei vocês curiosas? Pois não fiquem! Bom... continuo com 3 comentários, por favor comentem! Quanto mais comentarem, mais rápido eu postarei :) É isso! Bye, XX Marih ;*

quarta-feira, 27 de março de 2013

Pick me - 5ª Temp. - Part. 20 - O dia chegou, que bom! (PENÚLTIMO CAPITULO)

Antes(...) Jasmine: - ela abriu os olhos e sorriu fraco - Eu também te amo! ><
Justin: Jasmine, você está melhor?
Jasmine: Melhor, sim! Bem, não. Onde está nossos filhos?
Justin: Estão na incubadora, você ainda não viu eles?
Jasmine: Não, não os vi. Ainda estou sem condição de pegá-los! - ela disse triste - Amor, para de chorar, eu vou sair daqui.
Justin: Eu sei, Minha Deusa! Você vai sim. - disse sorrindo e acariciando o seu rosto - Eu te amo ♥
Jasmine: Eu também te amo *-------------*

Agora...

 2 semanas depois... 08/2021.

 P.O.V Jasmine

 AI SENHOR! É hoje. Recebi alta. Vou ver meus filhos. Eu sofri tanto dentro desse hospital, mas o Justin sempre estava comigo, ele dizia que chegava no hospital de manhã e só saia de noite, sempre que ele entrava nesse quarto, ele dizia que me amava, isso é muito fofo, mas agora eu quero ver meus filhos. A enfermeira entrou no quarto com eles em um negócio lá, Justin entrou logo depois. Ela me entregou uma menina e um menino, segurou uma menina e o Justin um menino.

Enfermeira: Já escolheram o nome?

Jasmine: Ainda não.. awn' eles são lindos! - disse olhando pros babys em meu colo.

Justin: São mesmo! Jas, você não tem nenhum nome em mente?

Jasmine: Só três. - olhei pra ele.

Justin: Eu também. - ele sorriu.

Jasmine: Começa você, fala aí!

Justin: Emanuel.

Jasmine: Justin Júnior.

Justin: Richard.

Jasmine: Janaina.

Justin: Emily.

Jasmine: Rachel.

Enfermeira: Que nomes lindos!

Justin: Você vai colocar o meu nome no nome do nosso filho? - ele disse olhando pra mim e sorrindo que nem bobo.

Jasmine: Aham! E Janaina por causa da minha irmã que morreu.

Enfermeira: Agora só falta escolher qual deles vão ficar com os nomes.

Justin: Isso a gente vê depois! - ele disse colocando meu neném onde estava, a enfermeira fez o mesmo e pegou os que eu segurava - Amor, eu vou pegar sua roupa pra nós irmos embora! Ah' a Andressa está lá fora.

Jasmine: Grávida? - disse assustada.

Justin: Com certeza! Acho que ela vai aproveitar que já está no hospital e ficar por aqui mesmo. - ele disse e nós rimos - To indo! - disse e saiu, a enfermeira já tinha saído com os babys.

 OKAY, agora eu to sozinha. =/ Alguns minutos depois Justin entrou no quarto, me deu a roupa, eu me levantei, fui no banheiro, troquei de roupa e depois voltei, ele disse que ia me dizer algo.

Jasmine: O que foi, amore? - disse preocupada.

Justin: A Andressa...

Jasmine: O que tem ela? Aconteceu alguma coisa? - disse mais preocupada ainda.

Justin: Ela já está na sala de parto com o Wallace, a mãe e o pai dela e do Wallace estão tudo na sala de espera.

Jasmine: Bem que você disse. - eu sorri.

Justin: Você vai continuar no hospital?

Jasmine: Com certeza! Eu quero ver meus afilhados e depois ver minha amiga.

Justin: Mas e nossos filhos?

Jasmine: É só pedir pra enfermeira deixarem eles aqui.

Justin: Não precisa! A gente fica com eles lá fora, eu trouxe 2 carrinhos de 3.

Jasmine: Então tá... vai lá pegar. - disse e ele foi, quando chegou, bateu na porta e eu sai - JÁ?

Justin: Aham! - ele disse e 6 mulheres apareceram com os nosso filhos, elas colocaram eles no carrinho, peguei o carrinho que tinhas as 3 princesinhas e o Jus pegou o dos 3 príncipes da mamãe. Fomos pra sala de espera, todo mundo veio falar com a gente, ver nossos babys e essas coisas. Ficamos lá.

                                                                  ...

 A Dona Andressa já ganhou seus babys, Peter e William, está de noite, ainda estou no hospital com o Justin, meus nênis já dormiram, vou falar com a Andressa, ver como ela está e ir embora, os babys dela eu já vi. A enfermeira disse que eu podia ir vê-la, fui até seu quarto e ela estava amamentando um de seus filhos, conversei bastante com ela, bastante mesmo. Depois fui embora, estava cansada e com saudades da minha cama querida. Chegamos em casa, colocamos nossos babys no berço e fomos pro quarto, cheguei lá e me joguei na cama, Justin se deitou do meu lado.

Jasmine: Que saudades dessa cama...

Justin: Ela diz o mesmo de você. - ele disse e nós rimos.

Jasmine: Bobo! - me sentei - AAAAAAAAAAAAAAAAAH' essa cicatriz ainda está doendo... - disse com a mão na barriga.

Justin: Sério, meu amor? - ele se sentou também.

Jasmine: Claro! Você não imagina o quanto eu sofri naquele parto...

Justin: Isso não importa, o importante é que você está bem e aqui comigo. - ele disse acariciando o meu rosto.

Jasmine: awwwwwwn' você continua fofo! - dei um selinho demorado nele.

Justin: É porque eu te amo ><

Jasmine: Dá pra ser menos fofo? PLMDDS! - eu disse e nós rimos, ai ele me beijou.

Justin: Está com fome?

Jasmine: SIM! - eu sorri.

Justin: O que você quer comer?

Jasmine: Salada.

Justin: SALADA?? FICOU MALUCA?

Jasmine: Hello! Eu acabei de ter 6 filhos, você quer que eu engorde mais do que já estou gorda? - encarei ele.

Justin: Senhora Bieber, mãe dos meus filhos, você não é, não foi, não está e não ficará gorda. ENTENDEU? Quando você vai parar com essa besteira?

Jasmine: Quando eu estiver certa de que não sou gorda, como você diz.

Justin: Afffff' vamos comer logo! - ele se levantou e me puxou, descemos pra cozinha e a cozinheira estava fazendo macarrão, tive que comer.

                                                                  ...

Continua! com comentários...

domingo, 24 de março de 2013

Follies Of Love 31º (A noite mais safada da atualidade)


Lari: Nossa, tá bom! É ela, ela é dã do Neymar, acho.

Justin: Mas eu pensei que ela fosse minha fã.

Lari: É, eu sei! Mas ela quer colecionar o autógrafo de todos os jogadores que existem no Brasil.

Justin: Isso é idiotice! - chegamos no prédio.

Lari: Tudo bem, mas o que eu posso fazer?

Justin: Olha, eu posso fazer algo melhor. Posso levar ela até o Neymar!

Lari: Tá bom, eu vou falar isso pra ela amanhã... - entramos no elevador e a porta se fechou.

Justin: Ela estuda na faculdade com você?

Lari: Aham! E me abraça. - ordenei e ele me abraçou, ficamos assim até chegarmos no 19º andar, a porta se abriu e nós saímos, fomos pro meu AP, chegamos, eu abri a porta e fui direto pra cozinha, Justin fechou a porta e me acompanhou. Coloquei as coisas em cima da mesa e me sentei em uma cadeira - Jubs! - chamei sua atenção.

Justin: Oi. - ele olhou pra mim.

Lari: Ainda está excitado? - o provoquei.

Justin: Que pergunta é essa? - ele me olhou incrédulo.

