quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Never Stop Loving You Capitulo 16 - 3º Temp.

   Depois que o Jake e a Mel saíram correndo  que nem dois doidos o Justin apareceu descendo as escadas, ai ele disse:


Juss: MARI! (ele se sentou no sofá com uma cara triste)
Mari: O que foi? Porque você tá triste?
Juss: Eu não sei o que deu em mim... eu só senti que se eu bebesse, eu ia tirar minha solidão, mas isso aumentou mais, EU SOU UM IDIOTA! Isso não deveria ter acontecido. (ele disse com um tom de que estava morrendo de raiva de si mesmo)
Mari: Justin! Você pode estar com raiva, mas você que fez isso, nada vai mudar. Mas você tem que parar de beber!
Juss: Eu vou parar...
Mari: Promete?
Juss: PROMETO!
Mari: Hum... tá ficando obediente. Vai ganhar milhões de beijinhos!  (eu disse rindo)
Juss: u.u' Eu vou? Estou gostando disso. (ele disse com uma cara de safado, é claro que ia ser só uns beijinhos de nada)
Mari: Ai seu safado! (eu disse chegando mais perto dele e o beijei) Nunca mais beba, ok?
Juss: Ok! Eu prometo...
Mari: Não quero mais sentir cheiro de bebida alcoólica saindo da sua linda boquinha. (eu disse e sorri)
Juss: Tudo bem! Isso não vai mais acontecer. (ele disse e sorriu maliciosamente)
Mari: Então, tá! (eu disse e beijei ele)


   Enquanto eu o beijava coloquei minhas mãos nas costas dele e ele colocou a mão no meu queixo, ficamos assim mais ou menos até ouvirmos alguns passos, paramos de nos beijar e olhamos para aonde estava o barulho dos passos, era  a Mel.


Mel: SORRY! (ela disse e saiu correndo)
Juss: (ele olhou pra mim, sorriu com uma cara de safado e me beijou bruscamente)
Mari: (ficamos alguns segundos nos beijando e eu parei o beijo) NOSSA! (eu disse respirando)
Juss: Peguei mau? (ele disse também respirando)
Mari: Claro que não! (eu disse sorrindo e abaixei a cabeça)
Juss: O que foi?
Mari: Nada! (eu disse levantando a cabeça e olhando pra ele)
Juss: Você ainda está magoada comigo, não está? (ele disse com uma cara triste)
Mari: Claro que não, Juss! (eu disse sorrindo e depois ri)
Juss: Mari! Fala a verdade pra mim... (ele disse e eu parei de rir)
Mari: Estou sim. Mas é só um pouquinho... (eu disse sorrindo e depois rindo)
Juss: Eu já parei de beber.
Mari: Mas eu estou com medo que isso aconteça novamente. (eu disse e abaixei a cabeça)
Juss: Você não confia em mim?
Mari: Ai Justin, desculpa... é claro que eu confio em você! É que eu sou muito medrosa. (eu disse e depois ri)
Juss: Não precisa ficar assim. Você só tem que confiar em mim! Eu não vou mais fazer isso. (ele disse com uma cara meio que estranha)
Mari: Tá bom meu amor! (eu disse sorrindo e depois abracei ele)
Juss: Eu te amo! (ele disse acariciando o meu cabelo)
Mari: Também te amo... (eu disse carinhosa)


   Ficamos alguns segundos assim, depois nos levantamos e fomos pro nosso quarto, minhas malas ainda estavam aqui em baixo, o Justin me ajudou a levar elas lá pra cima. Depois ficamos lá no nosso quarto só no tédio, as vezes nós falávamos algumas coisas um com o outro, mas tudo ficou muito tedioso depois do que o Justin tinha feito, não tinha mais clima. Então eu acabo adormecendo, estava abraçada com o Justin, tipo, ele estava sentado e eu estava abraçada nele, adormeci ali mesmo. Quando acordei já estava de noite e o Justin não estava do meu lado, eu olhei para um lado e para o outro e ele não estava no quarto.


Mari: JUSTIN? (eu disse meio alto)
Juss: (ele apareceu na porta do banheiro) O que foi?
Mari: Ah' você está ai. (eu disse me sentando na cama)
Juss: Sim! E você já acordou... dormiu bem? (ele disse se sentando do meu lado)
Mari: Claro..! (dei um selinho nele)
Juss: Ai, eu tava com saudade desses selinhos que você me dá. (ele disse e sorriu)
Mari: Como você é bobo! (dei outro selinho nele)
Juss: Aiiiii, eu quero mais. (ele disse, me agarrou e ficou me dando vários selinhos)
Mari: Parô Justin! (eu disse quando ele parou de me dar selinhos e ficou me dando beijos no pescoço) Ai, faz cosquinha.(ele começou a fazer cosquinha em mim) PARA JUSTIN, PARA JUSTIIIIIIIIIN! (eu gritei e logo depois ele me pegou no colo e ficou rodando comigo) JUSTIN EU VOU CAIR, ME SOLTA SEU LOUCO!! (eu disse rindo demais, ele estava na mesma situação)
Juss: EU NÃO VOU TE SOLTAR! (ele disse alto ainda me girando)
Mari: AH NÃO JUSTIN, É SÉRIO, PARAAAAAAAAAAAAAAAAAAA! EU TO MANDANDO, AGORA ! (eu disse e nós rimos)
Juss: (ele parou de me girar, me colocou em cima da cama e se sentou lá também)
Mari: Você é louco!
Juss: (ele olhou pra mim e foi chegando mais perto) Eu posso até ser louco... tapado... idiota... inútil... besta... otário... mas você me ama, isso é o que importa! (ele disse e eu comecei a rir que nem louca, ri demais)
Mari: HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA' Só você mesmo, né Justin?
Juss: ¬¬'
Mari: O que foi?
Juss: Eu lembro que a última vez que você disse isso, foi quando a gente tava falando o quanto eu sou gostoso,(ele disse e olhou para o seu corpinho sarado) ai  você disse isso e eu disse: "Eu sei que eu sou gostoso, mas não precisa exagerar. Ninguém é perfeito..!" (ele disse imitando a si mesmo) Cara, aquele dia foi hilário. (ele disse rindo)
Mari: NOSSA! Foi mesmo... "É claro que você é. Meu Justin Gostosão!" (eu disse imitando a mim mesma e depois nós rimos)
Juss: hahahaha' (ele parou de rir e olhou pra mim com uma cara de safado) Você acha mesmo isso?
Mari: Isso o quê? (eu disse confusa)
Juss: O que você acabou de dizer !
Mari: (eu olhei pro corpo dele e imaginei nós "naquele" momento. A hora "H", sabe?) É claro... (eu disse com uma voz seduzente)
Juss: (ele olhou pra mim com aquela cara de safado, mordeu os lábios e começou a me beijar)


CONTINUA! O que acham que vai acontecer ?66'




  Xoxo Máh' :*

Um comentário:

O que achou? Comente! Faz bem pro coração da escritora, e também não vai quebrar seu lindo dedo, né?