sexta-feira, 15 de março de 2013

Follies Of Love 30º (Isso não vai dar certo)


Justin: Meu pai mora no Canadá.

Lari: OMG' fala sério? - disse impressionada.

Justin: Claro! Eu pensei que você soubesse.

Lari: Não! Eu só sei que seus pais são Canadenses, pensei que seu pai também morasse aqui no Brasil.

Justin: Mas pensou errado, ele está no Canadá! - ele disse e parou o carro - Chegamos.

Lari: - olhei em volta - Essa que é a casa da sua mãe? - disse impressionada.

Justin: Claro! É sim. - ele disse saindo do carro, logo abriu a porta pra mim - Vem. - disse pegando em minha mão.

Lari: Valeu! - disse e ele fechou a porta, fomos andando até a porta, ele apertou a campainha e alguns segundos depois uma mulher muito linda abriu a porta.

Justin: Oi mãe! - MÃE? O.o - Essa aqui é a Larissa, minha namorada.

Pattie: Oi meu filho! - beijo na bochecha do Justin - Prazer, Larissa. - beijo na bochecha da Larissa - Entrem.

Lari: O prazer é todo meu e me chame de Lari, por favor. - disse sorrindo e entramos.

Pattie: Lari. Pattie! Sentem-se. - ela disse e nos sentamos no sofá.

Justin: Mãe, eu to com fome, tem comida ai? - ele disse fazendo careta.

Lari: - cutuquei ele e sussurrei - Justin! Tenha modos, está na casa da sua mãe. - disse e ele me encarou.

Pattie: - ela se levantou - Pelo jeito você ainda não conhece o Justin Drew Bieber ! - ela disse e riu fraco - Me acompanhem. - ela saiu andando e acompanhamos ela.

Lari: Ai Meu Deus! - entramos na cozinha - Sua cozinha é linda Dona Pattie.

Pattie: Só Pattie, por favor. E Obrigada... - ela disse pegando uma luva e abrindo o forno, de lá saiu uma lasanha, a cara estava ótima.

Justin: Hum... minha fome aumentou ainda mais! - ele disse se sentando em uma cadeira, pattie o serviu, eu me sentei também.

Pattie: Lari, quer também? - disse e sorriu.

Lari: Não, não! Obrigada. - sorri sem graça.

Pattie: Tem certeza?

Lari: Tenho sim! Obrigada.

Justin: Lari, come! Está ótima. - ele disse saboreando sua lasanha.

Lari: - olhei pra lasanha - Eu não como carne.

Pattie: Mas não tem, pode comer!

Lari:  Então tá! - disse sorrindo. Pattie me serviu e eu comi, a Lasanha estava maravilhosa. Quando terminamos de comer, fomos pra sala e ficamos conversando, ali a gente só conversava sobre mim e sobre o Justin. Mais tarde fomos embora, Justin foi comigo até o 19º andar, o elevador parou, ele me deu um selinho, nos despedimos e eu sai, fui até o meu AP, entrei e me deparei com a Mari sentada no sofá da minha sala - O que foi, Mari? Aconteceu alguma coisa? - perguntei. Ela estava aflita.

Mari: - ela veio em minha direção quase correndo e me deu um abraço forte, ela estava bastante feliz.

Lari: Me conta o que aconteceu! Por que você está assim? - eu estava completamente confusa.

Mari: O Guilherme! Ele... disse.... que gosta... de mim... AAAAAAAAAAAAAAAAAAH' - ela pulou em cima de mim de novo.

Lari: Que bom, amiga! - fingi estar feliz por ela.

Mari: Agora eu tenho que saber o que fazer, me ajuda?

Lari: Ajudar em quê? - me joguei no sofá.

Mari: Amiga, desde sábado que o Guilherme anda me dizendo que gosta de mim e que está arrependido pelo o que fez, eu não sei se desculpo ele. O que eu faço?

Lari: Espera o tempo passar! Não desculpa ele agora, ele pode estar mentindo... quando você perceber que ele mudou e ele dizer que tem um sentimento forte por você, você o desculpa e vivem felizes para sempre. - disse e bufei.