Lari: Gatinho da mamãe, eu só perguntei, não vai me responder? - disse fazendo bico.

Justin: Ahn... - ele revirou os olhos e olhou pros meus seios - Não! Por quê? - disse e sorriu.

Lari: aaaaaah' =/ nada não! Vamos comer nossas guloseimas. - disse abrindo as sacolas. Comemos algumas coisas ali mesmo, ai resolvi fazer pipoca, fiz e depois fomos pra sala assistir um filme - Que filme quer assistir? - disse me sentando no sofá e peguei uma caixa cheio de filmes, eu não assisti nenhum deles.

Justin: Hum.. - ele sentou do meu lado e pegou a caixa - Não! - disse após ver um filme - Não! - me entregou um - Não! E não!

Lari: Que tipo de filme você gosta?

Justin: Sei lá, escolhe você, - disse me entregando a caixa.

Lari: Já assistiu "os outros caras"?

Justin: Não! Mas não tem outro sem ser esse?

Lari: Deixa eu ver... - procurei e procurei - BRUCE LEE! Ong back. Adoro esse filme...

Justin: Adora? Filme de luta?

Lari: Okay, eu nunca assisti, mas eu já coloquei pra assistir e assisti só o começo...

Justin: O resto você cochilou?

Lari: Yep! Vai querer esse mesmo?

Justin: Eu prefiro outro, mas pode ser esse mesmo. - disse e sorriu.

Lari: Ah' para de graça! Vai assistir esse ou não? - encarei ele.

Justin: SIM! Eu gosto de filme de luta, coloca logo. - ele disse e eu coloquei o filme - Agora eu que ordeno as coisas aqui! - disse me encarando e eu sentei ao seu lado - Vem aqui. - disse agarrando minha cintura e eu o abracei rindo. O filme começou, alguns minutos depois Justin cochilou.

Lari: CACHORRO! - sussurrei olhando pra ele e dei um tapa em seu braço.

Justin: - ele abriu os olhos assustado - AAAAAAH O QUE FOI? ACONTECEU ALGUMA COISA? VOCÊ ESTÁ BEM?

Lari: É só o filme, neném. - disse fazendo bico e ele riu.

Justin: Ainda está passando? - ele disse olhando pra TV.

Lari: Jubs, o filme nem começou direito! Se você cochilar de novo, eu te jogo no chão pra ver se você acorda. - disse com um tom ameaçador e ele fez cara de medo, em seguida ri. Continuamos assistindo o filme, dessa vez eu estava meio longe dele, mas mesmo assim, eu vi o dorminhoco cochilando, já estava sem paciência. ¬¬' (...) O filme acabou e Justin já estava dormindo, me levantei do sofá, peguei a tijela e desliguei a TV, fui até a cozinha e coloquei ela na pia, comi uns sequilhos e resolvi chamar o Justin, estava tarde - Neném! Acorda, neném. - disse chacoalhando ele, ele logo abriu os olhos.

Justin: O que foi? O que eu perdi? - ele disse assustado.

Lari: O filme inteiro e eu te chamando de neném. - disse e ri.

Justin: Que horas são?

Lari: - olhei pro meu braço - São exatamente meio dia para as quatro! - disse e ele riu - Ai que lindo, você riu. - disse fazendo bico.

Justin: É sério, que horas são?

Lari: Hum... - procurei um relógio nessa casa e até que achei - Meow, vai dar meia noite. - disse impressionada.

Justin: Vishe' eu preciso ir embora que amanhã tenho treino! - ele disse se levantando.

Lari: Ah' não Jus, dorme comigo? Amanhã você acorda, toma café e vai pra casa, hein? - disse insistindo e fazendo bico.

Justin: TÁ BOM! Faço tudo pela minha namorada perfeita. - disse e sorriu.

Lari: aaaaaah' obrigada, seu gostoso! - disse com cara de safada e apertei o bumbum dele.

Justin: HEY! - exclamou - Eu que deveria fazer isso. - ele riu e apertou meu bumbum.

Lari: Seu safado, gostoso! - disse rindo e agarrei ele.

Justin: Eu? Safado? Olha quem fala... Larissa gostosa! - ele disse e nós rimos.

Lari: Amei esse novo apelido. - disse e o beijei.

Justin: Aí, por que a primeira vez que me viu já me chamou de gostoso? - ele disse se sentando.

Lari: Por quê? - revirei os olhos - É que eu vi uma foto sua só de cueca... - sorri envergonhada.

Justin: VIU? AONDE? - disse surpreso.

Lari: No... GOOGLE! - me sentei do lado dele.

Justin: Então tá, quando você viu ao vivo, o que achou? - ele disse se achando.

Lari: - olhei pra ele sorrindo maliciosamente - Mais gostoso ainda! E queria ver de novo.

Justin: De novo? Tem certeza? - ele disse com uma cara estranha.

Lari: - coloquei a mão no queixo dele e o beijei rápido - YES! Hum, você não quer ou está broxando? - disse e ri.

Justin: Broxando? Claro que não! Putz. - ele olhou pro nada - Eu tenho que acordar cedo... - disse e olhou pra mim.

Lari: Eu também! Não acredito que Justin Bieber, Goleiro do Corinthians está broxando. - disse provocando ele e comecei a rir.

Justin: Para de rir, eu não estou broxando. - ele disse me encarando e fez cara de safado.

Lari: Então prove! - continuei provocando-o.

Justin: Prove? OKAY. - ele agarrou minha cintura e me beijou bruscamente, ele acariciava o meu corpo com muita agilidade, aquilo em deixava arrepiada, ai ele me colocou em seu colo e parou o beijo - Quer aqui mesmo?

Lari: Não! - sai do colo dele - Me acompanhe. - disse e fui andando em direção ás escadas, ele saiu correndo atrás de mim - AAAAAAAAAAAAAAAAAH NÃO! - corri até lá em cima e fui pro meu quarto, cheguei lá, entrei e logo senti mãos agarrando minha cintura - Ai Jus... - eu disse e em seguida ele me virou de frente.

Justin: Quem é que estava broxando, hein? - ele sorriu maliciosamente e ficou beijando o meu pescoço.

Lari: O Justin Bieber que não era! - disse rindo e ele tirou a camisa, fiz o mesmo, em seguida ele me beijou e me jogou na cama ficando por cima, pude sentir seu tórax sexy em meu corpo, Justin acaricia o meu corpo inteiro com as duas mãos, ai eu já comecei a ficar excitada, só que ele revolveu tirar a calça e tirou meu shorts, não sei como, mas tirou. Consegui sentir seu corpo inteiro sarado no meu, isso me deixou com tesão, Justin parou o beijo e começou a beijar meu pescoço, foi fazendo trilhas até chegar em meus seios, ele parou e me olhou com uma cara estranha, eu ri - Que foi? Quer ajuda? - disse e tirei meu sutiã - Tá melhor? - disse e ele balançou a cabeça positivamente, em seguida começou a chupar meus seios, essa foi a melhor sensação até hoje, tirando nossa primeira transa dentro do carro, aquilo foi maravilhoso! Mas passou dos limites. Nunca mais transo com alguém sem ao menos conhecer, só que depois eu conheci o Justin e agora estamos namorando. *-* Voltando ao presente... a boca dele percorria pelos meus seios com tanto desejo que eu não queria que ele parasse nunca, mas ele teve que parar e parou. Olhou pra mim com uma cara tipo "Quer mais?", ai eu disse - Hum... agora não! Vou te satisfazer um pouco. - me sentei na cama e o joguei lá, logo subi em cima dele.

Justin: O que vai fazer? - ele sorriu maliciosamente.

