sábado, 3 de março de 2012

Parte 5 - Love a Criminal ♥

(...)
 P.O.V  Karen

Ryan: Para de tremer essa porra! - ele disse rude.

Karen: Eu não consigo... - eu disse com uma cara de medo, onde eu fui parar?

Ryan: BIEBER! - ele gritou e em alguns segundos ele já estava lá - Ela não tá conseguindo.

Justin: Hum... - ele foi chegando mais perto de mim, me agarrou por trás e colocou as mãos em cima das minhas, onde estava a arma, assim ele deixou meus braços retos em direção onde eu ia atirar. - Assim está bem melhor! Fica assim, não se mexe. - ele disse saindo de sua posição - ATIRA, MERDA! - ele disse e eu fechei os olhos, ai atirei, parou no lugar errado. - CARALHO! FECHOU OS OLHOS PRA QUE?

Karen: Eu fiquei com medo! - eu disse com medo da expressão que ele tinha nos olhos.

Ryan: Bieber, pode deixar que eu ajudo ela! - ele disse e o 'Bieber' saiu - Olha... faz do mesmo jeito que você tinha feito daquela vez - ele disse e eu fiz assim como ele ordenou - Assim está bom! Pelo amor de Deus, não fecha os olhos, você tem que acertar essa. - ele disse e eu assenti - Vai, pode atirar! - ele disse e eu atirei, bem no alvo, comemorei por dentro - AÊÊH' ACERTOU! Vai de novo. - ele disse e eu fiz como ele disse, acertei todas as atiradas que dei, MEU eu tava boa na mira. Mas não estava tão feliz. Eu ia ajudar um criminoso se não eu morria, e claro que eu não quero morrer agora! MEU, onde eu vim parar? Eu quero sair daqui!!! Ah' quando terminei de atirar bastante, Ryan me levou até o Bieber - Jay-b, ela já está pronta! - ele deu um meio sorriso.

Justin: Que bom! - ele sorriu maliciosamente olhando pra mim - Leva ela pro quarto. - ele olhou pro Ryan.

Ryan: Sim senhor! - ele disse e pegou no meu braço, me levou até o quarto e me jogou em cima da cama - Fica ai bem quietinha, eu vou ficar aqui fora se você tentar fugir. - ele disse apontando o dedo na minha cara, eu assenti e ele saiu. Eu fiquei ali dentro daquele quarto escuro chorando, eu estava totalmente perdida, o que eu iria fazer? Eu tenho que sair daqui o mais rápido possível! Logo o Bieber entrou no quarto me fazendo olhar pra ele.

Justin: Eaí, o que achou de seu treino? - ele disse e riu sarcasticamente.

Karen: Não gostei nem um pouco! - encarei ele.

Justin: - ele foi chegando mais perto de mim - QUER MORRER, VADIA? - ele gritou raivoso, senti uma arma em minha cabeça.

Karen: Não... por favor! - eu disse insistindo e fechei os olhos com medo.

Justin: Não precisa ficar com medo, eu não vou te matar! - suspirei de alivio - Pelo menos, não agora. - ele fez cara de mal.

Karen: Você tá dizendo que depois da minha ajuda você vai me matar? - eu disse olhando pra ele.

Justin: É, não seria uma má ideia! - ele disse sorrindo sarcasticamente e olhando para o nada.

Karen: Por que você está fazendo isso comigo?

Justin: Hum... deixa eu ver! - ele chegou mais perto de mim e colocou a mão em minha nuca nos fazendo á ficar em centímetros de distância - Você é gostosa! E acho que não serviria pra mim não. - ele disse se afastando.

Karen: Não entendi merda nenhuma! - olhei pra ele estranhando.

Justin: Fica quietinha que é melhor pra você... - ele disse revirando os olhos e entrou no closet, sei lá se é isso mesmo - então... nossa primeira ação vai ser daqui á pouco, então trate de tomar um banho e ficar bem cheirosa para destrair os policiais. - ele disse saindo de lá e jogando uma roupa pra mim.

Karen: O que eu vou fazer com isso? - eu disse olhando pra ele e mostrando a roupa.

Justin: Vai vestir, por quê? Não gostou? - ele me  encarou irritado.

Karen: Não é isso! É que... eu não uso roupas assim...

Justin: MAS VAI COMEÇAR A USAR! - ele gritou, me assustei.

Karen: Tá bom! - eu disse com cara de medo.

Justin: É, agora vai logo tomar um banho. - ele disse e saiu do quarto.

Karen: - depois que ele saiu, mostrei a língua como se tivesse mostrado pra ele, coisa de gente medrosa! Entrei no banheiro, que por sinal era enoooorme, terminei e troquei de roupa, eu estava parecendo a Britney Spears em 'Criminal', só muda que ela é loira e eu sou morena, detalhe!! Sai do banheiro e lá estava o Bieber, quando me viu surgiu um mega sorriso malicioso de seu rosto, percebi que ele estava olhando para minhas pernas, me senti incomodada com aquilo, mas deixei quieto. - Quando começamos? - eu disse arrumando o meu cabelo.

Justin: Hum... - ele continuou olhando para as minhas pernas.

Karen: HEEY! Eu não quero ser comida com os olhos não, tá? - encarei ele.

Justin: Ah' a vadia tá irritadinha, é? - ele sorriu indo em minha direção.

Karen: Eu só quero saber quando vai começar o serviço, só isso! - eu disse fitando o chão.

Justin: - ele colocou a mão no meu queixo me fazendo olhar pra ele - Você não parecer estar com medo...