Mari: Se fosse Contos de fadas, sim. Mas como não é... - ela se sentou do meu lado - obrigada pela ajuda, mas onde você estava?

Lari: Eu estava na casa da mãe do Justin com ele, a Pattie que é a mãe dele.

Mari: A mãe dele é bonita?

Lari: LINDA DEMAIS! Por um momento eu pensei que ela era irmã mais velha do Justin, mas não. Me impressionei com a beleza dela... - disse sorrindo.

Mari: Você falando desse jeito, ela deve ser linda mesmo. - ela disse e se levantou - Bom, eu estou indo, tenho que chegar antes do meu pai.

Lari: aaaah' você começou a trabalhar com ele, né?

Mari: Aham! To indo. Beijos. - ela disse acenando.

Lari: Beijos! - disse e ela saiu. Olhei no meu celular e era quase 18hrs, fui pro meu quarto, arrumei minhas coisas e fui tomar um banho, terminei, coloquei um shorts e uma blusa de manga caida, sei lá. Desci pra cozinha, abri os armários e não tinha nada de bom, resolvi ir ao mercado, peguei minha bolsa e sai do AP, fui em direção ao elevador, apertei no botão e logo em seguida a porta se abriu, quem eu vi? - JUSTIN? - disse entrando no elevador.

Justin: Larissa? - ele sorriu de deboche.

Lari: Está indo aonde?

Justin: O negócio é o seguinte... eu estava indo pro seu AP. - ele disse e olhou pra mim.

Lari: Então é assim, vai todo dia pra minha casa? - disse rindo.

Justin: Eu sou seu namorado, não posso? - ele disse com sua expressão de ofendido.

Lari: Claro que pode, neném. - abracei ele de frente e lhe dei um selinho.

Justin: Pra onde está indo?

Lari: Mercado! Vou comprar alguma coisa de bom pra comer, porque lá em casa não tem.

Justin: Então eu te acompanho, okay? - disse e sorriu.

Lari: Okay! Fique á vontade, você é meu Boyfriend mesmo. - abracei seu pescoço e fiquei dando vários selinhos nele.

Justin: Gata, estamos quase chegando no Térreo. - ele disse rindo.

Lari: Tá bom, gato! - disse e abracei ele de lado, a porta do elevador logo se abriu e estávamos no Térreo, saímos do prédio e fomos andando até o mercado, chegamos, eu peguei uma cesta e fomos na Sessão de guloseimas, quer dizer, bolachas. - Isso é bom. - peguei uma passa tempo - Isso também é bom. - peguei um sequilhos - Isso é maravilhoso! - peguei doritos, olhei pro justin e ele me observava - O que foi?

Justin: Nada, só quero ver o que vai pegar... - ele disse e sorriu.

Lari: Que tal me ajudar? - sorri sínica e chegou perto do ouvido dele - Vai na Sessão de íntimos e pega um absorvente pra mim. - sussurrei no ouvido dele e me afastei.

Justin: Absorvente? - ele arregalou os olhos e todos olharam pra nós - Mas eu não sei ver isso! - ele sussurrou me olhando incrédulo.

Lari: Não interessa... vai lá, pega íntimus com abas. - eu disse de deboche.

Justin: Larissa, você tá brincando, né? - ele me encarou.

Lari: HAHA' to sim! Vai pegar alguma coisa que preste.

Justin: JUJUBAS? - ele disse animado.

Lari: Vai! Pega iogurte e chocolate, eu vou ficar aqui pegando o que preciso, ANDA. - ordenei e ele foi. Peguei mais algumas guloseimas e algum tempo depois Justin apareceu todo enrolado com Jujubas, chocolates e iorgutes na mão, eu ti daquilo.

Justin: Vai rir ou vai me ajudar ? - disse me encarando.

Lari: Desculpa! Coloca aqui. - disse levantando a cesta e ele colocou tudo lá - Pegou meu absorvente? - disse olhando pra ele e rindo.