Lari: Espere e verá! - eu sorri colocando a mão em seu membro por dentro da cueca, tirei a mesma e joguei longe, sério eu nunca fiz isso, mas como ele é gostoso, vou experimentar. ;3 Coloquei a mão em seu pênis e enfiei em minha boca, em seguida ele soltou um gemido meio baixo, comecei a fazer os movimentos de vai e vem e Justin gemia. Aquilo era música para os meus ouvidos, falando sério, as vezes ele gemia meus nomes Lari, Láah e Larissa, eu amei ouvir ele gemendo meu nome, por isso não parei, pra falar a verdade, aquilo estava bom demais, eu não ia parar mesmo! Um dia sim e parei, Justin respirou fundo, olhou pra mim e sorriu me deitei do lado dele e ele subiu em cima de mim - Tem camisinha ai? Coloca!

Justin: Vish' eu não tenho! - disse com uma cara triste.

Lari: - coloquei a mão de baixo do travesseiro e tirei uma - Toma! Coloca em mim. - disse entregando a camisinha pra ele e sorrindo.

Justin: Quantas camisinhas você tem ai? - ele disse curioso.

Lari: Sei lá! Eu coloco pra caso precisar, mas nunca precisei, essa foi a primeira vez, então coloca ai.

Justin: TÁ BOM. - ele disse, abriu a camisinha, pegou e abriu minhas pernas, depois colocou com 1 dedo - Pronto! - ele sorriu e logo me penetrou com muita força, gemi alto, olhei pro Justin e ele estava com uma expressão diferente, nunca vi ele desse jeito, seus olhos demonstravam Luxuria, agora a porra ficou séria! Será que ele vai ser bruto como da última vez? Ou da primeira. AAAAAAAAAAAAAAAAAAH VAI SIM! Que brutalidade, hein.... a força que ele me penetrava era intensa ou sei lá - Estou bruto demais com você? - ele disse sorrindo. Não, você é gostoso demais, não sinto dor! ¬¬'

Lari: ARGH' está! - disse gemendo.

Justin: Você não viu nada ainda. - ele riu e continuou me penetrando fortemente. Ele não parava, dava entocadas fortes, uma atrás da outra e eu gemia, gemia demais, da última vez ele quase me arrebentou inteirinha, mas não conseguiu, dessa vez ele quer sim, eu tenho certeza. AH' esse homem não cansa! Ficou me penetrando até chegarmos no orgasmo juntos, ele saiu de dentro de mim e gozamos.

Justin: Fica de 4, gostosa. - ele disse e eu fiz como pedido, logo em seguida ele me penetrou, com um pouco de dificuldade, mas conseguiu - Hum... você é mais apertadinha aqui atrás! - ele disse com aquela voz sexy que eu nunca ouvi, ele começou comas entocadas, no começo eu só sentia dor e gritava demais, mas depois tudo aquilo foi se tornando prazer e eu gemia, gemia alto pra cacete, até o Justin ter uma ideia - Geme. Meu nome, gostosa! Geme.

Lari: Gostosa? Hum! Argh! AAAAAAAAAAAAAAAAAAAH JUSTEEEEEEEEEEEN! Ai, seu gostoso. - gemi e ri.

Justin: Geme mais, geme. - pediu.

Lari: NÃO! aaaaaah' isso Jus, vai Jubs! Isso mesmo gostoso, vai logo Justin. - gemi alto.

Justin: Se continuar com essa lerdeza, eu paro. - me provocou.

Lari: NÃO! NÃO PARA, VOCÊ NÃO É LOUCO. - gritei.

Justin: Tá duvidando de mim? Sério que ta fazendo isso? - ele disse parando com os movimentos.

Lari: Claro que não, Jubs! AFF' faz o que quiser, cansei. - disse e ele saiu de dentro de mim.

Justin: Cansou? - ele se deitou do meu lado.

Lari: Não! - olhei pra ele.

Justin: Então eu posso continuar? - ele disse sorrindo maliciosamente.

Lari: Não! - disse simples.

Justin: Por quê?

Lari: Porque não.

Justin: Aêh Larissa, qual o problema? - disse fazendo bico.

Lari: O problema é: eu to cansada.

Justin: Mas você disse que não estava!

Lari: Então vamos dormir, vai? - disse me enrolando no lençol.

Justin: TÁ BOM! - ele me abraçou por trás - Tudo por você. - disse se cobrindo e beijou minha bochecha.

Lari: - virei meu rosto olhando fixamente em seus olhos - Você é um fofo! - disse e o beijei, depois me virei e fechei os olhos, dormi logo em seguida.

Continua! com 3 comentários...

 Oi meninas! Gostaram desse capítulo? Não quero falar da parte hot, mas gostaram? Por favor, digam-me. Comentem, continuo com 3 comentários! Bom... espero que tenham gostado, não quero deixar vocês curiosas, mas coisas ruins irão acontecer. Ah desculpa, sério! ;c É isso, bye bye! XX Mariih ;*

quinta-feira, 21 de março de 2013

Pick Me - 5ª Temp. - Part. 19 - Não vou sair de perto de você.

Antes(...) Médico: Está sentindo alguma coisa?
Jasmine: SIM! Dor. Na barriga. Se a bolsa não estourou, é outra coisa. - ela disse e gritou.
Médico: Eu peço que vocês se retirem! - ele disse e todos saíram.
Justin: Doutor, o parto vai demorar?
Médico: Creio que não! Quando chegar a hora, uma das enfermeira vai te chamar.
Justin: Tudo bem! - disse e sai do quarto, fui pra sala de espera, onde todos já compareciam, me sentei em um banco do lado da minha mãe e a abracei. Algum tempo depois, a enfermeira apareceu e disse que o parto já ia começar q eu eu podia acompanhá-la. Acompanhei ela e entramos em uma sala, coloquei uma roupa por cima da minha e um negócio na boca, sei lá o nome. ¬¬' Depois fomos pra sala de parto, entramos e a Jasmine já estava gritando muito. Cheguei perto dela e segurei sua mão, ela estava suando demais.
                                                                 ...
Agora...

 O Parto não foi normal. Tiveram que fazer uma cesariana, porque ela não ia aguentar fazer um parto normal com 6 filhos. Eu e a galera já vimos meus filhos, mas a Jasmine não está bem, o médico disse que ia fazer de tudo pra ela ficar bem, mas quem vai fazer isso é Deus. Nós todos oramos por ela, fizemos uma oração de 10 á 15 minutos, agora estamos na sala de espera, já está de noite e o pessoal quase todo já foi embora. Andressa está aqui comigo e minha mãe, as duas ficam dizendo que temos que ir embora,  MAS EU NÃO QUERO!

Justin: Tá bom! Mas primeiro eu vou ver como a Jasmine está. - disse me levantando.

Andressa: Ver como? A enfermeira não chegou pra dizer como ela está.

Pattie: É, Justin! Vamos embora logo.

Justin: MEU, é a vida da MINHA MULHER que está em risco! Eu vou lá saber como ela está. - disse e sai andando, fui procurar a enfermeira, quando a achei - Eu quero saber como a Jasmine está.

Enfermeira: Ela não está muito bem, o estado dela é grave e vai permanecer na UTI.

Justin: Mas o que aconteceu com ela? - disse super preocupado, ela me contou.

Enfermeira: Mas pode ficar despreocupado, o médico disse que ela não corre os risco de morrer, não mais. Com licença. - disse e saiu.

Justin: - ela disse aquilo e eu sorri automaticamente, a minha felicidade é grande, muito grande. Voltei pra sala de espera - É, podemos ir embora! - disse triste, agora é porque a Jasmine não está bem.

Andressa: E a Jasmine? Soube de alguma coisa?

Justin: Ela ainda não está bem, mas o médico disse que ela não corre o risco de morrer. - disse sorrindo.

Andressa: Que ótimo! Isso é maravilhoso. - ela disse pulando e me abraçou.

