quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Pick Me - Part. 18 - Esse fora foi um dos piores .

Antes(...) Jasmine: Eu não posso... - ela disse desanimada.


Agora...


Justin: Por quê? - eu abaixei a cabeça.


Jasmine: Justin... - ela colocou a mão no meu queixo e levantou minha cabeça - nós somos só amigos, não vai dar certo.


Justin: Já ouviu falar em Amizade Colorida ?


Jasmine: Não, mas eu sei como funciona.


Justin: Jasmine, eu gosto muito de você, como pode não dar certo? Você não gosta de mim?


Jasmine: Claro que eu gosto de você, mas eu tenho que resolver outra coisa.


Justin: Que coisa ? - curioso eu? Magina!


Jasmine: O Wallace disse que também gosta de mim... - ela disse e abaixou a cabeça.


Justin: Ah' tá! Vamos?


Jasmine: Sala?


Justin: Yes!


Jasmine: Ok. - ela disse e fomos para a sala.


  Fomos a caminho da sala, chegamos e ela se sentou com a Andressa, como sempre eu fiquei alone. #afff Bateu o sinal para o fim das aulas, sai da escola e fui pro estacionamento, entrei no meu carro e percebi que Pick Me não saia da minha cabeça, será que é porque eu estou vivendo tudo o que está na letra dessa música? Só pode... liguei o carro e fiquei cantarolando.


Justin: You should be pick me So tell me can you dig I'm everything you need girl So tell me can you dig it I'll always be your number one number one fan (dig that) And I should be your one and only man - Cantei e quando cheguei nessa parte, parei. Ér, eu estou mesmo vivendo como nessa música. Só penso no fora enorme que eu levei, ai meu DEUS! Eu fui mesmo um tonto dizendo aquilo pra ela. :'( Cheguei no prédio, estacionei meu carro e subi pra casa. Cheguei em casa e senti um cheiro de bolo saindo da cozinha, coloquei minha mochila no sofá e fui até lá. - Pattie? - eu disse entrando na cozinha.


Pattie: Sim! - ela disse secando as mãos. Eu nem vi ela pelo fato de estar hipnotizado com o cheiro daquele bolo. - Hum... gostou do cheiro?


Justin: Com toda certeza! - me sentei na cadeira.


Pattie: - ela se sentou em uma também - O que foi?


Justin: Nada! - abaixei a cabeça.


Pattie: Justin... aconteceu alguma coisa que eu sei.


Justin: Ér, aconteceu!


Pattie: E o que foi? Porque você está assim tão tristinho?


Justin: Levei um fora! - fui direto ao ponto.


Pattie: De quem?


Justin: Jas-mine... - eu disse pausadamente.


Pattie: E como foi?


Justin: Bom... eu disse que eu gostava dela, ela disse que também gostava de mim mas não ia dar certo porque um menino lá também disse que gostava dela.


Pattie: Nossa filho! - ela se levantou - Vem aqui... - eu me levantei e ela me abraçou.


Justin: Mãe, eu gosto muito dela. - eu disse ainda abraçando ela.


Pattie: Eu sei! Ela também gosta de você, Justin, acredite nisso.


Justin: Eu acredito... ela tem que me escolher. - You should Pick Me ♪♫ 


Pattie: Sim, ela vai! Mas faça com que ela te escolha. - ela me soltou.


Justin: Não entendi...


Pattie: Você tem que fazer com que ela pense que deve te escolher.


Justin: Mas eu não quero que ela PENSE, eu quero que ela SAIBA que eu sou a pessoa certa pra ela.


Pattie: Então... faça isso mesmo. - ela tirou o bolo do forno.


Justin: Tá! Hum... esse bolo está com uma cara boa.


Pattie: Eu sei, mas você só vai comer depois do almoço, ouviu mocinho?


Justin: ook! - me levantei - ah' só mais uma coisa.


Pattie: O que foi?


Justin: Eu beijei ela! - eu disse sorrindo feito bobo.


Pattie: Quem? A Jasmine?


Justin: Yes! Oh My Gosh' ela beija muito bem... - eu disse rindo demais e ela ficou séria - É sério!


Pattie: Não me diga? - ela disse com um tom de ironia.


Justin: Eu digo sim! E o beijo dela é muito bom... OH!


Pattie: Justin, para, para! Eu já estou ficando com nojo. - ela disse e eu ri.


