sábado, 4 de agosto de 2012

Follies Of Love 23º (Puro estresse)


 No dia seguinte... 03/03/2013.

 P.O.V Justin

  Acordei com o barulho da TV. AHN? Sim, eu dormi no sofá da sala. Peguei meu celular e era exatamente uma hora e cinquenta e cinco minutos. VALEU! Ainda bem que hoje é Domingo. Graças do bom Deus! :) Acho que hoje vou ficar o dia inteiro vendo TV, mas esse AP parece o lixão, vou ter que arrumar aqui primeiro. Me levantei do sofá e fui pro meu quarto, fiz minha higiene e meio que arrumei meu cabelo, sai do quarto, fui pra cozinha e fiz café, olha que maravilha, saiu amargo. Foda-se! Hoje eu não to com paciência pra brigar com o açúcar. HAHA' era pra rir. Sabe quando você acorda com aquela preguiça? Eu to assim! Dá vontade de deixar a casa do jeito que está. completamente bagunçada. MAS EU NÃO POSSO! =/ Do jeito que minha querida mãe é, ela vem aqui só pra ver se eu já arrumei a casa. Então, tenho duas opções, arrumar ou... arrumar! AFF' Terminei o café e comecei arrumando o meu quarto, eu ia ficar o dia inteiro ali, mas tudo bem. Arrumei tudo, depois fui pra sala, era poeira pra tudo quanto é lado, limpei tudo, agora ia ser a cozinha. VISH' imagine a bagunça que estava aquela cozinha. Confesso que não queria arrumar nada, ver bagunça dá cansaço, mas fazer o quê? ARRUMEI TUDO! O apartamento inteiro ficou brilhando, terminei e já tinha escurecido. Fui comer porque estava cansado e morto de fome, comi que nem um leão, depois fui tomar um banho, é eu estava mais sujo do que um rato de esgoto. HAHA' Terminei o banho, coloquei uma calça de moletom e uma blusa de manga longa. Eu já disse que está frio? É, eu sei lá! Mas está frio e eu não gosto de frio, prefiro calor, assim eu posso ficar sem camisa. HAHA' Voltei pra sala, peguei meu celular e tinha quantas mensagens da Dona Larissa? 50! Ela não vive sem mim. Respondi só a primeira que li, me sentei no sofá e liguei a TV, estava passando o filme do Bob Sponja. Adoro! rs' Esperei a Larissa me responder a mensagem e nada. Deve que está jantando, né? Deu 21hrs e ela ainda não tinha me respondido. Okay! Fiquei o dia inteiro sem ouvir a voz dela, não vou sobreviver. Ela chega só quarta-feira e hoje ainda é domingo! Amanhã eu tenho treino e não vou poder falar com ela direito. =/ Coisa chata!

P.O.V Larissa

 Terminei o banho, fui jantar e voltei pro quarto, ai eu vi que o Justin tinha respondido minhas mensagens, só que horas atrás e eu nem vi. Agora ele deve estar dormindo, é melhor eu mandar uma mensagem pra ele amanhã.

Mari: LARI! - ela disse entrando no quarto.

Lari: Sabe o que seria melhor?

Mari: Não! Mas você poderia me dizer.

Lari: Meu apelido soa melhor quando você diz Láah.... veja o som que faz. LÁAH!

Mari: Okay, Láah. Mas eaí, já falou com o Justin?

Lari: Não, Máah! Essa hora ele deve estar dormindo, tem treino amanhã, mas eu acho uma pena ele não ter me ligado, respondido minhas mensagens e tal.

Mari: Ele não respondeu? - ela disse assustada.

Lari: Eu enviei umas 50 mensagens pra ele! Ele só respondeu uma.

Mari: E o que ele disse? - ela disse mega curiosa.

Lari: Pediu desculpas por não ter respondido minhas mensagens e que ficou o dia inteiro ocupado. - disse e bufei.

Mari: Tem certeza que ele estava ocupado? - ela disse desconfiada.

Lari: Sua mente é muito poluída! O Justin não está me traindo.

Mari: Como você pode saber? Estão longe um do outro.

Lari: Não coloca nada na minha cabeça! Eu posso pensar que ele está me traindo, mas no final ele não está.

Mari: Okay! Ele não está te traindo, o Justin é um anjo que caiu do céu. - disse ironicamente.

Lari: Você nem conhece ele pra falar desse jeito! - disse me deitando e me cobrindo.