Justin: É, é mesmo... agora vamos embora. - disse me afastando dela e saímos andando, entramos no meu carro, levei a Andressa até sua casa e fui pra minha com a Dona Pattie. Eu estou faminto. Se for possível eu como um leão, um tigre, uma onça, qualquer coisa pra me deixar satisfeito. Chegamos em casa, estacionei o carro na garagem e depois entramos.

Pattie: Filho, está com fome? - disse indo pra cozinha.

Justin: Morrendo de fome! - fui andando até as escadas.

Pattie: Eu vou fazer alguma coisa pra gente comer. - ela disse meio alto.

Justin: TÁ BOM ENTÃO! - gritei e subi pro meu quarto. É, a Jasmine faz muita falta dentro dessa casa, eu entro no quarto e tudo o que vejo, lembro dela. É impossível não lembrar! Lembro das noites que passamos juntos, das tardes de carícias, das brincadeiras e muitas outras coisas. Parei e pensei... minha mãe está me esperando! Quanto tempo eu fiquei aqui? Nem sei --' Entrei no banheiro, lavei o rosto e desci pra cozinha, a Dona Pattie estava fazendo alguma coisa e o cheiro não estava muito bom - Que isso, mãe? - disse fazendo careta.

Pattie: É macarrão, meu filho. - ela disse com um prato na mão e o colocou em cima da mesa, me sentei ali em frente.

Justin: aaaah' macarrão! - disse sorrindo sem graça. O macarrão que ela faz é horrível, não sei nem porque ela fez - Foi a senhora que fez? - tinha que perguntar, vai que foi? O que eu vou dizer? A verdade! Mas eu já disse, não adianta.

Pattie: Não! Eu pedi no restaurante italiano aqui perto. - ela sorriu.

Justin: E por que o cheiro é tão ruim? - disse fazendo careta.

Pattie: Não sei. O gosto deve ser melhor... come, não está "morrendo de fome"? - disse fazendo aspas com os dedos.

Justin: Sim, estou! - disse e comecei a comer, o gosto é ótimo, um dia eu vou nesse tal restaurante italiano, nunca tenho tempo. Comi bastante. Minha mãe comeu também, quando terminei, ajudei ela a lavar as louças e subi pro meu quarto, tomei um banho rápido e depois fui dormir.

  No dia seguinte... 07/2021.

 Acordei do nada. Sonhei com a minha Deusa. Foi assim, Jasmine, eu e nosso seis filhos brincando no jardim aqui de casa. Um dia isso vai acontecer mesmo. Me levantei, entrei no banheiro, fiz minha higiene e troquei de roupa, depois desci, fui pra cozinha e minha mãe estava lá, tomando Starbucks. Isso é sério? *o*

Justin: Mãe, a senhora pediu Starbucks também? - disse me sentando em uma cadeira.

Pattie: Aham! E toma seu café logo que nós temos que ir pro hospital ver se a Jasmine está melhor.

Justin: É o que eu mais quero... - disse sorrindo e tomei o starbucks, quando terminei, fomos pro hospital, chegamos lá e eu fui direto na recepção saber como a Jasmine está, se eu podia vê-la e essas coisas. A moça disse que ia chamar uma enfermeira, aquela mesma apareceu e me disse como a Jasmine estava. MUITO MELHOR! Mas iam fazer alguns exames, isso me deixa aflito. Fui pra sala de espera com a minha mãe e nos sentamos em um banco.

Pattie: Fica calmo, meu filho! A Jasmine vai ficar bem.

Justin: É, eu sei, ela vai sim. - disse colocando minha cabeça no ombro dela.

                                                           ...

TÁ CERTO! O dia inteiro sem notícias da minha mulher. Ainda estou aqui no hospital, na sala de espera com a minha mãe. Claro, eu sai do hospital pra almoçar sem receber notícias da Jasmine. Eu estou com medo que algo tenha acontecido com ela, mas é melhor eu não pensar muito nisso, minha mulher vai ficar bem sim... se Deus quiser. Desde manhã, acho que já orei por ela umas 50 vezes, eu e minha mãe. Não sei mais o que fazer, hoje vi meus filhos umas 5 vezes, eles estão na incubadora, eu estou louco pra ver a Jasmine e saber como ela está, mas a dona enfermeira não chega logo! Vou ficar irritado desse jeito. Eu ando de um lado pro outro, sem parar.

Pattie: JUSTIN! Para. - ela disse brava.

Justin: - parei e olhei pra ela - Mãe, eu preciso saber notícias da Jasmine! - disse com cara de choro.

Pattie: Eu percebi... mas para de andar de um lado pro outro. Que agonia.

Justin: - me sentei do lado dela, coloquei as mãos no rosto e comecei a chorar - Mãe, eu to com medo!

Pattie: - ela me abraçou de lado - Eu já disse 1 milhão de vezes pra você ficar calmo, a Jasmine vai ficar bem!

Justin: - olhei pra ela - Tem certeza?

Pattie: Você quer ver sua mulher bem, não quer?

Justin: Claro que eu quero!

Pattie: Então ela vai ficar bem, o médico disse que ela não corre o risco de morrer. - ela me abraçou de novo - Fica calmo.

Justin: - limpei minhas lágrimas - Tá bom!

Enfermeira: - ela apareceu apressada e sorrindo - Senhor Bieber, a Jasmine está melhor, mas está desacordada.

Justin: Eu posso vê-la? - disse sorrindo.

Enfermeira: Claro! Me acompanhe. - disse andando.

Justin: - olhei pra Dona Pattie - Mãe, a senhora quer vir também?

Pattie: Não, Justin! Pode ir sozinho. - ela disse sorrindo.

Justin: O.k! - disse e acompanhei a enfermeira. Ela me levou até o quarto da Jasmine, quando chegamos, eu entrei e vi ela lá desacordada, com um monte de tubos por volta de seu corpo, de seu rosto, ver aquilo me bateu uma tristeza, mas a enfermeira disse que ela está melhor, DESSE JEITO? Me aproximei da cama, peguei na mão dela e fiquei acariciando a mesma - Jasmine... não consigo ver você desse jeito. Você não pode ficar aqui por mais tempo! Eu quero você longe desse hospital. Eu te amo... - é, eu estava chorando.

Jasmine: - ela abriu os olhos e sorriu fraco - Eu também te amo! ><

Justin: Jasmine, você está melhor?

Jasmine: Melhor, sim! Bem, não. Onde está nossos filhos?

Justin: Estão na incubadora, você ainda não viu eles?

Jasmine: Não, não os vi. Ainda estou sem condição de pegá-los! - ela disse triste - Amor, para de chorar, eu vou sair daqui.

Justin: Eu sei, Minha Deusa! Você vai sim. - disse sorrindo e acariciando o seu rosto - Eu te amo ♥

Jasmine: Eu também te amo *-------------*

Continua! com comentários...
 HI GIRLS! Nossa, esse capítulo ta mara, o melhor, eu reli e quase chorei. Não to me achando e nem nada, só estou falando a verdade, verdadeira, u.u Bom... o que acharam desse capitulo? Ta muito triste? É, eu sei que está! Mas tudo vai melhorar e claro, está nos últimos capitulos, espero que estejam gostando, mesmo. Continuo com comentários, please comentem! Pelo bem da fanfic. :) É isso! Xoxo Mariih' ;*
PS: Não liguem pro gif no começo do capítulo, só prestem atenção no nominho, okay? Stay Strong Jasmine! :)

sexta-feira, 15 de março de 2013

Follies Of Love 30º (Isso não vai dar certo)


Justin: Meu pai mora no Canadá.

Lari: OMG' fala sério? - disse impressionada.

Justin: Claro! Eu pensei que você soubesse.

