terça-feira, 18 de outubro de 2011

Love And Hate - capítulo 20 Consegui!

Justin: Porque você fez isso?
Melaine: ... Justin, ele não pode me impedir de me casar com você.
Justin: Melaine, você ainda mora na casa dele, tem que fazer o que ele mandar.
Melaine: Eu não quero saber! Ele não vai me impedir de me casar com você.
Justin: Olha Laine... se você querer se casar comigo desse jeito, eu não quero me casar com você. (ele disse parando de me abraçar e eu arregalei os olhos)
Melaine: Você está dizendo que não quer se casar comigo? Foi você que pediu minha mão em casamento.
Justin: MELAINE! Eu pedi sua mão, sim, mas você está fazendo muita pressão pra esse casamento acontecer. A gente tem que esperar seu pai se acalmar com essa História do nosso casamento, ele deve não querer mesmo, ele nem me conhece, mas ele está fazendo isso pelo seu bem. Você vai ver, eu vou ficar amigo dele... (ele disse se convencendo do que disse)
Melaine: Hum... (eu fiz bico olhando pra ele e sorrindo ao mesmo tempo) eu quero só ver se você vai conseguir. (eu disse e abracei ele) Eu sei que não vai ser fácil.
Justin: AHAM! Não vai mesmo. Mas tentar é uma coisa que eu sempre faço, não podemos forçar ele a deixar a gente se casar. Eu vou conseguir, você vai ver! (ele disse parando de me abraçar e sorrindo)
Melaine: Ok, agora você tem que trocar de roupa não? (eu disse apontando pra ele de cima até em baixo, ele fez uma cara séria)
Justin: SIM  SENHORA! (ele disse e colocou a mão na cabeça, como se eu tivesse ordenado isso, afff's o Justin é uma figura)
Melaine: haha' seu engraçadinho! (eu disse rindo e ele pegou a roupa dele)
Justin: Eu vou me trocar dentro do banheiro senhora... (ele entrou dentro do banheiro marchando, rachei de rir)


     Como ele consegue ser assim? Ele ainda brinca depois de saber que meu pai não quer que nosso casamento aconteça. Mudando de assunto... eu ainda estava com aquela dor do tapa que o Richard me deu, eu não falo mais com ele nem a pau, NEM A PAU JUVENAL! haha' eu sou louca assim mesmo. Fiquei lá deitada na cama ainda com a mão no rosto, alguns minutos depois, Justin saiu do banheiro de shorts e uma camiseta roxa.
Melaine: Hum... que gato! (eu disse e ele corou)
Justin: Estou, é? (ele disse fazendo charminho, logo me levantei)
Melaine: Ai meu amor, sempre esteve. (eu disse abraçando ele)
Justin: Aiai' (ele sorriu) Você ainda está pensando naquilo? (ele disse se referindo a convencer meu pai a deixar nosso casamento acontecer)
Melaine: Não! Eu pensei bem... não vou mais convencer ele. Depois  daquilo que você disse, eu resolvi que só não vou dirigí-lo a palavra, depois que você convencer ele, eu começo a falar com ele como se nada tivesse acontecido. (eu disse isso e nós rimos)
Justin: A Melaine de sempre. (ele disse e me abraçou)
Melaine: Ér, e ela nunca vai se transformar e virar outra. Só se eu virar uma Pocahontas da vida. (eu disse rindo)
Justin: Nananinanão, eu prefiro a minha Laine de sempre! (ele disse parando de me abraçar)
Melaine: Ok, eu também nunca gostei de funk... só falei isso zoando. (eu disse sorrindo)
Justin: HAAAAAA' Olha... vamos no Starbucks? Se seu pai te ver de novo, vocês vão discutir de novo e eu não quero isso. Vamos? (ele disse e pegou em minha mão)
Melaine: Claro amore! (eu disse e sorri)


    Saímos do meu quarto e sem ninguém ver e muito menos a Dona Melissa, fomos para o Starbucks, lá tomamos alguns e ficamos conversando demais, o Justin como sempre, me fazendo rachar de rir com as coisas que ele diz. Não me canso de ouvir as piadas dele, ele conta fazendo caras e bocas, isso me faz rir mais ainda, algumas das piadas que ele conta são engraçadas, eu fico séria, ele fica séria, ai ele pergunta "Sem graça?" ai eu dou risada da cara que ele faz, nós rachamos de rir desse jeito. Eu amo esse jeitinho engraçado que o Justin tem, também gosto quando ele ri de si mesmo, ele parece um bobo, mas um bobo feliz, o MEU bobo. Tá... ficamos acho que umas duas horas lá tomando só dois Starbucks's e conversando, as vezes eu quase jogava o café pra fora só pra rir do que ele falava, aquilo que ele falava me deixava com mais vontade de rir, eu não aguentava, eu me forçava para não rir, mas não conseguia... haha'


  Mais tarde...