Justin: TÁ! Eu vou pro meu quarto. Já já eu desço... - eu disse indo até a sala, peguei minha mochila e subi pro meu quarto. Lavei as mãos, troquei de roupa e desci para almoçar. Eu e ela ficamos conversando enquanto comíamos, então ela me dá uma notícia ótima. - Sério?


Pattie: Claro! Ele vai chegar hoje.


Justin: Que notícia ótima, mãe! - eu disse sorridente.


Pattie: Ér...


   Terminamos de almoçar e eu subi pro meu quarto, fiquei lá fazendo absolutamente nada, só fiquei pensando na chegada do meu mano. De tanto eu fazer nada, adormeci. Acordei e já era de noite, umas 21h30min. Desci lá pra baixo e vi minha mãe conversando com alguém.


Pattie: Justin!  - ela sorriu.


Justin: Oi mãe! - fu em direção a ela.


Christopher: Eaê Justin! - ele se levantou sorrindo do sofá.


Justin: Fala Breezy! - eu disse sorrindo e fizemos toque.


Christopher: Eaê, tudo bem? - ele disse e nos sentamos.


Pattie: Já volto! - ela saiu.


Justin: Ér, nem tanto... mas eaí, como foi a turnê?


Christopher: Foi demais! Eu conheci muita gente. E como enquanto eu estava fora?


Justin: Não foi muito bom... mas melhorou à 1 semana atrás. - eu disse sorrindo.


Christopher: Hum... o que aconteceu? - ele disse com um sorriso malicioso.


Justin: Eu conheci uma gata, que... MEU DEUS!


Christopher: EITA! Eaí, como conheceu ela?


Justin: Nem te conto... eu logo levei um fora da própria. - eu disse rindo. Tá, eu não achei o fora bom, mas não queria me sentir o coitadinho.


Christopher: iiih' ferrou! - ele riu.


Justin: Tipo... eu conheci ela por torpedos, ela é do Brasil, ai eu conversava com ela todos os dias, acabamos virando melhores amigos, então ela veio pra cá, pra esse Prédio.


Christopher: Conhecidência?


Justin: Claro que não! Ela é sobrinha da Katy.


Christopher: Vixiiii' - ele disse e nós rimos.


Justin: É, mas não mudou nada. Só que eu acabei tendo um sentimento á mais por ela, nós ficamos 1 semana sem nos falar por uma besteira que eu fiz, mas enfim... eu levei O fora.


Christopher: NOSSA! E você vai fazer o quê?


Justin: Eu não sei... mas tem um menino que também gosta dela, ela só não sabe quem escolher.


Christopher: Faça alguma coisa pra ela te escolher.


Justin: É... eu vou fazer. E quer saber? Ela é fã de uma pessoa que ela ia adorar conhecer. - Adora não, amar!!


Christopher: Hum... e quem seria essa pessoa? - ele perguntou já sabendo a resposta.


Justin: Com certeza, é você! - eu disse e fizemos toque.


Christopher: aaah' seria um prazer conhecer ela. - ele disse e nós rimos.


Continua! Eu não to gostando nada desses capítulos michurucos. #aff Sério... eu sei que vocês elogiam tanto essa história, mas por enquanto não tá bom!  Vou fazer um diálogo rápido aqui.


Eu: Mãe, porque você pegou meu caderno?
XxXx: Porque você fica escrevendo esses romances do Justin Bibar. 
Eu: E o que isso tem a ver?
XxXx: Que você fica o dia inteiro nisso e não lembra de estudar. Se suas notas tivessem azuis, eu não ia ligar se você tem essas coisas de Justin Bibar.
Eu: Então se eu melhorar minhas notas, você devolve meu caderno?
XxXx: COM CERTEZA!
Eu: (sorriso estampado no rosto)
(Na real eu tava assim)



(Mas por dentro eu tava assim)



 Então.... como o ano já está acabando, não vai demorar pra eu recuperar meu caderno. [SE eu recuperar] Eu vou fazer de tudo para aumentar minhas notas, não por causa do caderno, mas para eu não repetir e para que minha mãe PARE de besteira e que devolva meu bb o mais rápido possível. HAHA' Bom,.. é isso, espero que estejam gostando mais do que eu, por que eu acho que ta uma MERD*!
BieberKisses! Xoxo Máh' :*

2 comentários:

  1. Esta muito bom mesmo. Posta um foto sua, pra gente te conhecer? Mais coooontiunua logo.

    ResponderExcluir

O que achou? Comente! Faz bem pro coração da escritora, e também não vai quebrar seu lindo dedo, né?