Lari: Não! Eu só sei que seus pais são Canadenses, pensei que seu pai também morasse aqui no Brasil.

Justin: Mas pensou errado, ele está no Canadá! - ele disse e parou o carro - Chegamos.

Lari: - olhei em volta - Essa que é a casa da sua mãe? - disse impressionada.

Justin: Claro! É sim. - ele disse saindo do carro, logo abriu a porta pra mim - Vem. - disse pegando em minha mão.

Lari: Valeu! - disse e ele fechou a porta, fomos andando até a porta, ele apertou a campainha e alguns segundos depois uma mulher muito linda abriu a porta.

Justin: Oi mãe! - MÃE? O.o - Essa aqui é a Larissa, minha namorada.

Pattie: Oi meu filho! - beijo na bochecha do Justin - Prazer, Larissa. - beijo na bochecha da Larissa - Entrem.

Lari: O prazer é todo meu e me chame de Lari, por favor. - disse sorrindo e entramos.

Pattie: Lari. Pattie! Sentem-se. - ela disse e nos sentamos no sofá.

Justin: Mãe, eu to com fome, tem comida ai? - ele disse fazendo careta.

Lari: - cutuquei ele e sussurrei - Justin! Tenha modos, está na casa da sua mãe. - disse e ele me encarou.

Pattie: - ela se levantou - Pelo jeito você ainda não conhece o Justin Drew Bieber ! - ela disse e riu fraco - Me acompanhem. - ela saiu andando e acompanhamos ela.

Lari: Ai Meu Deus! - entramos na cozinha - Sua cozinha é linda Dona Pattie.

Pattie: Só Pattie, por favor. E Obrigada... - ela disse pegando uma luva e abrindo o forno, de lá saiu uma lasanha, a cara estava ótima.

Justin: Hum... minha fome aumentou ainda mais! - ele disse se sentando em uma cadeira, pattie o serviu, eu me sentei também.

Pattie: Lari, quer também? - disse e sorriu.

Lari: Não, não! Obrigada. - sorri sem graça.

Pattie: Tem certeza?

Lari: Tenho sim! Obrigada.

Justin: Lari, come! Está ótima. - ele disse saboreando sua lasanha.

Lari: - olhei pra lasanha - Eu não como carne.

Pattie: Mas não tem, pode comer!

Lari:  Então tá! - disse sorrindo. Pattie me serviu e eu comi, a Lasanha estava maravilhosa. Quando terminamos de comer, fomos pra sala e ficamos conversando, ali a gente só conversava sobre mim e sobre o Justin. Mais tarde fomos embora, Justin foi comigo até o 19º andar, o elevador parou, ele me deu um selinho, nos despedimos e eu sai, fui até o meu AP, entrei e me deparei com a Mari sentada no sofá da minha sala - O que foi, Mari? Aconteceu alguma coisa? - perguntei. Ela estava aflita.

Mari: - ela veio em minha direção quase correndo e me deu um abraço forte, ela estava bastante feliz.

Lari: Me conta o que aconteceu! Por que você está assim? - eu estava completamente confusa.

Mari: O Guilherme! Ele... disse.... que gosta... de mim... AAAAAAAAAAAAAAAAAAH' - ela pulou em cima de mim de novo.

Lari: Que bom, amiga! - fingi estar feliz por ela.

Mari: Agora eu tenho que saber o que fazer, me ajuda?

Lari: Ajudar em quê? - me joguei no sofá.

Mari: Amiga, desde sábado que o Guilherme anda me dizendo que gosta de mim e que está arrependido pelo o que fez, eu não sei se desculpo ele. O que eu faço?

Lari: Espera o tempo passar! Não desculpa ele agora, ele pode estar mentindo... quando você perceber que ele mudou e ele dizer que tem um sentimento forte por você, você o desculpa e vivem felizes para sempre. - disse e bufei.

Mari: Se fosse Contos de fadas, sim. Mas como não é... - ela se sentou do meu lado - obrigada pela ajuda, mas onde você estava?

Lari: Eu estava na casa da mãe do Justin com ele, a Pattie que é a mãe dele.

Mari: A mãe dele é bonita?

Lari: LINDA DEMAIS! Por um momento eu pensei que ela era irmã mais velha do Justin, mas não. Me impressionei com a beleza dela... - disse sorrindo.

Mari: Você falando desse jeito, ela deve ser linda mesmo. - ela disse e se levantou - Bom, eu estou indo, tenho que chegar antes do meu pai.

Lari: aaaah' você começou a trabalhar com ele, né?

Mari: Aham! To indo. Beijos. - ela disse acenando.

Lari: Beijos! - disse e ela saiu. Olhei no meu celular e era quase 18hrs, fui pro meu quarto, arrumei minhas coisas e fui tomar um banho, terminei, coloquei um shorts e uma blusa de manga caida, sei lá. Desci pra cozinha, abri os armários e não tinha nada de bom, resolvi ir ao mercado, peguei minha bolsa e sai do AP, fui em direção ao elevador, apertei no botão e logo em seguida a porta se abriu, quem eu vi? - JUSTIN? - disse entrando no elevador.

Justin: Larissa? - ele sorriu de deboche.

Lari: Está indo aonde?

Justin: O negócio é o seguinte... eu estava indo pro seu AP. - ele disse e olhou pra mim.

Lari: Então é assim, vai todo dia pra minha casa? - disse rindo.

Justin: Eu sou seu namorado, não posso? - ele disse com sua expressão de ofendido.

Lari: Claro que pode, neném. - abracei ele de frente e lhe dei um selinho.

Justin: Pra onde está indo?

Lari: Mercado! Vou comprar alguma coisa de bom pra comer, porque lá em casa não tem.

Justin: Então eu te acompanho, okay? - disse e sorriu.

Lari: Okay! Fique á vontade, você é meu Boyfriend mesmo. - abracei seu pescoço e fiquei dando vários selinhos nele.

Justin: Gata, estamos quase chegando no Térreo. - ele disse rindo.

Lari: Tá bom, gato! - disse e abracei ele de lado, a porta do elevador logo se abriu e estávamos no Térreo, saímos do prédio e fomos andando até o mercado, chegamos, eu peguei uma cesta e fomos na Sessão de guloseimas, quer dizer, bolachas. - Isso é bom. - peguei uma passa tempo - Isso também é bom. - peguei um sequilhos - Isso é maravilhoso! - peguei doritos, olhei pro justin e ele me observava - O que foi?

Justin: Nada, só quero ver o que vai pegar... - ele disse e sorriu.

Lari: Que tal me ajudar? - sorri sínica e chegou perto do ouvido dele - Vai na Sessão de íntimos e pega um absorvente pra mim. - sussurrei no ouvido dele e me afastei.

Justin: Absorvente? - ele arregalou os olhos e todos olharam pra nós - Mas eu não sei ver isso! - ele sussurrou me olhando incrédulo.

Lari: Não interessa... vai lá, pega íntimus com abas. - eu disse de deboche.

Justin: Larissa, você tá brincando, né? - ele me encarou.

Lari: HAHA' to sim! Vai pegar alguma coisa que preste.

Justin: JUJUBAS? - ele disse animado.

Lari: Vai! Pega iogurte e chocolate, eu vou ficar aqui pegando o que preciso, ANDA. - ordenei e ele foi. Peguei mais algumas guloseimas e algum tempo depois Justin apareceu todo enrolado com Jujubas, chocolates e iorgutes na mão, eu ti daquilo.

Justin: Vai rir ou vai me ajudar ? - disse me encarando.

Lari: Desculpa! Coloca aqui. - disse levantando a cesta e ele colocou tudo lá - Pegou meu absorvente? - disse olhando pra ele e rindo.

Justin: Claro que não, para de ser boba... olha, vamos logo pra fila? Você já pegou muita coisa!