Karen: Por fora, não! Mas por dentro, você nem imagina. - eu disse e revirei os olhos.

Justin: - ele riu  e tirou algo de seu bolso - Toma! - ele me entregou uma toca.

Karen: O que que é isso? - eu disse encarando a mesma.

Justin: Você vai colocar quando chegarmos perto do banco! - ele disse com voz de 'todo poderoso', ah' me poupe!

Karen: Vamos assaltar um banco? - eu disse olhando pra ele.

Justin: Não, VOCÊ vai assaltar um banco! - ele deu ênfase em "você". Fala sério, ele tem que entrar no gingado! rs

Karen: Como assim? Eu sozinha? - eu disse meio que encarando ele e com uma expressão nada boa.

Justin: Você vai ter a ajuda do Ryan! - ele disse e sorriu. - E de outros pé-rapados também... - ele revirou os olhos e pegou no braço o apertando forte - Agora vem comigo! - ele disse me tirando de dentro do quarto.

Karen: AI, você está me machucando! - resmunguei e tentei me soltar dele.

Justin: Para de resmungar, vadia. - ele disse ainda me puxando.

Karen: Não me chama de vadia! - me soltei dele.

Justin: Eu só não te mato agora porque eu tenho coisa melhor pra fazer. Agora vem comigo! - ele pegou no meu braço mais uma vez e me levou pra fora da casa, vi um carro parado ali em frente, ele me jogou lá dentro com todas as forças e fechou a porta, quando entrei no carro, vi o Ryan e mais dois homens que aparentavam ter a mesma idade que ele. O Bieber entrou no carro e acelerou, eu estava com um certo receio de tudo aquilo, mas eu tinha que reagir como se eu não estivesse com medo de nada, medo de nada. ;s Mas como eu vou fazer isso? Ãhn... vou reagir com frieza! É. Chegamos um pouco perto de um banco e o Bieber parou - É agora! - ele disse olhando pra mim.

Karen: O que eu tenho que fazer?

Justin: Toma! - ele me entregou uma arma - Esconde ela em algum lugar!

Karen: - peguei a arma e coloquei na minha cintura.

Justin: - ele ficou olhando lá pra fora um pouco inseguro e depois disse - Podem ir!

Karen: - coloquei a toca - Você não vai junto? - estranhei.

Justin: Não, vadia! Agora vai logo. - ele disse e eu, Ryan e outro homem lá saímos do carro, entramos correndo dentro do banco.

Ryan: TODO MUNDO PARADO! - ele disse apontando a arma, todas as pessoas que estavam lá se jogaram no chão e ficaram com a mão na mesma.

Karen: VAI, VAI! PASSA A GRANA MULHER. - eu disse apontando a arma na cabeça da mulher que estava no caixa, eles são tão burros que não colocam nada á prova de balas ou afins, ela foi pegando o dinheiro e eu fui colocando na sacola - RÁPIDO, VADIA! QUER MORRER? - gritei e ela continuou, mais rápido do que antes.

Ryan: TODO MUNDO QUIETO, SE NÃO EU ATIRO! - ele disse saindo do banco e eu acompanhei ele, entramos no carro rapidamente e o Justin acelerou que nem um louco, tinha um monte de policiais nos perseguindo.

Justin: QUE PORRA!

Christian: ANDA LOGO COM ISSO QUE ELES ESTÃO CHEGANDO PERTO.

Karen: Dá um perdido nesses policiais de merda! - eu disse séria, Ryan olhou pra mim impressionado.

Ryan: O que você disse ai?

Karen: Eu não sou "santinha" não, okay? - eu disse fazendo aspas com os dedos.

Justin: MEU, VOCÊS ESTÃO ME DESCONCENTRANDO! CALEM A BOCA. - ele gritou - EU PRECISO QUE ELES PARAM DE NOS PERSEGUIR.

Karen: JÁ SEI! - gritei e peguei a arma, abri o vidro do carro e comecei a atirar, meu primeiro tiro foi no pneu, acertei em todos, todos os carros pararam.

Christian: MEU, VOCÊ É BOA! - ele sorriu olhando pra mim.

Justin: OKAY! A VADIA CONSEGUE TUDO. - ele disse acelerou ainda mais.

Ryan: Onde você está indo?

Justin: Estou voltando pra casa! - ele disse e depois de alguns minutos parou o carro, Justin saiu dele correndo que nem louco, abriu a porta e me tirou de lá rapidamente, ele estava mais uma vez apertando o meu braço.

Karen: AIII, MEU BRAÇO! - tentei me soltar e ele não estava nem ai.

Justin: Fica quietinha vadia! - ele disse me levando pra um lugar desconhecido por mim naquela casa, entramos e parecia um escritório, ele me jogou no chão e se sentou em uma cadeira - Agora você vai fazer o que eu mandar... - ele me encarou.


Continua! com comentários...
  

4 comentários:

  1. PERFEITO,PERFEITO,PERFEITO
    continua amr ta demais eu to amando

    ResponderExcluir
  2. OMG! Bieber malvado Run' Amei, muito perfeita, oq ele vai fazer? #supercuriosa
    Continuaaaaa!
    Bjokas

    By: Andressa =^.^=

    ResponderExcluir
  3. Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah marih, muito bom, mais uma vez... continua logo que eu to doida pela continuação e tipo, pireeeeeeeeei, Justin mau,ui adoooro (66' ahsuahsuahsua
    continua logo shaaaawty!!!

    Bieber Kisses
    by ... Carol

    ResponderExcluir

O que achou? Comente! Faz bem pro coração da escritora, e também não vai quebrar seu lindo dedo, né?