Justin: Claro que não, para de ser boba... olha, vamos logo pra fila? Você já pegou muita coisa!

Lari: Tem nada não, é tudo levinho. - disse sorrindo e saímos andando até a fila.

Justin: Aí, eu conheço o Neymar! - ele sussurrou no meu ouvido.

Lari: FALA SÉRIO? Nossa, que bom.. - disse ironicamente.

Justin: Qualé, não é só porque ele é jogador do Santos que eu tenho que ser rival dele, eu sou apenas um goleiro.

Lari: Eu falei pra você ser rival dele? NÃO! Então pronto, eu sou fã do Ronaldo e nada e nem ninguém vai mudar isso.

Justin: Você já mudou de assunto!

Lari: SORRY. - disse entrando na fila e ele ficou atrás de mim, bem atrás de mim.

Justin: Lari! - ele disse no meu ouvido.

Lari: O que foi? - olhei rápido pra ele.

Justin: Eu não posso ficar aqui atrás de você. - sussurrou.

Lari: Por quê? - estranhei.

Justin: - ele chegou bem perto do meu ouvido - Eu vou ficar excitado e você não quer me ver excitado! - ele disse e percebi olhando pra baixo, quer dizer, pro meu bumbum ;3

Lari: - me virei de lado e sussurrei - Eu posso até querer, saber como é o Justin Bieber por trás disso tudo. - sorri maliciosamente e me virei.

Justin: Se eu ficar excitado ou com tesão, você me paga! - ele sussurrou novamente com um tom ameaçador.

Lari: Pago mesmo! Um boquete bem pagado. - sussurrei olhando pra ele e ele arregalou os olhos.

Justin: VOCÊ É MALUCA. - ele disse rindo.

Lari: Não reclama! Apenas me abraça. - ordenei e ele me abraçou por trás, a fila foi andando e ele não me soltava por nada, até que chegou a nossa vez, fomos pro caixa, passamos as coisas e ele fez questão de pagar tudo, pegamos as sacolas e fomos embora a pé, é claro - Justin, você pode conseguir o autógrafo do Neymar pra mim? - disse olhando pra ele e sorrindo.

Justin: Mas você não é fã do Ronaldo? - ele me olhou torto.

Lari: Okay, não é pra mim! - me entreguei.

Justin: É pra quem, então?

Lari: É para uma amiga que eu conheci em Minas, você não conhece...

Justin: É a Karina ?

Continua! com 3 comentários...

 HEY BABIES! Tudo bem com vocês? Aí, gostaram desse capítulo? Viram que bastante coisa mudou, né? Eles estão mais juntinhos e talz, bom eu disse que isso ia acontecer, não ia demorar, e ta ai acontecendo. Bom.. espero que tenham gostado e please, comentem! Eu preciso muito que vocês façam isso por mim e claro, pela ib. Não posso continuar os capítulos sem saber se vocês estão lendo e gostando, ér. Então, continuo com três comentários. Por favor, digam o que acharam, sei lá, comentem da forma que quiserem, só um 'continua' também está bom demais, já me deixa feliz. :) Bom, é isso! Xx ;*

3 comentários:

  1. Está muito legal a história agr,sei lá parece q quando tem só ela e o Justin fica muito melhor a história e o jeito q ela é contada e lida.Enfim,amei e pode continuar;

    ResponderExcluir
  2. CONTINUUUUUUUA LEITORA NOOOVAA(ACHO Q SOU =/ SORRY)
    AMANDO SUA IB =D LINDA PERFEITA................EITA COMO ELES SÃO TARADOS KKKK
    @GABRIELLAMOURA3

    ResponderExcluir
  3. OOOOH GOOOSH TÁ TUDO MUIITOOO DIVOOOOO
    Perdon por não comentar nos outros post*s
    Continuaaa

    ResponderExcluir

O que achou? Comente! Faz bem pro coração da escritora, e também não vai quebrar seu lindo dedo, né?