Lari: Tem nada não, é tudo levinho. - disse sorrindo e saímos andando até a fila.

Justin: Aí, eu conheço o Neymar! - ele sussurrou no meu ouvido.

Lari: FALA SÉRIO? Nossa, que bom.. - disse ironicamente.

Justin: Qualé, não é só porque ele é jogador do Santos que eu tenho que ser rival dele, eu sou apenas um goleiro.

Lari: Eu falei pra você ser rival dele? NÃO! Então pronto, eu sou fã do Ronaldo e nada e nem ninguém vai mudar isso.

Justin: Você já mudou de assunto!

Lari: SORRY. - disse entrando na fila e ele ficou atrás de mim, bem atrás de mim.

Justin: Lari! - ele disse no meu ouvido.

Lari: O que foi? - olhei rápido pra ele.

Justin: Eu não posso ficar aqui atrás de você. - sussurrou.

Lari: Por quê? - estranhei.

Justin: - ele chegou bem perto do meu ouvido - Eu vou ficar excitado e você não quer me ver excitado! - ele disse e percebi olhando pra baixo, quer dizer, pro meu bumbum ;3

Lari: - me virei de lado e sussurrei - Eu posso até querer, saber como é o Justin Bieber por trás disso tudo. - sorri maliciosamente e me virei.

Justin: Se eu ficar excitado ou com tesão, você me paga! - ele sussurrou novamente com um tom ameaçador.

Lari: Pago mesmo! Um boquete bem pagado. - sussurrei olhando pra ele e ele arregalou os olhos.

Justin: VOCÊ É MALUCA. - ele disse rindo.

Lari: Não reclama! Apenas me abraça. - ordenei e ele me abraçou por trás, a fila foi andando e ele não me soltava por nada, até que chegou a nossa vez, fomos pro caixa, passamos as coisas e ele fez questão de pagar tudo, pegamos as sacolas e fomos embora a pé, é claro - Justin, você pode conseguir o autógrafo do Neymar pra mim? - disse olhando pra ele e sorrindo.

Justin: Mas você não é fã do Ronaldo? - ele me olhou torto.

Lari: Okay, não é pra mim! - me entreguei.

Justin: É pra quem, então?

Lari: É para uma amiga que eu conheci em Minas, você não conhece...

Justin: É a Karina ?

Continua! com 3 comentários...

 HEY BABIES! Tudo bem com vocês? Aí, gostaram desse capítulo? Viram que bastante coisa mudou, né? Eles estão mais juntinhos e talz, bom eu disse que isso ia acontecer, não ia demorar, e ta ai acontecendo. Bom.. espero que tenham gostado e please, comentem! Eu preciso muito que vocês façam isso por mim e claro, pela ib. Não posso continuar os capítulos sem saber se vocês estão lendo e gostando, ér. Então, continuo com três comentários. Por favor, digam o que acharam, sei lá, comentem da forma que quiserem, só um 'continua' também está bom demais, já me deixa feliz. :) Bom, é isso! Xx ;*

quinta-feira, 7 de março de 2013

Pick Me - 5ª Temp. - Part. 18 - Chegou a hora!

Antes(...) Pattie: - ela se levantou preocupada - O que foi, meu filho?
Justin: A Jasmine, mãe...
Katy: O que aconteceu com a Jasmine? - disse preocupada.
Pattie: Por que você está chorando?
Justin: A Jasmine disse que não vai sobreviver. - disse e abracei ela.
Pattie: Calma, meu filho... se acalma. Ela vai sobreviver sim!
Justin: Ela disse um monte de coisas, eu não consegui ouvir aquilo.
Katy: Justin, se acalma! A Jasmine vai sobreviver. Eu não posso perder a única irmã que eu tenho viva.
Justin: Eu não sei mais o que fazer. - disse me sentando no banco.
                                                  ...

Agora...

 Passei a noite naquele hospital! Eu queria ver minha mulher fora daqui e eu vou, ela não vai ficar aqui por muito tempo, se Deus quiser. De noite, fui comer algo na lanchonete do hospital, todo mundo que estava lá tinha uma expressão de tristeza, isso não é bom. Depois de comer, voltei pra sala de espera e dormi sentado. A pior coisa que tem! Agora de manhã, o médico me disse que eu podia visitá-la, acompanhei ele até o quarto dela, no caminho ele me disse que o caso da Jasmine é grave, nem sempre as mulheres que tem tantos filhos como a Jasmine sobrevive, mas ele disse que a Jasmine é forte e vai sair dessa. Chegamos no quarto, assinei um papel e em seguida entrei, ela não estava mais com tantos tubos por volta de seu corpo e nem com aquele negócio que eu não sei o nome, no nariz.

Justin: Jasmine! - disse sorrindo e fui em direção á sua cama.

Jasmine: - ela olhou pra mim e deu um sorriso enorme - Justin!

Justin: - cheguei mais perto, coloquei a mão em seu rosto e a beijei - Você está melhor?

Jasmine: Melhor, sim! Bem, não.

Justin: Você vai sair dessa, meu amor.. - disse acariciando o rosto dela.

Jasmine: É, vou! Mas eu quero fazer logo esse parto, eu to pior que um elefante.

Justin: Tem apenas 6 meses, não está na hora certa.

Jasmine: Eu não vou aguentar mais 3 meses! Pode ir encomendando o caixão. - ela disse rindo.

Justin: PELAMOR DE DEUS! Não fala isso nem brincando.

Jasmine: Desculpa! - ela sorriu - Está aqui faz quanto tempo?

Justin: Eu estou aqui desde quando você chegou aqui.

Jasmine: Nossa meu amor, você não foi dormir em casa, por quê?

Justin: Eu estava preocupado com você, queria saber se você estava bem, dormi na sala de espera mesmo.

Jasmine: Não precisava se preocupar tanto, eu estou aqui pelos nossos filhos, eu vou salvá-los.

Justin: De novo essa história? Você não vai morrer! Para de falar isso, pelo amor de Deus. - disse ficando irritado.

Jasmine: Desculpa! - ela disse e abaixou a cabeça, depois levantou, olhou pra mim e disse - Você me ama? - disse fazendo bico.

Justin: - coloquei as duas mãos no rosto dela - Claro que eu te amo, meu amor! *selinho* Amo você e nossos filhos que estão pra nascer.

Jasmine: Você é muito fofo! >< *selinho* Te amo.

 2 meses depois... 07/2021.

 A Jasmine já está no Hospital e eu também, agora mesmo. Ela está aqui faz 2 semanas, acho que hoje o médico vai fazer o parto, mesmo estando 1 mês adiantado, ele disse que quando começasse, ia me chamar. 2 semanas atrás, quando trouxe a Jasmine pra cá, ela implorou pra que eu não dormisse mais no hospital e sim em casa, eu disse que ia fazer isso, mas não ia sair daqui até saber se ela está bem ou melhor. Hoje, cheguei aqui faz 3 horas, já é 12hrs e todo mundo está, não todo o mundo, mas, meu pai, minha mãe, Katy, Russel, Kate, Andressa, Wallace, Mari, Chaz, Caitlin, Ryan, Christian e Kristen. É muita gente, contanto comigo, ah' a Dona Andressa ainda está grávida, está com 8 meses e ainda quer ver meus filhos quando nascerem. Porque tipo, se o parto da Jasmine não fosse adiantado, a Andressa ia ganhar seus filhos primeiro. É, filhos! São gêmeos, dois meninos. Agora os meus filhos são 3 meninos e 3 meninas, eu estou até pensando em alguns nomes aqui, mas isso eu vejo depois com a Jasmine. Hum, o médico chegou.

Justin: Quando vai ser o parto da Jasmine?

Médico: Daqui 2 horas! Eu vim dizer que ela pode receber visitas, ai na hora do parto, eu chamo você.