Melissa: Melaine... me ajuda? (ela disse fazendo bico)
Melaine: Ajudar em quê?
Melissa: É que eu vou sair com o Chaz e ele não me disse onde é o lugar, quero estar linda pra ele. Me ajuda? (ela disse me puxando para o quarto dela, é, agora eu tenho só o meu, antes não tinha, mas enfim...)
Melaine: Tá bom Melissa Adams! (eu disse e entrei no quarto dela) Por onde quer começar?
Melissa: Hum... maquiagem! (ela disse e eu fiquei com cara de tédio)
Melaine: TÁ! (eu disse com voz de emburrada)


        Justin Mode On


   A Laine está lá em cima com a Melissa, eu estou aqui em baixo jogando vídeo game, a tia Scarlett sempre deixa eu fazer isso, ela me adora e vice-versa, to jogando Mortal Kombat, o Richard está  sentado na mesa da sala lendo alguns papéis, com um óculos e talz. Ele olha pra mim e para a Tv toda hora, parece que estava gostando dos barulhinhos que faz haha


Justin: O Senhor gosta de Mortal Kombat? (eu disse sorrindo e ainda olhando para a TV)
Richard: NÃO! Eu prefiro Combat Arms. (ele disse sem olhar pra mim  e muito menos para a TV, ele estava escrevendo alguma coisa ali)
Justin: Cara, eu adora esse joga. É tirinho pra cá, tirinho pra lá. Mata um, mata outro, quica quica quica quica! (eu disse e ri de mim mesmo, ele deu um sorriso)
Richard: E você sabe jogar esse jogo? (ele disse sério)
Justin: Claro! Sou craque...
Richard: AVÁ! (ele disse com um tom de zombação, ele zombando de mim? haha' )
Justin: É sério, não quer tentar? Eu tenho aqui. (eu disse e peguei o CD do Play)
Richard: (ele se levantou rapidinho) OK! (ele se sentou do meu lado e logo automaticamente saiu um sorriso do meu rosto)
Justin: Eu vou colocar para dois. (eu disse sorrindo ainda mais do que de costume)


     Ficamos horas e horas jogando Combat Arms. Esse jogo é um vício, mas eu prefiro Mortal Kombat, ele ganhou várias vezes de mim. Chegou em um nível surpreendente, fiquei de boca aberta. A Melaine as vezes passava por ali pra ver como a gente estava se divertindo e talz. Sempre nela havia um sorriso maravilhoso saindo de seu rosto, ela estava mesmo achando que eu não ia conseguir fazer amizade com o pai dela, mas CONSEGUI!, não foi tão fácil quanto parece... eu não sabia que ele gostava de jogar vídeo game, eu só estava jogando por jogar mesmo, mas foi bom eu saber que ele gostava, a minha amizade com ele vai engrandecer, ele vai me conhecer melhor e vai ver que eu mereço a filha dele, vai ver que eu vou ser um bom pai para os netos dele, vai ver que eu amo ela demais e mereço me casar com ele, ou vice-versa, sei lá!  Nem vi a hora passar, quando vi já era de noite e tia Scarlett estava nos chamando para o jantar. Jantamos e depois eu fui embora, minha mãe disse que eu não ia dormir todo dia na casa da Melaine, porque depois eu ia virar um hóspede e não o namorado dela. haha'


  No dia seguinte...


CONTINUA! Estão gostando? Espero que sim... obrigada pelos elogios meninas, amo todas vocês! Continuo com comentários... u.u'

2 comentários:

  1. #AMEIIII '

    Coonttinuua ...


    Diiva tte loove !

    By: Katty '

    ResponderExcluir

O que achou? Comente! Faz bem pro coração da escritora, e também não vai quebrar seu lindo dedo, né?