Mari: Tá bom, desculpa, vai dormir! Bye. - ela fez o mesmo.

Lari: BYE. - disse e fechei os olhos. Apaguei um tempo depois.

 No dia seguinte... 04/03/2013.

 Acordei com a dona Marina me chamando, a coisa que eu mais odeio no mundo é que as pessoas me acordem, muito menos gritando. Argh' ;@

Mari: LÁAH!

Lari: A Láah já acordou e a Láah odeia que acordem ela, falow? - disse saindo da cama e fui direto pegar minha escova e pasta, coloquei um pouco de pasta na escova e sai do quarto, a MÁAH veio atrás.

Mari: Láah, desculpa ter te acordado daquele jeito!

Lari: - chegamos no lugar de escovar os dentes - A Láah não gosta que conversem com ela enquanto está escovando os dentes. - disse e comecei a escovar.

Mari: TÁ BOM... eu só queria avisar que hoje o Mario vai nos levar pra conhecer a cachoeira, você quer ir? - ela disse e eu fiquei calada - Então tá, depois você me responde. - ela disse e saiu andando.

Lari: - terminei de escovar e sai correndo até lá dentro, na cozinha. Mari e o pessoal todo estava lá. - Bom dia gente! - disse sorrindo e acenei.

Mario: Bom dia, Lari!

Karina: Buenos dias! - ela disse com uma voz engraçada e todos riram.

Sophia: Bom dia, Lari!

Mari: Bom dia, Láah! - ela disse me encarando.

Lari: Gente, por favor, me chamem de Láah, né Máah?

Mari: É, Láah!

Karina: O que houve entre vocês duas?

Mari: É porque a LÁAH ficou bravinha só porque eu acordei ela.

Lari: Você sabe que eu não gosto que em acordem gritando!

Mari: Você não acordava de um jeito, o que restou foi gritar mesmo.

Mario: Vamos parar vocês duas!

Karina: Aí Láah, vamos conhecer a cachoeira? O Mario vai nos levar. - ela disse toda animada.

Sophia: Eu também quero ir...

Lari: Eu vou sim! - disse e sorri fraco.

Karina: Sophia, é melhor não. Esquecei que vamos à cavalo?

Lari: CAVALO? Eu não sei andar de cavalo.

Mario: Não se preocupa, você vai comigo. - ele disse sorrindo e piscou. O QUE TA ACONTECENDO AQUI?

Lari: Então tá! - revirei os olhos.

Sophia: Tá bom, vou ir brincar com minhas bonecas. - disse e começou a chorar, depois saiu correndo.

Karina: SOPHIA!

Mari: Não esquenta a cabeça... são lágrimas de crocodilo. - ela disse rindo.

Lari: MARI! - disse encarando ela.

Mari: Láah, é melhor você não defender a Sophia porque a Mari tem toda razão.

Lari: Então tá! Quando vamos conhecer a cachoeira?

Karina: Provavelmente depois do almoço! Que minha mãe vai fazer.

Mari: UUUUUUUUUHUUL' eaí, conversou bastante com o Gui?

Mario: Quem é esse? - disse confuso.

Lari: É o nosso amigo! Hum... eu acho que o Gui te paquerou demais, né?

Karina: AI MEU DEUS! Tchau. - ela disse e saiu andando.

Mario: Que história é essa? - ele disse encarando eu e a Mari.

Mari: FOFUXO! É brincadeira.

Mario: Você vai ver o fofuxo quando eu matar aquele Guilherme. - disse mega furioso.

Lari: De qual Guilherme você está falando? - disse assustada.

Mario: O que a Mari gosta... - disse olhando pra mim.

Mari: Como você sabe dele?

Mario: Eu tenho os meus contatos! Já sei de tudo, todos os detalhes. Se esse cara te fazer sofrer de novo, eu arrebento a cara dele!

Lari: É isso aí, Mario! Eu ajudo.

Mari: - ela me olhou incrédula - Eu não acredito que estou ouvindo isso mesmo. - disse encarando nós dois.

Mario: Você sabe muito bem que eu não gosto de te ver sofrendo, muito menos por uma pessoa que não merece o seu amor. - ele disse abraçando ela.

Lari: Awwwwwn' que fofo!

Mari: Tá bom primo, obrigada... ><

Mario: Agora vamos tomar café-da-manhã. - disse e saímos andando.

Continua! com 3 comentários...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou? Comente! Faz bem pro coração da escritora, e também não vai quebrar seu lindo dedo, né?