Justin: Okay! Pode ir todos nós? - disse olhando pro pessoal

Médico: Pode sim. Me acompanhem! - ele disse e nós o acompanhamos.

  Chegamos no quarto, nós entramos e quando Jasmine nos viu, deu um sorriso enorme, fui pro lado dela e dei um beijo demorado em sua bochecha, todos disseram um "Awwwwwwwn", ai ela riu. Todos já tinham dito oi.

Jasmine: Amiga, o que está fazendo aqui? - ela disse olhando pra Andressa.

Andressa: Eu estava preocupada com você! E claro, quero ver meus afilhados.

Kate: Já sabe o nome dos bebês? - ela disse olhando pra Jasmine e Andressa, todos olharam pra elas com cara de curiosos.

Jasmine: Ainda não! Eu vejo isso depois.

Wallace: O nome dos nossos filhos vão ser Peter e William.

Mari: O Will Smith vai ficar lisonjeado com esse nome. - ela disse e todos nós rimos da cara dela.

Pattie: Então Jasmine, como está se sentindo?

Jasmine: BOM... ter 6 filhos não é pra qualquer pessoa, eu estou com medo. - ela disse olhando pra ela e eu a encarei.

Justin: Medo?

Jasmine: Eu não posso sentir medo?

Justin: Não sei! Mas nada daquele papo de novo.

Mari: TÁ BOM, eu to boiando. - ela disse e todos riram.

Justin: É que a Dona Jasmine disse que não vai aguentar e vai... - me interromperam.

Kate: NÃO! - ela disse alto.

Russel: O que foi, Kate?

Kate: - ela chegou mais perto da cama e olhou pra Jasmine - Tia, você não pode morrer! - ela estava com expressão de choro.

Jasmine: Kate, minha querida, quem sabe o que vai acontecer comigo é só Deus.

Kate: Mas você não pode morrer, eu te amo! - ela disse e começou a chorar, depois abraçou a Jasmine.

Jasmine: Awwwwwwn' não fica assim... eu te amo também.

Wallace: Olha só o que você fez com a menina! Tadinha, ela não quer perder a única tia que tem.

Christian: É Jasmine, pense positivo! Você vai ficar bem...

Ryan: Vai mesmo! Todos nós queremos que você não diga mais isso.

Jasmine: Okay! Mas pra eu ficar bem, vocês tem que me ajudar.

Mari: Eu tenho uma ideia...

Jeremy: Até já sei o que é. - ele disse sorrindo.

Russel: Eu também!

Justin: E o que é? - disse curioso.

Mari: Orar! Todos nós podemos orar por você, Jasmine. - ela disse olhando para a mesma.

Jasmine: Tudo bem! Mas orem mesmo, orem muito, muito, muito.

Justin: Vamos orar sim, meu amor! Todo juntos. - disse olhando pra ela.

Jasmine: Obrigada! Obrigada pela força que vocês estão me dando, eu amo muito vocês >< - ela disse e todo mundo foi abraçar ela, a primeira foi a Katy e o último, meu pai. Eu nem fiz questão de entrar nesse abraço. Quando todos se afastaram dela, ela olhou pra mim toda sorridente - Vem aqui, meu bebê! - ela disse abrindo os braços.

Justin: - cheguei mais perto e a abracei, foi um abraço forte e aconchegante - Eu te amo. - sussurrei no ouvido ela.

Jasmine: Eu também te amo. - ela fez o mesmo e em seguida se afastou um pouco e me beijou, não foi um beijo daqueles de tirar o fôlego, foi um selinho mega demorado, quando todos disseram um "Hum..." com tom de malícia, ela se afastou parando o selinho - Vocês são tão bestas! - ela disse rindo.

Ryan: Bestas? Ninguém aqui gosta de ver vocês se beijando! É muita melação.

Wallace: Concordo com o Ryan! A última vez que eu vi, quase vomitei de tanto nojo.

Justin: Depois não são bestas. Quem é que tem nojo de um beijo?

Chaz: Não dude, ai que você se engana... não é nojo de beijo, é nojo da melação que o beijo tem.

Mari: Falou tudo, marido! - disse olhando pra ele.

Jasmine: Okay! Vocês venceram. Mas eu não estou nem aí. - ela disse olhando pra mim e depois riu.

Andressa: Tá muito safadinha, hein Dona Jasmine! - ela olhou para a mesma com um sorriso malicioso.

Pattie: Tá bom, gente! Já deu.

Katy: Nada de conversas sem noção, a Jas vai fazer o parto em algumas horas.

Mari: É. Como está se sentindo, Jasmine? - disse olhando pra ela.

Jasmine: Normal! Eles estão adiantados, talvez eu possa sentir que a bolsa estourou e que eles querem sair mesmo, depois.

Justin: O bom é que eu vou estar do seu lado. - eu disse e o médico entrou, olhei pra Jasmine e ela estava fazendo careta - O que foi, meu amor?

Médico: Está sentindo alguma coisa?

Jasmine: SIM! Dor. Na barriga. Se a bolsa não estourou, é outra coisa. - ela disse e gritou.

Médico: Eu peço que vocês se retirem! - ele disse e todos saíram.

Justin: Doutor, o parto vai demorar?

Médico: Creio que não! Quando chegar a hora, uma das enfermeira vai te chamar.

Justin: Tudo bem! - disse e sai do quarto, fui pra sala de espera, onde todos já compareciam, me sentei em um banco do lado da minha mãe e a abracei. Algum tempo depois, a enfermeira apareceu e disse que o parto já ia começar q eu eu podia acompanhá-la. Acompanhei ela e entramos em uma sala, coloquei uma roupa por cima da minha e um negócio na boca, sei lá o nome. ¬¬' Depois fomos pra sala de parto, entramos e a Jasmine já estava gritando muito. Cheguei perto dela e segurei sua mão, ela estava suando demais.

                                                                 ...

Continua! com 3 comentários...

sábado, 2 de março de 2013

Follies Of Love 29º (Você me chamou de namorada.)


Justin: Afff' quem é? - ele disse com cara de "estava tão bom..."

Lari: Nosso Starbucks, neném. - disse pegando minha bolsa e o dinheiro.

Justin: TÁ BOM! Mas eu que vou pagar. - ele se levantou.

Lari: Quem chegar primeiro na porta paga... - disse e sai correndo, ele correu atrás de mim, desci as escadas correndo e quase cai, ele passou na minha frente e chegou na porta - você venceu!

Justin: Namorada, lembre-se, o namorado sou eu e eu que pago! - ele disse e em seguida abriu a porta, pegou o Starbucks e pagou.

Lari: Awwwwn' você me chamou de namorada. - disse indo em direção á ele.

Justin: Por quê? Não gostou? Você é minha namorada, não é? - ele disse com um olhar esquisito.

Lari: Sei lá! Quando você me pediu em namoro, eu disse que queria, mas não namorar. Lembra?

Justin: Lembro! Não poderia esquecer. - ele sorriu.

Lari: Eu queria mudar de opinião...

Justin: Sobre o quê?

Lari: Sobre nós.

Justin: Ok, mas antes de você dizer algo, eu preciso te dizer uma coisa, mas não agora. Vamos tomar nosso Starbucks! - ele disse e foi andando pra cozinha.

Lari: aaaah' não! Agora eu quero saber. - sai correndo atrás dele.

Justin: Não, não... primeiro você diz o que tem a dizer, ai depois eu digo. - ele disse colocando as sacolas na mesa.

Lari: TÁ, se você quer assim. - disse emburrada e peguei um Starbucks.

Justin: Ai, vamos tirar uma foto?

Lari: YES! Duas. Você fica com uma e eu com outra. - disse sorrindo e peguei meu iPhone.

Justin: Aham, você tira uma e eu a outra. - ele disse pegando um Starbucks e eu tirei uma foto de nós, depois ele tirou outra. Ficamos tomando nosso sagrado starbucks, quando acabamos, voltamos pra sala, nos sentamos no sofá e o Bieber disse - Pode dizer o que ia dizer.

Lari: Eu queria nam... - ele me interrompeu.

Justin: Deixa eu dizer primeiro! - ele disse e tirou uma caixa roxa do bolso, depois abriu, pegou na minha mão e disse - Larissa Costa Oliveira, quer namorar comigo? - ele disse olhando dentro dos meus olhos.

Lari: - do nada me emocionei, saiu uma lágrima dos meus olhos - Claro que eu quero! - disse sorrindo, tipo, demais.

Justin: - ele pegou a aliança e colocou no meu dedo, fiz o mesmo com ele, depois nos beijamos, ele parou o beijo com vários selinhos.

Lari: Como você sabe meu nome inteiro? - disse confusa.

Justin: Foi seu amigo que me disse! - ele sorriu.

Lari: Hum... está se dando bem com o Guilherme ?

Justin: Não muito bem, mas está chegando lá. - disse coçando a nuca.

Lari: Chegando lá? - eu ri - Ah' eu vou ter que terminar a faculdade ? - fiz bico.

Justin: Vai sim! Ai depois eu te ajudo á arrumar um emprego.

Lari: EMPREGO? De jornalista?

Justin: Mais do que seria?

Lari: Affff' tá bom! Fazer o quê.

Justin: Você vai ter que ir na faculdade e dizer que vai recomeçar semana que vem.

Lari: JÁ ? Mas por quê? Eu posso começar depois da semana que vem, que tal? - disse olhando pra ele com esperanças.

Justin: Nem vem! - ele balançou a cabeça negativamente.

Lari: TÁ BOM! - disse toda emburrada.

                                                          (...)

São Paulo - Brasil, 11 de março de 2013, ás 14:50min

 Hoje foi o meu primeiro dia na faculdade... eu nem sei porque estou fazendo isso. Porque o Justin pediu! Então, já sai da faculdade e agora estou indo pro estádio ver o Jubs, ele disse que queria almoçar comigo hoje, mas eu queria ver ele treinando, cheguei. Entrei no estádio e fui pro gramado, vi que tinha uma garota gritando o nome do Justin, Argh' isso me deixou com raiva. Fui para aquele lugar ali perto me sentar, que eu esqueci o nome, aquela garota não parava. Justin saiu do gol e veio falar comigo.

Justin: oooooooi Láah! - ele disse sorrindo.

Lari: - fui até ele - oooooooooooie! - disse acenando e encarei ele.

Justin: Aconteceu alguma coisa ?

Lari: SIM! Essa garota gritando o seu nome. Quem é ela? - disse com mais raiva ainda.

Justin: - ele olhou pra ela - Ai Meu Deus! É a Maýra, minha ex.

Lari: SUA EX? Ah' eu vou arrebentar a cara dela se ela continuar te chamando de gostoso!

Justin: Láah, você não vai fazer nada, se acalma! Ela só quer arrumar confusão.

Maýra: - ela veio até nós - Eaí Justin? Treinando muito? - disse com um sorrisinho sínico.

Justin: Maýra, por que você ainda não sumiu da minha vida? EU NÃO TO MAIS COM VOCÊ, GAROTA!

Maýra: Hum... - ela olhou pra mim - essa que é sua nova namoradinha? - ela disse olhando pro Justin e apontando pra mim, v-a-d-i-a.

Lari: É melhor você medir suas palavras!

Justin: Para vocês duas. Maýra, some daqui! Você NUNCA, N-U-N-C-A foi minha namorada, entendeu? Agora vaza!

Maýra: Você não manda em mim, eu saio se eu quiser.

Lari: Ah' não vai sair? Então tiro você daqui á força! - disse puxando os cabelos dela.

Justin: Eu tenho que treinar, tchau! - ele disse e saiu dali.

Maýra: ME SOLTA, SUA VADIA! - ela gritou e minha raiva aumentou ainda mais.

Lari: Vadia é você que fica correndo atrás do meu namorado... - disse e soltei ela.

Maýra: Quem manda ele ser gostoso?

Lari: Como você pode saber uma coisa dessas?

Maýra: Ele não te disse? Ah' que pena! Sabe, o Justin já provou bastante de mim. E TAMBÉM, falou pro Mundo inteiro ouvir que eu sou gostosa.. - ela disse toda convencida. GOSTOSA AONDE?

Lari: HAHA' vou fingir que acredito! - disse rindo ironicamente.

Maýra: Não precisa acreditar, baby! - ela disse e saiu andando.

Lari: Argh' vadia. - disse baixo e voltei pro lugar onde estava, fiquei vendo o Justin treinar, quando deu umas 15:30min, o treino acabou, ele me chamou, claro que ele ia pro vestiário, mas eu não ia entrar e não entrei. Fiquei esperando ele fora, quando ele terminou, saiu do vestiário com uma mochila, me abraçou de lado e eu pude sentir seu cheiro maravilhoso - Nossa gato, como tu ta cheiroso! - disse cheirando o pescoço dele.

Justin: Obrigado. - saímos andando - Ai, o que aconteceu depois que eu sai?

Lari: É melhor eu te contar isso depois...

Justin: Tá bom, ai você acha que está tarde pra almoçar?

Lari: - olhei no meu relógio - Aham!

Justin: Então eu tenho uma ideai, vamos na casa da minha mãe, você aproveita e conhece ela.

Lari: Justin, não é uma boa ideia....

Justin: Claro que é, vem comigo. - chegamos no estacionamento e entramos no carro dele, ele logo acelerou - Vai me contar o que aconteceu?

Lari: Essa garota se acha demais, eu só não quebrei a cara dela, porque ela saiu correndo.

Justin: TÁ, o que ela disse ?

Lari: Ela disse que já transou com você e  que você disse pro mundo inteiro ouvir o quanto ela é gostosa. - eu disse e ele começou a rir - Qual é a graça?

Justin: E você acreditou? - ele continuou rindo.

Lari: Não tenho certeza, mas me diz se isso é verdade. - disse encarando ele.

Justin: Não, não é verdade! Essa garota é uma iludida, isso sim. Eu nunca transei com ela...

Lari: Mas transou comigo! É mesmo, você usou camisinha? Porque eu não vi você colocando.

Justin: Usei sim! Não viu porque eu já estava com a camisinha preparada. - ele disse e riu.

Lari: Idiota. - dei um tapa em seu braço.

Justin: Eu estava brincando, gatinha. - ele disse e sorriu.

Lari: Você é tão bobo.

Justin: Você não viu nada! Ai, tá preparada pra conhecer a Dona Pattie?

Lari: Mais ou menos... eu vou conhecer só a sua mãe? E o seu pai?

Continua! com 3 comentários...

  Eaí girls? O que acharam desse capítulo? Pensaram que quem estragou o clima fosse outra pessoa? Haha' pensaram errado! Olha só, a Lari vai conhecer a Pattie, o que acham que vai acontecer? Bom.. eu sei que a história ta meio que congestionada porque o dois não estavam tão juntos e essas coisas, mas isso vai mudar, vai mudar de novo, mas vai continuar a mesma coisa de antes. Tinha uma menina que disse pra eu mudar algumas coisas, fazer mais partes hots, colocarem eles conversando no ap e essas coisas, mas eu não podia fazer isso porque essa história toda já está pronta e eu não posso mudar nada, tenho que deixar tudo do jeito que eu fiz desde o começo. Então, espero que estejam gostando! E claro, continuo com 3 comentários, COMENTEM PLEASE. Dúvidas e sugestões, twitter: @xLoveJubs_ask ;) É isso meninas! Xoxo Mariih' ;*